martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 19 de março de 2022

Marcel desmoraliza Gleisi: "Só entende de quebrar e de roubar a Petrobras" (veja o vídeo)

 Sábado, 19 de Março de 2022

A presidente nacional do PT, deputada Glesi Hoffmann, subiu à tribuna para questionar o presidente Jair Bolsonaro (PL), sobre o aumento dos preços dos combustíveis. Logo ela,,,

Em fala exaltada, a parlamentar disse que o chefe do Executivo poderia interferir na direção da estatal, isso sem levar em conta que há acionistas privados na empresa.

- O presidente Bolsonaro disse que a Petrobras não tem 'sensibilidade' com o povo brasileiro e que, por isso, aumenta o combustível. De que caminhão caiu este homem? A Petrobras é uma empresa estatal, tem comando do estado brasileiro (...) O presidente da Petrobras quem nomeou foi Bolsonaro. O Conselho de Administração da Petrobras quem nomeou foi Bolsonaro. Como que Bolsonaro não tem o comando e a administração da empresa? - debochou.

Na sequência, o deputado federal Marcel van Hattem (Novo-RS) desmentiu a colega, desmontou os seus argumentos e destruiu suas falácias:

- Defendemos que a Petrobras seja privatizada. (...) Agora, ouvir aqui a deputada Gleisi Hoffmann, do PT, falar que entende de Petrobras.... Só se entende de quebrar e de roubar porque foi um absurdo o que aconteceu com essa estatal durante os anos de Governo do PT - disparou.

Em fevereiro de 2021, o então Ministro-chefe da Secretaria Geral da Presidência, Onyx Lorenzoni, disse, em entrevista à Jovem Pan, que o Governo Bolsonaro estava tendo dificuldades para estancar o rombo de quase R$ 43 bilhões deixados na estatal, em 16 anos de gestões petistas. Até o ano passado, a Petrobras já tinha perdido cerca de R$ 100 bi em valor de mercado.

- Não dá para recuperar um roubo de 16 anos em apenas dois anos de governo. Houve uma roubalheira infinita na Petrobras, que contou com a omissão e conivência de muitos funcionários. Desde que Bolsonaro assumiu, a roubalheira acabou. Com muita humildade estamos recuperando o rombo deixado pelo PT, mas precisamos levar em consideração que estamos enfrentando uma pandemia, é difícil. O presidente tomou sua decisão porque aferiu que, quem estava no comando da Petrobras, não correspondia aos interesses do país. Bolsonaro tem direito de fazer essa indicação. No mercado financeiro, as ações da estatal caíram porque houve um ataque especulativo. Podemos esperar da gestão de Joaquim Silva e Luna uma Petrobras equilibrada entre os interesses dos investidores e dos brasileiros - explicou Lorenzoni, na época.

Veja o vídeo:

ENQUETE BG GOVERNO: Ezequiel tem 72% contra 28% Fátima Bezerra

Sábado, 19 de Março de 2022

O Blog do BG realizou uma enquete entre seus seguidores para saber em quem eles votariam para o governo do estado: Ezequiel Ferreira ou Fátima Bezerra.

Dos 8.424 perfis que votaram, 72% escolheram Ezequiel Ferreira; 28% apontaram Fátima Bezerra. Cada perfil só podia votar uma vez.

Lembrando que não possui efeito estatístico, trata-se apenas de uma enquete para os seguidores do perfil do BG.

ENQUETE BG SENADO: Rogério Marinho tem 69% contra 31% Carlos Eduardo

Sábado, 19 de Março de 2022

O Blog do BG realizou entre seus seguidores do Instagram uma enquete para saber em quem eles votariam para o Senado: Rogério Marinho ou Carlos Eduardo.

Dos 8.316 perfis que votaram, 69% escolheram Rogério Marinho; 31% apontaram Carlos Eduardo. Cada perfil só podia votar uma vez.

A enquete foi realizada com os seguidores do perfil do Blog do BG no Instagram neste sábado (19), das 7h até as 18h. Lembrando que não possui efeito estatístico, trata-se apenas de uma enquete para os seguidores do perfil do BG.

Voo entre Rio e Vitória retorna para aeroporto de origem após grupo de rappers se recusar a usar máscara

Sábado, 19 de Março de 2022

Foto: Instagram / Reprodução

Um avião que seguia do Rio de Janeiro para Vitória na manhã deste sábado precisou voltar ao aerporto de origem, Santos Dumont, após um grupo de passageiros ter se recusado a manter o uso de máscara de proteção contra Covid-19 durante o voo, segundo informações da Latam. Neste grupo, estava o rapper PL Quest, que se manifestou sobre o caso nos Stories de seu perfil no Instagram.

PL Quest, nome artístico de Paulo Lourenço, chamou o episódio de “loucura” na gravação de um vídeo enquanto ele andava ao lado de seus colegas de profissão, Bielzin, Oruam e Chefin.

— Se não estiver no festival hoje, a culpa é da Latam, entendeu? — disse o rapper.

Bielzin então apareceu na tela do celular de Paulo e afirmou que “só botaram para fora a galera do rap”, no que ele considerou um “preconceito”.

Em outro vídeo, dessa vez postado no perfil do próprio Bielzin, ele explicou que chegou a perder a vontade de fazer a viagem, mas em consideração aos fãs que estavam aguardando o evento e aos contratantes, o grupo decidiu seguir em frente e rumar para Vitória. Não ficou claro, contudo, de que maneira fariam o trajeto.

A Latam disse que o episódio envolvendo o voo LA3183 ocorreu “em função de comportamento indisciplinado”. Após voltar ao Rio e o grupo que se recusava a usar máscara sair da aeronave, o avião seguiu viagem normalmente, já tendo pousado em Vitória “em completa segurança”.

Quanto ao grupo do “comportamento indisciplinado”, a Polícia Federal foi acionada para realizar o desembarque.

“O restante dos passageiros recebeu toda a assistência necessária e prosseguiu para Vitória na mesma aeronave que decolou às 10h28”, acrescentou.

A empresa reforçou que “repudia veementemente qualquer tipo de ofensa e reitera que qualquer opinião que contrarie o respeito não reflete os valores e os princípios da empresa”.

A nota destacou ainda que a Latam “segue os mais elevados padrões de segurança, atendendo rigorosamente aos regulamentos de autoridades nacionais e internacionais e esclarece ainda que o uso da máscara durante os voos da companhia e nas áreas de aeroporto segue obrigatório, conforme determinação da resolução nº 456/2020 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) que segue em vigor de acordo com nota da própria agência”.

O Globo

OPINIÃO DOS LEITORES

Incêndio atinge prédio anexo do Palácio do Planalto

Sábado, 19 de Março de 2022

Foto: reprodução/TV Record

Um incêndio atingiu, na tarde deste sábado (19/3), um dos prédios anexos ao Palácio do Planalto, em Brasília.

Uma fumaça escura foi vista saindo as fundos do prédio da Secretaria de Segurança da Presidência por motoristas que passavam pela L4 Norte.

O prédio atingido fica a cerca de um quilômetro do Palácio do Planalto.

O Corpo de Bombeiros do Distrito Federal confirmou informações a respeito de um incêndio num prédio anexo à sede da Presidência da República.

“Tivermos um incidente muito pequeno, que foi controlado em cerca de 5 minutos. Estamos averiguando a situação e a causa”, informou a corporação. Até o momento não há informações sobre feridos.

Com informações de R7 e UOL

Moraes diz que Telegram ‘cumpriu parcialmente’ ordens judiciais e dá 24 horas para plataforma atender determinações pendentes

 Sábado, 19 de Março de 2022

Imagem: Rosinei Coutinho/SCO/STF

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes determinou neste sábado (19) que o Telegram cumpra, em até 24 horas, uma lista de determinações judiciais emitidas pelo STF e ainda pendentes.

Segundo Moraes, o cumprimento dessas medidas é pré-requisito para que seja suspensa a decisão divulgada nesta sexta (18) que definiu o bloqueio do Telegram em todo o território nacional.

“O Telegram, até o presente momento, cumpriu parcialmente as determinações judiciais, sendo necessário o cumprimento integral para que seja afastada a decisão de suspensão proferida em 17/3/2022”, diz o despacho.

No documento, Alexandre de Moraes cita o pedido de desculpas divulgado em nota pelo fundador do Telegram, o russo Pavel Durov, nesta sexta. Durov apontou “problema relativo ao recebimento das comunicações” motivado por “divergências referentes aos endereços eletrônicos aos quais enviadas as determinações judiciais”.

Moraes afirma que o Telegram também indicou um novo e-mail de contato para o recebimento das comunicações oficiais e detalhou algumas das medidas que foram tomadas para atender a decisões anteriores do ministro. Ainda há, no entanto, determinações que não foram cumpridas.

A lista de pendências, segundo Moraes, inclui:

  • indicar à Justiça um representante oficial do Telegram no Brasil (pessoa física ou jurídica);
  • informar ao STF, “imediata e obrigatoriamente”, as providências adotadas pelo Telegram para “o combate à desinformação e à divulgação de notícias fraudulentas, incluindo os termos de uso e as punições previstas para os usuários que incorrerem nas mencionadas condutas”;
  • excluir imediatamente os links no canal oficial de Jair Bolsonaro, no Telegram, que permitem baixar documentos de um inquérito sigiloso e não concluído da Polícia Federal (veja detalhes abaixo);
  • bloquear o canal “Claudio Lessa”, fornecer os dados cadastrais da conta ao STF e preservar a íntegra do conteúdo veiculado nesse espaço.

“Considerando, porém, o atendimento parcial da decisão e o estabelecimento de comunicação da plataforma Telegram com esta Suprema Corte, verifico a pertinência de intimação da empresa, oportunizando nova possibilidade para efetivar o cumprimento das determinações faltantes”, escreveu o ministro.

De acordo com o gabinete de Moraes, a intimação sobre essa nova decisão foi entregue ao Telegram às 16h44 deste sábado pelo e-mail indicado pela plataforma.

Exclusão em canal de Bolsonaro

Uma das determinações reiteradas por Moraes neste sábado trata da exclusão de links divulgados no canal oficial de Jair Bolsonaro no Telegram.

A publicação indica links para download de documentos da Polícia Federal e do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sobre uma invasão hacker ao TSE – que, segundo a Corte, não gerou qualquer risco ao sistema eleitoral.

A publicação desse material sigiloso, que compõe um inquérito ainda não concluído pela PF, levou o TSE a apresentar uma notícia-crime contra Bolsonaro no STF – o que levou à abertura de um inquérito específico sobre o tema. Bolsonaro também foi incluído como investigado no inquérito das fake news.

Em investigação sobre o tema, a Polícia Federal afirmou ao STF ter reunido elementos “da atuação direta, voluntária e consciente” do presidente Jair Bolsonaro no vazamento dos dados sigilosos. Bolsonaro, no entanto, ainda não foi denunciado formalmente pelo caso.

g1

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Notícia do G1 totalmente tendenciosa, como sempre. Bolsonaro ainda não foi e nem vai denunciado, simplesmente porque não há crime. Só se for pelo MP de Marte ou Júpiter.

  2. Esse tirano quer acabar com duas pessoas: Jair Bolsonaro e Alan dos Santos. Isso tudo que ele tá fazendo é pessoal, direcionado a esses dois.

Suspensão do Telegram não tem amparo na Constituição, diz Bolsonaro

Sábado, 19 de Março de 2022


Neste sábado (19), o presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar o bloqueio do Telegram no Brasil, determinada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com chefe do executivo, a decisão contraria tanto a Constituição quanto o Marco Civil da Internet.

“Não encontra nenhum amparo no Marco Civil da Internet e (em) nenhum dispositvo da Constituição “, disse Bolsonaro, na saída de uma lotérica em Brasília.

Mandatário ficou cerca de uma hora na barbearia e, em seguida, fez uma aposta na casa lotérica. Ele cumprimentou apoiadores e segurou crianças no colo.

Na sexta-feira, o Bolsonaro já havia dito que a suspensão é “inadmissível” e pode “causar óbitos”. Também na sexta, a Advocacia-Geral da União (AGU) solicitou ao STF que a decisão de Moraes seja revista.

AO VIVO: Sem meias palavras, Janaína Paschoal abre o jogo em entrevista polêmica (veja o vídeo)

Sábado, 19 de Março de 2022

Neste sábado (19), os canais parceiros Jornal da Cidade Online, Os Bastidores de Brasília e Canal de Brasília, transmitirão ao vivo entrevista exclusiva com Janaína Paschoal.

Apoiadora e crítica de Bolsonaro, conservadora e polêmica, anti-petista e temperamental, Janaína estará cara a cara com o Jornalista Alfredo Bessow.

Em pauta, a visão política, suas previsões e o futuro político do Brasil, num bate-papo sem meias palavras.

Ao vivo, a partir de 12h:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Biden ‘ataca’ Putin: ‘Bandido, assassino’ / Rússia e Ucrânia perto de selar a paz (veja o vídeo)

 Sábado, 19 de Março de 2022

Ivan Kleber, correspondente da TV JCO no Reino Unido, traz as últimas atualizações sobre o conflito, informações isentas que você não verá na velha mídia globalista, só aqui! 

Putin propôs um status de neutralidade à Ucrânia, assim como possuem Suécia e Áustria. Isso permitiria que a Ucrânia continuasse com seu exército, obviamente, bem mais limitado que o atual. Do lado ucraniano, a proposta foi até bem aceita, mas eles querem que alguns países se coloquem como fiadores desse acordo. 

E Biden continua ‘atacando’ Putin. Na última semana, ele chamou por duas vezes o presidente russo de ‘bandido’ e ‘assassino’.

Confira:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Sistema que mobiliza socorro da defesa civil está paralisado em todo o país com o bloqueio do Telegram

Sábado, 19 de Março de 2022

A decisão do ministro Alexandre de Moraes de bloquear o aplicativo Telegram causou perplexidade no secretário de Mudanças Climáticas da Prefeitura de São Paulo, Antonio Fernando Pinheiro.

Segundo ele, a suspensão do Telegram deverá inviabilizar a ação das autoridades de todo o País diante das fortes chuvas esperadas para este fim de semana.

“É preciso recorrer dessa decisão, rever isso”, disse ele. 

O Telegram é o principal instrumento de mobilização da Defesa Civil e de outros organismos que atuam no socorro à população.

Ele citou como exemplo a cidade de Belo Horizonte, onde 4 mil pessoas envolvidas em ações de socorro da Defesa Civil fazem parte de um grupo do Telegram. Ele explicou que o Whatsapp, por exemplo, limita os grupos a 256 pessoas e não há tempo para reformar todo o sistema de mobilização.

O secretário acha estranho que o poder público, nesse caso representado por um ministro do STF, seja capaz de bloquear uma rede que o próprio poder público utiliza para mobilizar socorro a brasileiros vítimas de enchentes deslizamentos e outros desastres naturais.

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

A mulher que destroçou o feminismo no Brasil e colocou Manuela para "correr"

Sábado, 19 de Março de 2022

Geralmente o feminismo tenta criar a narrativa do tal "empoderamento" das mulheres…

Uma descarada mentira!

Quem revela isso é uma corajosa e respeitada deputada, a professora Ana Caroline Campagnolo.

A "exterminadora de narrativas feministas" tem um profundo e impecável conhecimento sobre o assunto.

Campagnolo ficou conhecida no Brasil todo quando, ao vivo e em rede nacional, colocou a comunista Manuela D'Ávila para "correr", destruindo seus argumentos e acabando com suas teses mirabolantes.

Diariamente, a parlamentar é atacada pela esquerda, pela velha imprensa e, obviamente, pelo Movimento Feminista.

Tudo isso acontece devido as revelações estarrecedoras sobre o feminismo que ela expôs em seu livro "Feminismo: Perversão e Subversão”.

 As mais terríveis e grotescas libertinagens foram escancaradas.

É impressionante!

Caso queira fortalecer a luta de Ana Campagnolo contra o feminismo e ainda descobrir todas as revelações que ela faz, clique no link:

https://bibliotecaconservadora.com.br/products/feminismo-perversao-e-subversao

Vale a pena o investimento.

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

URGENTE: CEO do Telegram se pronuncia sobre bloqueio da plataforma no Brasil

  Sábado, 19 de Março de 2022

O fundador do Telegram, Pavel Durov, se pronunciou sobre a decisão do bloqueio do aplicativo no Brasil, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, nesta sexta-feira (18).

A nota foi reproduzida na conta oficial que a plataforma mantém no Twitter.

Segundo Durov ocorreu um problema de comunicação, e que o mesmo, olhem só, poderia ter como origem o próprio STF, que teria ignorado ou perdido um comunicado em que o Telegram respondeu a uma decisão judicial, informando um novo endereço de e-mail para que pudessem trocar mensagens no futuro.

O CEO do Telegram pede o adiamento da decisão de Moraes e afirma que providências já estão sendo tomadas, entre elas, o estabelecimento de  um representante fixo da empresa no Brasil.

Confira: 

Parece que tivemos um problema com e-mails entre nossos endereços corporativos no telegram.org e o Supremo Tribunal brasileiro. Como resultado dessa falha de comunicação, o Tribunal decidiu bloquear o Telegram por não estar respondendo.
Em nome da nossa equipe, peço desculpas ao Supremo Tribunal brasileiro por nossa negligência. Definitivamente, poderíamos ter feito um trabalho melhor.
Cumprimos uma decisão judicial anterior no final de fevereiro e respondemos com uma sugestão para que pedidos futuros de suspensão sejam enviados a um endereço de e-mail dedicado. Infelizmente, nossa resposta deve ter sido perdida, pois o Tribunal utilizou o endereço de e-mail antigo, que tem um propósito mais amplo e geral, nas outras tentativas de nos contatar. Como resultado, perdemos a decisão que continha um pedido de suspensão subsequente no início de março. Felizmente, agora a encontramos e a concluímos, entregando hoje outro relatório ao Tribunal.
Como dezenas de milhões de brasileiros dependem do Telegram para se comunicar com a família, amigos e colegas, peço ao Tribunal que considere adiar sua decisão por alguns dias a seu critério para nos permitir remediar a situação nomeando um representante no Brasil e criando uma estrutura para reagir de forma rápida a futuras questões urgentes como essa.
As últimas 3 semanas foram sem precedentes para o mundo e para o Telegram. Nossa equipe de moderação de conteúdo foi inundada com pedidos de múltiplas origens. No entanto, tenho certeza de que uma vez estabelecido um canal de comunicação confiável, conseguiremos concluir com eficiência os pedidos de suspensão de canais públicos ilegais no Brasil.

A nota de Pavel Durov é esclarecedora e, agora, é só aguardar a resposta de Alexandre de Moraes.

Caso ocorra, que seja no endereço de e-mail correto.

Fonte: Jornal da Cidade Online

No "berço" mais antigo do PT, Bolsonaro dá show e mostra como se faz (veja o vídeo)

Sábado, 19 de Março 2022

Mesmo na Bahia, estado refém do PT há 16 anos, o presidente Jair Bolsonaro (PL) mostrou a força da sua popularidade e deu um verdadeiro show.

O presidente cumpriu agenda no Senai Cimatec e, em seguida, participou da cerimônia de lançamento da pedra fundamental da nova unidade de biomagem das Obras Sociais Irmã Dulce, entidade filantrópica que atende milhares de pessoas todos os anos em Salvador, Bahia.

Durante sua passagem pela cidade, uma multidão de verde e amarelo se reuniu para aclamar a chegada do Presidente.

As imagens são emocionantes!

Confira:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Noite de terror para atriz da Globo: Ladrões invadem cobertura no RJ

Sábado, 19 de Março de 2022

Uma cobertura no bairro do Recreio, no Rio de Janeiro, foi invadida por três bandidos armados na madrugada da última quarta-feira (16).

O local é a residência da atriz global Dandara Mariana, de seu pais, o ator Romeu Evaristo e Beth Nahas, e o irmão Noah Nahas.

Os assaltantes encapuzados renderam, primeiramente, a atriz em seu quarto, em busca de dinheiro e joias.

Dandara foi obrigada a acompanhar os ladrões. Assim ela dirigiu-se até o quarto do irmão, que foi amarrado. Depois, ao quarto dos pais, que também foram amarrados.

Todos foram colocados no quarto da atriz sob a mira de um dos bandidos. Enquanto isso, os outros dois assaltantes fizeram um verdadeiro arrastão na cobertura.

Dandara se manifestou em nota sobre o ocorrido::

“Foi uma noite de terror, mas eu tive que manter a calma para dialogar com eles e não deixar que nada de pior acontecesse. É uma sensação que não desejaria para ninguém. Porque a nossa casa é o lugar que a gente se sente seguro. É o nosso abrigo. E, quando invadem a sua casa, não existe mais lugar no mundo que a gente se sinta seguro!”.

A atriz prestou queixa na 42ª DP e o caso segue em investigação.

A rua onde Dandara mora conta com uma guarita 24 horas, no entanto, o segurança noturno disse não ter notado nada de anormal. O que chamou atenção da família é que não houve arrombamento da portaria e de nenhum outro apartamento, o que sugere que os bandidos já soubessem de que se tratava da casa da atriz.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Os apoiadores fiéis de Bolsonaro: PL apresenta seus novos trunfos para as eleições 2022 (veja o vídeo)

 Sábado, 19 de Março de 2022

Desde que saiu do PSL, a expectativa para saber qual o novo partido de Bolsonaro era grande.

Com o anúncio de sua filiação ao PL, diversos apoiadores fiéis seguiram o presidente, entre eles a deputada federal Carla Zambelli (SP) e os deputados federais Filipe Barros (PR), General Girão (RN), José Medeiros (MT), além de comunicadores como Gustavo Victorino, o analista político Gustavo Gayer e a jornalista Samantha Cavalca. Ao todo 22 deputados e pré-candidatos assinaram a ficha para entrar no partido.

A deputada Carla Zambelli ressaltou que é fundamental fortalecer a base do presidente Bolsonaro: 

“Eu acho que neste mandato faltou uma base grande para dar suporte ao presidente dentro do congresso. Infelizmente, o poder subiu à cabeça de muita gente, acharam que era maiores que o projeto, agora temos pessoas que já são fiéis ao presidente há muitos anos”, frisou a deputada, que vai liderar a "frente parlamentar da lealdade" a Bolsonaro.

O objetivo do grupo é filtrar pré-candidaturas que estejam alinhadas ao presidente em todo o país.

Alguns candidatos ainda estão fazendo a migração de partidos, e nesta movimentação, que deve se encerrar no dia 1 de abril, com o fechamento da janela partidária, o PL deve se tornar o maior partido da Câmara. 

“Nós queremos colocar nosso conhecimento ancestral em prol do Brasil” 

A tenente do exército Silvia Nobre Waiãpi, que também se filiou ao PL, destacou a importância do tratamento humano que o presidente dá aos indígenas, diferente da esquerda, que usa os indígenas como massa de manobra: 

“A sociedade ela tem o seu ideal imaginário, e dentro deste ideal imaginário se julga que, para que eu seja eu mesma, eu tenho que estar nua no meio do mato, eu tenho que depender apenas e exclusivamente do que a floresta me dá para poder comer, e continuar matando carapanã no corpo durante a noite. 
Mas não é isso o que a maior parte dos indígenas pensam, nós queremos produzir para o Brasil, nós queremos participar da questão econômica brasileira, trazendo todo o nosso talento, toda nossa expertise, todo nosso conhecimento ancestral, para colocar isso em prol do Brasil” explicou.  

De acordo com Silvia, existem pessoas que lucram com a miséria do indígena, recebem dinheiro de organizações internacionais, para mantê-los segregados e isolados. O presidente Bolsonaro ‘quebrou’ esse esquema e tem políticas para tornar os indígenas independentes:

“É uma nova forma de pensar o Brasil de maneira estratégica, dando sim oportunidade que o indígena possa produzir em suas próprias terras, de uma forma diferenciada, ou em grande escala. Tudo dentro daquilo que lhe for possível, com o governo dando suporte, todo amparo necessário para que a gente possa participar do ciclo econômico do Brasil”, completou.

Confira:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055