martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 13 de janeiro de 2023

Manuela nunca mais foi vista na missa, mas consegue "encontro político" com o Papa

 Sexta, 13 de Janeiro de 2023


Manuela estava com o marido, o músico Duca Leindecker, e a filha do casal, Laura.

"O Papa latino-americano, sempre atento à nossa região e sua realidade política e social. Levei a ele nossas palavras de agradecimento e de preocupação com o Brasil. Ouvi dele palavras de estímulo que levarei para sempre comigo", disse sobre o encontro com o líder da igreja católica.

O Papa Francisco, que é argentino, na segunda-feira (9), disse estar preocupado com a ascensão da "polarização política" nas Américas e comentou em especial a queda do presidente do Peru, o sindicalista Pedro Castillo, e a recente revolta no Brasil.

"Em muitas áreas, um sinal do enfraquecimento da democracia é a polarização política e social aumentada, que não ajuda a resolver os problemas urgentes dos cidadãos. Penso nos vários países das Américas onde as crises políticas são carregadas de tensões e formas de violência que exacerbam os conflitos sociais. Penso especialmente no que aconteceu recentemente no Peru e nas últimas horas no Brasil", alegou o religioso.

Já Manuela pediu que os "terroristas" fossem punidos.

"Punição dos terroristas, de seus financiadores, e de todos os que permitiram que as invasões acontecessem!", escreveu a moça nas redes sociais.

Claramente, trata-se de um encontro político.

O engraçado disso tudo é que, mesmo com a famosa cena que ocorreu em 2018, quando Manuela junto com Fernando Haddad foram a missa, nunca mais ter sido repetida, a comunista conseguiu encontro com o Papa.

Quanto privilégio...

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643