martins em pauta

sábado, 27 de fevereiro de 2016

POLICIAL NOGUEIRA DA ROCAM DE MOSSORÓ FICA FERIDO EM TROCA DE TIROS COM ASSALTANTES NA CIDADE DE PARAÚ-RN

Sábado, 27 de fevereiro de 2016


Na madrugada deste sábado 27 de fevereiro de 2016, na cidade de Paraú-RN, no Rio Grande do Norte, nosso guerreiro Nogueira da ROCAM-02 Mossoró foi alvejado por disparo de escopeta cal. 12. Nogueira da ROCAM 02 estava com amigos em um posto de combustível na cidade, quando cinco elementos tomaram seu carro e na reação do praça houve intensa troca de tiros com os elementos que segundo o praça, eles estavam de coletes porém é possível que um deles foi alvejado. Já Nogueira foi atingido com estilhaços de chumbo da escopeta e encontra-se no HRTM os estilhaços perfuraram somente a carne da parte da coxa do guerreiro. Melhoras pra ele


Fonte: Passando na Hora

51ª/52ª Morte violenta em Mossoró em 2016: Dois jovens foram mortos manhã de hoje

Sábado, 27 de fevereiro de 2016

A cidade de Mossoró, no Rio Grande do Norte, registrou até o meio dia de hoje, 27 de fevereiro, a 25ª morte violenta no mês, sendo três mortes só hoje e a 52ª no ano de 2016. 

Durante a madrugada um jovem foi morto numa possível tentativa de assalto no bairro Quixabeirinha.

Por volta das 9 horas e 30 minutos, um duplo homicídio no Loteamento Royal Ville, localizado na região da Estrada da Raiz, no bairro Santo Antônio. 

Jailson Braga de Souza de 22 anos de idade, residente na Favela do Fio e Jefferson de Oliveira Ferreira, de 18 anos de idade, residente na Rua Nova Esperança, também na Favela do Fio, região do Santa Delmira, saíram de casa para trabalhar como serventes de pedreiros na construção das casas do Loteamento e foram mortos. 

Jailson Braga foi baleado e morreu ainda no local do atentado. Jefferson correu tentando se livrar dos atiradores, mas caiu sem vida, cerca de 300 metros depois. Jefferson estava preso por uso de entorpecente e havia saída da cadeia na ultima quinta feira. Os dois rapazes tinham ido para o segundo dia de trabalho na construção. 

Só depois de ouvir a família e as testemunhas, será possível um relato da ocorrência por parte da policia, mas segundo informações. 

Depois dos procedimentos no local, os corpos foram removidos e serão necropsiados na sede da Unidade regional do Itep em Mossoró. 


Fonte: O Câmera

João Santana: o fim do feitiço

Sábado, 27 de fevereiro de 2016


A prisão do marqueteiro João Santana conduz a Lava Jato ao Planalto, Brasília ao terror – e os investigadores ao esquema internacional da Odebrecht

POR EPOCA


Sobranceiro, ele fez sete presidentes. Bruxo, começou logo pelo que parecia impossível: reeleger, em 2006, um Lula que sobrevivera por pouco ao mensalão. Parecia feitiçaria, e o feitiço ganhou o mundo. Não exatamente o mundo. De acordo com a nova linha de investigação da Lava Jato, ganhou os países onde a Odebrecht tinha interesses econômicos e Lula influência política. À eleição do petista, seguiram-se os presidentes amigos do lulismo e da empreiteira. Maurício Funes em El Salvador. Danilo Medina na República Dominicana. José Eduardo dos Santos em Angola. Chávez e Maduro na Venezuela. Enquanto fazia presidentes aqui e ali, cá e acolá, nas Américas e na África, o bruxo aperfeiçoou seu domínio das artes ocultas do marketing político e – abracadabra – elegeu uma desconhecida para o Palácio do Planalto. E, assim, o marqueteiro João Santana e a presidente Dilma Rousseff chegaram ao topo. E lá se mantiveram mesmo depois das eleições de 2014, sobranceiros. Ela, presidindo. Ele, aconselhando.

A prisão do bruxo na segunda-feira da semana passada, acusado de receber dinheiro do petrolão em contas secretas, desfez abruptamente o feitiço do poder. Esvaiu-se a última esperança no PT de que a força incontrolável da Lava Jato não adentraria o Palácio do Planalto. O bruxo está enrascado. Com ele, Dilma e Lula. Acima deles, a Odebrecht, cujo chefe, Marcelo Odebrecht, que faz companhia aJoão Santana na carceragem de Curitiba, comandava, segundo os investigadores, um esquema internacional de pagamento de propinas. É nesse grupo que a Lava Jato avança agora. Avança em meio aos destroços políticos das prisões, rumo às provas de que o marqueteiro, a empreiteira e o ex-presidente agiam juntos, aqui e lá fora. Segundo a suspeita do Ministério Público, a Odebrecht bancava o marqueteiro que elegia os presidentes amigos. A força-tarefa investigará também as gestões do ex-presidente Lula junto a esses mesmos presidentes amigos, que liberaram à Odebrecht dinheiro de contratos financiados pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, o BNDES. Vai investigar também as conexões entre todos esses fatos.

A feitiçaria era perfeita como o melhor marketing político: funcionava sem ninguém perceber. Não mais. Abracadabra.


Fonte: Carlos Skarlack

50ª Morte violenta em Mossoró em 2016: Tentativa de assalto pode ter sido a motivação para mais um assassinato na cidade

Sábado, 27 de fevereiro de 2016


Dmitry Saraiva de Moura de 21 anos de idade, mecânico de Motocicletas, residente na Rua Neves da Fontoura, no Abolição IV, em Mossoró região Oeste do Rio Grande do Norte, foi morto na madrugada de hoje, 27 de fevereiro, quando tentava escapar de um assalto, no bairro Quixabeirinha.



Segundo a equipe de pericia, ele sofreu disparos de pistola e uma descarga “Disparo” de escopeta na região do pescoço e morreu antes da chegada do socorro médico. 

Segundo informações, Dmitry chegava na Rua Rita Rosa de Oliveira, com a namorada e percebeu a aproximação de um indivíduo armado que anunciou o assalto. Ele ainda teria perguntado para a namorada se acelerava, "fugia" da ação dos criminos. 

A moça desceu do veículo e quando ele acelerou na tentativa de fugir foi baleado. O carro bateu no muro de uma casa na Rua Mariinha de Medeiros Costa e o mecânico morreu no local. A polícia recebeu informações, que o jovem foi atacado por cerca de 05 bandidos, utilizando armas de até pedras. 

Os amigos, acreditam que Dmitry tenha sido vítima de uma emboscada pelo fato de estar andando com elementos perigosos e frequentando o bairro, que é considerado uma região de riscos. A possibilidade de assalto não foi descartada pelos amigos, mas aparentemente não foi levado da vítima. 

No ano de 2013 Dmitry Saraiva foi preso na companhia de outro jovem acusados de roubos de motocicletas. Ele foi pego desmontando uma moto, que havia sido roubada. 

Depois dos procedimentos no local o corpo de Dmitry Saraiva de Moura foi removido e será necropsiado na base da Unidade Regional do Itep em Mossoró.



Fonte: O Câmera

TCE/RN aponta 296 servidores da Assembleia com acúmulo de cargos

Sábado, 27 de fevereiro de 2016

Do G1 RN

Levantamento foi feito a pedido da própria Assembleia Legislativa em 2015. Quem não comprovar que pode cumprir expediente será exonerado.




Augusto Viveiros diz que Assembleia vai procurar os servidores (Foto: Arquivo/Tribuna do Norte)

O Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte (TCE/RN) apontou que 296 servidores da Assembleia Legislativa acumula cargos em outros órgãos públicos. O levantamento, feito a pedido da própria Assembleia, foi concluído em dezembro de 2015. O documento mostra ainda que há na Casa oito servidores efetivos e em atividade com idade superior a 70 anos e que deveriam ter sido aposentados compulsoriamente.
saiba mais

O levantamento foi solicitado pela Assembleia Legislativa em outubro. "Encaminhamos ofício ao Tribunal de Contas pedindo que eles cruzazem os dados funcionais dos servidores da Assembleia com outras bases de dados, como o Sistema de Controle de óbitos e o Sistema Integrado de Auditoria Informatizada para Despesa com Pessoal. A resposta chegou em dezembro passado, informando que há 296 servidores nossos com outros cargos públicos e outros oito com idade superior a 70 anos. Esses serão aposentados", falou o secretário geral da Assembleia Legislativa, Augusto Viveiros.

Ele disse ainda que que os servidores com acúmulo de cargos serão chamados para explicar como conseguem dar expediente em dois locais. "Esse dado levantado não significa dizer, obrigatoriamente, que há ilegalidade nesses acúmulos. A lei prevê, por exemplo, que uma pessoa pode ser professor em um município e ter um cargo técnico em outro órgão público. Isso se as cargas horárias forem compatíveis e os locais de trabalho não fiquem distantes mais de 100 quilômetros. Mas se isso não for justificado, esses servidores terão que optar se ficam na Assembleia ou no outro cargo", explicou Viveiros.

Nesta quinta-feira (25), o procurador-geral em exercício do Ministério Público de Contas, Thiago Martins Guterres, deu entrada em um pedido de auditoria para averiguar o crescimento expressivo do número de servidores de livre nomeação na Assembleia. A auditoria deverá examinar a legalidade, legitimidade e economicidade dos atos de gestão que geraram esse crescimento.

Segundo o pedido, há no legislativo estadual 379 cargos de provimento efetivo e 2.592 de livre nomeação e exoneração, o que denota uma “notória desproporção”. Além disso, o portal da transparência do órgão mostra um crescimento exponencial entre os exercícios de 2011 e 2016, com a criação de 1.756 novos cargos, “amplificando-os, por esta via, ao percentual de 86% do seu quantitativo global de funcionários ativos”.

“Trata-se, a princípio, de uma realidade administrativa incongruente com a necessária prevalência do mandamento constitucional do concurso público, o qual, embora tolere estritas mitigações, sempre deverá constituir baliza modeladora do serviço público”, afirmou o procurador.

O processo foi distribuído para o conselheiro Gilberto Jales, que é o responsável por relatar processos relativos à Assembleia Legislativa. O conselheiro irá elaborar um voto e submeter ao Pleno do TCE, a quem cabe decidir pela continuidade da auditoria requerida.


                      NOTA DO BLOG MARTINS EM PAUTA.COM


NÃO FIQUEM SURPRESOS COM OS NOMES DE POLÍTICOS DO DEM DE MARTINS QUE PODEM APARECER COMO FUNCIONÁRIOS DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RN. PODE TER ATÉ EMPRESARIO BEM SUCEDIDO COM COM UMA BOQUINHA, EX PREFEITO TAMBÉM. PARASITAS DA POLITICA QUERER VIVER AS CUSTAS DO DINHEIRO DO POVO!!!!! 
VAMOS AGUARDAR!!! SERÁ QUE ISSO PODE ARNALDO?

Odebrecht avisou Dilma de pagamentos a marqueteiro no exterior

Sábado, 27 de fevereiro de 2016


Dilma Rousseff foi advertida por empreiteiro de que investigações da Lava-Jato poderiam resvalar nos pagamentos secretos das campanhas eleitorais do PT

POR VEJA


No começo de 2015, Dilma Rousseff recebeu, no Palácio do Planalto, o petista Fernando Pimentel. Ela acabara de conquistar a reeleição. Ele, o governo de Minas Gerais. Amigos e confidentes há mais de quarenta anos, os dois tinham motivos para comemorar, mas trataram de um assunto espinhoso, capaz de tisnar os resultados obtidos por ambos nas urnas. Pimentel trazia um recado de Emílio Odebrecht, dono da maior empreiteira do país, para a presidente da República. O empresário a advertia do risco de que os pagamentos feitos pela Odebrecht ao marqueteiro João Santana, no exterior, fossem descobertos caso a Operação Lava-Jato atingisse a construtora. Emílio exigia blindagem, principalmente para evitar a prisão do filho Marcelo Odebrecht, sob pena de revelar às autoridades detalhes do esquema ilegal de financiamento da campanha à reeleição. Diante da ameaça de retaliação, Dilma cobrou explicações de seus assessores. Deu-se, então, o ritual de negação encenado com frequência em seu governo. Como no caso da economia, cujo desmantelo foi rechaçado durante meses a fio, os auxiliares disseram que a petista havia conquistado o segundo mandato com dinheiro limpo e declarado. Tudo dentro da lei. A “faxineira ética”, portanto, não teria com o que se preocupar.

Esse discurso se manteve de pé até a semana passada, quando o juiz Sergio Moro, responsável pela Lava-Jato na primeira instância, determinou a prisão de João Santana, o criador dos figurinos de exaltação à honestidade da presidente, e da esposa dele, Monica Moura. O casal recebeu numa conta na Suíça, não declarada à Receita brasileira, 3 milhões de dólares da Odebrecht, acusada formalmente de participar do cartel que assaltou os cofres da Petrobras, e 4,5 milhões de dólares de Zwi Skornicki, um dos operadores do petrolão, o maior esquema de corrupção da história do país. Os detalhes da investigação sobre o marqueteiro foram revelados por VEJA em janeiro passado. A decisão de Moro confirmou as tenebrosas transações descritas por Pimentel a mando de Emílio Odebrecht e fez recrudescer a discussão política e jurídica sobre a cassação da presidente. Pela letra fria da lei, utilizar-se de dinheiro sujo em campanha eleitoral é fator determinante para a perda do mandato. A Polícia Federal e o Ministério Público suspeitam que isso tenha ocorrido na última sucessão presidencial. Delegados e procuradores dizem ter encontrado fortes indícios de que os recursos depositados para Santana na Suíça têm origem nas propinas desviadas da Petrobras. Afirmam também que o marqueteiro embolsou a dinheirama como pagamento por serviços prestados a candidatos do PT.

Dois dados em especial chamaram a atenção dos investigadores. Em 2014, quando Dilma disputava a reeleição sob a batuta de João Santana, Skornicki fez depósitos na conta do marqueteiro na Suíça. Em outubro e novembro de 2014, entre o primeiro turno e a comemoração do novo mandato de Dilma, a Odebrecht também teria repassado outros 4 milhões de reais para Santana – dessa vez no Brasil, segundo indicações de uma planilha da empreiteira apreendida pela polícia. Todos esses valores, insistem as autoridades, têm origem no petrolão e podem ter bancado a reeleição da presidente. Os funcionários da Odebrecht chamavam propina de “acarajé”. Em depoimentos na semana passada, Santana e Monica livraram Dilma de envolvimento em qualquer irregularidade. Eles alegaram que receberam os “acarajés” na Suíça como pagamento por serviços prestados em campanhas eleitorais, mas campanhas em outros países. Tudo não passaria de um caso internacional de caixa dois, considerado um crime menor. No Brasil, o trabalho de marketing teria sido realizado como manda a legislação. A reeleição de Dilma, portanto, não carregaria a mácula do esquema de corrupção. A polícia não acreditou. Na sexta-feira, o juiz Sergio Moro prorrogou a prisão do casal.

Primeira a depor, Monica declarou que parte dos pagamentos se referia a serviços prestados na campanha eleitoral em Angola, governada por aliados do PT. Aliados antigos e generosos, como ressaltou o ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró. Em seu acordo de delação premiada, Cerveró contou que a Petrobras fechou um contrato milionário com a estatal angolana de petróleo e que, em retribuição, voltaram ao Brasil de 40 milhões a 50 milhões de reais para financiar ilegalmente a campanha de Lula em 2006. Depois da prisão de seu marqueteiro, Dilma convocou os auxiliares de sempre para uma reunião no Planalto e cobrou esclarecimentos do ministro Edinho Silva (Comunicação Social), tesoureiro de sua última campanha presidencial. Ele garantiu a lisura das contas eleitorais da presidente e disse que os pagamentos a João Santana no exterior diziam respeito a dívidas antigas do PT com o marqueteiro, relativas a campanhas de outros candidatos e à produção da propaganda partidária. Ou seja: eram esqueletos do ex-tesoureiro do PT João Vaccari, que nada tinham a ver com a reeleição da chefe.

Apesar do tradicional ritual de negação, sobram indícios e depoimentos que dão conta de que Dilma se beneficiou, no terreno eleitoral, do dinheiro sujo do petrolão. As primeiras evidências foram encontradas em anotações no telefone do próprio Marcelo Odebrecht, confirmando o que o pai relatara antes a Fernando Pimentel: “Liberar para o Feira (…). Dizer do risco cta suíça chegar na campanha dela”. O vínculo da conta na Suíça com o marqueteiro já foi descoberto. “Feira”, de acordo com os agentes, era o codinome de Monica Moura. Em outra anotação, Marcelo ressaltou a necessidade de articular com o governo uma estratégia conjunta de defesa. “Ter contato ágil/permanente entre o grupo de crise do governo e nós para que informações sejam passadas e ações coordenadas. Quem?” A estratégia também se confirmou. O ex-presidente Lula defendeu a necessidade de combinar com as empreiteiras um discurso de defesa. Coube ao então líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS), externar essa proposta a Dilma. “Presidente, a prisão (de Marcelo Odebrecht) também é um problema seu, porque a Odebrecht pagou no exterior pelos serviços prestados por João Santana à campanha”, disse o senador. Não deu em nada. Convencida por Edinho e pelo então chefe da Casa Civil Aloizio Mercadante, ela manteve a fé cega na legalidade de sua campanha.

Fonte: Carlos Skarlack

Governo paga funcionalismo nos dias 3 e 4 de março

Sábado, 27 de fevereiro de 2016


O pagamento do funcionalismo estadual referente ao mês de fevereiro será realizado nos dias 3 e 4 de março. Os servidores aposentados e pensionistas terão os vencimentos depositados dia 3. Já o salário dos ativos será creditado no dia seguinte. A medida é necessária diante do impacto provocado pela crise econômica nos estados mais dependentes das transferências federais, como é o caso do Rio Grande do Norte e de outros 16 estados da federação.

O secretário de Estado do Planejamento e das Finanças Gustavo Nogueira ressalta que o pagamento dos servidores nos primeiros dias do mês subsequente, conforme previsto em lei, garante o salário integral de todo o funcionalismo. “O Governo tem trabalhado em todas as frentes para honrar seus compromissos, priorizando o pagamento dos servidores. As dificuldades continuam em virtude da crise econômica, mas nossa equipe está focada no ajuste fiscal iniciado em 2015 e na criação de alternativas que recoloquem o Estado no caminho do equilíbrio fiscal. O mais importante é que o Governo confirma o pagamento dos servidores, garantindo dessa forma o aquecimento da economia local”, afirmou.

Fonte: J.Belmont

Desembargador autoriza investigação de Ricardo Motta

Sábado, 27 de fevereiro de 2016
Operação Candeeiro

Rebouças: determinação (Foto: TRE)

O desembargador João Rebouças autorizou abertura de Procedimento Investigatório Criminal (PIC), em caráter sigiloso, solicitado pela Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) para apurar a veracidade de citações contra o deputado estadual Ricardo Motta, por Gutson Johnson Giovany Reinaldo Bezerra (veja AQUI), principal acusado de comandar desvios de recursos no Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (IDEMA).

Gutson foi preso na Operação Candeeiro no ano passado.

Hoje

Escolhido por sorteio, o desembargador João Rebouças tomou a decisão nesta sexta-feira (26).

Ele ainda aplicou jurisprudência do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, decidida pelo Pleno (colégio de desembargadores), segundo a qual, eventuais pedidos de quebra de sigilos bancário, fiscal e telefônico, busca e apreensão, obrigatoriamente dependem de prévia autorização do relator.


Fonte: Carlos Santos

Bandidos atacam carros e motos arremessando pedras

Sábado, 27 de fevereiro de 2016

Mossoró sem lei

Outro modus operandi da bandidagem começa a assustar muita gente. Violência e ousadia são seus principais componentes.

Nas redes sociais, já correm alertas para que outras pessoas não sejam vítimas dos marginais que estão arremessando paralelepípedos ou pedras de médio porte, contra para-brisas de veículos, para obrigarem seus condutores a pararem.
Veículo de uma estudante universitária foi atacado por volta de 22h, da quarta-feira (24) - Foto: Instagram

As abordagens estão ocorrendo no Complexo Viário da Abolição, como em trecho nas proximidades da chamada Barragem de Genésio, além da Alberto Maranhão (sentido Alto da Conceição – Belo Horizonte – Complexo Viário, que é parte da BR-304).

Os relatos em redes sociais estão se multiplicando e o medo ganha proporções de fobia coletiva. “Vinha da faculdade por volta das 22h para casa, pela BR, quando caras encapuzados saíram do mato e atiraram uma pedra muito grande no pára-brisa do meu carro, na intenção de me fazer parar e assaltar, ou coisa pior (…)”, expôs uma internauta.

Veja essa postagem abaixo que está num grupo nas redes sociais:

Notícia URGENTE!

Pessoal, muito cuidado ao trafegarem pela avenida Alberto Maranhão sentido Alto da Conceição – Belo Horizonte assim como na BR nas imediações da Ponte da Barragem de Genésio. A tática dos assaltantes agora é arremessarem pedras para atingir quem passar, pois a vítima provavelmente irá parar seu carro/moto e será abordada.

Do dia (24/02) para hoje já foram identificados vários casos. Somente hoje, duas pessoas já deram entrada no HRTM (Hospital Regional Tarcísio Maia) machucadas com pedradas que sofreram nas imediações da Av. Alberto Maranhão com BR304.

Cuidado pessoal. Alertem a todos repassando para outros grupos.

Fonte: Carlos Santos

Prazo para declaração do Imposto de Renda começa dia 1º

Sábado, 27 de fevereiro de 2016

2016

O prazo para a Declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2016 vai 1º de março a 29 de abril de 2016. O programa do IRPF/2016 já pode ser baixado na página da Receita Federal do Brasil na Internet (vejaAQUI).

A Delegacia da Receita Federal em Mossoró espera receber na sua jurisdição 61.000 declarações do Imposto de Renda.

Em todo o Brasil são esperadas 27,8 milhões de declarações. Entre as principais mudanças para o IRPF/2016 estão a inclusão do CPF dos alimentandos—se esses forem maiores de 14 anos— na declaração do contribuinte.

Os profissionais da área da saúde, odontologia e da advocacia que recebem rendimentos de pessoas físicas deverão informar à Receita o CPF dos clientes para os quais prestaram seus serviços.

Consultas

É compulsório declarar o IRPF/2016 o contribuinte que, na soma dos rendimentos anuais no ano anterior, tiver tido ganhos tributáveis acima de R$ 28.123,91 — em 2015 o valor era de 26.816,55.

Da mesma forma deverá declarar o seu Imposto de Renda quem tiver bens, até 31 de dezembro de 2015, no valor acima de R$ 300.000,00; o contribuinte que na atividade rural obtiver rendimentos brutos acima de R$ 140.619,55 deverá também declarar o seu IRPF/2016.

Existem ainda outras modalidades obrigatórias de declaração que podem ser consultadas na página da Receita Federal do Brasil.

Com informações da Receita Federal.


Fonte: Carlos Santos

Um partido, a presidência e plena autonomia para Wilma

Sábado, 27 de fevereiro de 2016

PR
Resultado de imagem para imagens de Wilma de faria

O ex-deputado federal João Maia lançou a proposta: pode assumir a própria presidência do PR no estado.

A ex-governadora e atual vice-prefeita do Natal Wilma de Faria (sem partido) tem à sua mesa essa hipótese.

Se resolver ir para o PR, ela terá a primazia do comando e a autonomia da gestão partidária.

Presidente do PR no RN, João Maia esteve reunido com Wilma e deixou claro que o cargo é dela.

Basta querer.

O PR está de portas abertas.

A ex-governadora perdeu o controle do PSB no Rio Grande do Norte de forma abrupta e deselegante, para o deputado federal Ricardo Motta (ex-PROS).

Até o momento, ela não decidiu para onde ir.

Partido da Mulher Brasileira (PMB) e PTB, por exemplo, são alguns dos partidos que já a convidaram à mudança.


Fonte: Carlos Santos

Secretaria de Segurança Pública iniciará processo para realização do concurso público da PM

Sábado, 27 de fevereiro de 2016 


A secretaria estadual de Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) dará início ao processo para realização do concurso público para a Polícia Militar, após a decisão do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) que autorizou o certame durante sessão realizada neste quinta-feira (25), na sede do órgão. A decisão do TCE-RN responde a um questionamento apresentado pela titular da pasta, Kalina Leite.

A decisão do TCE faz algumas ressalvas: a exceção legal não inclui os servidores das chamadas atividades-meio e “Uno tocante à reserva remunerada, hipótese de vacância também contabilizada para fins de reposição de pessoal, caso o militar retorne ao serviço ativo, há de se observar essa ocorrência, para fins de cálculo das efetivas vagas existentes passíveis de reposição”.

A secretária destacou a importação da orientação do Tribunal de Contas para a realização do concurso. “Esse entendimento do Tribunal de Contas sinaliza que estamos no caminho certo. Desde que assumimos a Pasta nos empenhamos, diuturnamente, no sentido de realizarmos este concurso, por entendermos a necessidade que é premente. Agora vamos iniciar os trâmites para realizarmos esse processo o quanto antes”, disse.


Fonte: Robson Pires

Advogados de Dilma consideram inconstitucional decisão de ministro

Sábado, 27 de fevereiro de 2016


A defesa da campanha da presidenta Dilma Rousseff considerou ontem (26) inconstitucional a decisão do ministro Gilmar Mendes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que determinou a investigação de supostas irregularidades nos pagamentos a sete empresas que, em 2014, prestaram serviços à campanha eleitoral da presidenta.

Em nota, a coordenação jurídica da campanha de Dilma informa que vai recorrer da decisão por entender que há ofensa aos princípios constitucionais da coisa julgada, do contraditório, da ampla defesa e da imparcialidade. A defesa também ressaltou que as contas da presidenta foram aprovadas por unanimidade pelo TSE em dezembro de 214. Mendes é relator da prestação de contas da presidenta. Ao deferir o pedido do PSDB, o ministro entendeu que a decisão pode ser revista se eventuais ilícitos forem verificados.

Mundo sertanejo de luto: Morre aos 63 anos o cantor sertanejo Chico Rey



                        Chico Rei                                        Paraná

Chico Rey (esq) e o irmão Paraná

O cantor Francisco Gomes, o Chico Rey da dupla paranaense Chico Rey & Paraná, morreu aos 63 anos na tarde desta sexta (26), em Maceió, no Estado do Alagoas. Chico, que morava em Brasília desde o início dos anos 1970, estava de férias com a família no Nordeste, onde precisou ser internado às pressas no Hospital Vida após uma complicação em uma sessão de hemodiálise. Ele sofreu uma parada cardíaca.

O velório acontece neste sábado (27) a partir das 10h no Centro Cultural Taguaparque, em Brasília, e será aberto ao público. O enterro está marcado para 17h no cemitério de Taguatinga. Nos últimos anos, o músico vinha enfrentando um grave e crônico problema renal, chegando ser submetido a um transplante de rim, mas houve rejeição. Em 2013, devido à saúde delicada e em meio à desgastante rotina de hemodiálise, ele foi substituído pelo irmão mais novo da dupla em apresentações.

Formada na década de 1970 em Arapongas, no Paraná, sob a alcunha Devanil e Denival, a dupla era conhecida por propagar o romantismo da seresta e o chamado sertanejo de raiz. Lançou o primeiro álbum, que levava o nome da dupla, em 1981, mas o êxito comercial veio só em 1988, com a música “Quem Será seu Outro Amor”. Foram vários sucessos em mais de 20 álbuns lançados, que emplacaram principalmente no interior do Brasil. Entre eles, faixas como “Blusa Vermelha”, “Amor Rebelde”, “Leão Domado” e “Em um Lugar do Passado”.

Fonte: Robson Pires

São Paulo ganha linha de ônibus dirigida apenas por mulheres

Sábado, 27 de fevereiro de 2016 

Foto: Divulgação / Tupi
Há duas semanas São Paulo ganhou uma linha de ônibus operada apenas por mulheres. A empresa Tupi dedicou a linha 609J-10 - Metrô São Judas/Aeroporto apenas para mulheres e tem obtido resultados positivos. À Marie Claire, Ernandes dos Santos, gerente de Operações da empresa, afirmou que a decisao de destinar uma linha só para motoristas mulheres surgiu após uma análise sobre o comportamento feminino no ambiente de trabalho. "Com base em alguns estudos, verificamos que as mulheres, mesmo responsáveis pelas tarefas domésticas, têm mais comprometimento com o emprego. Não chegam atrasadas, faltam menos e tratam melhor o cliente [passageiro]" , explicou. Segundo Santos, o número de reclamações diminuiu e, em uma pesquisa informal, foram ouvidas "coisas boas" sobre a medida. Com o resultado, a empresa planeja contratar mais motoristas para completar o quadro de funcionários. "Elas serão treinadas, irão para a Linha Rosa e, posteriormente, serão realocadas para outras linhas. Queremos pelo menos 30% de motoristas mulheres", revelou. O trajeto foi inicialmente apelidado de Linha Rosa, mas ganhou o nome de Linha da Inclusão, para que todas as motoristas, independentemente da orientação sexual, se identifiquem.

Barbosa é atacado no PT e no governo por seguir política de Levy, diz colunista

Sábado, 27 de Fevereiro de 2016 

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

As expectativas em torno de uma mudança de política econômica com Nelson Barbosa no Ministério da Fazenda estão sendo frustradas. E o substituto de Joaquim Levy está pagando por isso, de acordo com o colunista Gerson Camarotti, do G1. Barbosa tem sido atacado pelo PT e por integrantes do governo. "Era para o Barbosa ter mudado a política econômica. Mas ele faz o contrário do esperado. Assim, ele não terá apoio", disse um ministro que preferiu não se identificar. Um titular da Fazenda destacou a necessidade de contrapartidas para os trabalhadores sobre a reforma da previdência. "É preciso oferecer algo em troca. Não dá para ficar apenas anunciando medidas negativas. A nossa base social já está no limite", observou. No ano passado, Levy sofreu críticas em intensidade semelhante e chegou a ficar inviabilizado no cargo.
Sábado, 27 de Fevereiro de 2016 

Foto: Divulgação
O casal de marqueteiros João Santana e Mônica Mouta teve sua prisão prorrogada nesta sexta-feira (26), pelo juiz federal Sérgio Moro. De acordo com a Veja, Moro viu “certos problemas” no álibi apresentado pelo casal, em depoimento à Polícia Federal. Eles afirmaram não conhecer a origem dos recursos depositados em contas da empresa que eram mantidas no exterior. Em sua decisão, Sergio Moro explica que a detenção do casal Santana, que trabalhava na campanha à reeleição do presidente da República Dominicana, Danilo Medina, foi decretada depois de os investigadores do petrolão encontrarem indícios de que eles seriam controladores da empresa offshore Shellbill Finance SA. A empresa não foi declarada às autoridades brasileiras e é beneficiária de dinheiro que o Ministério Público acredita ter sido desviado do esquema de corrupção na Petrobras. A quebra de sigilo bancário da conta da empresa revelou repasses de 3 milhões de dólares da Klienfeld Services, offshore ligada ao Grupo Odebrecht. A Klienfeld já havia sido utilizada para transferir dinheiro de propina aos ex-diretores da Petrobras Renato Duque e Paulo Roberto Costa e do ex-gerente da petroleira Pedro Barusco. Além da presença da Klienfeld como fonte pagadora do casal Santana, a atuação do operador de propinas Zwi Skornicki como responsável por outros repasses - de 4,5 milhões de dólares - à dupla foi classificada como "perturbadora" pelo juiz.

Senador pede que Casa Civil informe gastos corporativos de Lula após presidência

Sábado, 27 de Fevereiro de 2016 

Foto: Divulgação
O líder do Democratas no Senado, Ronaldo Caiado (GO), apresentou nesta quinta-feira (25) um requerimento em que pede ao ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner, informações sobre os gastos oficiais que o governo teve com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entre 2011 e 2014. O senador baseou o pedido em supostas denúncias de gastos exorbitantes feitos após o fim do mandato do petista. Em novembro de 2015, o UOL teria publicado gastos mensais de R$ 81,3 mil com o carro oficial utilizado por Lula entre 2013 e 2015. Pela Constituição, o órgão tem 30 dias para responder aos questionamentos a partir do momento que os recebe, sob pena de cometer crime de responsabilidade. “Não se trata de questionar a legitimidade do apoio dedicado aos ex-presidentes, o que é previsto em lei. Mas de cumprir o papel desta Casa de fiscalizar o dinheiro público e informar à nação o montante dessas despesas para se avaliar se cumprem a lei e se seus valores são compatíveis com preços de mercado e, principalmente, com a atual situação do Estado brasileiro que tem registrado sucessivos rombos pela crise criada pelo PT”, argumentou Caiado.

GVT deixará de existir a partir de 15 de abril; Vivo assumirá contas

Sábado, 27 de Fevereiro de 2016 

Foto: Reprodução / Tecnoblog
A GVT já tem data para deixar de existir no mercado. A partir de 15 de abril deste ano, as contas antes vinculadas à marca serão incorporadas à operadora Vivo. O anúncio foi feito pelo CEO da Vivo, Amos Genish, por meio de uma carta aos clientes da GVT. O nome GVT será totalmente substituído em todos os serviços. A fusão ocorre um ano depois de a Vivo ter comprado a GVT por pouco mais de 7 bilhões de euros, há um ano, mas nos últimos meses profissionais da Vivo e da GVT já transitavam entre São Paulo e Curitiba, sedes das duas empresas. De acordo com o TecMundo, os sites das empresas devem ser unificados em 2 de abril e o código para realizar ligações de longa distância da GVT, o 25, será substituído pelo 15 da Vivo. O número da central de atendimento ao cliente mudará de 103 25 para 103 15. Os aplicativos da GVT também serão renomeados, por exemplo, o Minha GVT, que passará a ser chamado Meu Vivo Fixo.

Samarco quer voltar a operar em Mariana

Sábado, 27 de Fevereiro de 2016 

por Leonardo Augusto | Estadão Conteúdo
Foto: Rogério Alves/TV Senado
A Samarco se prepara para voltar a operar em Mariana. Menos de quatro meses depois do rompimento da barragem da empresa no município de Minas Gerais, na tragédia que matou 17 pessoas e deixou duas desaparecidas, a mineradora entrou com pedido na Secretaria de Estado de Meio Ambiente para utilizar duas cavas como depósito de rejeitos de minério de ferro. Conforme o responsável pela área de licenciamento da pasta, Geraldo Abreu, a solicitação é o primeiro passo para que a Samarco volte com as atividades de mineração na região. "O segundo seria um pedido para suspensão do embargo da mineradora feito pelo Estado depois da queda da barragem", afirma Abreu. Não há prazo para a resposta da secretaria ao pedido de uso das cavas. Com a chegada da solicitação, feita nesta quinta-feira, 25, o governo emitiu um formulário no qual a mineradora precisa responder questões técnicas sobre a utilização das cavas. Em seguida é necessária a apresentação de estudos. "Todos os procedimentos devem demorar pelo menos um ano", diz Abreu. As cavas são buracos que se formam depois que determinado ponto da mina se exaure. No pedido enviado à secretaria, a Samarco solicita a utilização de uma cava do Complexo de Germano e outra no Complexo Alegria, cuja exploração é compartilhada com a Vale, conforme informações do responsável pelo setor de licenciamento da secretaria. Segundo Abreu, no entanto, a utilização das cavas teria duração máxima de dois anos. A operação seria mais segura do que o uso de barragens como a que rompeu em Mariana, por não haver riscos de vazamentos, conforme o representante da secretaria. A Samarco ainda não se posicionou sobre o pedido de utilização das cavas.

Polícia Federal decide investigar dinheiro enviado por FHC a ex-amante

Sábado, 27 de Fevereiro de 2016 

Foto: Divulgação / PSDB
A Polícia Federal (PF) vai investigar o dinheiro enviado pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para a jornalista Mirian Dutra no exterior. A ex-amante do tucano alega ter recebido R$ 3 mil mensais, entre 2002 e 2006, quando vivia na Espanha com o filho Tomás – que seria fruto do relacionamento com FHC. Para receber o valor, ela afirma que assinou um contrato fictício com a Brasif, empresa que controla free shops no Brasil. Além dos repasses mensais, o ex-presidente também teria pago os estudos dele no exterior e comprado um apartamento de 200 mil euros em Barcelona. De acordo com a coluna Mônica Bergamo, a PF realizou um estudo preliminar e verificou que crimes podem ter sido cometidos na transferência de dinheiro.

Mendes pede investigação de empresas que prestaram serviços à campanha de Dilma

Sábado, 27 de Fevereiro de 2016

Foto: Fellipe Sampaio/ SCO/ STF
O ministro Gilmar Mendes, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), atendeu pedido do PSDB e determinou que seis órgãos de investigação apurem supostas irregularidades nos pagamentos a sete empresas que, em 2014, prestaram serviços à campanha eleitoral da presidenta Dilma Rousseff. De acordo com a decisão, assinada na quarta-feira (24), a Receita Federal, a Polícia Federal e o Ministério Público, entre outros órgãos, deverão investigar se as empresas receberam valores desproporcionais em relação à capacidade operacional para prestar serviços para a campanha. Mendes é relator da prestação de contas da presidenta, aprovada, por unanimidade pelo TSE, em dezembro do 2014. Segundo a Agência Brasil, ao deferir o pedido do PSDB, o ministro entendeu que a decisão pode ser revista se eventuais ilícitos forem verificados. Na semana passada, em defesa enviada ao processo, os advogados da coligação de Dilma afirmam que todos os recursos utilizados na campanha foram declarados e acusam o PSDB de usar a Justiça Eleitoral politicamente. A defesa de Temer alegou que doações declaradas de empresas com capacidade para contribuir não são caixa 2. Para os advogados do vice-presidente, o PSDB recebeu doações das mesmas empresas.

Maior parte da receita de empresas de João Santana veio do exterior, diz defesa

Sábado, 27 de Fevereiro de 2016 

por Ana Fernandes e Ricardo Chapola | Estadão Conteúdo
Foto: Reprodução / Veja
Os advogados tributaristas do marqueteiro João Santana afirmaram, nesta sexta-feira (26), que ele e a mulher Monica Moura não são corruptos nem corruptores, e que recursos recebidos no exterior são oriundos do trabalho deles como publicitários. A estratégia da defesa do marqueteiro, preso na terça (23) durante fase da Operação Lava Jato, é apontar que o casal cometeu apenas irregularidades tributárias. "O dinheiro é proveniente do trabalho deles. Eles não são corruptos, corruptores, intermediários de valores, nem políticos; 100% dos clientes deles são da iniciativa privada, partidos políticos e empresas que decidiram contribuir com esses partidos e contribuíram nessas contas (no exterior)", afirmou o advogado tributarista Igor Nascimento. Em apresentação a jornalistas, Nascimento e seu sócio Vitor Martins Flores mostraram gráficos sobre as empresas do casal no exterior. A defesa enfatizou que a maior parte da receita do casal de 2010 a 2014 veio das atividades em outros países. As campanhas do PT, segundo a defesa, renderam R$ 170 milhões nesse período - incluindo campanhas municipais. A campanha de reeleição de Dilma somou R$ 80 milhões. Questionado se receber de empresas por campanhas no exterior sem que os recursos passassem pelos caixas dos respectivos partidos não seria crime, a defesa foi evasiva. "Cada país tem sua regra, no Brasil seria ilegal. Nesses outros países não sei dizer, porque não é minha área de atuação", disse Nascimento. O casal atuou em campanhas em países como Venezuela, Angola, República Dominicana e Panamá. A defesa aposta na estratégia de os clientes assumirem "erros" tributários, que podem ser resolvidos com pagamento de imposto e multas, para liberar o casal da prisão temporária. "Eles admitiram os erros deles abertamente e estão consertando isso", disse o advogado. "Estamos diante de um simples caso de sonegação fiscal. Eles, pagando os tributos que deixaram de ser pagos, não terão responsabilidade criminal, pois a lei lhes dá essa garantia", defendeu.

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

[VÍDEO] COCAÍNA APREENDIDA PELA DENARC NO BAIRRO SUMARÉ EM MOSSORÓ-RN,AVALIADA EM 12 MILHÕES DE REAIS É INCINERADA

Sexta, 26 de fevereiro de 2016

No final da matéria vídeo mostra a droga sendo incinerada. 


Um forte aparato policial foi montado pela Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC), para os procedimentos de incineração na manhã desta quinta-feira 25 de fevereiro de 2016, dos mais de 300kg de cocaína pura, que foi apreendida no último domingo (21) no bairro Sumaré na cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte. A queima aconteceu com autorização do Ministério Público do Estado, nos fornos de altas temperaturas da USIBRÁS (Empresa de Beneficiamento de Castanhas de Caju). A Polícia Rodoviária Federal, ITEP, Vigilância Sanitária, e Agentes da Delegacia Regional, e Defraudações (DEFD) acompanharam o procedimento. Foram incinerados, 323kg de cocaína pura, 2,5kg de crack, e pouco mais de 100g de maconha. Todo o material estava avaliados em mais de R$ 12 milhões de reais. O titular da DENARC, Bacharel Dr. Antônio Teixeira Júnior, informou que, tomou todas as providências para incinerar o mais rápido possível o material, por se tratar de grande quantidade, e reafirmou que o trabalho da polícia vai continuar para combater o tráfico na cidade. "Ainda temos muito pela frente, estamos na investigação para identificar os proprietários da droga. Esta foi a maior apreensão de cocaína do Rio Grande do Norte, de todos os tempos”. destacou. 









Fonte: passando na Hora

Não é uma cena de filme americano, qual quer semelhança é mera coincidência

Sexta, 26 de fevereiro de 2016

O Policial Militar Sd Willian, lotado no segundo Distrito de Polícia Rodoviária Estadual em Mossoró, foi o protagonista de uma cena típica de filme americano 
Na tarde da quinta feira, um motorista de táxi presenciou um assalto e comunicou aos PM’s que compunham a viatura do 2º DPRE que estavam com uma ocorrência em andamento no bairro Santo Antônio, região do colégio Diocesano. Diante da impossibilidade do deslocamento da viatura o Soldado Willian requisitou que todos (motorista e passageiros do táxi) descessem e sozinho no táxi perseguiu e deteve no local do assalto um menor de idade e nas proximidades de um posto de gasolina alcançou o seguindo elemento com parte do material tomado da vítima. 

O caso ganhou repercussão nas redes sociais e chegou ao conhecimento do comando geral da policia Militar do Rio Grande do Norte. 

Hoje o comandante geral da PM-RN Cel. Dan Cleiton Pereira Leite, pessoalmente através de uma ligação parabenizou o Soldado pelo desfecho da ocorrência e informou que o mesmo será agraciado com a medalha de mérito profissional que é periodicamente entregue a policiais militares que se destacam no exercício de sua função 

Do Blog: Não é de hoje que acompanhamos o trabalho do 2º DPRE e podemos constatar que uma equipe bem orientada e treinada compõe aquele Distrito, na pessoa do seu comandante o Capitão Manoel de Assunção Lima, deixamos os parabéns à todos do departamento.

Fonte: O Câmera

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055