martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 13 de janeiro de 2023

Repercute grave denúncia de que Lula e Dino ignoraram ABIN sobre manifestações na Esplanada (veja o vídeo)

 Sexta, 13 de Janeiro de 2023




Como noticiado aqui no JCO, o parlamentar do Podemos do Espírito Santo teve acesso a um documento do GSI, o Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, que avisava, um dia antes, sobre os fatos que viriam a ocorrer, inclusive, alertando para a necessidade de reforço policial.

Durante fala em plenário, Marcos do Val apontou a omissão do ministro da Justiça, Flávio Dino e responsabilizou o governo federal, no caso, o presidente Lula, citando ainda uma fala do próprio ministro, de que ‘teria ido à janela de seu gabinete, na Esplanada e visto os manifestantes se aproximarem do congresso’:

"Ministro da Justiça foi informado dos ataques, um dia antes. No momento que iniciou, ele foi até a janela do ministério, olhou e não tomou nenhuma providência. Lula também teve conhecimento do que iria acontecer e não fez nada".

Com base nessas provas, Marcos do Val oficiou o Ministério da Justiça, cobrando explicações, até agora não encaminhadas.

Na defensiva, Dino que, além de recém-empossado no ministério, também conquistou uma vaga no senado nas últimas eleições, reagiu com a típica atitude da esquerda, e preferiu atacar seu interlocutor, desrespeitando um colega de parlamento da forma mais baixa, em entrevista concedida ao jornal Correio Braziliense, nesta quarta-feira (11):

"Nem conheço esse senhor. Não sei nem se ele é senador", afirmou o ministro da Justiça, ressaltando ainda que Marcos do Val tem uma atitude de "de quem quer culpabilizar a vítima".

O aviso ‘ignorado’ da ABIN foi manchete de capa dos jornais Folha de SP e O Estado de SP e viralizam nas redes sociais.

A youtuber e influencer política Bárbara Destefani , do Canal Te Atualizei, com mais de 2 milhões de seguidores, também repercutiu o fato:

Indícios inquestionáveis de prevaricação… ou algo ainda pior!

Veja o vídeo com a grave denúncia de Marcos do Val:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643