martins em pauta

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Qualquer semelhança com o país ocupado por Nicolás Maduro, não é mera coincidência

Segunda, 25 de Maio de 2020

Fotomontagem: João Dória, Rui Costa e Wilson Witzel


O coronavirus é a receita ideal para enfiarem a "Venezuela goela abaixo aqui no Brasil".

Fecham a economia, restringem o direito ao trabalho, pressionam a população a uma "reclusão voluntária" por métodos de manipulação de massa e a psicologia da culpa. Assim, quebram o país, sem qualquer resistência. O Bolsonaro está sozinho nessa luta e precisa de ajuda.

A populaçao deve ir às ruas contra essa ditadura paralela imposta pela esquerda, via judiciário.

A grande mídia, sem provas e assustada com a honestidade e a sinceridade do presidente e de seus ministros, no vídeo que julgavam ser o prego derradeiro no caixão do impeachment, agora aposta todas as fichas em reportagens nas quais assume o papel de advogado de acusação. E o faz sem qualquer cerimônia.

Fosse Jair Bolsonaro um ditador ou um fascista, como o acusam cotidianamente, e dezenas de redações, país afora, estariam lacradas, com "um cabo e um soldado" na porta.

É uma vergonha, uma sujeira sem limites.

Mas o limite dos brasileiros, este sim, tem fim.

Mario Abrahão

Fonte: Jornal da Cidade Online

Grupo de PMs de AL e MS é desarticulado ao ameaçar fazendeiro na BA; 1 foi preso

Segunda, 25 de Maio de 2020

Foto: Divulgação / Alberto Maraux

Um grupo formado por policiais militares e guardas municipais dos estados de Alagoas e Mato Grosso foi flagrado em atividade suspeita na cidade de Formosa do Rio Preto, no Oeste baiano, na noite deste sábado (23). 

Equipes da 11ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) e das Rondas Especiais (Rondesp), sediadas em Barreiras, foram até a zona rural de Formosa do Rio Preto para apurar a denúncia sobre a chegada de um grupo armado na cidade. 

Ao chegar no imóvel indicado, os policiais baianos flagraram 12 homens armados, ameaçando um fazendeiro. Com o grupo foram apreendidas duas espingardas calibre 12; 10 pistolas calibres 9mm, 40 e 380; além de três revólveres calibre 38, carregadores, munições, rádios comunicadores e dois veículos.

informações preliminares colhidas pelas equipes no local, o bando teria chegado de avião e teria sido contratado por outro fazendeiro da região. Um dos homens foi preso por porte ilegal de armas, enquanto os outros 11 foram ouvidos e liberados. Os armamentos, no entanto, ficaram retidos.

"Ainda não sabemos quais eram as intenções deste grupo e quem contratou. Vamos apurar minuciosamente", contou o diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin), delegado Flávio Góis.

Suspeito engole cocaína ao ser abordado e morre de overdose

Segunda, 23 de Maio de 2020

Homem tentou escapar de prisão ingerindo o entorpecente durante operação.


Um homem morreu na cidade de Mandaguari, no Paraná, após tomar uma decisão inusitada em uma abordagem de uma operação contra o tráfico de drogas. O fato aconteceu na manhã da última sexta-feira (22).

Segundo o delegado responsável pelo caso, Leandro Munin, um dos alvos da operação, ao ser abordado pela polícia, engoliu nove porções pequenas de cocaína e acabou sendo levado ao hospital. O suspeito, porém, acabou morrendo de overdose.

A operação, que contou com a presença de cerca de 50 policiais, também teve um nome curioso e bem famoso: Hogwarts. Segundo o delegado, o título, que faz referência ao nome da escola de bruxos da série de livros e filmes Harry Potter, foi escolhido por conta da alcunha pelas quais os bandidos se chamavam.

– Alguns traficantes que eram investigados tinham o apelido de bruxos e, por isso, colocamos esse nome – afirmou Munin.


(Pleno News)

PSICOPEDAGOGA MOSSOROENSE É VÍTIMA DE GRAVE ACIDENTE EM ARACATI-CE

Segunda, 25 de Maio de 2020


Um grave acidente tipo colisão carro com poste, foi registrado na manhã deste domingo 24 de maio de 2020, na cidade de Aracati no estado do Ceará.

A psicopedagoga Penélope Crispiniano, natural da cidade de Mossoró no Rio Grande do Norte, com funções profissionais lotada na secretaria de educação de Aracati trabalhando na Escola Antonieta Cals em Majorlandia, perdeu o controle da direção de um veículo de fabricação Renault de placa QGY 2593, com inscrição de Mossoró/RN, colidindo fortemente em um poste na entrada da praia de Majorlandia naquele município teve traumatismo craniano e uma forte pancada no tórax.

Ela foi transferida do local do acidente para o Instituto José Frota (IJF), em Fortaleza-CE), onde está em um leito de UTI.
Um helicóptero da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (CIOPAER), da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Estado do Ceará (SSPDS/CE), fez a remoção de Penélope depois das primeiras intervenções no local do Corpo de Bombeiros e Saúde.

Penélope é filha de Crispiniano Neto, atual titular da Fundação José Augusto (FJA), órgão responsável pela política cultural do Governo do Estado do RN, gestão da governadora Fátima Bezerra (PT). Avisado sobre o acidente, ele deslocou-se para Fortaleza ao lado de sua mulher, Lúcia, para acompanhar o caso.“A gente está acompanhando e aguardando mais notícias. O quadro é estável. Tinha uma hemorragia craniana que foi controlada, mas a gente sabe que é uma situação grave”, passou o advogado Romero Crispiniano, irmão de Penélope.

Penélope tem três filhos (um rapaz adulto e duas meninas).



Com informações do Aracati em Foco e Carlos Santos

Fonte: Passando na Hora

PF prende quatro mulheres e um homem com quase 50 quilos de maconha no aeroporto de Natal

Segunda, 25 de Maio de 2020



Fotos: divulgação/PF

A Polícia Federal prendeu em flagrante na noite do último sábado, 23/5, no Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, na grande Natal, quatro mulheres e um homem, acusados de tráfico de drogas.

O grupo, composto por duas catarinenses, de 27 e 29 anos; uma paranaense, 29 anos e uma paraibana, 22 anos, havia desembarcado de um voo que teve origem em Guarulhos/SP. Na bagagem, traziam 47,44 quilos de maconha.

A ação aconteceu durante uma fiscalização de rotina junto ao setor de desembarque doméstico. Após uma rápida entrevista com alguns passageiros, os policiais observaram o comportamento suspeito das quatro jovens que ficaram visivelmente nervosas e não souberam informar, com precisão, o real motivo da viagem e, tampouco, onde ficariam hospedadas.

Desconfiados, os agentes pediram então que elas abrissem as malas para uma inspeção e logo encontraram os tabletes da droga.

Na sequência, um paraibano, 29 anos, foi identificado e preso no saguão. Ele aguardava e daria suporte, em princípio, a uma das mulheres. No seu carro, foram encontradas uma balança de precisão e vestígios de substância entorpecente.

Após receberem voz de prisão, os cinco suspeitos foram levados para autuação na Superintendência da PF. Durante o interrogatório, a maioria preferiu invocar o direito constitucional de se manifestar apenas em juízo.

Uma das mulheres possui antecedentes criminais e já havia sido presa pela Polícia Federal na Bahia, por idêntica conduta criminosa, quando em setembro de 2019, tentou embarcar para Lisboa, Portugal, levando na bagagem, pasta-base de cocaína.

Indiciadas por tráfico interestadual de drogas, as pessoas presas permanecem custodiadas na sede da PF, à disposição da Justiça.
Esta foi a maior apreensão de maconha da história realizada pela Polícia Federal em aeroportos do Rio Grande do Norte.

Apesar das restrições impostas neste período de pandemia, a Polícia Federal segue vigilante na sua missão de reprimir a atuação de criminosos no estado potiguar.

Fonte: Blog do BG

Quase 10 milhões aguardam análise para auxílio emergencial de R$ 600

Segunda, 25 de Maio de 2020

São 4,9 milhões em primeira avaliação de dados e outros 4,8 milhões em reanálise. O cadastro no programa poderá ser feito até o dia 3 de junho.


Quase 10 milhões de pessoas estão em análise para saber se terão direito de receber o auxílio emergencial de R$ 600. São 4,9 milhões de cadastros em primeira avaliação de dados e outros 4,8 milhões em reanálise. O cadastro no programa poderá ser feito até o dia 3 de junho.

Os cadastros processados para pedir o benefício chegaram a 101,2 milhões. Desse total, 59 milhões foram considerados elegíveis e 42,2 milhões inelegíveis. Um dos principais motivos para a negativa do pedido dos que se inscreveram está ligado à renda. São trabalhadores informais, mas que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2018, o que impede o pagamento do benefício, de acordo com lei do auxílio.

Quem tem direito

Para ter direito ao benefício é preciso estar desempregado, ou ser microempreendedor individual (MEI), contribuinte individual da Previdência Social e trabalhador informal. Além de pertencer à família cuja renda mensal por pessoa não ultrapasse meio salário mínimo (R$ 522,50), ou cuja renda familiar total seja de até 3 (três) salários mínimos (R$ 3.135,00).

A Caixa Econômica Federal já pagou desde 9 de abril R$ 60 bilhões de auxílio emergencial, somadas as primeiras e segunda parcelas. No total, 55,1 milhões de pessoas receberam a primeira parcela. O pagamento da segunda parcela alcançou 30,4 milhões de trabalhadores informais, microempreendedores individuais, autônomos e desempregados. O auxílio emergencial é de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras), por parcela.

Do total pago até agora, R$ 22,8 bilhões foram para beneficiários do Bolsa Família, R$ 11,7 bilhões para aqueles inscritos no Cadastro Único para os Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e R$ 25,5 bilhões para quem se cadastrou pelo site ou aplicativo do auxílio emergencial.

Saques da primeira parcela

Nesta segunda-feira (25), continua o calendário de pagamentos para evitar formação de filas e agolmerações nas agências, que abrem das 8h às 14h, mesmo com o feriado em São Paulo.

Poderão sacar a primeira parcela os beneficiários nascidos em agosto; na terça-feira (26), nascidos em setembro; na quarta-feira (27), aniversariantes de outubro; na quinta-feira (28), de novembro, e na sexta-feira (29), de dezembro.

Nesta segunda também será liberado depósito da segunda parcela do benefício a 5 milhões de trabalhadores informais nascidos em setembro ou outubro, que fizeram o cadastro pelo aplicativo da Caixa ou pelo cadastro único do governo federal.

Esse grupo vai receber em depósito na conta poupança digital. Para evitar aglomeração e filas nas agências, o saque para esse grupo só começa a partir do dia 30 de maio, também de acordo com a data de nascimento. Mas por meio do aplicativo Caixa Tem é possível pagar contas de água, luz, telefone e boletos, além de fazer compras de alimentos, roupas ou medicamentos pela internet.

No caso dos beneficiários do Bolsa Família, o calendário está dividido conforme as datas habituais de pagamento para quem integra o programa. Nesta segunda, será para quem tem NIS com final 5.

Calendário do auxílio emergencial

Primeira parcela para novo grupo
Segunda-feira (25) - nascidos em agosto
Terça-feira (26)- nascidos em setembro
Quarta-feira (27) - nascidos em outubro
Quinta-feira (28) - nascidos novembro
Sexta-feira (29) - nascidos em dezembro

Depósito da segunda parcela

Segunda-feira (25) - nascidos em setembro ou outubro
Terça-feira (26) - nascidos em novembro ou dezembro

Saque da segunda parcela

Nascidos em janeiro: 30 de maio
Nascidos em fevereiro: 1º de junho
Nascidos em março: 2 de junho
Nascidos em abril: 3 de junho
Nascidos em maio: 4 de junho
Nascidos em junho: 5 de junho
Nascidos em julho: 6 de junho
Nascidos em agosto: 8 de junho
Nascidos em setembro: 9 de junho
Nascidos em outubro: 10 de junho
Nascidos em novembro: 12 de junho
Nascidos em dezembro: 13 de junho

Segunda parcela do Bolsa Família

25 de maio: NIS 6
26 de maio: NIS 7
27 de maio: NIS 8
28 de maio: NIS 9
29 de maio: NIS 0

(R7)

Piauí autoriza agentes a entrar nas casas e desapropriar imóveis

Segunda, 25 de Maio de 2020

Decreto do governador Wellington Dias (PT) determina o uso de propriedade particular para executar “ações de combate” ao coronavírus.

O governo do Piauí autorizou agentes da Sedec (Secretaria de Estado da Defesa Civil) e responsáveis pelo combate ao coronavírus no estado a entrar em propriedades particulares, como casas, para prestar socorro ou para a retirada de famílias do local, quando houver risco de contaminação.

,
O governador Wellington Dias (PT) / Foto Elza Fiúza/10.11.2009/ABr

Além disso, autoriza o uso de propriedade particular para executar “ações de combate” ao coronavírus. O governo explica que a medida poderá ser usada na escolha de algum imóvel em localização estratégica para transformá-lo em hospital de campanha, por exemplo.

A determinação foi publicada em decreto na última quinta (16), assinado pelo governador Wellington Dias (PT), que estabelece situação de calamidade pública no estado por causa da covid-19.

A Sedec também está autorizada a mobilizar servidores do estado e municípios e convocar voluntários para reforçar ações de resposta e realização de campanhas de arrecadação de recursos.


Fonte: R7

Marco Aurélio pede a saída de Weintraub, mas Janaína surpreende e sai em sua defesa: "Expressou o sentimento do brasileiro indignado"

Domingo, 25 de Maio de 2020


Fotomontagem: Marco Aurélio e Janaína Paschoal


Na reunião ministerial de 22 de abril, o ministro Abraham Weintraub teve uma participação das mais comentadas, após a liberação do vídeo.
'Eu, por mim, botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF', conclamou Weintraub.

O ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que ficou "perplexo" com o vídeo da reunião ministerial e sugeriu a saída de Weintraub do governo:
"Tudo lamentável, ante a falta de urbanidade. Fiquei perplexo. O povo não quer 'circo'. Quer saúde, emprego e educação".

E prosseguiu:
"Fosse o presidente, teria um gesto de temperança. Instaria o Ministro da Educação a pedir o boné. Quem sabe?", disse Marco Aurélio.

Surpreendentemente, saiu em ‘defesa’ de Weintraub a deputada Janaína Paschoal.

Vejamos o que ela disse:
“O Ministro da Educação estava para cair, por resistir às exigências do Centrão. Estão dizendo que o vídeo ajuda a expulsá-lo do Governo. Eu penso o contrário. A fala do Ministro, na reunião, o blinda, pois ele expressou o sentimento de todo brasileiro indignado!
Ele denunciou que Brasília é pior do que ele imaginava. Que todos vivem encastelados, que não ligam e nem sabem como vive o povo... Como, depois dessa fala, demitir um homem desses?
Quanto à parte que se refere aos Ministros, muito embora seja grosseira e inadequada, também reflete um sentimento de indignação nacional, diante de decisões como esta recente, que dá posse a um deputado preso! Meu Pai!”.
Parece que Janaína, mesmo que momentaneamente, recuperou a sensatez.
da Redação/ Jornal da Cidade Online

Quem nunca falou um palavrão que atire a primeira pedra

Segunda, 25 de Maio de 2020


Jair Bolsonaro


“Tudo que nos irrita nos outros pode levar-nos a uma melhor compreensão de nós mesmos” (C.G. Jung)

A política do nosso país está passando por uma grande mudança de paradigma.

A maioria dos eleitores não se identifica mais com os atuais representantes de cargos nas câmaras municipais, nos estados, e, inclusive nos três poderes: legislativo, executivo e judiciário.

Desde o surgimento de personalidades como Trump e Bolsonaro, o perfil de como deve ser um político de sucesso virou de cabeça para baixo.

Aquele velho modelo de comunicação cuidadosa, educada e demagoga enfastiou a população.

E eis que surge um candidato excêntrico e de reputação duvidosa e vence a eleição presidencial nos Estados Unidos em 2016.

No Brasil, Jair Messias Bolsonaro, candidato sem expressão política foi eleito presidente do Brasil em 2018.

Trump e Bolsonaro, ambos de partidos de direita, inauguram o novo perfil político nada convencional. Fenômeno difícil de ser engolido pelos partidos de esquerda.

Vejamos o exemplo do nosso presidente Jair Bolsonaro. Eleito exatamente por expressar características de personalidade avessas ao que se espera de um líder político.

Vindo de uma campanha desgastante, em que teve que enfrentar os ferozes adversários, um atentado à sua vida (facada) e muitos outros dissabores. Não há dúvida que o diferencial para ganhar a eleição foi despertar a confiança do povo com a sua personalidade reativa, intempestiva, ousada e autêntica. A autenticidade é a sua cereja do bolo.

Ele ganhou notoriedade por não aguentar provocações dos colegas e da mídia. Faz questão de permanecer assim ainda hoje, apesar das constantes encrencas em que se mete, como podemos constatar no vídeo da reunião ministerial de 22 de abril.

Um mês após, a oposição assiste ao vídeo, ávida por um novo descobrimento do Brasil.

O jornal "o globo" divulgou que foram descobertos: 42 palavrões: sendo 34 do líder Bolsonaro. A globo contou 37, sendo 29 do presidente e 08 dos ministros. E outros jornalecos divulgaram outros números. Essa mídia não alcança exatidão nem nos números? Estou com vergonha. Não dos palavrões do Presidente. Pois, esses são irrelevantes mediante as graves e reais denúncias feitas na reunião, sobre abusos dos direitos do cidadão, tais como prisão de mulheres e comerciantes, denúncia de infecção proposital de índios pelo coronavírus (crime), a perseguição ao presidente, etc.

Ah, não viram? Algum jornal deu manchete a esses fatos?

Voltando aos palavrões, observo que é corriqueiro o uso deles em muitos ambientes e mídias sociais. Dei uma volta no twitter e encontrei centenas de palavrões, endereçados a pessoas e autoridades, incluindo o presidente. Será que essa gente que critica quer os direitos autorais dos palavrões? Ou é pura hipocrisia mesmo?

Apesar da humilhação de ter que se submeter a expor uma reunião sigilosa para o mundo, o que se viu foi um comandante tentando alertar a sua tripulação de que as turbulências não podiam ser ignoradas, e quem não estivesse a vontade à bordo desse governo, estava na aeronave errada.

Com essa crise na saúde, na política e na economia, com estresse acumulado ao longo de mais de um ano de governo, sem trégua, vivendo no modo “luta ou fuga”, com altos índices de cortisol no sangue, não dá para medir palavras. O que importa é o conteúdo da reunião. E ficou evidente que há um presidente comprometido com o povo, e quer de fato, um país próspero e feliz para todos. Com o apoio do povo ele vai amadurecendo como líder sem precisar deixar de ser ele mesmo.

A autenticidade tem seu preço e nem sempre é compreendida tal como deveria. A pessoa autêntica, precisa enfrentar os outros, aprender a dizer não e arcar com as consequências dos desafetos e dos protestos.

É viver no tempo presente, orientado pela intuição. E neste mundo político isso é novidade. Pois, o ser humano que ousa existir de modo original, sem ser objeto nas mãos outros, gerenciando a si próprio, não passa de um subversivo. Um pecado imperdoável, porque inspira os outros a fazer o mesmo.

Quanto aqueles que se escandalizam com as falas do presidente, deveriam seguir o conselho de C.G.Jung, e entender que:
"O melhor trabalho político, social e espiritual que podemos fazer é parar de projetar nossas sombras nos outros”


E eu desejo que possamos aprender a respeitar a hierarquia e honrar o Bolsonaro, para que ele tenha o direito de entrar para história como o primeiro presidente autêntico, aquele que pôs fim na era de políticos demagogos e camaleônicos.

Pode ser visto por enquanto, como o imperfeito, pois, segundo o mestre Bert H. “só o imperfeito pode evoluir. O perfeito já se estagnou, cristalizou-se. Portanto só o imperfeito tem futuro”.

Bernadete Freire Campos

Psicóloga com Experiência de mais de 30 anos na prática de Psicologia Clinica, com especialidades em psicopedagogia, Avaliação Psicológica, Programação Neurolinguística; Hipnose Clínica; Hipnose Hospitalar ; Hipnose Estratégica; Hipnose Educativa ; Hipnose Ericksoniana; Regressão, etc. Destaque para hipnose para vestibulares e concursos.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Flagrado na mentira, Bonner se retrata, mas a mentira se repete e exige nova retratação. Entenda a trama (veja o vídeo)

Segunda, 25 de Maio de 2020

Fotomontagem reprodução

Com a desilusão em relação a reunião ministerial de 22 de abril, a Rede Globo resolveu resolveu atacar o presidente Jair Bolsonaro por uma declaração em um vídeo, por ocasião de sua chegada ao Palácio da Alvorada, na sexta-feira.

Mas a emissora, mais uma vez, mentiu descaradamente.

Depois, na voz de William Bonner, corrigiu a “mentira”, que chamou de “erro”.

Estranhamente, o mesmo “erro” voltou a se repetir na sequência, durante o Jornal da Globo.

Parece ser uma clara tentativa de fixar o “erro” na cabeça do telespectador.

Depois, timidamente, o “erro” é corrigido.

Um 'erro’ calculado, certamente com intenções malignas e inconfessáveis.
Veja o vídeo:
da Redação / Jornal da Cidade Online

Bolsonaro: O estadista da coragem, da liberdade e do povo

Segunda, 25 de Maio de 2020

Jair Bolsonaro

“Se a liberdade de expressão for removida, então, mudo e silencioso, seremos levados, como ovelhas ao matadouro.” George Washington

A bala de prata falhou. A expectativa de que o vídeo da reunião ministerial ao ser liberado causaria o fim do governo foi frustrada. Para a tristeza de uma massa de jornalistas, na verdade, panfletários e propagandistas da desinformação e mentira, o vídeo se tornou a maior propaganda eleitoral já realizada.

Bolsonaro se engrandece diante do seu eleitorado e, inclusive para aqueles que ainda o viam como mais do mesmo, agora, se converte em uma definição visível e audível do que é ser um estadista.

Diante de seus ministros foi enfático e claro ao afirmar não pesar a reeleição como um elemento que norteia suas ações.

O amor pela pátria foi sentido quando expressou querer um país onde seja possível haver a liberdade de expressão e manifestação. Aqui vemos a abnegação e o patriotismo postos na mesa.

Para covardes, sofisticados e homens de geleia movidos pelo ego e ambição, o tom da reunião e o vocabulário utilizados soam indignos de um presidente e ademais ferem o decoro e a sutileza que devem ser inerentes a tal posição.

São uma massa fraca, desprovida de força e audácia para expressar verdades, talvez, nem mesmo saibam distinguir verdade de mentira. Bolsonaro deixou claro o que era esperado por conversadores, cristãos e cidadãos honestos: O politico é, antes de tudo, um servo do povo. Aqui está outra qualidade típica de grandes líderes: sinceridade.

Com tantas ditaduras surgindo por todo Brasil, cidadãos sendo presos, liberdades individuais sendo cerceadas, o presidente ousou dizer o que por muito tempo a esquerda nos obrigou a silenciar e esquecer:
“Por isso que eu quero ministro da Justiça e ministro da Defesa, que o povo se arme! Que é a garantia que não vai ter um filho da puta aparecer pra impor uma ditadura aqui! Que é fácil impor uma ditadura! Facílimo! Um bosta de um prefeito faz um bosta de um decreto, algema, e deixa todo mundo dentro de casa. Se tivesse armado, ia pra rua. E se eu fosse ditador, né? Eu queria desarmar a população, como todos fizeram no passado quando queriam, antes de impor a sua respectiva ditadura”.
Por muito tempo tivemos governantes que roubaram do povo o seu devido protagonismo e o deixaram a mercê de decisões arbitrarias, ditatoriais e inquisitoriais.
Como o brilhante livro, Mentiram Para Mim Sobre o Desarmamento, de Flavio Quintela e Bene Barbosa, afirma:
“A palavra mais apropriada para descrever os propósitos de governantes despóticos é dominação. E para que um homem possa dominar outros homens, uma única coisa é necessária: vantagem de força. Foi assim em toda a história da civilização, e continua sendo assim hoje. Desta forma, para que um governo possa ter certeza de que não haverá levantes e nem insurreições da população, uma medida é imprescindível: tirar as armas dessa população, tirar dela todo o poder bélico que poderia ser usado contra o governo, deixando-a completamente impotente e sem chances de se defender.”
Uma ditadura deseja controlar a informação, para ditar o que deve ou não ser dito pelo povo. Um governo fascista caça cidadãos como se fossem criminosos. Um estado totalitário necessita de obter controle sobre as mídias sociais, restringir o acesso à internet e, ademais, perseguir a imprensa. Tudo isto é o que o presidente tem lutado para não ser implantado pela esquerda e esta “nova direita” cheia de sofisticação, fala mansa e que luta pelo poder acima de tudo.
Não vi no vídeo um mito e sim um estadista. O herói que tanto pensa na biografia se calou e não buscou proteger o povo brasileiro, ao contrário, ao não se posicionar em defesa da liberdade, consentiu com todo o terror que está sendo implementado. Grandes líderes calam a boca de egocêntricos e meninos birrentos, assim foi no passado e é agora.
Sempre haverá pontos que conservadores genuínos criticarão como também reais patriotas e isso sempre será o lembrete que o poder emana do povo. A eterna vigilância é o preço para garantir que nunca seremos escravizados.

Carlos Alberto Chaves Pessoa Júnior

Professor. É formado em Letras pela UFPE.
Fonte: Jornal da Cidade Online

AO VIVO: Bolsonaro sobrevoa a Praça dos Três Poderes lotada e vai para o meio do povo (veja os vídeos)

Segunda, 25 de Maio de 2020

Fotomontagem ilustrativa

Espetacular! Espetacular! Espetacular!

Neste domingo (24) o Presidente Bolsonaro mitou!!!!

A Praça dos Três Poderes lotada de populares vestidos com as cores da Bandeira do Brasil, quando de repente surgiu o helicóptero presidencial sobrevoando o local.
O povo enlouqueceu aos gritos de “Mito”, “Bolsonaro” e “A nossa bandeira jamais será vermelha”.
Estima-se que o público que lotou a frente do Palácio do Planalto deve ter ultrapassado 10 mil pessoas.
Depois de pousar, o Presidente andou pela frente do público, saudando a todos e sendo ovacionado.
Cada vez mais o povo marca presença aos domingos em Brasília para apoiar o Presidente do Povo.
O vídeo da reunião ministerial fortaleceu ainda mais Bolsonaro, abrindo cada vez mais caminho para a sua reeleição.

Comandante Winston Rodrigues Lima

Articulista

Fonte: Jornal da Cidade Online

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055