martins em pauta

sábado, 11 de janeiro de 2020

1° HOMICÍDIO DO ANO 2020 EM MOSSORÓ. HOMEM É MORTO NA MAÍSA ZONA RURAL DA CIDADE.

Sábado, 11 de Janeiro de 2020


Após 10 dias sem registro de assassinato na cidade, um homem identificado como Aldivan Patrício de Oliveira, o "Nem do Lava Jato", foi morto na área de uma casa, na manhã deste sábado 11 de janeiro de 2020, na Maísa Zona Rural de Mossoró.

Segundo a polícia militar que isola o local e aguarda a presença do ITEP e Polícia Civil, uma dupla de moto chegou no local adentrou no imóvel e executaram a vítima com de quatro tiros de pistola 380, sendo que dois atingiram a cabeça.

De acordo com o Sargento Freitas do 2º Batalhão que atendeu a ocorrência, até o momento não há informações sobre a motivação do crime e a identidade dos atiradores que fugiram após a ação criminosa.

A polícia não confirma, mas uma discussão entre a vítima e alguns elementos na região onde ele foi assassinado, pode ter sido a motivação do crime.

Após os procedimentos no local, o corpo de Aldivan Patrício foi periciado e removido pelo ITEP para a sua base, onde será necropsiado e depois liberado para sepultamento.
Esse foi o primeiro crime de homicídio neste ano de 2020 na cidade de Mossoró, a segunda maior do Rio Grande do Norte. O caso deverá ser investigados pela Polícia Civil.

Fonte: Passando na Hora

O último vídeo do PRF que morreu atropelado, quando atendia uma ocorrência, é compartilhado por Bolsonaro (veja o vídeo)

Sábado, 11 de Janeiro de 2020


A morte do Policial Rodoviário Federal Vladimir Benedito Struck, numa lamentável fatalidade, chocou a sociedade de Mato Grosso do Sul, entristeceu profundamente a corporação da PRF em todo o país, fazendo com que até o próprio presidente da República Jair Bolsonaro manifestasse publicamente o seu pesar.

Foram duas publicações de Bolsonaro nas redes sociais, sendo que numa delas ele compartilhou o último vídeo de Struck.

O PRF morreu atropelado no exercício de seu trabalho, quando atendia uma ocorrência na rodovia MS-258, em Sidrolândia, a 73 km de Campo Grande. O motorista do veículo que atropelou o policial é um idoso de 73 anos.
Abaixo, o último vídeo, com uma bela mensagem do policial para os seus seguidores:
Uma perda irreparável!
da Redação / Jornal da Cidade Online

Facebook remove posts de apoio ao general iraniano Soleimani

Sábado, 11 de Janeiro de 2020

Foto: BBC

O Facebook está retirando as postagens do Instagram que expressam apoio ao general iraniano Qassem Soleimani, informa a CNN.

Segundo porta-voz do Facebook, as imagens são removidas porque a empresa “opera sob as leis de sanções dos EUA”.

Os EUA designaram a Guarda Revolucionária do Irã como uma organização terrorista em abril do ano passado.

O Instagram, diferentemente do Facebook e do Twitter, não é bloqueado pela ditadura iraniana.

O Antagonista

Deputado sugere filme com o presidente do STF gay e ministros viciados em cocaína

Sábado, 11 de Janeiro de 2020

Foto: Reprodução/Redes sociais

O deputado federal Bibo Nunes (PSL-RS) criticou em mensagem no Twitter nesta sexta-feira (10) a decisão do presidente do STF (Supremo Tribunal Federal), ministro Dias Toffoli, que derrubou a censura contra o especial de fim de ano do grupo Porta dos Fundos e veiculado pela Netflix.

“Eu quero saber se for produzido um filme pela produtora Porta dos Fundos, mostrando o presidente do STF como gay e os outros ministros como viciados em cocaína, se vão aceitar como cultura?”, questionou o pesselista. Em seguida, pergunta “se vão querer impedir que a Netflix exiba o filme”. Ao final, sugere: “façam esse filme”.
R7

Governo tirou 1,3 milhão de beneficiários irregulares do Bolsa Família em 2019

Sábado, 11 de Janeiro de 2020

Foto: Divulgação/FDR

Até novembro do ano passado, o governo federal retirou 1,3 milhão de beneficiários do programa Bolsa Família devido a irregularidades no cadastro. De acordo com Ministério da Cidadania, o cancelamento de benefícios gerou economia de R$ 1,3 bilhão para os cofres públicos.

Segundo o porta-voz da Presidência da República, Otávio Rêgo Barros, o governo está com estudos adiantados para reformular o programa. No entanto, ainda não há prazo para que a reformulação seja lançada.

Transferência de renda

Criado em 2003, o Bolsa Família é um programa de transferência de renda do governo federal que tem o objetivo de combater a extrema pobreza no país. Em 2020, o Orçamento da União prevê que R$ 29,5 bilhões sejam pagos em benefícios do programa.

O público-alvo do programa é formado, prioritariamente, por famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais, e de pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178 mensais por membro. O benefício médio pago a cada família é de R$ 189,21.

Para receber o benefício, é necessário que haja na família crianças ou adolescentes com idade até 17 anos. Para garantir o acesso ao benefício, as famílias devem seguir as condicionantes impostas pelo governo, como matrícula na escola e levar as crianças até 7 anos para serem vacinadas conforme o calendário de vacinação do Ministério da Saúde.

Congresso em Foco 

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. barbosa
    Com certeza eram eles sim
  2. Bruno
    Cadê os petralhas que não falam nada.

Polícia prende mentor do roubo de ouro no aeroporto de Guarulhos

Sábado, 11 de Janeiro de 2020



Foto: Reprodução

A Polícia Civil de São Paulo prendeu neste sábado um homem suspeito de ser o mentor do roubo de 720 quilos de ouro no aeroporto de Guarulhos, em julho do ano passado.

Segundo a polícia, o chefe da quadrilha é Francisco Teotônio da Silva Pasqualini, conhecido como “Véio”.

Outros quatro acusados de integrar o assalto estão presos.

O Antagonista

OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Paul
    Preso?
    Deve ser preventiva.
    Já, já, tio Gilmar solta.
    Ou se for responder, só vai para a cadeia no trânsito em julgado, daqui 20 anos.
    Brasil! País da impunidade!
  2. Carlúcio
    Enquanto ficar os sujos falando dos maus lavados esse país não se desenvolve.
  3. Francisco
    Deve fazer igual a luladrão, negar mesmo com todas as provas, não sei se vai ter um bocado de idiotas idolatrando, feitos bôbos da antiga côrte.

Juiz diz que ‘bosta’ pode ser elogio e absolve homem que xingou guarda

Sábado, 11 de Janeiro de 2020


Foto: Reprodução

“Ser chamado de bosta, dependendo da conotação, pode ser até um elogio”, escreveu o juiz Caio Márcio de Brito, da 1ª Vara do Juizado Especial Cível e Criminal de Dourados (MS), ao absolver da denúncia de desacato e resistência um homem que xingou guardas municipais. O magistrado questionou a regularidade da autuação que ele sofreu e afirmou que a denúncia do Ministério Público Estadual representa ‘muita relevância para tão pouca coisa’.

Segundo a denúncia, em outubro de 2019, o denunciado teria resistido a uma autuação por cometer irregularidades ao conduzir sua sua moto. Ao ser abordado pelos guardas municipais, chamou-os de ‘bosta’.

De acordo com o juiz, ele ‘foi interrogado, pelo sistema de áudio e vídeo, ocasião em que confessou apenas a prática do crime de desacato, alegando que ficou “nervoso” pelo fato de estarem apreendendo seu veículo’.

O juiz lembrou que ‘ainda que o acusado, no dia dos fatos, estivesse conduzindo sua motocicleta de forma irregular, ou seja, sem a devida habilitação para conduzir veículos, a denúncia do Ministério Público abrangeu apenas os delitos de resistência e desacato’.

E, desta denúncia, ele discordou. “Sob o entendimento deste magistrado, não só não existiriam provas aptas a condenar o acusado pelo delito de resistência, como ficou demonstrado, pelo depoimento dos policiais, que não houve resistência na abordagem”.

Ele explica que o crime de resistência só se configura quando o acusado se opõe ‘à execução de ato legal, mediante violência ou ameaça a funcionário competente para executá-lo ou a quem lhe esteja prestando auxílio’.

“Esta é a definição do delito de resistência, o que evidente restou demonstrado que não ocorreu. E mais: é de se questionar a legalidade do ato que resultou na autuação do acusado, já que não haveria necessidade do uso de algemas para conte-lo, o que retira completamente materialidade da conduta narrada na denúncia”, escreve.

Já sobre desacato, o magistrado diz que ‘a conduta estaria materializada no fato de o acusado ter chamado os agentes públicos de “bosta”‘. “No entendimento deste magistrado, muita relevância para tão pouca coisa”.

“Pensar que o fato de ser chamado de “bosta” faz com que os que utilizam a farda de Guarda Municipal se sintam desacatados, é ter a certeza de que se sentem sem nenhuma relevância em relação às suas honradas funções, a ponto de entenderem que o simples pronunciamento da palavra “bosta” pudesse ser tão ofensivo”, anotou.

E, emendou. “Aliás, ser chamado de “bosta”, dependendo da conotação, pode até ser um elogio, sim, porque “bosta” pode ser visto como fertilizante, portanto, algo positivo. Pode ser visto como um objeto ou até um avião, quando se diz: esta “bosta” voa? Ou utilizado de forma coloquial, quando se diz, a vida está uma “bosta””.

“Em nenhum desses exemplos, pode ser traduzido como um desacato, como uma ofensa ao exercício da função. No caso sob análise, o próprio acusado reconheceu que realmente chamou os agentes públicos de “bosta”, todavia, sem se referir à instituição Guarda Municipal”, afirma o juiz.

Segundo o magistrado, ‘desta forma, se referidos agentes se sentiram tão ofendidos por terem sido comparados com “bosta”, caberia a eles, no ãmbito privado, ingressarem com queixa-crime contra o ofensor, imputando-lhe injúria’. “De modo que este magistrado está convencido de que a conduta do acusado não materializou o delito de desacato”.

O juiz ressaltou que Para o juiz, o homem não cometeu nem desacato, tampouco resistência.

O juiz Caio Márcio de Brito, da 1ª Vara do Juizado Especial Cível e Criminal, absolveu um homem da acusação de desacato e resistência sob o argumento de que

No dia 13 de outubro de 2019, na rua Wilson Dias Pinho, Parque das Nações, na Praça da Juventude, nesta cidade, o denunciado, ciente da reprovabilidade de sua conduta, desacatou funcionários públicos no exercício de sua função, bem como se opôs a execução de ato legal mediante ameaça a funcionários competentes para executá-lo.

Estadão

Ucrânia classifica derrubada de avião como homicídio culposo

Sábado, 11 de Janeiro de 2020

A Procuradoria Geral da Ucrânia vai avaliar a derrubada do Boeing 737 nos arredores de Teerã como um evento criminal.

“A Procuradoria Geral tomou a decisão de alterar a qualificação do crime, para o qual foi aberto o processo. A investigação seguirá interpretação do Código Criminal, que contempla responsabilidade por homicídio culposo de duas ou mais pessoas, e destruição da aeronave”, informou o órgão em comunicado.

Neste sábado, o Irã admitiu que derrubou avião “por engano”.

O Antagonista

Após críticas por ter passado férias no Havaí, Eduardo questiona: “Para onde vão os socialistas e a esquerdalha curtir férias?

Sábado, 11 de Janeiro de 2020


Foto: Reprodução

O deputado federal Eduardo Bolsonaro rebateu neste sábado, em sua conta no Twitter, algumas notas da imprensa sobre suas férias no Havaí.

“Lembro de uma notinha da imprensa após eu ser eleito pela 1ª vez: “Eduardo é figurinha fácil no Havaí”. Eu nunca tinha ido ao Havaí e cheguei a fazer um meme (talvez meu 1º meme!) comigo vestindo uma camisa do time de futebol Avaí”.

“Hoje, retornando ao arquipélago dos EUA de fato vejo notinhas querendo me denegrir, como se fosse crime um político viajar com a esposa nas férias sem usar recursos públicos (lógico). Defendo o capitalismo, admiro os EUA, país onde tudo funciona, estranho seria eu ir para: Cuba, Venezuela ou Coreia do Norte. Aliás, por que não fazem matéria das férias dos socialistas em países capitalistas? Para onde vão os socialistas e a esquerdalha curtir férias?”


Hoje, retornando ao arquipélago dos EUA de fato vejo notinhas querendo me denegrir, como se fosse crime um político viajar com a esposa nas férias sem usar recursos públicos (lógico). Defendo o capitalismo, admiro os EUA, país onde tudo funciona, estranho seria eu ir para:
Cuba, Venezuela ou Coreia do Norte. Aliás, por que não fazem matéria das férias dos socialistas em países capitalistas? Para onde vão os socialistas e a esquerdalha curtir férias?

314 pessoas estão falando sobre isso

OPINIÃO DOS LEITORES:

  1. Neil
    Qual problema de um capitalista viajar para o Havaí? Problema tem quando Socialista e Comunista não viajam pra Cuba, Venezuela, etc….. CANALHICE SEM TAMANHO…..

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055