martins em pauta

sábado, 16 de março de 2019

CRIME DE HOMICÍDIO EM UPANEMA-RN

Sábado, 16 de Março de 2019


A cidade de Upanema, distante 48 Km de Mossoró, na região Oeste Potiguar, registrou um crime de homicídio neste sábado 16 de março de 2019. 

A vítima identificada como até o momento como Wilker trafegava em uma moto Honda Bros de cor vermelha, placa MZL 5442 Mossoró-RN quando foi executada em via pública.
A PM isola o local aguardando a chegada da equipe de plantão do ITEP de Mossoró.



Fonte: 17 de Março de 2019

Boate pega fogo em Pau dos Ferros-RN

Sábado, 16 de março de 2019


Uma boate pegou fogo na madrugada deste sábado (16) em Pau dos Ferros, cidade do alto Oeste potiguar. A cozinha do Coliseu Pub House ficou destruída, mas não houve registro de feridos.

Acredita-se que o fogo tenha começado na cozinha, onde um botijão de gás teria explodido. Porém, o caso ainda está sendo investigado.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o trabalho de combate às chamas durou cerca de 30 minutos. Ao perceber as chamas, funcionários e clientes deixaram o local rapidamente, e não houve registro de atendimentos ou socorro médico.

G1

PM registra triplo homicídio na zona rural de Ielmo Marinho, RN

Sábado, 16 de Março de 2019

Crime aconteceu na madrugada deste sábado (16) na comunidade de Quermissol. Ninguém foi preso.

Por G1 RN



Polícia apreendeu um simulacro, que é um objeto que simula ser uma arma de fogo — Foto: PMRN/Divulgação

Três homens foram assassinados a tiros na madrugada deste sábado (16) na zona rural de Ielmo Marinho, município da Grande Natal. Segundo a Polícia Militar, o triplo homicídio aconteceu pouco depois da meia-noite em uma casa na comunidade de Quermissol. O caseiro da propriedade sobreviveu.

As vítimas foram identificadas como Francisco Paulo do Nascimento, de 28 anos, natural de Ielmo Marinho; Luiz Soares da Silva, de 38, natural de Lagoa de Velhos; e João Lima de Andrade, 48, natural de São Gonçalo do Amarante.

Com um deles, a equipe do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) encontrou um simulacro, que é um objeto que simula ser uma arma de fogo.

De acordo com o cabo Francisco Cléber, comandante do destacamento da PM na cidade, os três homens estavam bebendo na varanda da casa quando os criminosos chegaram. “Eles foram rendidos e baleados com tiros de espingarda calibre 12 e também de revólver”, contou.

Ainda segundo o cabo, o caseiro que sobreviveu contou que ouviu o barulho do carro chegando, mas antes mesmo que pudesse sair de dentro da casa para ver quem estava chegando, os bandidos começaram a atirar.

Após os disparos, os criminosos fugiram em disparada. A PM foi chamada e fez buscas pela região, mas não encontrou nenhum suspeito.

Mulher é morta e tem corpo queimado em Pau dos Ferros. Filho, principal suspeito do crime foi preso em flagrante

Sábado, 16 de Março de 2019


Corpo carbonizado 
(Grupo Cidadão 190)
Um crime brutal foi registrado pela Polícia Militar, na madrugada deste sábado 17 de março de 2019 na cidade de Pau dos Ferros, na região do Alto Oeste do Rio Grande do Norte. Uma mulher identificada como, Maria Luzeneide da Silva, de 47 anos de idade, foi encontrada totalmente carbozinada no interior de sua casa,l ocalizada na Rua Maria Fiel da Silva no Bairro Paraíso naquela cidade.

A Polícia Militar que isola o local, informou que a vítima foi morta e queimada, enquanto dormia. O filho dela de 28 anos, que ainda não teve o nome divulgado,é suspeito de ser o responsável pela morte da mãe. De acordo com a PM, o acusado que tem problemas mentais, foi preso em flagrante e conduzido para a Delegacia da Polícia Civil da cidade.

A equipe do ITEP de Pau dos Ferros foi acionada para realizar os procedimentos de perícia e remoção do cadáver, para ser examinado.


Fonte: Fim da Linha

FUNCIONÁRIA DIZ TER SIDO POUPADA POR ATIRADOR: ERA UMA RELAÇÃO DE CARINHO

Sábado, 16 de Março de 2019


A mulher que trabalha na sala da leitura da Escola Raul Brasil, afirmou que Guilherme Taucci Monteiro, de 17 anos, tinha problemas psicológicos.

A funcionária que trabalhava na escola na época que Guilherme ainda era aluno, não quis se identificar, mas afirma que chegou a cruzar com ele na hora em que ele realizava o ataque, mas que foi poupada, pois eles tinham uma relação de carinho.

Ela diz que sabia que ele tinha vários problemas psicológicos, mas não entrou em detalhes, apenas afirma que não foi assassinada pois ele tinha um carinho especial por ela.

Vizinhos do assassino também contam que a mãe dele era usuária de drogas, e que ele vivia com o avô.

Uma das alunas, que se escondeu na cantina durante os tiros, os atiradores teriam disparado para se vingar de práticas de bullying contra ele. Nesta quinta-feira (15), quatro alunos e as duas funcionárias foram velados com homenagens, em um clima de muita tristeza e emoção Arena Suzano, ginásio localizado próximo a escola.

Guilherme Taucci Monteiro, 17, e Luiz Henrique de Castro, 25 os assassinos, foram enterrados sem velório em cerimônia rápida, com poucas pessoas das respectivas famílias. (Maetips)

Acusado de Participar na Morte do PM Ildônio José se apresenta e fica preso


Sábado, 16 de Março de 2019

Hoje esteve se apresentando na 2° Delegacia de Polícia Civil de Mossoró um dos acusados de participar da Morte do PM Ildônio José da Silva, na época com 43 anos.

O acusado Benedito Bruno Melquiades de Oliveira, esteve se apresentante ao Delegado da 2° Delegacia em Mossoró na companhia do seu advogado, contra o mesmo já existia um mandado de prisão aberto em desfavor de Benedito.

Após ser interrogado na delegacia o acusado foi levado para o ITEP onde passou por exames de corpo de delito e logo em seguida foi encaminhado para cadeia Pública de Mossoró.




Fonte: Fim da Linha

MORTE CRUEL: ZAIRA SOFREU "MATA-LEÃO" E PODE TER SIDO ESTUPRADA

Sábado, 16 de Março de 2019

Segundo o delegado que investiga o caso, Leonardo Germano, polícia aguarda laudo conclusivo do Itep para confirmar se houve violência sexual.


Sargento Pedro Inácio tinha relacionamento informal com universitária Zaira Cruz. Foto: Montagem/Redes Sociais

A estudante universitária curraisnovense Zaira Dantas Silveira Cruz, 22 anos, foi morta por estrangulamento em golpe conhecido popularmente como “gravata” ou “mata-leão” e há indícios de que ela também tenha sofrido violência sexual. A informação foi confirmada nesta sexta-feira (15) pelo delegado Leonardo Germano, responsável pela investigação da morte da estudante, em 2 de março deste ano, durante o carnaval na cidade de Caicó, localizada a 282 quilômetros de Natal. De acordo com Germano, a polícia aguarda laudos conclusivos do Itep para confirmar se houve estupro antes do assassinato.

O sargento da Polícia Militar Pedro Inácio de Maria foi preso na manhã desta sexta-feira em operação da Polícia Civil realizada na cidade de Currais Novos, a 180 quilômetros de Natal, também na Região Seridó. Ele é apontado pela polícia como o principal suspeito de participação na morte de Zaira. O PM foi detido durante a madrugada na casa dele. O mandado de prisão preventiva foi expedido pela 3ª Vara de Caicó. O policial foi transferido para a capital do Rio Grande do Norte, onde passou por exames de corpo de delito no Itep e está detido no Comando Geral da Polícia Militar, no bairro Tirol.

Estudante curraisnovense foi encontrada morta dentro do carro do sargento da PM em frente à sede de bloco de Carnaval. Foto: Vilsemar Alves

Morte violenta
De acordo com a Polícia Civil, todas as investigações apontam o PM como principal suspeito do crime. Segundo o delegado Leonardo Germano, Pedro e Zaira deram carona a amigas dela até o bairro Paraíba, em Caicó por volta das 2h14 do sábado (2) e o veículo dele chegou ao estacionamento da sede do bloco onde ele estava hospedado às 3h18. “Há indícios de que Zaira foi morta nesse intervalo de tempo”, explicou Germano. “A estudante foi encontrada sem vida no banco de passageiro e segundo os exames do Itep, ela morreu após ter sofrido asfixia mecânica, através de estrangulamento, que teria sido praticado pelo suspeito”, ressaltou o delegado regional da 3ªDRPC de Caicó, Ricardo Brito.

O diretor do Instituto Técnico e Científico de Perícia (Itep-RN), Marcos Brandão, afirmou que a estudante foi vítima de uma morte cruel. “A estudante apresentava lesões no cérebro, nos olhos e pulmões. Além disso, dedos e lábios cianóticos (roxos). Essas características são bem contundentes para asfixia mecânica por estrangulamento, o que materializa o crime de homicídio”, esclareceu Brandão. Ele também informou que Zaira também apresentava lesão no braço direito, uma fratura no dente e uma marca de sapato na perna.

Quem encontrou Zaira morta

A estudante Zaira Cruz foi vista durante a madrugada de sábado deitada de bruços dentro do carro de Pedro por quatro homens que estavam na casa. “Eles a viram e presumiram que ela estava dormindo. Pela manhã, o sargento Pedro Inácio foi o primeiro a se aproximar do veículo, tentou manter contato com ela e disse acreditar que estava dormindo. Por volta das 9h, o Samu foi acionado e ao chegar no local, foi percebido que ela estava morta há bastante tempo”, explicou Leonardo Germano.

O delegado afirma que é pouco provável a participação de outras pessoas no crime. “Ouvimos dezenas de pessoas com bateria intensa de oitivas. Mas não foram apenas as informações colhidas nos depoimentos, mas sim uma série de elementos que levaram a suspeita da autoria do homicídio”, destacou Germano.

Como era a relação de Pedro e Zaira

A Polícia Civil informou com base em depoimentos de familiares e amigos que Pedro e Zaira se conheciam e eram amigos há alguns anos. “Há pelo menos alguns meses eles mantinham um relacionamento informal, esporádico, comum entre dois jovens solteiros. Eles se encontraram casualmente na sexta-feira de carnaval em Caicó e decidiram ficar”, disse o delegado Leonardo Germano.

Sobre a motivação do crime, o delegado afirma que ainda está em sigilo. “Não há ainda a conclusão para a motivação. Temos a dinâmica dos fatos, foi entre 2h e 3h que o homicídio foi cometido possivelmente precedido de estupro”, explicou Germano.


OP9

Sábado, 16 de Março de 2019

Polícia indicia segurança acusado de sufocamento em supermercado no RJ

Sábado, 16 de Março de 2019

Foto: Fernando Frazão / Agência Brasil

A Polícia Civil do Rio de Janeiro indiciou por homicídio com dolo eventual o segurança Davi Amâncio, acusado de matar um jovem por sufocamento em um supermercado. O inquérito será encaminhado à Justiça.

O jovem Pedro Henrique Gonzaga foi morto dentro do supermercado Extra depois que Davi o imobilizou com um 'mata-leão'. O segurança alega que o jovem tentou roubar a sua arma e aplicou o golpe para se defender.

Adolescente se apresenta, nega participação em planejamento do massacre de escola de Suzano e é liberado

Sábado, 16 de Março de 2019



Reprodução: Globo News

O adolescente de 17 anos, suspeito de ter participado do planejamento do massacre da escola de Suzano (SP), chegou ao Fórum da cidade por volta das 10h50 desta sexta-feira (15) acompanhado da mãe e da polícia por medida de segurança. De acordo com a polícia, ele também é ex-aluno da Escola Estadual Raul Brasil e foi colega de classe de um dos assassinos. O adolescente negou participação no crime e foi liberado ao final do depoimento.

No Fórum, o adolescente foi ouvido pelo promotor da Vara da Infância e Juventude.

A polícia fez buscas na casa do adolescente e apreendeu desenhos e jogos de videogame. A perícia fará uma varredura em sites de compras pela internet para verificar se ele adquiriu pela internet algum objeto relacionado ao ataque. A polícia também vai periciar o material e preparar um relatório, que será entregue à Justiça no fim do dia.

É com base nisso e no depoimento do adolescente que o MP vai preparar uma nova manifestação e encaminhar à juíza, para decidir. Ao final do depoimento, ele foi liberado.

Na tarde desta quinta-feira (14), o delegado-geral da Polícia Civil, Ruy Ferraz Fontes, afirmou que tinha pedido à Justiça a apreensão do jovem e aguardava decisão da Vara da Infância e Juventude.

Segundo a polícia, o material relacionado à participação do adolescente já tinha sido recolhido pelos investigadores.

O dono do estacionamento onde os assassinos guardaram o carro alugado para esconder as armas teria informado para a polícia sobre a participação de uma terceira pessoa, segundo o delegado.

“Ainda não confirmamos a informação, estamos submetendo a fotografia do adolescente ao responsável pelo estacionamento para confirmar. Temos outros dados que fazem crer que esse indivíduo participou pelo menos da fase de planejamento.”

Os assassinos Guilherme T. Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25, mataram sete pessoas na Escola Estadual Raul Brasil, na quarta-feira (13). Um deles baleou e matou o próprio tio, em uma loja de automóveis.

A investigação aponta que, depois do ataque na escola, um dos assassinos matou o comparsa e, em seguida, se suicidou. A polícia diz que os dois tinham um “pacto”, segundo o qual cometeriam o crime e depois se suicidariam.

Motivação

De acordo com Fontes, a investigação aponta que os autores do massacre esperavam reconhecimento : “Esse foi o principal objetivo, não tinha outro”, diz delegado Ruy Ferraz Fontes.

“Não se sentiam reconhecidos, queriam demonstrar que podiam agir como [o massacre em] Columbine, nos Estados Unidos, com crueldade e com um caráter trágico, para que fossem mais reconhecidos do que eles eram”, afirmou.

Tal informação foi relatada à polícia por testemunhas próximas de um dos assassinos . “Pessoas que estavam próximas dele e obtiveram essa informação diretamente dele”.

Para o delegado, a questão do bullying é pouco representativa, pois foi citada em apenas uma parte da investigação. A polícia trabalha com a questão do reconhecimento e vingança na motivação da morte do tio.

“Na realidade, ele estava se sentido não reconhecido pelo tio, apesar de o tio ter contratado ele para trabalhar na empresa, mas ter que demitir posteriormente, porque ele estava praticando pequenos furtos”, explicou o delegado Fontes.

Segundo a polícia, a investigação indica que eles não pretendiam fazer ataques em outras escolas. “Todo material colhido não demonstra que eles fariam ou tentariam fazer outros ataques em outras escolas”, afirmou.

Com informações do G1

Silêncio de Dodge sobre críticas de ministros do STF a integrantes da Lava Jato incomoda procuradores federais

Domingo, 17 de Março de 2019


Foto: Rosinei Coutinho/STF

O silêncio da procuradora-geral, Raquel Dodge, diante das críticas violentas feitas por ministros do STF a investigadores, na quinta (14), incomodou muito sua categoria – inclusive a ala que não concorda com atos da Lava Jato de Curitiba.

Nesta sexta (15), Dodge tentou responder ao pedir informações ao Supremo sobre o inquérito aberto por Toffoli para investigar notícias falsas e ameaças contra ministros. Não adiantou. Procuradores acharam que ela demorou a tomar atitude.

O presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República, José Robalinho Cavalcanti, nega que haja divisão no MPF sobre a nota dura que a entidade soltou contra a decisão de Dodge de questionar o fundo criado pela Lava Jato no STF.

“O instrumento usado foi tão mal recebido, tão desastrado, que mesmo colegas críticos à Lava Jato concordaram que era necessário repudiar a atitude da procuradora-geral”, diz Robalinho. Ele é visto como pré-candidato à cadeira que Dodge deixará em setembro.

Procuradores que não advogam nem por Dodge nem pela ANPR afirmam que o isolamento dela no MPF é, de fato, gritante.


Fonte: Blog do BG

NÃO VAI FICAR POR ISSO! O contragolpe de Moro que pode SALVAR a LAVA JAT0!

Sábado, 16 De Março De 2019


O ex-BBB chamou Jair Bolsonaro de “racista e homofóbico” e associou a família Bolsonaro ao assassinato de Marielle Franco.


Sábado, 16 De Março De 2019



O que Wyllys não esperava é que a embaixadora do Brasil na ONU, Maria Nazareth Azevêdo, respondesse com firmeza e indignação, lembrando que o presidente Jair Bolsonaro, sim, “foi vítima de um atentado real contra sua vida”, e não fugiu do Brasil e “nem cuspiu na cara da democracia”.

Não foi divulgado quem bancou a viagem do ex-BBB a Suíça.
Veja o vídeo:
Via: republicadecuritibaonline.com

Bolsonaro será o 1º presidente na Marcha Para Jesus

Sábado, 16 De Março De 2019




Ele recebeu lideranças evangélicas no Palácio do Planalto nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira (14), o presidente Jair Bolsonaro recebeu lideranças evangélicas no Palácio do Planalto. Entre os assuntos discutidos está a participação de Bolsonaro na Marcha Para Jesus, marcada para o dia 20 de junho.

Ao jornal Folha de S.Paulo, o apóstolo César Augusto disse que o presidente aceitou participar do maior evento evangélico do Brasil.

– Mostra o carinho que ele tem, o respeito que ele tem aos evangélicos – explicou.

Jair Bolsonaro também recebeu de presente uma camisa da marcha do apóstolo Estevam Hernandes, que compartilhou a imagem em suas redes sociais.

– Hoje audiência com o presidente Jair Bolsonaro recebendo a camiseta da Marcha Para Jesus. Momento de oração pela nação. Apóstolo César Augusto, Magno Malta, Major Vitor Hugo. Jesus resgatador. Feliz a nação cujo Deus é o Senhor – escreveu.

Antes das eleições de 2018, Bolsonaro já havia dito que iria ao evento deste ano.

Via: pleno.news

Major Olímpio entra com projeto para salvar Lava Jato

Sábado, 16 de Março de 2019


O senador Major Olimpio (PSL), apresentou hoje (14/3), em Brasília, um Projeto de Lei para tentar "salvar" a Lava Jato, após o Supremo Tribunal Federal (STF) decidir, por 6 votos a 5, que cabe à Justiça Eleitoral julgar crimes comuns, quando correlatos a crimes eleitorais. Com a decisão do STF, a Lava Jato teria sua força-tarefa eliminada.

Em seu twitter, o Major declarou:




O Brasil vai vencer e a Lava Jato vai continuar a fazer seu trabalho @JanainaDoBrasil! Vamos juntos por um Brasil melhor e sem corrupção. CHEGA DE IMPUNIDADE!




da Redação

Fonte: Jornal da Cidade Online

Fifa anuncia Mundial Sub-17 no Brasil; CBF não libera estádios da Série A

Sábado, 16 de Março de 2019

Foto: Reprodução / TV Fifa

A Fifa anunciou nesta sexta-feira (15) que o Brasil irá sediar o Mundial Sub-17 deste ano. A decisão foi sacramentada após reunião do Conselho da entidade, em Miami. 

As negociações começaram quando ficou claro que o Peru, que seria sede, não teria condições de receber a competição. 

Ainda não foram anunciadas as datas e os locais. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) já informou à Fifa que os estádios dos clubes da Série A não serão utilizados. A ideia da entidade é concentrar as partidas em uma região do país, para evitar custos com deslocamentos. 

A competição que aconteceria no Peru estava marcada para acontecer entre 5 e 27 de outubro. No entanto, a CBF pediu mais três semanas para o início, que deverá passar para o fim de outubro, terminando em meados de novembro. 

De acordo com o GloboEsporte.com, a estrutura do Comitê Organizador Local da Copa América de 2019, disputada entre junho e julho, será mantida em funcionamento para também tocar o Mundial Sub-17.

Dayane Pimentel apresenta projeto que prevê fim de cotas raciais em instituições de ensino

Sábado, 16 de Março de 2019


por Lucas Arraz
Foto: Divulgação / Dayane Pimentel


Membro da Comissão de Educação na Câmara dos Deputados, a federal baiana Dayane Pimentel (PSL) apresentou nesta quarta-feira (13) um projeto que prevê o fim da reserva racial de vagas para o ingresso nas universidades federais e nas instituições federais de ensino técnico de nível médio. 

No texto do projeto, Dayane Pimentel revoga a Lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012. Batizada como “Lei das Cotas”, a norma estabeleceu a reserva de 50% das vagas de instituições públicas para estudantes oriundos de famílias com renda igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo (um salário-mínimo e meio) per capita. Mais tarde, a lei possibilitou também a criação de outras modalidades de cotas, como a racial. 

Pimentel justificou o projeto pelo artigo 3° da Constituição Federal de 1988, que trata da promoção “do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação”. 

“Se os brasileiros devem ser tratados com igualdade jurídica, pretos, pardos, indígenas, pessoas com deficiência e estudantes oriundos de famílias com renda igual ou inferior a 1,5 salário-mínimo per capita não deveriam ser destinatários de políticas públicas que criam, artificialmente, divisões entre brasileiros, com potencialidade de criar indevidamente conflitos sociais desnecessários”, escreveu a deputada. 

Por nota, a assessoria da deputada Dayane Pimentel (PSL) informou que há uma vinculação automática entre as cotas raciais e sociais no artigo da referida Lei de Cotas e que, para a desassociação, já que a deputada busca apenas suprimir as cotas raciais, haverá, no mesmo projeto, substituição dos termos.

"O PL apresentado busca suprir pura e simplesmente as cotas raciais. Por ser um artigo vinculado às cotas sociais, as quais apoio, o projeto foi apresentado sem essa separação. Isso será sanado por meio de termos substitutivos. Friso, assim, cumprir meu compromisso de campanha: suprimir cotas raciais e manter as sociais”, falou.

Ministério da Justiça abre investigação contra o Facebook por vazamento de informações

Sábado, 16 de Março de 2019 


por Folhapress

Foto: Divulgação


A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, abriu dois processos contra o Facebook nesta semana. Caso a empresa seja condenada, pagará cerca de R$ 19 milhões.

Segundo a Senacom, no processo principal, o Facebook é acusado de permitir a entrada de terceiros em contas de usuários cadastrados no Brasil.

Além dos problemas relacionados à segurança do acesso às contas, o aplicativo também teria permitido a entrada de terceiros para a comercialização de dados dos usuários.

Uma das compradoras envolvidas é a consultoria britânica Cambridge Analytica, que atuou na campanha do presidente dos EUA Donald Trump, em 2016.

Durante a campanha, a Cambridge Analytica utilizou informações de mais de 50 milhões de perfis do Facebook.

Em resposta, o aplicativo proibiu a empresa de fazer publicidade em sua plataforma.

No entanto, segundo o jornal The Guardian, o Facebook sabia das violações e permitiu que essa prática ocorresse por dois anos, sem proteger os dados de seus usuários.

Ao todo, mais de 87 milhões de pessoas foram atingidas em dez países. Dentre eles, estavam 443 mil brasileiros. O caso levou a empresa a sua maior crise. O presidente da companhia, Mark Zuckerberg, chegou a prestar depoimento no Congresso.

O segundo processo aberto pela Senacom se refere à ação de hackers na plataforma para roubar dados pessoais de usuários no país, tais como nome, e-mail, número de telefone, locais visitados e buscas.

O Facebook tem até dez dias para apresentar sua defesa.

A empresa também foi acionada pelo Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC) do Ministério da Justiça sobre um terceiro caso.

A empresa teria recebido dados fornecidos por um aplicativo parceiro como frequência cardíaca e ciclo menstrual dos usuários.

O Facebook informou que "está à disposição para prestar esclarecimentos" ao Ministério da Justiça e à Segurança Pública.

Atuação de falsos médicos no estado leva CREMERN buscar apoio da PF

Sábado, 16 de Março de 2019

A atuação de falsos médicos e de denúncias que caracterizam o exercício ilegal da medicina é uma preocupação constante do Conselho Regional de Medicina do Rio Grande do Norte – Cremern. Só este ano, três casos já foram contabilizados.

Nesta quinta-feira (14), o presidente do Cremern, Marcos Lima de Freitas e o assessor jurídico, Klevelando Santos, estiveram na superintendência da Polícia Federal, em Natal, para uma reunião com o delegado regional de investigação da PF, Agostinho Cascardo, e o corregedor regional da PF no RN, Alexandre Pauli. Por ser uma instituição federal, o Cremern conta com o apoio da Polícia Federal para coibir a atuação de falsos médicos, desde que a documentação falsa seja entregue no Conselho.

A maioria das denúncias de falso médico e de exercício ilegal não envolve a participação direta de um médico com registro no CRM. Por isso, quando chegam ao conhecimento do Cremern, são encaminhadas ao Ministério Público Estadual que é a instância competente para tomar as providências legais cabíveis.
O Cremern acredita que o problema possa ser ainda maior, pois muitos casos de exercício ilegal nem sequer são registrados. Outros são encaminhados à Polícia, geram Boletim de Ocorrência, mas não chegam ao conhecimento do Conselho.

Os médicos diretores técnicos e diretores clínicos dos estabelecimentos de saúde devem manter atualizados junto ao Cremern os cadastros de médicos que trabalham na instituição.

Atualmente, no site do Cremern ( www.cremern.org.br), já é possível a qualquer interessado verificar o nome e o CRM de todos os médicos registrados e em atividade no Estado do Rio Grande do Norte.

Fonte: Blog do BG

Da cadeia, Lula e o PT organizam “frente” para derrotar a reforma da Previdência; país quebra sem a aprovação, e pouco se importam

Sexta, 16 de Março de 2019



Foto: (Carl de Souza/AFP)

Mais cedo, O Antagonista noticiou que o PT vai lançar “uma frente” contra a reforma da Previdência, considerada pelo partido uma “proposta criminosa”.

A ordem partiu do apenado Lula.

Nessa quinta-feira(14), o deputado petista José Guimarães e o vice-presidente do partido, Luiz Dulce, visitaram o ex-presidente em Curitiba e saíram dizendo que a prioridade é derrotar a reforma.

Eles sabem que o país quebra sem a reforma.

Com informações de O Antagonista

Fonte: Blog do BG


OPINIÃO DOS LEITORES:

  1. Acorda Brasil
    Esperar o quê do cara que se auto intitulou "jararaca"? E de seus asseclas?
  2. Medeiros
    É só não pagar mais o juros da dívida pública
  3. Potiguar
    Em 500 anos não quebrou, vai quebrar agora? Parece aqueles folhetos dos testemunhas de jeová, o Brasil uma maravilha com reforma trabalhista e previdenciária. Lado outro, o Brasil quebrado, um inferno sem as reformas. Eles só enganam os tolos.
  4. Luladrao
    Mais uma organização criminosa dando ordens de dentro da cadeia

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055