martins em pauta

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

Estes meninos não foram notícia de jornal..














Afinal, eles não são testemunhas da CPI, do DETRAN, do Metrô, nenhum deles tem cartão corporativo, nenhum dos dois arremessou a Isabella pela janela, apenas foram tomados por um sentimento que anda meio fora de moda... "A SOLIDARIEDADE"

Que o dia de hoje tenha bastante calor humano. E que a iniciativa de ajudar esteja sempre presente em nossas vidas!


Fotos: Macário editado por Martins em Pauta
Via Sentinelas do Apodi

Urgente! Ex integrante do bando de "Valdetário Carneiro" e mais 3 foram mortos na PB

Na Foto: Monstro

Na final da manhã desta sexta-feira (5), quatro bandidos acusados de assaltar bancos na Paraíba foram mortos em troca de tiros com a Polícia Militar de Campina Grande-PB. O tiroteio aconteceu no bairro Jardim Paulistão, daquela cidade. De acordo com a repórter Daniela Pimentel, da Tv Correio, policiais trocaram tiros com bandidos que tentaram fugir em um Kadete de cor verde, mas não conseguiram escapar e bateram em um ônibus.

Logo após a colisão, eles ainda continuaram trocar tiros com a polícia e quatro deles acabaram mortos. Três bandidos morreram na hora e um foi transferido para o Hospital de Trauma de Campina Grande, mas não resistiu por causa da gravidade dos ferimentos.

Entre os Mortos está o assaltante Jackson Jussier Costa Rodrigues (monstro), considerado um dos mairoes assaltantes de bancos do Brasil. Jackson Jussier, pertenceu à quadrilha de José Valdetário Benevides, o “Valdetário Carneiro”. Jussier, no dia 25 de junho de 2009, escapou de Alcaçuz se utilizando de uma “tereza”, - corda feita de lençóis – para escalar os muros.

Jackson Jussier é condenado a 70 anos de prisão, respondendo por assaltos, homicídios e estupro. Entre os muitos crimes que cometeu, ele participou dos assaltos simultâneos às agências do Banco do Brasil e Banco do Nordeste na cidade de Macau, em 2002. O Assaltante morto fugiu duas vezes de Alcaçuz, duas vezes da antiga penitenciária João Chaves e uma do Serrotão em Campina Grande/PB

Fonte eduardo Dantas editado editado por Martins em Pauta

Governo anuncia liberação de R$ 150 milhões em emendas parlamentares

O governo vai liberar nesta semana R$ 150 milhões referentes a emendas de senadores e deputados, afirmou a ministra da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência, Ideli Salvatti. Ela falou sobre a liberação dos recursos ao programa "Poder e Política - Entrevista", do Grupo Folha.

No início da semana, a ministra se reuniu com líderes da base aliada do governo no Congresso e foi cobrada sobre a execução de um cronograma de liberação de emendas.

Com o anúncio da liberação dos R$ 150 milhões, o governo espera conter a insatisfação dos parlamentares da base aliada, que há alguns meses pedem a liberação dos recursos dos restos a pagar de 2009 e de 2010 e o empenho das emendas de 2011.

As emendas parlamentares são apresentadas por deputados e senadores e incluem no orçamento projetos e obras direcionados aos seus estados e municípios. Os restos a pagar são um mecanismo pelo qual despesas contratadas em um ano podem ser pagas pelo orçamento dos anos subsequentes.

G1 editado por Martins em Pauta

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055