martins em pauta

sábado, 31 de agosto de 2019

Duplo Homicídio na cidade de Umarizal é registrado na tarde deste sábado

Sábado, 31 de Agosto de 2019



A cidade de Umarizal localizada na região oeste do estado, registrou na tarde deste sábado um duplo homicídio por disparos de arma de fogo.

O crime foi registrado no Bairro São José e teve como vítima dois homens identificados apenas como, Pedro Reinaldo Serafim e Ceará, de acordo com informações as vítimas estava em uma casa de Alpendre quando foram surpreendido pelo atirador.

As vítimas morreram no local bem antes de serem socorridos para o Hospital da cidade, a Polícia Militar fez o trabalho de isolamento de local de crime até a chegada da equipe do ITEP de Mossoró para recolher os corpos para sede do órgão.

Os crimes ficará a cargo da delegacia de Polícia Civil para esclarecer a sociedade, a cidade de Umarizal registra só neste ano de 2019 o 6º assassinato.

Fonte: Santana Noticia

Bandeira tarifária da conta de energia segue vermelha no mês de setembro

Sábado, 31 de Agosto de 2019

Foto: Divulgação

A bandeira tarifária no mês de setembro deste ano seguirá vermelha no Patamar 1, assim como em agosto. A informação foi divulgada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) nesta sexta-feira (30).

Com a bandeira vermelha haverá uma cobrança extra de R$ 4 para cada 100 quilowatts-hora consumidos. Durante o mês de julho vigorou a cobrança da bandeira tarifária amarela, na qual há um acréscimo de R$ 1,50 a cada 100 kWh consumidos.


A Aneel informou que a decisão de manutenção da bandeira no patamar vermelho 1 se deu por causa de parcela significante da energia ser fornecida por meio de usinas termelétricas, que têm custo de geração de energia mais alto. Também pesou na decisão a diminuição do volume de chuvas, com a intensificação da estação seca.

"Setembro é um mês típico do final da estação seca nas principais bacias hidrográficas do Sistema Interligado Nacional (SIN). A previsão hidrológica para o mês sinaliza permanência do quadro de estiagem, com vazões abaixo da média histórica", disse a Aneel.

INCÊNDIO DE GRANDES PROPORÇÕES NA SERRA DO LIMA EM PATU-RN.

Sábado, 31 de Agosto de 2019


Um incêndio de grandes proporções em mata seca foi registrado na manhã deste sábado 31 de agosto de 2019, no Santuário do Lima em Patu-RN. Vídeos e fotos circularam em redes sociais, e mostram a mata seca em chamas altas, e a população da cidade unida na tentativa de conter as chamas. A preocupação maior seria o fogo atingir o Santuário do Lima existente na Serra do Lima. O Corpo de Bombeiros foi acionado e as informações que a situação já está controlada no local.


Fonte: Passando na Hora

Polícia apreende galões com gasolina utilizada para queimar mata em São Félix do Xingu

Sábado, 31 de Agosto de 2019

Funcionários da fazenda confirmaram que o objetivo era provocar incêndio criminoso na floresta.


A Polícia Civil apreendeu, na noite desta quinta-feira (29), na fazenda Ouro Verde, em São Félix do Xingu, sul do Pará, dezenas de galões com gasolina que eram usados na queimada da mata. A propriedade fica dentro da Área de Proteção Ambiental Triunfo do Xingu. A apreensão ocorreu durante operação policial que cumpriu mandados de busca e apreensão na fazenda.

De acordo com as investigações, foram queimados mais de 5 mil hectares de área de floresta nativa. O inquérito foi aberto para investigar incêndios criminosos na área e aponta Geraldo Daniel de Oliveira, dono da propriedade, como suspeito de ter contratado mais de 50 homens para derrubar 20 mil hectares na área na APA Triunfo do Xingu.

Geraldo teve mandado de prisão decretado pela Justiça, mas permanece foragido. Ele já respondeu a quatro ações envolvendo crimes ambientais, segundo a Justiça do Pará. José Brasil - irmão dele e também dono da fazenda - foi localizado e preso em Goiânia.

Uma denúncia do Ministério Público do Estado (MPPA) diz que Geraldo contratava pessoas para promover queimadas em unidade de conservação no Pará e motoqueiros para ameaçar agentes ambientais.

Funcionários da fazenda foram ouvidos pela Polícia Civil e confirmaram que o objetivo do uso do combustível era provocar o incêndio criminoso na floresta. De acordo com a polícia, os trabalhadores relataram que os galões eram levados aos poucos para o interior da mata para provocar a queimada. No local, foram encontrados galões de tamanhos diversos, a maioria com capacidade para armazenar até 200 litros de combustível.

Equipes do Centro de Perícia Científica Renato Chaves serão deslocadas para fazenda para realizar as perícias necessárias. Todo material colhido será encaminhado ao Ministério Público de São Félix do Xingu.


(G1)

Torcedor cai da arquibancada durante jogo entre São Paulo e Grêmio; veja vídeo

Sábado, 31 de Agosto de 2019 

Foto: Reprodução / Premiere


O jogo deste sábado (31) entre São Paulo e Grêmio, pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, foi marcado por um susto no primeiro tempo da partida. Um torcedor caiu do anel superior para a parte inferior do estádio durante um lance de ataque do time da casa. 

Logo após a queda, ele foi socorrido pelos médicos e retirado de ambulância. Ao cair, o fã acabou atingindo uma criança, que não teve ferimentos, mas vão passar por exames mais detalhados, segundo o site GloboEsporte.com.


Mais um corpo é encontrado nos destroços da barragem em Brumadinho

Sábado, 31 de Agosto de 2019

Foto: Isac Nóbrega/PR

O Corpo de Bombeiros de Minas Gerais encontrou nesta sexta-feira (30) mais um corpo de vítima do rompimento da barragem da mina Córrego do Feijão, da empresa Vale, em Brumadinho (MG).

A última divulgação de corpo encontrado pelos bombeiros aconteceu no dia 11 de julho. Na ocasião, já havia sido contabilizada a morte de 248 pessoas em decorrência da tragédia. Oficialmente, permanecem desaparecidas 22 pessoas. Muitos sobreviventes que perderam suas casas ainda estão desabrigados.

A Polícia Civil do estado anunciou ontem que instaurou inquérito para investigar fraudes de novos estelionatários que buscam receber benefícios assegurados às vítimas do rompimento da barragem da Vale.

A mineradora ofereceu uma doação de R$ 100 mil para as famílias de cada pessoa morta, R$ 50 mil para quem morava na área alagada e R$ 15 mil para quem desenvolvia atividade produtiva ou comercial nas regiões afetadas. Esses valores foram assegurados de forma unilateral e não correspondem às indenizações, que estão sendo negociadas judicialmente.

Agência Brasil

Furacão Dorian avança na direção das Bahamas e Flórida

Sábado, 31 de Agosto de 2019


Foto: Nasa

O furacão Dorian se fortaleceu e atingiu a categoria 3, ainda ameaçando o Estado americano da Flórida e as Bahamas, com risco de rajadas mortíferas e tempestades. Dorian deve atingir a categoria 4, considerada “extremamente perigosa” neste domingo, ameaçando o noroeste das Bahamas até o final do fim de semana e a Flórida no início da próxima semana.

O governador da Flórida, Ron DeSantis, decretou estado de emergência para todos os 67 condados do Estado. Nesta sexta-feira, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, aprovou o pedido estadual por uma declaração federal de emergência, que permite a liberação de recursos e assistência do governo federal.

Também hoje, Trump advertiu que Dorian era “um dos maiores furacões que já vi em muito tempo”. As condições meteorológicas de risco podem durar vários dias, de acordo com o Centro Nacional de Furacões.

Estadão Conteúdo

“Esse problema quem tem de resolver é ele”, diz Bolsonaro sobre Queiroz

Sábado, 31 de Agosto de 2019


Jair Bolsonaro disse, neste sábado (31), que Fabrício Queiroz já prestou depoimento por escrito e isentou Flávio Bolsonaro no suposto esquema de rachadinha na Alerj.

O presidente disse também não ter mais contato com o ex-assessor de Flávio e desconhecer o paradeiro dele.

Jair Bolsonaro foi questionado neste sábado sobre Fabrício Queiroz. Ontem, a Veja mostrou que o ex-assessor de Flávio Bolsonaro vive no Morumbi e que ele segue o tratamento contra um câncer de cólon no hospital Albert Einstein.

“Eu conheço o Queiroz desde 1984. Ele era um soldado da brigada de paraquedista. Entrou na Polícia Militar, veio trabalhar na minha família. É um cara sem problema, nota dez. Teve esse problema. Quem responde por ele é ele, não sou eu”, afirmou o presidente na saída do Palácio da Alvorada.

O Antagonista

Emprego é recorde no Brasil no trimestre encerrado em julho

Sábado, 31 de Agosto de 2019

Foto: Arquivo Agência Brasil

O mercado de trabalho no Brasil atingiu, no trimestre encerrado em julho deste ano, um volume recorde de pessoas empregadas: 93,6 milhões. É o maior número da série histórica iniciada em 2012 e representa aumentos de 1,3% na comparação com o trimestre encerrado em abril deste ano e de 2,4% na comparação com o trimestre encerrado em julho de 2018.

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad-C), divulgada nesta sexta-feira (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o crescimento foi puxado pelos empregados sem carteira assinada e pelos trabalhadores por conta própria.

Os trabalhadores sem carteira assinada chegaram a 11,7 milhões em julho, também um recorde na série histórica. A alta chegou a 3,9% em relação a abril (mais 441 mil pessoas) e a 5,6% em relação a julho de 2018 (mais 619 mil pessoas).

Os trabalhadores por conta própria somaram 24,2 milhões e também atingiram um contingente recorde, subindo nas duas comparações: 1,4% (mais 343 mil pessoas) ante abril e 5,2% (mais 1,2 milhão de pessoas) ante julho de 2018.

A taxa de desemprego recuou para 11,8% em julho deste ano, abaixo dos 12,5% de abril deste ano e aos 12,3% de julho do ano passado.

A população fora da força de trabalho, ou seja, as pessoas que não estão nem trabalhando nem procurando emprego, chegou a 64,8 milhões em julho, estável em ambas comparações.

A população subutilizada (ou seja, que está desempregada, que trabalha menos do que poderia, que não procurou emprego mas estava disponível para trabalhar ou que procurou emprego mas não estava disponível para a vaga) ficou em 28,1 milhões de pessoas em julho, estável em relação ao trimestre anterior e 2,6% superior a julho do ano passado.

A taxa de subutilização da força de trabalho chegou a 24,6%, inferior aos 24,9% de abril e aos 24,4% de julho de 2018.

O total de pessoas desalentadas (aquelas que desistiram de procurar emprego) chegou a 4,8 milhões, estável em ambas as comparações. Já o percentual de desalentados chegou a 4,4%, também estável.

O rendimento médio real habitual do trabalhador ficou em R$ 2.286, uma queda de 1% ante o trimestre anterior e não teve variação significativa frente ao mesmo trimestre de 2018. Já a massa de rendimento real habitual (R$ 208,6 bilhões) ficou estável em relação ao trimestre anterior e cresceu 2,2% (mais R$ 4,5 bilhões) frente ao mesmo período de 2018.

Agência Brasil


OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Nilvan Rodrigues da Silva
    Imagine como são os empregos que foram contabilizados criados.
    Com todas as novidades tipo essa encrenca com Macron realmente esse governo corre sério risco de dar certo.
  2. Arnaldo Franco
    Esse Governo corre o serio risco de dar certo.
  3. Gustavo
    Muito bom. A recuperação deve ser consistente, mesmo que lenta. O estrago do PT foi grande.

Fotógrafo com 45 quilos de cocaína é preso ao tentar entregar droga

Sábado, 31 de Agosto de 2019

Apreensão aconteceu na rodovia BR-222, em São Gonçalo do Amarante. O entorpecente foi trazido de Rondônia.


Um fotógrafo foi preso na manhã desta quinta-feira (29) por transportar 45 quilos de cocaína dentro de um automóvel, em São Gonçalo do Amarante, na Grande Fortaleza. Segundo a Polícia Rodoviária Federal do Ceará (PRF-CE), a aprensão ocorreu no quilômetro 65 da BR-222. A droga vinha de Rondônia e seria entregue em Fortaleza.

Agentes da PRF abordaram um Ford Fiesta, cujo motorista do veículo, de 28 anos, afirmou que vinha de Marabá (PA) para comprar peças de vestuário em Fortaleza e revender na cidade de origem. O motorista afirmou para os agentes que era fotógrafo e que trabalhava com restauração de fotos antigas e que depois de comprar as peças de confecção iria para Juazeiro do Norte para um ensaio de fotos. Dentro do veículo havia quadros e fotografias.

Os policiais rodoviários federais, após desconfiarem de atitude suspeita do motorista, realizaram vistoria mais minuciosa no interior do veículo, onde acharam diversos tabletes envoltos em fita adesiva. Ao realizarem teste químico, descobriram que se tratava de substância análoga à cocaína.

O homem foi detido por tráfico interestadual de drogas e a ocorrência foi encaminhada à Polícia Federal em Fortaleza.


(Diário do Nordeste)

Mãe é condenada após obrigar filhas a comerem fezes de cachorro

Sábado, 31 de Agosto de 2019

Mary Elizabeth Moore foi julgada pela justiça dos Estados Unidos e condenada a sete anos de prisão com pena suspensa

Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Play!Ouça: Mãe é condenada após obrigar filhas a comerem fezes de cachorro0:00100%AudimaAbrir menu de opções do player Audima.

Credito Dr.

Mary Elizabeth Moore foi acusada de maus-tratos às duas filhas menores em Jay, Oklahoma, nos Estados Unidos. Na última sexta-feira terminou o julgamento da norte-americana que foi considerada culpada e condenada a sete anos de prisão com pena suspensa.

As duas crianças tinham três e cinco anos quando foram vítimas de violência doméstica por parte da progenitora.

As autoridades só descobriram o que aconteceu quando as meninas foram internadas nos cuidados intensivos da unidade hospitalar de Jay.

De acordo com a acusação, Mary deixou as filhas passarem fome de tal forma que estas estavam subnutridas quando deram entrada no hospital. Aliás, segundo o Oklahoma’s News4, as crianças tiveram que ser alimentadas por sondas, dado o estado de saúde frágil que apresentavam.

Uma das menores disse à assistente social que foi espancada por brincar e rir e que ainda foi obrigada a comer fezes de cachorro, o que lhe deixou vermes no organismo.

Um dos polícias que acompanhou o caso garantiu que se as crianças não tivessem sido internadas e o hospital não tivesse denunciado a situação, as meninas teriam morrido.

Fonte: Notícias ao Minuto

Em confraternização após 50 anos, idoso vítima de bullying se vinga e mata antigo amigo de escola

Sábado, 31 de Agosto de 2019


Bem vindo ao Player Audima. Clique TAB para navegar entre os botões, ou aperte CONTROL PONTO para dar PLAY. CONTROL PONTO E VÍRGULA ou BARRA para avançar. CONTROL VÍRGULA para retroceder. ALT PONTO E VÍRGULA ou BARRA para acelerar a velocidade de leitura. ALT VÍRGULA para desacelerar a velocidade de leitura.Play!Ouça: Em confraternização após 50 anos, idoso vítima de bullying se vinga e mata antigo amigo de escola0:00100%AudimaAbrir menu de opções do player Audima.

Reprodução

O agressor (destacada à direita) matou a tiros um antigo colega de escola (à esquerda) após almoço de confraternização

Dizem que vingança é um prato que se come frio. Neste caso, gelado. Um aposentado esperou 50 anos para se vingar de um antigo amigo de escola de quem sofrera bullying.

Thanapat Anakesri, de 69 anos, matou a tiros Suthat Kosayamat, também de 69, quando eles estavam reunidos para comemorar os 50 anos de formatura no ensino médio, em Ang Thong (Tailândia), no último sábado (24/8).

Após a refeição da confraternização, regada a vinho, Thanapat confrontou Suthat e perguntou por que ele o perseguira na escola quando eles tinham 16 anos, contou reportagem do “Metro”.

Suthat disse não se lembrar de ter cometido bullying, o que enfureceu ainda mais Thanapat, que puxou uma arma e exigiu que o antigo colega de classe se desculpasse. Suthat se recusou e acabou baleado.

A vítima foi levada a um hospital próximo, mas não resistiu aos ferimentos. O agressor está foragido.

“Ele nunca esqueceu aquilo. Mas nunca imaginei que ele pudesse matar um amigo”, comentou Tuean Klakang, de 69 anos, presente à confraternização.

Fonte: Extra

Justiça determina que Governo do RN transfira policiais civis em funções administrativas para delegacias

Sábado, 31 de Agosto de 2019


Polícia Civil do RN tem apenas 1.461 cargos ocupados do total de 5.150 previstos em lei (Foto: G1 RN)

A Justiça determinou que o Estado do Rio Grande do Norte deixe de lotar policiais civis nos setores administrativos da Delegacia Geral de Polícia Civil e na Secretaria Estadual de Segurança e que os servidores sejam realocados para as delegacias e divisões especializadas para exercer as atividades de investigação. Segundo o Ministério Público, há pelo menos 212 policiais civis, entre delegados, escrivães e agentes, afastados da atividade-fim e em atividades meramente administrativas e burocráticas.

De acordo com a Justiça estadual, dos 5.150 cargos de policial civil, previstos por lei, somente 1.461 estão preenchidos, ou 28,36%, estão preenchidos. Além disso, 317 estão exercendo funções administrativas ou cedidos a outros órgãos.

A decisão do juiz Bruno Montenegro Ribeiro Dantas, da 3ª Vara da Fazenda Pública de Natal, atendeu parcialmente a uma medida liminar pedida pelo Ministério Público Estadual. A exceção é para os cargos comissionados e funções gratificadas, bem como os que estão em unidades operacionais, como divisão de homicídios e outras especializadas, delegacias regionais e núcleo de inteligência, por exemplo.

Em um prazo de 12 meses, o governo deverá trabalhar para que pelo menos 50% dos policiais civis que se encontrem exercendo atividades administrativas sejam enviados de volta às delegacias.

Conforme a ação civil pública aberta pelo Ministério Público Estadual, nos últimos anos o Estado do Rio Grande do Norte vem vivenciando um “aumento vertiginoso da criminalidade”, evidenciado nos números estatísticos que apontariam o estado como um dos mais violentos do país.

Apesar disso, o MP considerou que a administração pública não vem tratando o problema como prioridade. Isso porque, além da Polícia Civil ter uma quantidade baixa de servidores efetivos, possui parte considerável deles em atividades administrativas, cedidos para outros órgãos, o que prejudicaria a atividade-fim da polícia e caracterizaria desvio de função.

Em petição, o Estado do Rio Grande do Norte argumentou que a lotação dos policiais civis é necessária por causa insuficiência de servidores públicos do quadro de pessoal da administração direta, para atender as demandas dos órgãos públicos, e a utilização de policiais civis nas atividades administrativas da Degepol e da Sesed seria para garantir o funcionamento adequado da máquina administrativa.

O Estado ainda alegou que a pretensão do Ministério Público afronta o poder discricionário da Administração Pública quanto à gestão da política de pessoal.

Decisão

Ao analisar o pedido liminar, o juiz Bruno Montenegro ressaltou que a segurança pública é um direito fundamental expressamente previsto na Constituição Federal, cuja efetivação é um dever do Estado, mediante adoção de políticas públicas que forjem condições para a sua concretização, em prol da sociedade. Ainda declarou que é notório e evidente o aumento vertiginoso da criminalidade no Rio Grande do Norte.

Para Bruno Montenegro, os dados estatísticos indicados pelo MP demonstram o panorama. “O Estado do Rio Grande do Norte, em curto intervalo de tempo, alcançou números de criminalidade espantosos, os quais atribuíram-lo o signo de um dos locais mais perigosos do país”, afirmou.

Também na decisão, o magistrado ressaltou que dos 5.150 cargos de policial civil, previstos na Lei Complementar Estadual nº 417/2010, somente 1.461 estão preenchidos, o que corresponde a 28,36% do efetivo previsto em lei. Além disso, verificou que cerca de 317 policias civis estão exercendo funções administrativas, cedidos para outros órgãos, sem lotação ou com cargo em vacância.

“Desse forma, considero que o número excessivo de cargos vagos no âmbito da polícia civil do Rio Grande do Norte e a quantidade expressiva de policiais civis designados para o exercício de atividades administrativas diversas da atividade-fim da polícia civil demonstram evidente omissão do ente público demandado em zelar pela manutenção de condições adequadas ao exercício da função precípua da polícia civil, prejudicando sensivelmente o combate às atividades criminosas e, por consequência, violando o dever constitucional de garantia da segurança pública”, definiu o julgador. (Com informações G1 RN),

Fonte: Costa Branca News

CBIC diz estar acompanhando e busca soluções para atrasos no 'Minha Casa Minha Vida'

Domingo, 01 de Setembro de 2019

Foto: Divulgação

A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) emitiu nota após a divulgação de dados que apontaram o crescimento na inadimplência do programa "Minha Casa Minha Vida". No texto, a CBIC afirma que tem acompanhado e buscado ajudar na solução do problema gerado pelo contingenciamento dos pagamentos do Minha Casa Minha Vida.

O texto ainda atribui os problemas enfrentados a burocracia. "O que nos tem sido informado é que existe uma liberação aprovada dependente de burocracia", afirma a CBIC em um trecho. "A burocracia não tem a sensibilidade de saber o que é faltar comida na casa do trabalhador. É inconcebível que, por falta de R$ 19 milhões de aporte do setor público, tenha-se deixado de contratar mais de R$ 5 bilhões. Milhares de trabalhadores perderam seus empregos", diz a nota que caracteriza a situação como "insustentável".

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055