martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Mulher abandona o bebê no hospital após ele testar positivo para coronavírus

Segunda, 26 de Outubro de 2020

A polícia ainda não sabe se a mulher que sumiu do hospital e deixou a criança era sua mãe ou tia.
Uma mulher abandonou um bebê em um hospital depois que ele testou positivo para o novo coronavírus. Algumas reportagens afirmam que ela é mãe da menininha de 4 meses, no entanto, quando chegou ao local, ela teria dito para enfermeiros que era sua tia.

O caso aconteceu em Palermo, na Itália, no dia 12 de outubro. Até o momento, a polícia ainda não localizou a mulher.

De acordo com o jornal La Repubblica, uma segunda mulher, também alegando ser tia da criança, chegou dias depois e tentou levar o bebê para casa depois que ela recebeu alta. No entanto, a equipe do hospital ficou desconfiada e contatou as autoridades.

A segunda mulher foi então forçada a ficar no hospital pois também testou positivo para covid-19. Mas cinco dias depois, ela também conseguiu escapar.

Um porta-voz do instituição da saúde explicou que eles não conseguiram entrar em contato com a mãe do bebê.

A segunda mulher foi então forçada a ficar no hospital pois também testou positivo para covid-19. Mas cinco dias depois, ela também conseguiu escapar.

Um porta-voz do instituição da saúde explicou que eles não conseguiram entrar em contato com a mãe do bebê.

Fonte: Ric Mais

Eleições Municipais: O quê está em jogo?

 Segunda, 26 de Outubro de 2020

Tentaremos pontuar aqui o porquê da necessidade de mudarmos esse paradigma.


1. Eleições municipais caracterizam-se pela proximidade entre candidato e eleitor. Votamos no primo, no tio, no amigo, no vizinho, no parente, pouco estabelecendo relação com os valores que aquela pessoa traz em si e com sua filiação partidária.

Duplo perigo: VALORES são a BASE sobre a qual a PERSONALIDADE se constrói, e eles precisam ser os mesmos que os seus.

Ouço muito: "existem pessoas boas em todos os partidos", o que não deixa de ser verdadeiro, mas há um ponto crucial aqui, pois o partido SEMPRE ditará as regras, por independente que possa ser o candidato, sua livre expressão sempre será relativa.

Por isso, observar o partido/coligação é FUNDAMENTAL.

Há todo um espectro partidário fundado na ideologia marxista que vem mudando de nome, cor e número na tentativa de manter seus eleitores, pois o povo começa a enxergar melhor essa falácia, mas ainda pode cair pelo ponto levantado: proximidade eleitor/candidato e inobservância deste ponto fundamental.

2. Enquanto a eleição para prefeitos se dá por maioria, a de vereadores atende à PROPORCIONALIDADE.

Pouco pensamos à respeito disso, a maioria mesmo não faz nem conta que isso existe.

E o que quer dizer isso?

Que o seu voto pode ajudar a eleger não o "seu candidato", mas alguém que você não escolheu (e pode inclusive não gostar), mas que teve mais votos naquela legenda.

Ou seja: mais importante até que escolher o CANDIDATO é escolher a IDEOLOGIA (ou a ausência dela) do partido/coligação onde ele está filiado.

De igual forma, votos em branco e nulos só ajudam as velhas raposas que já tem votos cativos na comunidade.

3. Nos últimos anos e com o resultado das eleições de 2018, houve um desmonte do esquema bilionário de corrupção que abastecia inúmeros partidos em suas campanhas, restando agora, para estes afeitos a tal modus operandi, o fundo partidário (que embora imoral ainda é legal) e as PREFEITURAS DE MUNICÍPIOS ESTRATÉGICOS para "levantar recursos" para as eleições majoritárias de 2022. A hora de ficar esperto é AGORA!

4. Os últimos anos tem se caracterizado por um crescente despertar da consciência política do povo brasileiro, isso é um ALERTA para os que defendem a causa progressista/ socialista/ comunista (vários nomes pra mesma coisa, gradações de mesma convergência), que começam a perceber que, em alçando-se ao poder, é preciso "dar o bote" o mais rápido possível. Aconteceu na Venezuela, está acontecendo na Argentina e esboça-se no Chile. Nós AINDA temos como evitar isso, basta CRIAR ALTERNATIVAS para os pleitos estaduais e federal dos próximos anos, e elas nascem AQUI e AGORA, NOS MUNICÍPIOS.

Poderíamos continuar a discorrer, mas o leitor já deve estar cansado.

Terminamos como começamos: tudo tem início na definição dos VALORES que desejamos VER REPRESENTADOS. Citarei aqui aqueles que nos são particulares:

- defesa da vida desde o ventre,

- defesa da infância,

- Estado com poder limitado,

- defesa das liberdades individuais,

- oposição à ideologia de gênero,

- oposição à liberação das drogas,

- defesa do empreendedorismo,

- oposição à doutrinação nas escolas,

- defesa da família,

- livre-mercado, dentre outros.

Pense você também, defina quais são os seus valores, defina seu voto por eles e pelos seus filhos.

#SeuVotoTemPoder

Sandra da Silva Kucera

Pneus, vergalhões, entulho e o STF: As muitas barricadas que protegem o crime no Rio de Janeiro

 Segunda, 26 de Outubro de 2020



As ruas são bloqueadas com entulho, pneus, vergalhões e até estruturas de concreto; feitos para dificultar o acesso de viaturas policiais, os bloqueios acabam impedindo também a prestação de serviços à população humilde dessas comunidades.

Se um morador tiver um ataque cardíaco e precisar do socorro de uma ambulância, vai acabar morrendo por falta de assistência.

Na última quarta-feira, informa a reportagem, um motorista que seguia o roteiro mostrado por um aplicativo deparou-se com um desses bloqueios e foi baleado ao tentar retornar.

Tudo isso ocorre sob as bênçãos do STF, que proibiu operações policiais no Rio de Janeiro durante a pandemia, atendendo a pedidos de ONGs e partidos pró-soltura de criminosos (aquela turma que acredita, ou finge que acredita, que o Brasil “prende demais”); salvo em “situações excepcionais “ (que o tribunal não definiu quais seriam), o STF ameaça policiais que “se atreverem” a combater criminosos com responsabilização penal, civil e administrativa.

Assim, o combate ao crime pela polícia, aos olhos do STF, virou atividade ilegal até prova em contrário; já as organizações criminosas que atuam nas mais de mil comunidades do Rio de Janeiro ganharam de presente uma espécie de “zona de proteção”, com a decisão do Supremo de proibir a entrada da polícia funcionando como barricada ainda mais eficiente do que os vergalhões e montes de entulho.

Com isso os moradores dessas comunidades se dão conta de que, graças à mais alta corte de Justiça do país, estão privados não só do direito à segurança pública (assegurado pela Constituição) como de um dos mais fundamentais direitos: a liberdade de ir e vir.

A função de definir e executar políticas de segurança pública (por exemplo, definir se haverá mais operações policiais ou menos) cabe aos governantes eleitos (Poder Executivo), dentro dos parâmetros estabelecidos por leis aprovadas por parlamentares também eleitos (Poder Legislativo). Ao STF (Poder Judiciário, não eleito), cabe APLICAR A LEI.

Vocês conhecem a lei que prevê a suspensão da repressão ao crime durante uma pandemia? Não? Os ministros do STF também não conhecem - até porque essa lei não existe.

Ao proibir operações policiais nas comunidades do Rio de Janeiro, o STF invadiu a atribuição de outros poderes e mostrou que o ativismo judicial é um verdadeiro monte de entulho (como o da fotografia abaixo) que serve de barricada para proteção aos criminosos, em detrimento dos direitos humanos da população e das escolhas feitas pelo voto popular.

Precisamos nos livrar desse entulho.

Marcelo Rocha Monteiro. Procurador de Justiça no Rio de Janeiro

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Bolsonaro responde com bom-humor aos obrigacionistas: “Vacina obrigatória só aqui no Faísca”

Segunda, 26 de Outubro de 2020

Ao postar uma foto ao lado de um cachorro, escreveu:

“Vacina obrigatória só aqui no Faísca”

Confira:

Há vários dias a imprensa tem publicado declarações de diversos políticos que apoiam a obrigatoriedade da vacina.

Bolsonaro tem afirmado incansavelmente que a decisão cabe ao Ministério da Saúde.

A OMS, esta semana, se pronunciou na mesma linha de pensamento, afirmando que a vacinação deve ser uma escolha do cidadão.

E agora?

Não querem mais seguir o que diz a OMS? O que diz a “ciência”...

Traficante “troca de rosto” e consegue se esconder da polícia por 2 anos

 Segunda, 26 de Outubro de 2020

Foragido desde 2018, Lenon conseguiu se esquivar da polícia mudando a aparência.

Ele fez plástica no nariz e nas orelhas, preenchimento labial, e harmonização facial, além de apagar uma tatuagem.

O traficante usava uma identidade falsa, com o nome de Aylon Soares Cardoso.

Com o rosto modificado pelos procedimentos estéticos, Lenon levava uma vida discreta, porém luxuosa, morando com a namorada, sogra e sobrinhos.

O traficante foi recapturado em operação coordenada pela Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) com apoio do Departamento de Investigação sobre Narcóticos (Denarc) e da Polícia Civil do Amazonas e do Ceará.

Ele segue detido na capital cearense, mas será transferido para Manaus em breve.

É difícil não relacionar esta notícia com a do traficante André do Rap, foragido há mais de duas semanas. Traficantes são criminosos com alto poder aquisitivo, para quem é fácil pagar por uma “troca de rosto”.

Apesar de todos os esforços da polícia para localizar André do Rap, que foi solto por uma liminar concedida pelo ministro do Marco Aurélio, posteriormente revogada pelo presidente do STF, Luiz Fux, o traficante ainda não foi encontrado,

Talvez uma das dificuldades em localizar o foragido seja causada por alterações de fisionomia, que ele possivelmente tenha se submetido.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Novo escândalo com auxílio emergencial e bolsa família: 23 mil Beneficiários fizeram doações para candidatos

Segunda, 26 de Outubro de 2020


Mais de 23 mil beneficiários do auxílio emergencial e do Bolsa Família fizeram doações para campanhas de candidatos a prefeito e vereador.

As doações somam R$ 23,8 milhões, sendo R$ 13,2 milhões em doações financeiras e R$ 10,6 milhões com algum tipo de material ou serviço.


O Tribunal Superior Eleitoral já articula uma parceria com a Receita Federal, o Tribunal de Contas da União, o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), o Ministério Público e a Polícia Federal para investigar esses casos.

O balanço deve sair em fevereiro, quando as contas forem julgadas.

A doação não é irregular, desde que não ultrapasse 10% da renda do ano anterior. Mas, se comprovada a falta de capacidade econômica de doadores inscritos no cadastro, o candidato pode ter o registro indeferido.

Cientistas da Fiocruz caçam morcegos para barrar nova pandemia


Segunda, 26 de Outubro de 2020

Foto: Márcia Foletto / Agência O Globo

Sem alarde, sob a Lua minguante do início de setembro, começou no Rio de Janeiro uma nova frente de combate à Covid-19. Cobertos da cabeça aos pés por EPIs, cientistas da Fiocruz entraram numa floresta do Maciço da Pedra Branca, em Jacarepaguá, com um objetivo: capturar morcegos.

O interesse se explica: acredita-se que um vírus de morcego deu origem ao Sars-CoV-2. Ainda se sabe pouco sobre isso, e uma maneira de aprender é descobrir se os morcegos da Mata Atlântica foram infectados. Além disso, o grupo da Fiocruz também tenta identificar e, claro, prevenir o alastramento de outros vírus com potencial de causar pandemias.

Alinhado com estudos mundiais em curso da África à Ásia, o projeto é liderado pela Fiocruz Mata Atlântica em colaboração com os laboratórios do Instituto Oswaldo Cruz e tem o apoio da fundação de fomento à pesquisa do estado, a Faperj.

O estudo, que inclui outros animais, combina investigação em laboratório com trabalho de campo. Este impõe a necessidade de se locomover pela mata de avental, máscara, face shield e lanterna de cabeça. No Rio, se acrescenta a dificuldade do calor, intenso mesmo numa noite de fim de inverno.

Mais de 200 tipos de coronavírus já foram descobertos em morcegos no mundo todo. Segundo o relatório “Prevenindo a próxima pandemia”, do Programa de Meio Ambiente da ONU, eles são a provável origem de todas as linhagens conhecidas, inclusive as que geraram a Sars (síndrome respiratória aguda grave) e a Mers (síndrome respiratória do Oriente Médio). Os mamíferos voadores também estão associados a outros vírus, como o ebola.

O Globo

Eleições 2020: PF usará drones para flagrar crimes como boca de urna

Segunda, 26 de Outubro de 2020

Foto: reprodução/Ilustrativa

Nas eleições municipais de novembro, a Polícia Federal (PF) deverá usar drones para prevenção e repressão de crimes eleitorais como boca de urna e transporte irregular de eleitores.

De acordo com o órgão, mais de 100 aeronaves pilotadas remotamente deverão ser alocadas em municípios considerados estratégicos, em todos os estados. A intenção é que os equipamentos sobrevoem as zonas eleitorais de modo a inibir e flagrar a prática de condutas vedadas nos dias de votação.

Segundo a PF, os drones possuem câmeras capazes de realizar zoom suficiente para identificar suspeitos, placas de veículos, entregas de santinhos e situações de compra de votos, com imagens de alta nitidez.

As imagens capturadas serão transmitidas a uma equipe da PF que estará preparada para monitorar todas a eleição em todo território nacional, determinando a adoção as medidas cabíveis diante de atividades suspeitas, informou o órgão.

O primeiro turno das eleições municipais está marcado para 15 de novembro. O segundo turno, onde houver, ocorrerá em 29 de novembro. O horário de votação será sempre das 7h às 17h, no horário local.

Agência Brasil

Mulher que foi estuprada por 12 homens no meio da rua diz ter HIV; ninguém foi preso

Segunda, 26 de Outubro de 2020


Reprodução/Google Street View

Uma mulher que não teve a identidade revelada foi vítima de um estupro coletivo na madrugada da última sexta-feira (23) na cidade de Itatiba, em São Paulo. Ela foi abusada por 12 homens. À Guarda Municipal, ela contou ter HIV.

Segundo a corporação, a mulher disse ser garota de programa e que foi abordada pelo grupo na rua. Ela foi levada para um local sem movimento e foi abusada. Até o momento, as autoridades não identificaram ou prenderam os criminosos.

Depois do caso, a vítima foi socorrida e levada para a Santa Casa da cidade. Lá, recebeu atendimento para vítimas de estupro. A Polícia Civil irá investigar o caso.

O Dia – IG

Banco Central registra recorde de remessas de dólares para Brasil

Segunda, 26 de Outubro de 2020

Foto: reprodução

Com a alta do dólar, as remessas de brasileiros que vivem no exterior para familiares no Brasil têm batido recordes. Em setembro, foram registradas US$ 293 milhões de receitas de transferências pessoais, segundo dados do Banco Central (BC). Esse foi o maior volume para o mês de setembro, na série histórica, iniciada em 1995. Em setembro de 2019, as transferências somaram US$ 248,6 milhões.

De janeiro a setembro deste ano, foram US$ 2,407 bilhões enviados para o Brasil, crescimento de 11,6% em relação a igual período de 2019. Segundo o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, o dólar mais caro faz com que o dinheiro convertido em reais no Brasil represente um volume maior de recursos. Ele diz que isso pode incentivar os brasileiros no exterior a mandarem mais dólares para o país.

“Como a pessoa no exterior que está mandando para seus parentes no Brasil sabe que aquela mesma quantidade de dólares que manda sempre vai representar uma quantidade maior, pode ter um incentivo para aumentar esse fluxo em dólares”, disse, ao apresentar o relatório das contas externas, na última sexta-feira (23).

Por outro lado, a alta do dólar desestimula o envio de recursos do Brasil para o exterior. Em setembro, essas transferências chegaram a US$ 128 milhões, queda de 18,9% na comparação com o mesmo mês de 2019. No acumulado do ano até setembro, o valor chegou a US$ 1,065 bilhão, recuo de 31,1% contra igual período de 2019.

Países de origem

A maior parte das transferências que vêm para o Brasil são dos Estados Unidos. Esse setembro, o volume chegou a US$ 147,2 milhões. Outros US$ 57 milhões vieram do Reino Unido, US$ 17 milhões de Portugal, US$ 9,8 milhões da Espanha, US$ 7,7 milhões da Itália e US$ 7,6 milhões do Japão.

Agência Brasil

Se o STF decidir pela obrigatoriedade da vacina, o que poderá acontecer com quem desobedecer a “ordem”?

 Domingo, 25 de Outubro de 2020

Quem aqui está preparado para realmente resistir à dominação totalitária, quando o STF, distorcendo o modelo federativo que estabelece competência concorrente entre os entes da Federação para cuidarem da saúde, decidir que Governadores de Estado têm poder de obrigar os cidadãos a tomarem vacina?

Nesse caso, aquele que não quiser tomar a vacina, que não tome! Mas saiba que o Estado decretará a “morte civil” do desobediente.


Não poderá mais viajar sem apresentar a carteira de vacinação, não poderá mais concorrer à vaga de emprego, ou prestar concurso público, receber atendimento médico, e por aí vai.

Eu, de minha parte, cheio de fé, direi bem forte, quando esse dia chegar: “eu estou pronto, Meu Senhor”. Terei que viver à margem do Estado, pois jamais permitirei a minha auto-escravização.

Um cristão sempre se prepara para momentos como esse. Ele nunca se esquece das palavras da Sagrada Escritura: “memento mori”. É melhor morrer de pé do que viver de joelhos.

Igual a mim existem milhões.

Eles que nos aguardem!

domingo, 25 de outubro de 2020

Mulher que arrancou genitais de homem com os dentes no Piauí é indiciada por lesão corporal


Domingo, 25 de Outubro de 2020

A Polícia Civil concluiu o inquérito do caso do homem que teve os órgãos genitais arrancados e indiciou a mulher suspeita de cometer o crime na cidade de Miguel Alves, no Piauí.

De acordo com o Francírio Queiroz, titular da delegacia de União, a mulher, que não teve a identidade revelada, foi indiciada por lesão corporal.

Ainda de acordo com o delegado, a versão dada pela mulher, de que teria cometido a agressão para se defender de um estupro, não foi comprovada e foi excluída do inquérito policial.

A denúncia foi encaminhada para o Poder Judiciário e a mulher vai responder ao processo em liberdade.


Entenda o caso

A mulher começou a ser procurada suspeita de arrancar os órgãos genitais de um homem na cidade de Miguel Alves, no Piauí, no dia 5 de setembro. O crime aconteceu na casa do homem, durante a madrugada. Segundo a Polícia Militar, a suspeita mora na casa ao lado da casa da vítima.

Ainda de acordo com a PM, o homem foi levado para o Hospital Estadual de União e recebeu alta no mesmo dia.

Polícia investigou se mulher agrediu o homem para fugir de estupro
A Polícia Civil iniciou uma investigação para apurar a versão dada pela suspeita de arrancar os órgãos genitais de um homem após um vídeo e áudios divulgados pela própria mulher viralizarem nas redes sociais.

No material, a mulher confessou o crime e disse que agrediu o homem para se defender de uma tentativa de estupro. Ao G1, o delegado Francírio Queiroz informou que os arquivos tinha sido anexados ao inquérito policial e que iriam ser apurados.

Fonte: G1

Para se defender de agressão, mulher ataca marido a facada

Domingo, 25 de Outubbo de 2020


Enciumado, ele passou a agredir a vítima com socos e exigia que ela confessasse que já tinha outra pessoa.

Uma jovem de 24 anos teve que esfaquear o ex-marido de 25 anos para se livrar de agressões na madrugada desta sexta-feira (23) em uma residência que fica localizada no bairro Ronaldo Aragão, na zona Leste da capital rondoniense.

O boletim de ocorrência registrado pela Polícia Militar relata que a vítima estava chegando do trabalho no momento em que foi abordada pelo ex indagando porque ela havia se atrasado.

Enciumado, ele passou a agredir a vítima com socos e exigia que ela confessasse que já tinha outra pessoa.

A jovem para se defender pegou uma faca e esfaqueou o braço do acusado. Nesta hora, ele fugiu do local e a vítima acionou a Polícia Militar.

Porém, o agressor não foi encontrado.

Fonte: Rondônia ao Vivo

Gerente da Globo entra em favela por engano e é baleado por bandidos

Domingo, 25 de Outubro de 2020

Na última quarta-feira, 21, o gerente de Projetos do jornal O Globo, Christiano Coimbra, foi baleado após entrar por engano em uma favela na Zona Norte do Rio de Janeiro.

Seu estado de saúde é gravíssimo e Christiano teve que ser transferido do Centro de Terapia Intensiva do Hospital Estadual Getúlio Vargas para o hospital Copa Star, em Copacabana, na manhã de quinta.

Christiano voltava de Itaipava, na Região Serrana, em direção ao Centro da cidade. Por causa de um engarrafamento no Trevo das Missões, o aplicativo de GPS indicou uma rota alternativa para chegar à Avenida Brasil. Este atalho era uma das entradas para a Cidade Alta, na região do conjunto de favelas conhecido como Complexo de Israel.

Assim que entrou na via, Christiano percebeu que havia barricadas no local, além de um ponto de controle de traficantes. Ele tentou retornar, mas os criminosos atiraram pelo menos quatro vezes em seu carro, um Jeep Compass. Um dos tiros atingiu as costas do gerente.


Ferido, ele ainda conseguiu fugir dos criminosos e voltar para a parte movimentada da via, mas perdeu o controle do carro e bateu em outros dois veículos.

Após o acidente, a Polícia Militar foi acionada e socorreu Christiano.

Até o momento, não há novas informações sobre seu estado de saúde.

Advogada de vítimas de assédio de ex-diretor da Globo abre o jogo e conta detalhes dos abusos

Domingo, 25 de Outubro de 2020

Escândalos e mais escândalos assombram a emissora.

Talvez uma das maiores indecências que já aconteceram dentro do canal seja o caso envolvendo o humorista e ex-diretor Marcius Melhem, acusado de assédio por várias mulheres da emissora.

No total, são seis vítimas de assédio sexual e seis testemunhas que recentemente decidiram que a advogada criminalista Mayra Cotta, irá assessora-las no caso.


Em entrevista à Folha de S. Paulo, a advogada contou detalhes dos relatos das vítimas.

Segundo Mayra Cotta, Marcius é um chefe que se vale de sua posição para tentar usar o poder que tinha de contratar ou demitir para constranger as vitimas a se envolver com ele.

“Houve um comportamento recorrente, de trancar mulheres em espaços e as tentar agarrar, contra a vontade delas. De insistir e ficar mandando mensagem inclusive de teor sexual para mulheres que ele decidia se iam ser escaladas ou não para trabalhar, se ia ter cena ou não para elas [nos programas de humor]. De prejudicar as carreiras de mulheres que o rejeitaram. De ficar obcecado, perseguindo mesmo. Foi um constrangimento sistemático e insistente, muito recorrente”, disse a advogada.

E prosseguiu:

“Ele isolava as atrizes, tinha o poder de não as deixar ir para outros lugares [na emissora], fazer outras coisas. E criava um ambiente de trabalho tóxico. As pessoas se sentiam presas, sem conseguir se livrar daquilo. Ele usava situações de trabalho para as tentar agarrar à força, inclusive usando violência. [...] De agarrar, de as colocar contra a parede, tentar beijar à força. Isso é bastante violento.”

E mais:

"Foram casos de assédio sexual mesmo. De mulheres falando não, não quero, me solta, não vou beijar, não vou ficar com você. E ele tentando, agarrando. Não tem zona cinzenta, isso é violência. E aí tem algo muito sério: ele era chefe delas. Ele tinha uma posição de poder."

A jornalista Mônica Bergamo ainda publicou uma cronologia das denúncias:

. Em dezembro de 2019, Marcius Melhem é denunciado por assédio sexual pela atriz e humorista Dani Calabresa

. Em março de 2020, Melhem deixa a direção do núcleo de programas de humor da Globo e pede licença das funções de roteirista e ator alegando motivos pessoais

. Em 14 de agosto, Melhem encerra sua trajetória na Globo. Em nota, a emissora afirma que a decisão se deu ‘de comum acordo’ e que a relação com ele foi uma ‘parceria de 17 anos de sucessos’

. Após os elogios, uma carta é enviada ao diretor-geral da emissora, Carlos Henrique Schroder. Por meio dela, um grupo de cerca de 30 contratados da emissora —na sua maioria atrizes, mas também atores e profissionais de outras áreas— manifestam descontentamento com o encaminhamento do processo

. Em 20 de agosto, a diretora de desenvolvimento e acompanhamento artístico da TV Globo, Mônica Albuquerque, realiza a primeira reunião com o grupo

. No dia 21 de agosto, ocorre um novo encontro, desta vez com a diretora de compliance, Carolina Junqueira. O descontentamento, no entanto, permanece.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055