martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 14 de novembro de 2020

TRABALHO SÉRIO E CORAJOSO DO VEREADOR CABECINHA EM MARTINS, PODERÁ SER SEGUIDO POR OUTROS COLEGAS NA REGUIÃO, PREFEITOS ELEITOS QUE SE CUIDEM, POPULAÇÃO PODERÁ PREMIAR O TRABALHO O SÉRIO COMO FORMA DE EXEMPLAR OUTROS.

Sábado, 14 de Novembro de 2020


Em conversas com amigos de cidades vizinhas, muitos nos confidenciam a vontade de ter um vereador no estilo "Cabecinha" fazendo por sua cidade, sua fama está rompendo barreiras, muitos admiram a coragem e a dedicação de vereador martinense "Cabecinha", a população de nossa cidade. Um vereador que está presente, fiel ao seus princípios. e ainda por cima, é ainda por cima é autor de 90%  "noventa por cento", dos requerimentos que foi dado entrada na secretaria da Casa Legislativa e colocado em votação.

 

ELEIÇÕES 2020: saiba o que pode e o que não pode no dia da votação

Domingo, 12 de Novembro de 2020

Foto: Elza Fiúza/Agência Brasil

Neste domingo (15), 147,9 milhões de eleitores de todo o país, com exceção do Distrito Federal, vão às urnas no primeiro turno da eleição em que serão escolhidos os novos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores de seus municípios. O segundo turno ocorre em municípios com mais de 200 mil eleitores quando nenhum dos candidatos a prefeito obtém, no primeiro turno, mais da metade dos votos válidos.

Mas você sabe o que pode e o que não pode no dia das eleições?

A Resolução no 23.610/2019 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e a Lei nº 9.504/1997 esclarecem as regras.

Algumas condutas são, inclusive, consideradas crime eleitoral. São vedadas, por exemplo, todas as formas de propaganda no dia da votação.

O que pode

No dia da votação, é permitido o uso de bandeiras, broches, adesivos e camisetas com foto e número de candidato, desde que como manifestação individual e silenciosa da preferência.

O eleitor pode levar para a cabine de votação uma “cola” (lembrete) com os números dos candidatos escolhidos. A legislação também permite a manutenção da propaganda que tenha sido divulgada na internet antes do dia da eleição.

Ainda no dia da votação é permitido que, nos crachás dos fiscais partidários, constem o nome e a sigla do partido político ou da coligação a que sirvam, mas é proibida a padronização do vestuário.

O que não pode

Pela legislação eleitoral, no dia da votação, é proibido divulgar qualquer espécie de propaganda de partidos políticos ou de candidatos.

Também não são permitidas, até o término do horário de votação, aglomerações de pessoas portando vestuário padronizado ou instrumentos de propaganda; caracterização de manifestação coletiva e/ou ruidosa; além de abordagem, aliciamento, utilização de métodos de persuasão ou convencimento; e distribuição de camisetas. Tais manifestações são proibidas com ou sem uso de veículos:

Constam ainda da lista de proibições no dia da votação o uso de alto-falantes, amplificadores de som; a realização de comícios, carreatas e o uso de qualquer veículo com jingles; a arregimentação de eleitores ou a propaganda de boca de urna; o derrame de santinhos e outros impressos nas seções eleitorais ou nas vias próximas, ainda que realizado na véspera da eleição; e a publicação de novos conteúdos ou o impulsionamento de conteúdo na internet, podendo ser mantidos em funcionamento as aplicações e os conteúdos publicados anteriormente.

Mesários

Aos servidores da Justiça Eleitoral, aos mesários e aos escrutinadores, é vedado o uso de vestuário ou objeto que contenha qualquer propaganda de partido político, de coligação ou de candidato, no recinto das seções eleitorais e juntas apuradoras.

Denúncias

Denúncias de irregularidades e crimes eleitorais podem ser feitas pelo aplicativo Pardal, criado pela Justiça Eleitoral, ou encaminhadas diretamente ao Ministério Público.

Segundo a Justiça Eleitoral, no dia do pleito, os juízes eleitorais e os presidentes de seção exercem poder de polícia, podendo tomar as providências necessárias para cessar qualquer irregularidade e inibir práticas ilegais dos candidatos e dos eleitores.

Agência Brasil

Eleição 2020: veja o que levar e o que não levar no dia da votação

Sábado, 14 de Novembro de 2020


Devido à pandemia do novo coronavírus, a Justiça Eleitoral elaborou um plano de segurança sanitária com diversas recomendações aos eleitores sobre procedimentos a serem adotados durante a votação, que ocorre no domingo (15) das 7h às 17h.

Neste ano, os itens imprescindíveis para votar são um documento oficial com foto e a máscara, cujo uso será obrigatório a todo o momento nas sessões eleitorais.

A Justiça Eleitoral recomenda ainda que, se possível, o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação, de modo a evitar o compartilhamento de objetos e a disseminação do novo coronavírus.

Assim como ocorreu em anos anteriores, o eleitor que já fez o cadastro biométrico pode, caso prefira, utilizar o aplicativo e-Título para se identificar, precisando mostrar somente a tela do celular ao mesário. A ferramenta digital dispensa que o eleitor porte qualquer documento em papel.

O eleitor também pode levar a conhecida cola na hora de votar, com os números de seus candidatos. Vale lembrar, porém, que não é permitido portar o aparelho celular dentro da cabine de votação. Por isso, se for mesmo necessária, o melhor é levar a cola em papel. 

Dentro da cabine, também são proibidos máquinas fotográficas, filmadoras, equipamento de radiocomunicação ou quaisquer instrumentos que possam comprometer o sigilo do voto. Esses aparelhos devem ficar retidos com o mesário enquanto o eleitor vota.

Está previsto que a Justiça Eleitoral deverá fornecer álcool gel aos eleitores. O previsto é que também haja álcool 70% disponível para higienização de superfícies.

Os organizadores da eleição não incentivam o uso de luvas, seja por mesários ou eleitores, sob o argumento de que o item desencoraja a higienização frequente das mãos e ainda pode se tornar um vetor de transmissão de covid-19, no caso de descarte inadequado.

Abaixo, as recomendações aos eleitores feitas pela Justiça Eleitoral no Plano de Segurança Sanitária das Eleições Muncipais de 2020. Instruções para mesários, coordenadores e outras pessoas envolvidos no processo eleitoral podem ser encontradas na íntegra do documento, disponível no site do TSE.
Instruções aos eleitores

- Se apresentar febre, não saia de casa.

- No transporte até o local de votação, mantenha distância de, no mínimo, um metro das outras pessoas em filas e evite entrar em veículos cheios.

- Mantenha distância de, no mínimo, um metro das outras pessoas dentro dos locais de votação. Evite contato físico com outras pessoas, como abraços e apertos de mão.

- Respeite a marca de distanciamento nas filas e nas seções eleitorais (sinalizada com adesivos nos chãos).

- Se possível, compareça sozinho ao local de votação. Evite levar crianças e acompanhantes.

- Permaneça nos locais de votação apenas o tempo suficiente para votar.

- Use máscara desde o momento que sair de casa até a volta.

- Nos locais de votação, não é permitido se alimentar, beber ou fazer qualquer outra atividade que exija retirada da máscara.

-Se possível, leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação.

- Mostre seu documento oficial com foto, esticando os braços em direção ao mesário. O mesário verificará os dados de identificação à distância.

- Se houver dúvida na identificação, o mesário poderá pedir que você dê dois passos para trás e abaixe brevemente a máscara.

- Higienize as mãos com álcool em gel antes e depois de votar.

(Agência Brasil)

ALGUNS POLÍTICOS COMPRAM VOTOS COM DROGAS EM MOSSORÓ, AFIRMA DELEGADO

Sábado, 14 de Novembro de 2020



O delegado regional da Polícia Civil do RN, Luis Fernando Sávio de Eliezer Pinto, disse textualmente ao programa Cidade Aflita da Rádio Difusora de Mossoró, que a campanha municipal mossoroense está em boa parte movida à droga. A troca de voto por crack e maconha é uma realidade.

Chapas casadas vereador-majoritária ou nomes, individualmente, estariam movimentando somas financeiras expressivas, tendo ‘boqueiros’ como cabos eleitorais à negociação final com os viciados-eleitores.
Um ‘boqueiro’ (dono da boca de fumo), pelo que se fala no submundo da política e do narcotráfico, recebe entre R$ 2 e R$ 5 mil para o trabalho de recrutamento dos eleitores.
“Fato notório”
- Isso é um fato notório. Polícia Civil, Polícia Federal, Polícia Militar e Ministério Público têm ciência disso e estamos com um trabalho para coibir – comentou o delegado.
Ele também antecipou, que há acompanhamento de muitos empresários e agiotas, envolvidos em outras modalidades de compra de votos. “É fato também público e notório. Sabemos que muitos estão com dinheiro guardado para repasse aos políticos”, disse.
- Temos denúncias, já temos denúncias – garantiu. “É incrível, mas é a realidade de Mossoró”, lamentou.
A entrevista foi concedida ao repórter Pádua Júnior.

Carlos Santos / Passando na Hora

Witzel sofre nova derrota: STF decide que processo de impeachment é válido

 Sábado, 14 de Novembro de 2020

Na noite desta quinta-feira (12), o governador Wilson Witzel sofreu mais uma derrota na tentativa de retornar ao comando do governo do Estado do Rio de Janeiro.

O Supremo Tribunal Federal (STF) já contabilizou votos suficientes para rejeitar o seu pedido para suspender o processo de impeachment ativo na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

O ministro Alexandre de Moraes, relator do processo, votou pela manutenção do impeachment.

Ele foi acompanhado por Cármen Lúcia, Edson Fachin, Marco Aurélio, Nunes Marques e Rosa Weber. Dias Toffoli foi o único, por ora, a divergir do relator e apresentar parecer favorável à defesa de Witzel. Faltam votar Gilmar Mendes e Luís Roberto Barroso.

O ministro Luiz Fux não irá participar, pois se considerou impedido.

De qualquer forma, Witzel já está derrotado.

Ele escolheu esse caminho.

O preço da traição é sempre cruel.

Se depender de alguns “profissionais” da imprensa... O vazio e a vergonha tomam conta (veja o vídeo)

Sábado, 14 de Novembro de 2020

A omissão e desinformação são alguns dos pratos preferidos de boa parte da imprensa, e de uma enorme parte da grande imprensa. A manipulação, e como torcem e retorcem as notícias, são as especialidades das casas.

Tendenciosos, os ditos profissionais da imprensa ralam a buzanfa no ridículo, e como é fácil tropeçar no próprio rabo, o vazio e a vergonha tomam conta do espaço jornalístico.

Essa é a apresentadora da Globonews, Cecília Flesch: "Ficou azul, gente! A gente virou, 284 delegados neste momento para Joe Biden!" Assistam isso:

Indígenas ignoram ‘corpo’ de motorista e agridem PRF para saquear carga (veja o vídeo)

 Sábado, 14 de Novembro de 2020

Na tarde de quarta-feira, 11, um grave acidente de trânsito aconteceu na BR-277 próximo a Laranjeiras do Sul (PR).

Infelizmente, a colisão frontal acabou fazendo uma vítima fatal.

A PRF (Polícia Rodoviária Federal), ao atender o acidente na altura do KM 473,9 da BR-277, deparou-se com um início de saque de carga em um dos veículos envolvidos, um caminhão-baú.

Entretanto, mesmo com a chegada dos policiais no local e o corpo da vítima estirado ao chão, um grupo de indígenas tentava arrombar a porta do compartimento de carga do caminhão.

Depois de muita insistência e com os agentes sem condições fazer ‘nada’, pois se trata de indígenas e qualquer interferência pode causar severas punições, o grupo conseguiu abrir a porta e começou o saque.

Em dado momento, chegando até mesmo a pisotear o corpo do motorista que aguardava a chegada do IML (Instituto Médico Legal).

Um dos policiais foi atingido por uma pedrada na cabeça, foi atendido pelo serviço médico da concessionária e passa bem.

Houve inclusive, relatos de que indígenas tentaram realizar um arrastão nos veículos que estavam parados nos dois sentidos da rodovia bloqueada, mas não houve registro de roubos.

Logo depois, quatro indígenas foram identificados e presos pelo saque ao caminhão.

Confira a lamentável cena: (Cenas Fortes)

Relatório da OMS mostra crescimento de 50% em mortes por sarampo; entidade faz alerta

 Sábado, 14 de Novembro de 2020 


Relatório da OMS mostra crescimento de 50% em mortes por sarampo; entidade faz alerta
Foto: Ministério da Saúde

Uma doença já conhecida e que pode ser evitada com vacina, o sarampo matou mais de 207 mil pessoas no mundo somente no ano passado. O número representa um crescimento de 50% em quatro anos, conforme dados doo relatório divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em conjunto com os Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), dos Estados Unidos.

 

O documento indica que o número de casos de sarampo também foi o maior relatado em 23 anos (869.770), com aumento em todas as regiões.

 

Reportagem do G1 destaca que a baixa cobertura vacinal na aplicação das duas doses da vacina é apontada como o principal motivo para o aumento de casos e mortes em decorrência da doença no mundo.

 

Ao dar entrevista sobre o tema, o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou que os dados mostram que os países e as entidades de saúde não estão conseguindo proteger as crianças do sarampo em todas as regiões. "Devemos trabalhar coletivamente para apoiar os países e envolver as comunidades para alcançar todos, em todos os lugares, com a vacina contra o sarampo e deter esse vírus mortal", alertou Tedros.

 

A OMS ressalta que a vacina é a principal medida de prevenção e controle do sarampo.

 

No Brasil ela é gratuita. Está em curso, até o dia 30 de novembro, uma campanha nacional para aplicar doses de reforço da vacina do sarampo em adultos de 20 a 49 anos.

 

Conforme a reportagem do G1, muitos países adiaram campanhas em 2020 por causa da Covid-19. Em novembro, mais de 94 milhões de pessoas correm risco de não serem vacinadas em 26 países, diz o documento da OMS.

 

“Antes que houvesse uma crise de coronavírus, o mundo estava lutando contra uma crise de sarampo, e ela não foi embora. Não devemos permitir que nossa luta contra uma doença mortal aconteça às custas de nossa luta contra outra”, disse Henrietta Fore, diretora-executiva do Unicef.

1,3 milhão de pessoas vivem abaixo da linha da pobreza no RN

Sábado, 14 de Novembro de 2020

Foto: Pixabay

No Rio Grande do Norte, 1,329 milhão de pessoas vivem abaixo da linha da pobreza. Isso significa que 38% dos potiguares vivem com rendimento domiciliar per capita inferior a 5,5 dólares por dia, o que dá aproximadamente R$ 436 mensais. Os dados são da Síntese dos Indicadores Sociais (SIS), divulgada pelo IBGE nessa quinta-feira (12).

O relatório, que é referente ao ano de 2019, também apontou que cerca 10,2% da população potiguar vive na condição de extrema pobreza. São 362 mil potiguares que se enquadram nesse grupo com rendimento per capita inferior a US$ 1,9 por dia, cerca de R$ 151 mensais.

Com informações de G1-RN e Tribuna do Norte.

ACIDENTE: Caminhão com cana-de-açúcar tomba na BR-304 e interdita pista na Grande Natal

Sábado, 14 de Novembro de 2020

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O portal G1-RN noticia que um caminhão bitrem com um carregamento de cana-de-açúcar tombou no início da noite desta sexta-feira (13) na BR-304 na altura do município de Macaíba, na Região Metropolitana de Natal. O acidente fez um lado da pista ser interditado por completo – com apenas o acostamento livre.

O acidente aconteceu na altura da ponte do Rio Ptimbu, no km 306 da rodovia no sentido em direção a Natal. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista contou que estava sozinho e houve uma falha mecânica no veículo, o que o fez colidir na mureta central da pista e tombar em seguida. O motorista não se feriu.

A PRF recomenda que motoristas que estão a caminho de Natal pela pista peguem uma rota alternativa, como a BR-226. Veja a matéria completa no G1-RN.

sexta-feira, 13 de novembro de 2020

MARTINS-RN: VEREADOR CABECINHA MOSTRA UM POUCO DO SEU TRABALHO A POPULAÇÃO MARTINENSE, CONFIRA.

 







BNDES registra lucro de R$ 8,73 bilhões no terceiro trimestre; Negociação de ações contribuiu para resultado positivo no período

Sexta, 13 de Novembro de 2020

Foto: Agência Brasil

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) registrou lucro de R$ 8,73 bilhões no terceiro trimestre, informou nesta quinta-feira, 12, a instituição de fomento, em nota distribuída à imprensa. Nos nove primeiros meses do ano, o banco registrou lucro líquido de R$ 13,7 bilhões.

“O desempenho, apresentado foi fortemente influenciado pelo resultado obtido com participações societárias, entre elas: a venda de ações de Vale, que contribuiu com um lucro líquido de R$ 4 bilhões; a equivalência patrimonial de empresas coligadas, com R$ 1,2 bilhão; e a receita com dividendos e JCP, de R$ 938 milhões”, diz a nota.

No acumulado de janeiro a setembro, o BNDES destacou que o desempenho foi impactado pela oferta pública de ações da Petrobrás, em fevereiro (R$ 4,1 bilhões), e atenuado pela constituição de provisão para risco de crédito de R$ 1,8 bilhão (R$ 1 bilhão líquido de tributos).

O ativo do Sistema BNDES totalizou R$ 764,4 bilhões em 30 de setembro de 2020, uma alta de 5,0% (R$ 36,2 bilhões) nos primeiros nove meses do ano. O banco de fomento informa que o incremento resultou, principalmente, do ingresso de R$ 22 bilhões em recursos do Tesouro Nacional (sendo R$ 4,8 bilhões já aplicados), no âmbito do Programa Emergencial de Suporte a Empregos (PESE) e do Programa Emergencial de Acesso a Crédito (PEAC), além da apropriação de variação cambial e juros da carteira de crédito e repasses, de R$ 39 bilhões.

Esses fatores, diz o BNDES, foram atenuados pela transferência da totalidade do saldo de R$ 20,7 bilhões do Fundo PIS/Pasep para o FGTS no segundo trimestre, o que viabilizou saques emergenciais dos trabalhadores, e pela desvalorização da carteira de empresas não coligadas em R$ 11,5 bilhões.

O BNDES destacou ainda que houve reversão bruta de R$ 469 milhões em provisões no terceiro trimestre, decorrente da evolução positiva de créditos provisionados.

O presidente do BNDES, Gustavo Montezano, afirmou que a instituição de fomento manterá sua estratégia de continuar se desfazendo de sua carteira de participações societárias, após as vendas recentes de fatias bilionárias da mineradora Vale e da fabricante de celulose Suzano, mas seguirá vendendo sem “canibalizar” o mercado.

“Vamos continuar executando estratégia de desinvestimentos de forma a não canibalizar, não machucar o mercado, de forma cuidadosa, sempre com o mercado comprando as posições, mais do que o BNDES vendendo”, afirmou Montezano. “Não podemos dar estimativas ou previsões porque o mercado continua volátil. Mudanças súbitas podem acontecer”, completou o executivo.

A carteira de participações societárias do BNDES encerrou o terceiro trimestre avaliada em R$ 71,2 bilhões. O valor da carteira encolheu 37,8% nos nove primeiros meses deste ano, quando foram feitas vendas bilionárias de participações na Petrobrás, na Vale e na Suzano.

oferta de ações da Suzano foi feita em outubro e, portanto, terá efeitos no balanço financeiro do quarto trimestre. No fechamento da última segunda-feira, 9, a carteira de participações societárias estava avaliada em R$ 70,3 bilhões, já considerando a venda de Suzano, que marcou a saída do BNDES da companhia, e a variação das cotações desde o início deste quarto trimestre, informou a diretora financeira do banco, Bianca Nasser.

Estadão Conteúdo

Mais de 10 mil pessoas mortas votaram em Michigan (EUA)

Sexta, 13 de Novembro de 2020

De acordo com uma análise dos dados eleitorais do estado de Michigan divulgados nesta terça-feira (10/11), mais de 10 mil pessoas confirmadas ou suspeitas de estarem mortas enviaram suas cédulas ao correio para votar.

Cerca de 9.500 eleitores confirmados mortos por meio do Índice de Mortes da Previdência Social (SSDI) são marcados no banco de dados de votação do estado como tendo enviado as cédulas. Outros quase 2 mil têm 100 anos ou mais e não são listados como centenários vivos conhecidos.

A análise foi fornecida por Richard Baris, diretor da Big Data Poll. “Também é inteiramente possível que alguns deles nem sejam pessoas reais”, disse Baris ao Epoch Times por e-mail. “Se alguém tem 110 anos ou alguma idade ridícula, deveríamos ter seu registro de morte, mas não temos.”

Os dados indicam que outra pessoa estava tentando votar em nome dessas pessoas mortas.

Americanos com mais de 110 anos são extremamente raros; apenas um punhado de tais idosos são conhecidos a viver em Michigan.

De acordo com o Censo de 2010, havia 1.729 centenários em Michigan (pdf).

Fonte: Terça Livre

Em operação da PF, deputado é preso por porte ilegal de arma

 Sexta, 13 de Novembro de 2020


Trutis está preso na Superintendência da Polícia Federal em Campo Grande e deve prestar esclarecimentos em breve.

A operação a PF colocou 50 agentes nas ruas de Campo Grande e em Brasília, devido a uma investigação sobre um "suposto atentado", sofrido pelo deputado.

Os mandados foram expedidos pelo STF (Supremo Tribunal Federal), situação que só ocorre quando algum alvo tem foro privilegiado, caso de Trutis.

Isso já indicava que ele mesmo poderia ser o alvo.

O ‘suposto atentado’ teria acontecido no começo de 2020, quando Trutis denunciou que no dia 16 de fevereiro, um domingo, por volta das 9h, que ele e sua equipe estavam à caminho de Sidrolândia quando teria sido vítima de emboscada e que revidou.

“O carro em que estavam foi alvejado por, no mínimo, 5 disparos”, dizia a nota divulgada pelo parlamentar.

Confira a imagem do carro anexada à publicação:

“O deputado conseguiu revidar o ataque. Apesar da emboscada, todos estão bem e sem ferimentos”, ainda dizia o comunicado.

Violência nas eleições em Marília (SP): A briga entre o prefeito e um candidato a vereador 'armado' (veja o vídeo)

 Sexta, 13 de Novembro de 2020

Daniel Alonso vistoriava obras em uma avenida, quando o candidato a vereador parou o carro e interpelou o prefeito com uma arma visível na cintura. Ele ainda discutiu com assessores.

Em seguida, as imagens que circulam na internet, mostram que o policial militar questionava outras obras públicas como a de esgoto; quando perguntaram sobre a arma que portava na cintura. Em primeiro momento, ele negou. Mas, depois, assumiu que estava armado porque era policial e deixou o local em minutos.

Intimidado pelo gesto, o prefeito Daniel Alonso registrou boletim de ocorrência por ameaça e o caso foi encaminhado para a justiça eleitoral.

Confira:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Em crise, Globo perde mais uma atriz

Sexta, 13 de Novembro de 2020

Após 18 anos na casa, tendo participado de novelas como Esperança, Lado a Lado, Babilônia. Novo Mundo e Belíssima, a atriz participará de um novo “projeto de uma plataforma de streaming”, mas não foram divulgadas maiores informações, nem mesmo qual plataforma seria.

A última participação de Sheron em uma produção da Globo foi em Bom Sucesso, novela das 7 exibida entre 2019 e o começo de 2020, na qual interpretou a personagem Gisele.

“Sinto muitas saudades de nós todos juntos”, disse a atriz em uma publicação feita um ano após o início das gravações da novela.

A Globo segue definhando...

Fonte: Jornal da Cidade Online

Neto do general Figueiredo detona jornalista: "Repita comigo: Biden não foi eleito presidente" (veja o vídeo)

 Sexta, 13 de Novembro de 2020

Um embate emblemático aconteceu na Jovem Pan e acabou chamando a atenção pelo importante alerta feito pelo jornalista Paulo Figueiredo Filho, neto do ex-presidente João Baptista Figueiredo.

O jornalista Josias de Souza noticiava a troca do secretário de defesa feita por Trump, presidente dos Estados Unidos, e acabou dando como 'encerrada' a eleição dos Estado Unidos, e Joe Biden como já eleito:

“Numa votação apertada, este eleitorado (americano), decidiu que o próximo inquilino da Casa Branca vai ser o Biden."

Na sequência, foi a vez de Paulo Figueiredo Filho falar e, antes de entrar no assunto da troca de secretário, ele resolveu “colocar os pingos nos is” e deu uma “chamada” em seu colega:

“Josias... repita comigo, todos os dias de manhã... Joe Biden não foi eleito presidente dos Estados Unidos. Pelo menos, ainda não. Isso é errado. É tecnicamente errado. Isso é fake News. A gente como jornalista não pode dar essa informação porque ela é falsa.”

Confira a 'correção' de Figueiredo a Josias:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

quinta-feira, 12 de novembro de 2020

COVID: "AUXÍLIO EMERGENCIAL PODE VOLTAR CASO HAJA NOVA ONDA", DIZ BOLSONARO

Quinta, 12 de Novembro de 2020


O Governo Federal confirmou através do ministro da Economia, Paulo Guedes, que o auxílio emergencial pode voltar a ser pago à população no ano que vem, mas apenas caso o país seja atingido por uma nova onda do coronavírus do Brasil. “Deixamos bem claro para todo mundo. Se houver uma segunda onda, temos já os mecanismos. Digitalizamos 64 milhões de brasileiros. Sabemos quem são, onde estão e o que eles precisam para sobreviver", afirmou Guedes. O ministro planejava que o valor de R$ 200 reais fossem pagos à população, mas o Congresso direcionou o valor de R$ 500 reais e presidente Bolsonaro aumentou para R$ 600 reais. Após cinco meses, o valor caiu para R$ 300 reais. 
 
Com informações do portal Revista Ceará

CARRETA ARRANCA SEMAFOROS NA AVENIDA PRESIDENTE DUTRA EM MOSSORÓ-RN

Quinta, 12 de Novembro de 2020



Uma carreta Bitrem, arrancou literalmente dois semáforos na tarde desta quarta feira 11 de novembro de 2020, no retorno que fica em frente ao Supermercado Rebouças na Avenida Presidente Dutra em Mossóró no Rio Grande do Norte. 

O condutor da carreta que seguia sentido Natal Mossóro, tentou uma manobra impossível devido ao tamanho do veículo, permaneceu no local por alguns instantes e depois sumiu deixando o trânsito bastante congestionado no local. 

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), foi acionada e isolou o retorno para que fosse realizado os reparos.

Fonte: Passando na Hora

Recorde! PF já apreendeu R$ 666 milhões em bens do tráfico

Quinta, 12 de Novembro de 2020

Valores se referem só a 2020. Lista inclui imóveis, carros de luxo, lanchas e aviões.


A Polícia Federal divulgou um comunicado nesta quarta-feira (11) atualizando o recorde da corporação em apreensões de bens em poder de organizações criminosas que atuam no tráfico de drogas. Até o momento, em 2020, já foram mais de R$ 666 milhões em bens apreendidos.

– Um recorde histórico – comemora a PF.

A lista de apreensões inclui imóveis, automóveis de luxo, lanchas, aviões, helicópteros, joias, além do bloqueio de contas correntes e dinheiro em espécie confiscado em operações.

Segundo a corporação, o resultado é fruto de um trabalho estratégico para descapitalizar as facções criminosas.

– Esse resultado foi possível com as deflagrações de grandes operações de combate ao tráfico e ao crime organizado, focando principalmente na descapitalização patrimonial das organizações criminosas, na prisão de suas principais lideranças e na cooperação policial internacional – explica a Polícia Federal.

No final de setembro, por exemplo, a corporação deflagrou a Operação Rei do Crime para desarticular um “importante e sofisticado” braço financeiro do PCC e obteve na Justiça o bloqueio de milhões em contas bancárias.

Fonte: Estadão

Especialista analisa 'estranho' comportamento de Biden ao interagir com crianças e adolescentes (veja o vídeo)

 Quinta, 12 de Novembro de 2020

Ricardo Ventura, especialista em linguagem silenciosa, analisa imagens em que Joe Biden aparece interagindo 'estranhamente' com crianças e adolescentes.

Muito tem se falado sobre o comportamento de Biden em tais situações, e alegações de que seriam maliciosos tem surgido na internet.

Durante a campanha eleitoral norte-americana, foram publicados diversos vídeos que causaram indignação em pais e internautas, e vêm causando polêmica sobre as intenções de Biden com os pequenos.

Ventura, faz uma análise comportamental de Joe Biden.

Confira e acompanhe as conclusões:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Finalmente o Ministério Público do Pará pede afastamento de Hélder Barbalho

Quinta, 12 de Novembro de 2020

Parece que as autoridades no Pará, finalmente, tomaram coragem e vergonha na cara e decidiram pedir o afastamento do governador do estado, Hélder Barbalho, e mais nove pessoas.

O Ministério Público do Pará (MPPA), por meio do procurador-geral de Justiça Gilberto Valente Martins, não engoliu as desculpas de Hélder sobre a aquisição do 400 ventiladores pulmonares, durante a pandemia do Coronavírus e decidiu afastá-lo.

A aquisição dos equipamentos foi feita sem licitação pelo valor de R$50,5 milhões e teve adiantamento de R$25,2 milhões.

Os aparelhos da empresa SKN do Brasil Importadora e Exportadora de Eletrônicos Ltda. apresentaram 10 tipos diferentes de falhas; inviabilizando o tratamento em pacientes com a covid-19, que estavam na UTI, segundo apontou o próprio laudo da Secretaria de Saúde Pública do Pará.A compra desses respiradores motivou a Operação 'Para Bellum', desencadeada pela Polícia Federal em junho. A perícia federal constatou que a SKN do Brasil não detinha habilitação técnica com os equipamentos e não havia justificativa para a escolha da firma. Dos 400 respiradores adquiridos, o governador recebeu 152 no aeroporto de Belém. Os equipamentos chegaram a ser enviados para hospitais em Belém e no interior do estado, antes de o governo anunciar que eles não serviam para pacientes de Covid-19.

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055