martins em pauta

sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Salário mínimo chegará a R$ 670 em 2013

Imagem ilistrativa do Google

O salário mínimo em 2013 chegará a R$ 670,95. A previsão está na proposta de Orçamento Geral da União, entregue nesta quinta-feira (30/08) ao Congresso Nacional pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. O documento prevê R$ 2,14 trilhões em investimentos.
O reajuste no salário mínimo é de 7,9%, saindo dos atuais R$ 622 para R$ 670,95.
 
O aumento é calculado com base no INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) somado ao crescimento real do PIB (Produto Interno Bruto) de dois anos anteriores.
Os ministros da Fazenda, Guido Mantega, e do Planejamento, Mirian Belchior, apresentam neste momento, em Brasília, o Projeto de Lei Orçamentária Anual. Segundo Mantega, o governo prevê que o PIB crescerá 4,5% em 2013. 
 
— Essa é uma meta a ser perseguida. O crescimento depende dos nossos programas de crescimento; além do PAC, temos os investimentos pelo BNDES. 
 
Nesta quarta-feira (29), Mantega anunciou a criação de linhas de crédito para caminhões e equipamentos pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) para alavancar o crescimento da indústria.

R7 
Via Blog RG em Notíca / Patu em Foco

Brasil tem 193.946.886 habitantes, aponta estimativa do IBGE


 
Imagem do Google

Números, divulgados no Diário Oficial, são referentes a 1º de julho de 2012.
Estado mais populoso é São Paulo, com 41.901.219 pessoas.

Do G1, em São Paulo
via Gardenia Oliveira
 
 
Estimativa feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicada nesta sexta-feira (31/08) no Diário Oficial da União aponta que o Brasil tem uma população de 193.946.886 de habitantes. Os dados foram calculados para o dia 1º de julho de 2012.
O estado mais populoso, segundo o IBGE, é São Paulo, com 41.901.219 habitantes. Em seguida está Minas Gerais, com 19.855.332. Rio de Janeiro aparece em terceiro lugar, com 16.231.365 habitantes, e a Bahia vem em quarto, com 14.175.341 moradores.

Já o estado menos populoso é Roraima, com 469.524 habitantes.

Segundo o IBGE, o país possui atualmente 3.191.087 a mais do que em 2010, quando a população chegou a 190.755.799. 
A estimativa foi feita com base na que foi elaborada em 2011 e também no Censo Demográfico de 2010. Como os dados do Censo 2010 ainda não foram totalmente trabalhados, não foi possível atualizar o Sistema de Projeções da População do Brasil, que atualmente tem dados de 2008. Ele será atualizado no próximo ano, com dados de referência para 2013.

Para 2013, o sistema de projeções do IBGE deverá incorporar novas informações referentes à dinâmica demográfica de cada município e incluir outras variáveis, como fatores econômicos e sociais locais. A projeção é feita anualmente a pedido do Tribunal de Contas da União (TCU) e serve de base para o repasse de recursos do orçamento aos municípios.

Dentre as cidades mais populosas, a capital paulista lidera o ranking, com 11.376.685 habitantes. Já entre as com menor população, Borá (SP) e Serra da Saudade (MG) encabeçam a lista: ambas com 807 habitantes. Curitiba (PR) é a cidade com maior número de habitantes na região Sul do país, com 1.776.761.
Confira abaixo a estimativa da população para todos os estados em 2012 e o ranking das 15 cidades com maior e menor número de habitantes.
ESTADO                                                                              POPULAÇÃO                                                                  
Região Sudeste                                                                         
São Paulo                                                                          41.901.219  
Minas Gerais 19.855.332
Rio de Janeiro 16.231.365
Espírito Santo 3.578.067
Região Nordeste  
Bahia 14.175.341
Pernambuco 8.931.028
Ceará 8.606.005
Maranhão 6.714.314
Paraíba 3.815.171
Rio Grande do Norte 3.228.198
Alagoas 3.165.472
Piauí 3.160.748
Sergipe 2.110.867
Região Sul  
Rio Grande do Sul 10.770.603
Paraná 10.577.755
Santa Catarina 6.383.286
Região Norte  
Pará 7.792.561
Amazonas 3.590.985
Rondônia 1.590.011
Tocantins 1.417.694
Acre 758.786
Amapá 698.602
Roraima 469.524
Região Centro-Oeste  
Goiás 6.154.996
Mato Grosso 3.115.336
Distrito Federal 2.648.532
Mato Grosso do Sul 2.505.088
 
 
15 maiores cidades - Censo 2010 15 maiores cidades- estimativa 2012
São Paulo (SP)                          11.253.503                   São Paulo (SP)                          11.376.685                    
Rio de Janeiro (RJ) 6.320.446 Rio de Janeiro (RJ) 6.390.290
Salvador (BA) 2.675.656 Salvador (BA) 2.710.968
Brasília (DF) 2.570.160 Brasília (DF) 2.648.532
Fortaleza (CE) 2.452.185 Fortaleza (CE) 2.500.194
Belo Horizonte (MG) 2.375.151 Belo Horizonte (MG) 2.395.785
Manaus (AM) 1.802.014 Manaus (AM) 1.861.838
Curitiba (PR) 1.751.907 Curitiba (PR) 1.776.761
Recife (PE) 1.537.704 Recife (PE) 1.555.039
Porto Alegre (RS) 1.409.351 Porto Alegre (RS) 1.416.714
Belém (PA) 1.393.399 Belém (PA) 1.410.430
Goiânia (GO) 1.302.001 Goiânia (GO) 1.333.767
Guarulhos (SP) 1.221.979 Guarulhos (SP) 1.244.518
Campinas (SP) 1.080.113 Campinas (SP) 1.098.630
São Luís (MA) 1.014.837 São Luís (MA) 1.039.610
 
15 menores cidades- Censo 2010 15 menores cidades - estimativa 2012
Borá (SP)                                                     805                    Borá (SP)                                   807                   
Serra da Saudade (MG) 815          Serra da Saudade (MG)                    807              
Anhanguera (GO) 1.020 Anhanguera (GO) 1.039
Oliveira de Fátima (TO) 1.037 Oliveira de Fátima (TO) 1.049
Araguainha (MT) 1.096 Araguainha (MT) 1.058
Nova Castilho (SP) 1.125 Nova Castilho (SP) 1.146
Cedro do Abaeté (MG) 1.210 Cedro do Abaeté (MG) 1.199
André da Rocha (RS) 1.216 Uru (SP) 1.228
Uru (SP) 1.251 André da Rocha (RS) 1.232
Miguel Leão (PI) 1.253 Miguel Leão (PI) 1.236
Lagoa Santa (GO) 1.254 Lagoa Santa (GO) 1.305
Parari (PB) 1.256 Chapada de Areia (TO) 1.345
Chapada de Areia (TO) 1.335 Grupiara (MG) 1.373
Serra Nova Dourada (MT) 1.365 Jardim Olinda (PR) 1.392
Grupiara (MG) 1.373 Cachoeira de Goiás (GO) 1.405    

Prefeito de Serrinha dos Pintos não paga piso salarial ao professor

O Ministério Público identificou que o prefeito de Serrinha dos Pintos, Francisco das Chagas de Freitas, não paga o piso salarial ao professor. Com base nisso, o promotor Vinícius Lins Leão emitiu recomendação para que, no prazo de 15 dias, o gestor comece a pagar o piso.
A lei federal determina que todos os órgãos públicos paguem o Piso Nacional do Professor, que hoje é de R$ 1.451, para jornada de 40 horas.

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055