martins em pauta

sábado, 2 de abril de 2016

PF prende quatro suspeitos e faz apreensão recorde de cocaína em Natal

Sábado, 02 de abril de 2016


A Polícia Federal prendeu na tarde desta quinta-feira (31), em Natal, um auxiliar de cozinha, 24 anos e um autônomo, 36 anos, ambos potiguares; um comerciante paranaense, 55 anos e um motorista, maranhense, 43 anos, todos acusados de tráfico de drogas. Com eles, foram apreendidos 206 quilos de cocaína escondidos em um fundo falso na carroceria de um caminhão que vinha de Açailândia/MA.

A apreensão aconteceu graças ao trabalho conjunto realizado com outras unidades da PF no país, sendo recebido informações da Região Norte dando conta de que um carregamento de drogas estaria chegando nos próximos dias na cidade transportada provavelmente em um caminhão baú.

Os policiais então passaram a fiscalizar as principais entradas da capital e, no dia de hoje, identificaram o caminhão suspeito, quando transitava pela Av. Salgado Filho, no sentido bairro–cidade, com apenas um ocupante, mas sendo “escoltado” por um automóvel com três homens no seu interior.

Os dois veículos foram abordados simultaneamente na altura do cruzamento com a Av. Antônio Basílio, Bairro de Lagoa Nova. Surpreendidos pela ação dos policiais, os acusados não esboçaram qualquer reação, porém, como no local existe um fluxo muito grande de veículos e pessoas, por segurança, todos foram conduzidos para a sede da PF, onde os veículos passaram por uma rigorosa revista, sendo encontrados 200 tijolos da droga escondidos em sacos plásticos em meio a móveis de uma mudança.

Os suspeitos receberam voz de prisão e foram autuados em flagrante. A PF acredita que a cocaína é originária de países que fazem fronteira com o Brasil.

Durante o depoimento, apenas o motorista confessou que estava conduzindo a droga. Ele disse que receberia R$ 50 mil caso a entrega tivesse sido feita ao destinatário, porém declarou não saber identificá-lo, uma vez que seria procurado quando aqui chegasse.

Dos quatro suspeitos, pelo menos, dois, já possuem antecedentes criminais. Um deles, quando foi abordado apresentou um documento de juiz arbitral e capelão em Araguaína/GO.

Eles estão custodiados na superintendência da PF, à disposição da Justiça e devem ser transferidos brevemente para o Sistema Prisional do Estado.

Esta foi a maior quantidade de cocaína já apreendida pela Polícia Federal no Rio Grande do Norte em toda a sua história.


Fonte: O Câmera

Suspeito de tentar assaltar mulher no BH por pouco não é linchado por populares

Sábado, 02 de Abril de 2016


Um homem que segundo ele se chama, Leonardo Joaquim de Lima 33 anos de idade, morador da Rua João Damásio no Bairro Belo Horizonte em Mossoró, foi salvo pela Guarda Civil, de linchamento após tentar assaltar uma mulher. 

O caso foi registrado na noite desta sexta feira 01 de abril, na rua Souza Leão no BH e segundo a vítima que registrou o Boletim de Ocorrência na Delegacia de Plantão, além de tentá-la assaltar,fazendo sugestas como se estivesse armado, ainda tentou apalpar suas partes íntimas. 

Populares que presenciaram a ação delituosa, partiram em defesa da vítima, detiveram o suspeito e quando tentavam linchá-lo,agentes da Guarda Civil, chegaram e evitaram o fato. 

Leonardo, teve que ser algemado, uma vez que segundo os agentes, reagiu a prisão e foi conduzido à Delegacia de Plantão e apresentado ao delegado Luiz Fernando, para que medidas cabíveis fossem adotadas pela autoriadade policial. 

O suspeito, que aparentemente estava sob efeito de produtos alucinógenos,negou as acusações e disse que trabalha em uma empresa de Construções e que nunca foi preso. Ele não portava documentos, mas disse na DP que seu é Leonardo Joaquim de Lima e que mora na Rua João Damásio no bairro Belo Horizonte.



Fonte: Fim da linha

76º/77º Homicídios em Mossoró 2016: Dois mortos e um terceiro baleado durante ataque no Conjunto Integração

Sábado, 02 de Abril de 2016


Elton Jhonatan e Kelwin Ferreira, morreram no local. Marcos Henrique foi socorrido em estado grave para o HRTM

Dois jovens foram mortos a tiros de Pistolas 380 e 765 e um terceiro baleado, na tarde de ontem sexta feira 01 de abril de 2016 em Mossoró na região Oeste Potiguar. 

O Duplo Homicídio aconteceu na Rua Eduardo Saboia no Conjunto Integração e segundo informações da Polícia, três jovens estavam sentados conversando na calçada da residência de uma das vítimas, quando uma dupla de moto chegou e abriu fogo contra os três. 

Ainda de acordo com a Polícia, foram usados dois tipos de pistolas na ação criminosa. Um PT 380 e outra de calibre 765. Dois morreram no local e um terceiro foi socorrida pelo Samu para o Hospital Tarcísio Maia em estado grave. 

As vítimas foram identificadas até o momento como: Elton Jhonatan Albano de Oliveira, de 21 anos de idade, Kelwim Ferreira, morreram no local e Marcos Henrique, foi socorrido para o HRTM. 

Muitas capsulas ficaram espalhadas no local do crime e de acordo com a perícia criminal, Elton Jhonatan foi atingido com cerca de cinco disparos e seu amigo Kelvim com três tiros, todos foram alvejados a curta distância e estavam sentados e não tiveram condições de defesa. 

Os atiradores fugiram de motocicleta após, o crime, mas a Polícia Civil, já tem indícios, que levam a elucidar o mais rápido possível o duplo homicídio. 

Os corpos foram recolhidos, após a perícia para a sede do ITEP onde serão necropsiados e depois liberados para sepultamento. Mossoró chega neste primeiro de abril com 77 homicídios no ano.





Fonte: Fim da Linha

Um cadáver na Operação Lava Jato

Sábado, 02 de abril de 2016 

Com dinheiro sujo, o PT comprou o silêncio de um empresário que ameaçava dar informações sobre o suposto envolvimento de Lula, José Dirceu e Gilberto Carvalho no assassinato de Celso Daniel

POR VEJA


José Dirceu conversava animadamente em um restaurante de Brasília, no ápice da campanha presidencial, em 2002, quando foi interrompido por um homem bem vestido, de terno. Carregando uma valise, ele chegou apressado e fez sinal com as mãos de que precisava falar reservadamente. O então coordenador da campanha de Lula se levantou e apresentou o interlocutor: “Este aqui é o Delúbio, nosso tesoureiro”. Os dois seguiram para um canto vazio e cochicharam por alguns minutos. Delúbio Soares passou rapidamente pela mesa, acenou e foi embora. Dirceu voltou ao seu lugar. Parecia transtornado. “Os tucanos estão preparando uma armadilha para nos destruir.” “Que armadilha?”, alguém perguntou. “Fizeram um dossiê para nos envolver no assassinato do Celso Daniel. Dizem que tem gravações telefônicas, depoimentos, gente do PT…”. Antes de se despedir, Dirceu dimensionou o que estaria por vir: “Isso é muito grave. Precisamos reagir rápido, abortar o plano de qualquer maneira”. Na conversa, que VEJA testemunhou, petistas e simpatizantes que estavam à mesa combinaram uma estratégia de defesa. Era preciso que se antecipassem, denunciando a farsa antes que viesse a público. Era preciso esclarecer que o caso constituía uma tentativa de golpe sujo e desesperado do governo tucano para atrapalhar a eleição de Lula.

O assassinato do prefeito Celso Daniel, de Santo André, ocorrido em janeiro de 2002, nunca deixou de assombrar o PT, fosse na forma de chantagens eleitorais ou de investigações policiais que, até hoje, não esclareceram a morte do prefeito. Assim, a dúvida sobre o envolvimento de petistas no caso paira no ar como uma nuvem de enxofre capaz de contaminar ainda mais o pântano em que se meteu o partido. Na semana passada, a mais recente fase da Lava-Jato voltou a agitar o fantasma de Celso Daniel. A operação foi chamada de Carbono 14, numa referência ao elemento usado pela ciência para desenterrar o passado. Mas o que um homicídio de catorze anos atrás tem a ver com a roubalheira na Petrobras? As conexões são um pouco intrincadas, mas, seguindo-se o calendário das investigações, tudo fica mais claro.

O começo se dá em 2012. VEJA revelou que Marcos Valério ainda guardava consigo segredos devastadores. Em depoimento à Procuradoria-Geral da República, o famoso operador do mensalão resolveu detalhar alguns deles. Um, em especial, parecia mirabolante. Valério disse que um obscuro empresário de Santo André, Ronan Maria Pinto, acionou o então secretário do PT, Silvio Pereira, para chantagear o ex-presidente Lula. A chantagem: ou o PT lhe dava 6 milhões de reais ou ele revelaria o envolvimento de Lula, José Dirceu e Gilberto Carvalho no assassinato de Celso Daniel. Disse mais: os 6 milhões de reais foram negociados pelo pecuarista José Carlos Bumlai, que tomou o dinheiro do cesto de picaretagens petistas na Petrobras. Diante dessa história, os investigadores arregalaram os olhos – era forte, mas também poderia ser resultado de imaginação positivamente fértil.

Em 2014, dois anos depois, durante as investigações da Lava-Jato, a polícia encontrou num escritório de contabilidade um contrato confidencial. Pelo documento, Marcos Valério emprestava 6 milhões de reais ao empresário chantagista Ronan Maria Pinto. O valor e o nome dos personagens acenderam uma luz vermelha. A polícia então interrogou a dona do escritório de contabilidade, Meire Poza. Ela contou que o contrato pertencia a um notório lavador de dinheiro chamado Enivaldo Quadrado. E Enivaldo Quadrado dizia que guardava uma via do tal contrato para resguardar-se. Era seu “seguro de vida contra o PT”, uma “arma que derrubaria o Lula”. E, claro, um instrumento para arrancar uma graninha do PT. E explicava que os tais 6 milhões do empréstimo serviriam para pagar a chantagem que Ronan Maria Pinto vinha fazendo contra o PT. O quebra-cabeça começava a tomar uma forma mais clara.


Fonte: www.veja.com.br

Governador anuncia convocação de quase mil professores e especialistas no RN

 Sábado, 02 de abril de 2016


O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, anunciou através de suas redes sociais que irá convocar quase mil professores e especialistas em educação aprovados no último concurso, realizado em janeiro deste ano. 

A convocação acontecerá em publicação no Diário Oficial do Estado, neste sábado (02). Ao todo, serão 993 novos educadores atuando em Natal e em cidades do interior potiguar. 

A notícia foi recebida com alegria pelos aprovados. 

O certame foi realizado no início deste ano e contou com a participação de mais de 48 mil candidatos. Foram aprovados 1400 profissionais em caráter efetivo para os quadros da Secretaria da Educação do RN, com jornada de trabalho de 40 horas. 

O salário inicial é de R$ 2.013, independente da função escolhida pelo candidato.


Fonte: J.Belmont

STJ determina que TJRN julgue ‘trem da alegria’ da AL

Sábado, 02 de abril de 2016

prescritibilidade


Do portal Noar

A efetivação de mais de 200 funcionários da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (TJRN) entre os anos 1990 e 2002, conhecida como “trem da alegria”, continua sendo objeto de questionamento judicial. O Superior Tribunal de Justiça (STJ) considerou imprescritibilidade por ausência de publicidade dos atos de nomeações irregulares do legislativo estadual.

Com isso, ordenou que o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) julgue a ação do Ministério Público Estadual. O ministro do STJ Mauro Campbell ainda indeferiu pedido da Assembleia Legislativa para ingressar no processo como assistente.

Prescrição

Muitos dos beneficiados pelas nomeações eram familiares ou tinham apadrinhamento de figuras políticas. Em primeira instância, foram julgadas extintas as ações que foram ajuizadas em grupos, por entender que ocorreu a prescrição do prazo máximo de cinco anos para ingressar com o processo, contada do enquadramento dos envolvidos como servidores.

No entanto, o MPE alega que não ocorreu a prescrição, pois os atos de provimento dos cargos efetivos jamais foram publicados no Diário Oficial do Rio Grande do Norte, mas apenas no boletim interno da Assembleia Legislativa potiguar.

O STF e o STJ entendem que situações que afrontam a Constituição não podem ser mantidas apenas por eventual incidência do prazo de prescrição, quando são, na verdade, imprescritíveis.

Ex-secretário do PT e empresário são presos pela Lava Jato

27ª etapa


A Polícia Federal (PF) cumpriu 12 mandados judiciais da 27ª fase da Operação Lava Jato em São Paulo desde a madrugada desta sexta-feira (1º). Foram presos temporariamente Silvio Pereira, ex-secretário geral do PT, e Ronan Maria Pinto, dono do jornal “Diário do Grande ABC” e de empresas do setor de transporte e coleta de lixo.

O ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares é alvo de condução coercitiva – quando uma pessoa é levada a depor mesmo contra a vontade. Ele chegou à sede da PF em São Paulo por volta das 8h, escoltado por agentes federais. Também é alvo de condução coercitiva o jornalista Breno Altmann, que foi levado para a sede da PF em Brasília.

A assessoria de imprensa de Ronan disse, em nota, que o empresário sempre esteve à disposição das autoridades de forma a esclarecer com total tranquilidade e isenção as dúvidas e as investigações do âmbito da Operação Lava Jato, assim como a citação indevida de seu nome. “Inclusive ampla e abertamente oferecendo-se de forma espontânea para prestar as informações que necessitassem”, diz a nota.


RESUMO DA 27ª FASE
A operação foi chamada de Carbono 14, porque remete a episódios antigos e não esclarecidos.

– Objetivo: descobrir os beneficiários do esquema investigado.
– Mandados judiciais: 2 de prisão, 2 de condução coercitiva e 8 de busca e apreensão.
– Presos temporários: Ronan Maria Pinto, empresário, e Silvio Pereira, ex-secretário geral do PTx.
– Conduções coercitivas: Breno Altman, jornalista, e Delúbio Soares, ex-tesoureiro do PT.
– O que descobriu: Um empréstimo fraudulento de R$ 12 milhões obtido por José Carlos Bumlai no banco Schahin, em 2004, tinha como um dos beneficiários finais Ronan Maria Pinto, que recebeu R$ 6 milhões.
– O que falta apurar:
A razão do pagamento a Ronan Pinto;
Qual é a relação entre esse pagamento e o esquema de corrupção em Santo André;
Para onde foram os outros R$ 6 milhões do empréstimo.

A ação ocorre em São Paulo, Carapicuíba, Osasco e Santo André. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas empresas DNP Eventos, Expresso Santo André e no “Diário do Grande ABC”.

Entre os crimes investigados estão extorsão, falsidade ideológica, fraude, corrupção ativa e passiva e lavagem de dinheiro.

A prisão temporária tem prazo de cinco dias e pode ser prorrogada pelo mesmo período ou convertida em preventiva, que é quando o investigado fica preso à disposição da Justiça sem prazo pré-determinado.

Os presos serão levados para a Superintendência da PF, em Curitiba, ainda nesta sexta-feira, de acordo com os delegados.


Fonte: Carlos Santos

Pesquisa aponta reprovação de Dilma e Robinson no RN

Sábado, 02 de abril de 2016

Consult/Fiern

Índices de aprovação e desaprovação dos governos federal e estadual; impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT); avaliação dos serviços públicos prestados; expectativa dos empresários industriais quanto à várias questões pertinentes às suas atividades e à economia em geral são alguns dos temas levantados por pesquisa feita pelo Instituto Consult para a Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN).

Robinson tem menor descapitalização e Dilma está em queda livre (Foto: arquivo)

A pesquisa foi divulgada nesta sexta-feira, 01, na Casa da Indústria, durante reunião mensal da Diretoria da FIERN, pelo presidente Amaro Sales de Araújo.

Dilma desaprovada

Segundo o levantamento, o governo da presidente Dilma Rousseff é desaprovado por 91% dos empresários e por 74,5% da população do Rio Grande do Norte. Os percentuais favoráveis ao impeachment da presidente são ainda mais próximos: 66% dos empresários são favoráveis, enquanto que o índice chega a 61,4 entre a população.

Robinson desaprovado

Os números relativos à aprovação e desaprovação do governo Robinson Faria (PSD) entre industriais e população também estão próximos. Entre os empresários da indústria, 29,5 aprovam e 49,5 desaprovam;a população deu 32,7 de aprovação e 50,1 de desaprovação à administração estadual.

Maiores problemas

A pesquisa quis saber o que a população considera como seus maiores problemas. Falta de segurança lidera, com 46,5 pontos, mais do dobro do segundo lugar, Saúde, com 21,7 pontos, seguido por desemprego, com 9,4 pontos e falta d’água, como 5,9 pontos.

De acordo com a pesquisa os principais responsáveis pelos problemas enfrentados no estado são, pela ordem: a classe política, 48,8 pontos; todos, 31,9 pontos; governo federal, 11,3, e governo estadual, 4,3 pontos.

Fonte: Carlos Santos

Pesquisa: 91% dos empresários do RN desaprovam Dilma


Sábado, 02 de abril de 2016


Segundo o levantamento de pesquisa feita pelo Instituto Consult e encomendada pela FIERN:

O governo da presidente Dilma Rousseff é desaprovado por 91% dos empresários e por 74,5% da população do Rio Grande do Norte. Os percentuais favoráveis ao impeachment da presidente são ainda mais próximos: 66% dos empresários são favoráveis, enquanto que o índice chega a 61,4 entre a população.


Fonte: Robson Pires

Estudantes de medicina farão avaliação nacional para receber o diploma

Sábado, 02 de abril de 2016


A partir deste ano, alunos de medicina de todo o país farão avaliações nacionais a cada dois anos durante o curso. As avaliações, aplicadas no segundo, quarto e sexto ano serão obrigatórias. Aqueles que não obtiverem a nota mínima definida pelo Ministério da Educação (MEC) na última avaliação não poderão obter o diploma e também não poderão ingressar na residência médica.

A chamada Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (Anasem) está prevista no Programa Mais Médicos (Lei 12.871/2013) e em resolução do Conselho Nacional de Educação (CNE). Pelas normas, o prazo para que a avaliação começasse a ser aplicada termina este ano. A aplicação começará pelos alunos do 2º ano de medicina em agosto. A medida em que os alunos avançam nos estudos, as demais avaliações serão implementadas. A do 6º ano passará a ser aplicada em 2020. O anúncio foi feito hoje (1º) pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Segundo o Ministério da Educação (MEC), cerca de 20 mil estudantes farão a prova em 2016.



Fonte: Robson Pires

Produção recuou em 13 dos 24 ramos da indústria em fevereiro, diz IBGE

Sábado, 02 de Abril de 2016

por Daniela Amorim | Estadão Conteúdo
Foto: Comunicação Volkswagen do Brasil

A retração de 2,5% registrada pela indústria brasileira na passagem de janeiro para fevereiro foi decorrente de resultados negativos em 13 das 24 atividades pesquisadas. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física, divulgados nesta sexta-feira, 1º de abril, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A principal influência negativa foi registrada pelo ramo de veículos automotores, reboques e carrocerias. O recuo de 9,7% na produção em fevereiro ante janeiro eliminou o avanço de 7,2% acumulado de novembro de 2015 a janeiro de 2016. "O principal impacto negativo é de veículos automotores, que vinha de três meses de resultados positivos em sequência. Só com a entrada do mês de fevereiro, esse saldo positivo na margem acabou sendo eliminado", ressaltou André Macedo, gerente da Coordenação de Indústria do IBGE. Outras reduções importantes foram registradas por máquinas e equipamentos (-6,7%), produtos alimentícios (-1,7%), equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-8,2%), máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-3,5%), metalurgia (-1,5%), confecção de artigos do vestuário e acessórios (-2,6%), produtos de borracha e de material plástico (-1,6%) e outros equipamentos de transporte (-3,3%). Na direção oposta, tiveram desempenho positivo relevante os setores de coque, produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (1,4%), perfumaria, sabões, produtos de limpeza e de higiene pessoal (1,3%) e indústrias extrativas (0,6%). "Mesmo esses setores que mostraram impacto positivo, o crescimento é suplantado por quedas anteriores. O que quero chamar a atenção é que ou o crescimento é sobre uma base baixa de comparação ou não suplanta as quedas anteriores", explicou Macedo.

Ministro da Justiça pede que as pessoas ‘baixem a bola’ em discussões políticas

Sábado, 02 de Abril de 2016 

Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

O ministro da Justiça, Eugênio Aragão, pediu nesta sexta-feira (1º) que as pessoas tenham calma durante os debates políticos. Ele disse que se preocupa com o sentimento de raiva e ódio que aflora por causa das divergências políticas e da intolerância a respeito de opções de vida de cada pessoa. “Precisamos baixar a bola, precisamos desacelerar para que tenhamos serenidade nesse momento, de modo a enfrentar as dificuldades do país. Está na hora”, afirmou. Aragão participou da assinatura de uma nota conjunta conclamando o povo brasileiro a buscar uma solução pacífica para a crise política e repudiar qualquer forma de violência. Além do Ministério da Justiça e da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o Ministério Público Federal e o Instituto dos Advogados Brasileiros também pediram equilíbrio e racionalidade diante do atual cenário do país. “Parece que há grupos de pessoas interessados no 'quanto pior, melhor'. Com isso, deixam o país com dificuldades de manter a qualidade de sua governança e a economia em suspenso e na insegurança”, acrescentou o ministro, esclarecendo que é preciso garantir que os três poderes funcionem regularmente. De acordo com Aragão, a Polícia Federal investigará os casos de criminalidade, como ataques a pessoas e a sedes de partidos e instituições. Em entrevista à Agência Brasil, ele informou que adiantou o reforço da segurança para autoridades que estão passando por constrangimentos por causa de sua posição.

Dilma retoma reforma administrativa e corta espaço do PMDB na Agricultura

Sábado, 02 de Abril de 2016

por Victor Martins | Estadão Conteúdo
Foto: Elza Fiúza/ Agência Brasil

A presidente Dilma Rousseff retomou nesta sexta-feira (1º) a reforma administrativa prometida em setembro do ano passado, quando disse, entre outras coisas, que cortaria 3 mil cargos no Executivo. Hoje, Dilma eliminou 220 cargos em comissão e funções de confiança no Ministério da Agricultura, pasta comandada pela dissidente peemedebista e sua aliada contra o processo de impeachment, Kátia Abreu. Depois de ter prometido a reforma administrativa no ano passado, a presidente fez apenas ajustes tímidos - pouco mais de 10% do total perseguido passou pela tesoura. Agora, em meio ao processo de impeachment e ao acirramento político, sobretudo depois do desembarque do PMDB do governo, ela parece ter encontrado oportunidade para fazer uma nova investida na reforma. O Ministério da Agricultura, que tem se empenhado para manter Dilma no Palácio do Planalto, foi o primeiro desse novo ciclo de ajuste. Decreto presidencial publicado hoje no Diário Oficial da União (DOU) elimina 220 cargos, deixando a pasta de Kátia Abreu com 2.276 postos de confiança - os cálculos para esses números foram feitos pelo Broadcast com base em informações do Diário Oficial e do Portal da Transparência. Em meio ao ajuste, foi extinta a Secretaria do Produtor Rural e Cooperativismo, cadeira que era ocupada por Caio Rocha, peemedebista que pediu demissão na manhã de hoje por determinação do partido. A secretaria da Pesca, ocupada por Marlon Carvalho Cambraia, indicado do senador Eunício Oliveira (PMDB-CE), deve ser uma das mais afetadas: de 312 cargos de confiança, passará a ter apenas 87, um corte de 72,12% no quadro de funcionários de confiança ou com função. A secretaria, que já foi ministério e recentemente foi absorvida pela Agricultura após escândalos de corrupção, tinha 27 superintendências, além das cadeiras que ocupa na Esplanada do Ministérios. Com esse ajuste, fontes avaliam que Kátia Abreu aproveitará as mudanças para reforçar a área de Defesa Agropecuária, considerada por ela uma prioridade. Nas próximas semanas, o Ministério deve divulgar os nomes dos que ficarão no quadro funcional. Apesar de parte das alterações terem afetado peemedebistas, Tânia Garib, que seria indicada do senador Waldemir Moka (PMDB-MS), ganhou mais espaço. Ela continua à frente da área de Mobilidade Social e também absorveu as funções de Caio Rocha. Com isso, a secretaria de Tânia - agora de Mobilidade Social, do Produtor Rural e do Cooperativismo -, que tinha apenas dois departamentos, ficou com quatro. A Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac), que era um órgão subsidiário do Ministério, também sofreu mudança e foi transformada em um desses departamentos da nova secretaria.

Ranking de revista americana aponta Dilma como líder que mais decepcionou em 2015

Sábado, 02 de Abril de 2016 
Foto: Lula Marques
Depois de apontar o juiz federal Sérgio Moro como um dos maiores líderes do mundo, a revista americana Fortune fez outro ranking que envolve um personagem brasileiro. Porém, desta vez o país chama muito mais atenção. Na votação aberta pela publicação, a presidente Dilma Rousseff foi apontada como a líder que mais desapontou durante 2015. A lista traz 19 casos em que pessoas que falharam ou tiveram decisões questionáveis. Entre os19 episódios citados estão Sepp Blatter e Michel Platini, ex-dirigentes da Fifa envolvidos em um escândalo de corrupção, e Martin Winterkorn, executivo da Volkswagen responsável por lidar com a divulgação de que engenheiros teriam manipulado dados de emissão de poluição em milhões de veículos. No texto que trata sobre Dilma, a revista aponta que a petista foi prisioneira política durante o regime militar e agora enfrenta a possibilidade de impeachment por supostamente maquiar dados sobre o déficit do país por meio da manipulação das contas do governo. A Fortune cita, ainda, a “tentativa de nomear seu antecessor e mentor, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como chefe da Casa Civil no que pareceu uma transparente tentativa de proteger ele de acusações (membros do gabinete no Brasil tem imunidade)”. A publicação avalia ainda que a epidemia de zika próxima da Olimpíada “não ajudou”. Na votação, Dilma aparece em primeiro lugar com mais de 56 mil votos. Em segundo lugar, 6 mil votos, aparece o governador de Michigan (EUA), que pode renunciar após uma grave crise de saúde provocada por agentes tóxicos presentes na água da cidade de Flint. O problema tem afetado dezenas de crianças e pode causar danos cerebrais.

Irmão de Celso Daniel acredita que Lava Jato pode esclarecer crime

Sábado, 02 de Abril de 2016 

por Ana Fernandes | Estadão Conteúdo
Celso Daniel | Foto: Divulgação

O irmão do prefeito de Santo André Celso Daniel, morto em janeiro de 2002, Bruno Daniel, disse em entrevista à Rádio Estadão ter esperança que a 27ª fase da Lava Jato, Carbono 14, deflagrada nesta sexta-feira, 01, possa lançar luz sobre as investigações do assassinato. Bruno e outros familiares de Celso Daniel defendem a tese de crime político, pela qual o prefeito teria sido morto para evitar denúncias sobre esquemas de corrupção em financiamento de campanhas do PT e de aliados. "A operação Lava Jato, nesta etapa Carbono 14, pode lançar luz sobre o que aconteceu naquela época", afirmou Bruno. "É necessário esclarecer por que razão a direção do PT teria remetido, através de esquemas ilícitos, cerca de R$ 6 milhões ao empresário Ronan Maria Pinto, dinheiro com qual ele teria adquirido o jornal do Grande ABC mediante chantagem ao Lula, ao José Dirceu e ao Gilberto Carvalho", complementa. Bruno Daniel acusa o PT de tentar dissuadir a família de seguir pressionando pela apuração do caso. "O partido fez tudo o que era possível e imaginável para reforçar a tese da polícia, segundo a qual o crime seria um crime comum. Isso foi feito por inúmeros estratagemas. Por que razão o Partido dos Trabalhadores, com pouquíssimas exceções, se portou desse jeito?", questionou. Ele citou apenas três pessoas do PT, Hélio Bicudo - hoje um dos autores do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff -, o ex-senador Eduardo Suplicy e o então vereador em Santo André Ricardo Alvarez de não serem coniventes com os indícios de crime político. A Carbono 14 investiga supostos repasses do pecuarista José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Ronan. Segundo as investigações, Bumlai tomou um empréstimo fraudulento de R$ 12 milhões em 2004 do Banco Schahin. Parte dos recursos foi destinada a pagar dívidas do PT. Metade do valor, segundo disse Bumlai à Polícia Federal, teria sido destinada a quitar dívidas da campanha petista em Campinas, em 2002 e 2004. A força-tarefa diz também que a operacionalização do esquema se deu inicialmente com o Frigorífico Bertin. De acordo com os investigadores, os outros R$ 6 milhões do montante foram destinados a Ronan Maria Pinto. Os procuradores agora querem saber o porquê. Em coletiva nesta manhã, a Lava Jato admitiu que investiga o elo com a morte de Celso Daniel, mas não deu maiores detalhes. Bruno disse que cabe à polícia investigar, mas que ele acredita que Ronan teria informações sobre a morte de seu irmão e que obteve recursos ao chantagear dirigentes petistas para manter o silêncio. "Imagino, agora é só imaginação, pois quem deve elucidar isso é a investigação, mas imagino que ele (Ronan) tenha chantageado essas pessoas porque ele revelaria coisas relativas ao assassinato do Celso", afirmou.

USP fecha laboratório que produzia a 'pílula do câncer' em São Carlos

Sábado, 02 de Abril de 2016 

por Rene Moreira | Estadão Conteúdo
Foto: Cecília Bastos/ USP

A Universidade de São Paulo (USP) fechou o laboratório em São Carlos (SP) que vinha produzindo a fosfoetanolamina sintética, conhecida por "pílula do câncer". Ela estava sendo fabricada no Instituto de Química e era entregue a pacientes que obtiveram na Justiça liminar para o uso da substância, que não tem registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Nesta semana, porém, advogados e pacientes que foram à USP voltaram de mãos vazias. Na quinta-feira (31), dois oficiais de Justiça com um mandado de busca e apreensão acompanharam a tentativa de retirada das pílulas no laboratório, mas o local estava lacrado. Funcionários contaram que a universidade não tem mais como cumprir as decisões judiciais. O motivo é que a substância deixou de ser produzida e não existe no laboratório qualquer estoque da substância. O fim da produção teria sido determinado pela reitoria da USP. A reportagem não conseguiu um retorno da universidade para comentar esta decisão, mas houve a confirmação de que o laboratório foi mesmo fechado. Já os funcionários que trabalhavam para sintetizar a substância teriam sido transferidos para atuar no laboratório em Cravinhos (SP), onde a pílula será produzida para ser testada em humanos pelo governo do Estado. A fosfoetanolamina sintética foi desenvolvida em São Carlos e supostamente seria capaz de curar diferentes tipos de câncer. Os primeiros testes oficiais não confirmaram essa condição, mas pacientes em estado avançado da doença que usaram as pílulas garantem que elas dão resultado. "Minha mãe usou e o tumor dela reduziu", afirma Mara Lúcia, em uma comunidade na internet que defende a substância. Já Daiani Coelho fez um desabafo emocionado porque tem câncer e está vivendo à base de morfina. Ela conseguiu na Justiça o direito às pílulas, porém, como pararam de ser produzidas está sem a substância. "Eu me disponho a ser cobaia, se preciso, para viver um pouco mais", disse a jovem que tem câncer no estômago. Amigos estão pedindo que quem tiver pílulas sobrando, doem a ela. Apesar da defesa por parte dos pacientes, muitos médicos são contra a fosfoetanolamina, que sem estudos oficiais de eficácia, continua sem ser considerada um remédio. Nesta semana, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Celso Pansera, recomendou que ela seja legalizada pela Anvisa como um suplemento alimentar. Por sua vez, mesmo sem os testes oficiais, o Senado aprovou na semana passada um projeto de lei que permite a fabricação, distribuição e o uso da pílula. Já a Procuradoria da USP denunciou à Polícia Civil o pesquisador Gilberto Chierice, que desenvolveu a fórmula. Ele foi acusado de curandeirismo e de crime contra a saúde pública, tendo prestado depoimento à polícia. O inquérito ainda está em andamento e Chierice segue defendendo a tese de que a fosfoetanolamina realmente seria capaz de combater o câncer.

Temer trata Cid como ‘terceirizado para atingir reputação alheia’ ao pedir impeachment

Sábado, 02 de Abril de 2016

Foto: Valter Campanato/ Agência Brasil

O vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), rebateu nesta sexta-feira (1º) o pedido de impeachment dele protocolado na Câmara dos Deputados pelo ex-governador do Ceará, Cid Gomes (PDT). Temer acusou Cid de ser “agente terceirizado escalado para atingir reputação alheia de forma vil e rasteira”. “Tudo isso nada mais é que um plano orquestrado cujo objetivo é desconstruir a imagem do vice-presidente da República”, rechaçou o peemedebista por meio de nota. Os entreveros entre Temer e Cid Gomes estão judicializados após o ex-governador cearense acusar o vice-presidente de “quadrilha de achacadores”, quando esteve na Câmara na condição de ministro da Educação. Na nota, Temer diz que “notícias velhas sem sustentação, citações equivocadas e interpretações de pessoas mal informadas são a base da justificativa feita pelo senhor Cid Gomes, cuja coleção volumosa de fotografias ao lado do delator Paulo Roberto Costa ilustram bem a biografia e retratam de forma definitiva sua verdadeira prática política”. “Só com um processo de evolução de nossos costumes deixaremos de assistir ao espetáculo deprimente representado hoje pelo senhor Cid Gomes”, afirmou Temer.

sexta-feira, 1 de abril de 2016

Corpo de ex-deputado Patrício Júnior será velado na Assembleia Legislativa

Sexta, 01 de abril de 2016

Imagem do Google

O corpo do ex-deputado estadual Patrício Júnior será velado na noite desta sexta-feira (1º), a partir das 21h, no Salão Nobre da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O ex-deputado faleceu no Hospital Regional de Pau dos Ferros, onde estava internado após sofrer complicações cardíacas.

José Patrício de Figueiredo Júnior foi deputado estadual com destacada atuação nos anos 1980, atuando como deputado Constituinte em 1989 e também na inauguração da sede do legislativo potiguar, compondo a 52ª legislatura. O ex-parlamentar, deixa três filhos (Patrício José, Patrício Neto e Maria Luíza) e a mulher, Olga Fernandes, prefeita de Martins. O sepultamento está ocorrerá no sábado (2), no cemitério Morada da Paz, em Emaús.


Fonte: Robson Pires

MARTINS URGENTE: FALECEU EM PAU DOS FERROS O EX DEPUTADO PATRÍCIO JUNIOR.

Sexta, 01 de abril de 2016

   Patrício Junior com sua esposa a prefeita Olga Fernandes

Martins, informações nos chegam que o Ex Dep. Patrício Junior, esposo da atual prefeita Oga Fernandes, passou mal na manhã desta sexta feira, 01 de abril, foi socorrido as pressas pelo medico de plantão Dr. Raimundo Leite, que o acompanhou para a cidade de Pau dos Ferros. Segundo informações Patrício Junior veio a óbito no hospital.

Patrício Junior da era natural da cidade de Alexandria/RN, muito conhecido no RN, onde foi eleito Deputado Estatual por vários mandatos, exercendo o cargo na Assembleia Legislativa. 

Era um grande parceiro na administração municipal onde acompanhava sua esposa em pleitos para o nosso Município. Era um homem democrático e com certeza irá fazer falta no dia dia da cidade. 

Fica aqui as nossas condolências a família enlutada e que Deus dê o conforto nesta hora de angustia.

ACUSADO DE MATAR MENINO DE 11 ANOS É PRESO DENTRO DO FÓRUM EM MOSSORÓ-RN

Sexta, 01 de abril de 2016



O acusado de matar o menino Luiz Luan Pereira da Costa, de 11 anos, na madrugada do dia 17 de agosto de 2014, no bairro Belo Horizonte, em Mossoró no Rio Grande do Norte(Relembre AQUI!!!), foi preso no início da tarde desta quinta-feira, dia 31, ao sair do Fórum Silveira Martins num táxi. O motivo da prisão de Lucas Vinícius de Araújo Dantas, de 19 anos, foi que, depois de prestar depoimento ao juiz e ao promotor de Justiça, ele passou em frente a mãe de Luiz Luan dentro do Fórum e simulou, com o dedo, que ia cortar o pescoço da mãe do garoto.A mãe do garoto (nome preservado) gritou. Lucas Vinícius ainda tentou fugir do Fórum Silveira Martins num táxi, porém, o policial que trabalha na guarda saiu em perseguição por meios próprios e o prendeu, dando assim voz prisão em flagrante por ameaça.Após a prisão, Lucas Vinicius foi colocado na carceragem do Fórum.  Ainda na tarde desta quinta-feira, 31, o réu será levado para ser autuado em flagrante e depois conduzido para aguardar decisão judicial posterior preso na Cadeia Pública de Mossoró.O promotor de Justiça Ítalo Moreira Martins, que estava na audiência de instrução do processo contra Lucas Vinícius, disse que ficou impressionado com a audácia.“Com certeza vou requerer ao juiz do processo a prisão preventiva”, diz o promotor de Justiça.Ainda conforme Ítalo Moreira, ao simular que ia cortar o pescoço da mãe da vítima, Lucas Vinícius afrontou o Poder Judiciário dentro do Fórum Silveira Martins. Na interpretação do promotor, se fez o que fez na casa da Justiça, faz pior fora. O juiz confirmou o pedido e já informou que decretou a prisão preventiva de Lucas Vinícius.

Lucas também figura como suspeito de executar o pai de Luan

O pai do menino Luiz Luan, o pedreiro Francisco Leôncio Matias da Costa, de 43 anos, foi executado com tiros na cabeça no bairro Aeroporto II, no dia 25 de dezembro de 2015. Lucas é o principal suspeito de ter cometido este crime, que se encontra em investigação.(Relembre AQUI!!!)
Sobre a morte de Luiz Luan, o Ministério Público Estadual relata na ação contra Lucas Vinícius que o mesmo aliciou um menor para, juntos, executarem Luiz Luan.Conforme a peça, Lucas bateu na porta da casa e a mãe da vítima abriu, sendo rendida com arma na cabeça, enquanto o menor foi até o quarto e executou Luan.O crime causou revolta nos moradores do Bairro Belo Horizonte. O caso foi investigado e o processo terminou sendo concluído com Lucas Vinicius indiciado.Na Justiça, a mãe do menino Luan ficou frente a frente com Lucas Vinicius e o reconheceu como sendo a pessoa que ficou com a arma na cabeça dela enquanto o outro matava seu filho.Após a audiência, Lucas saiu por uma porta e a mãe de Luan pela outra. No corredor do Fórum, Lucas Vinícius passou pela mãe e passou o dedo na garganta, insinuando que ia matá-la.


Mossoró Hoje/ Passando na Hora

Mossoró/RN: Foragido da PAMN é recapturado pelo GEP três horas depois da fuga

Sexta, 01 de abril de 2016


Os Agentes Penitenciários, Márcio, Everton e Clever do Grupo de Escolta Penal (GEP) recapturaram na tarde desta quinta feira 31 de março, um foragido do Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negório (CPEAMN) em Mossoró. 

Sandreanes da Silva,que cumpre pena por furto (artigo 155), foi recapturado na antiga Fazenda São João e havia fugido do regime semi aberto por volta do meio dia de hoje. 

Os agentes receberam informações do Centro Integrado de Operações e Segurança Pública (CIOSP) de que o foragido estava escondido em uma residência naquela localidade e quando fizeram as buscas encontraram o apenado que não reagiu a prisão. 

Após ser recapturado,ele foi recambiado de volta ao presídio, e entregue à direção daquela Unidade, para cumprir o resto da pena, no regime fechado.





Fonte: Fim da Linha

Fábio Faria rejeitou Ministério do Turismo

Sexta, 01 de abril de 2016 

Deputado federal do RN foi convidado pela presidente Dilma 
Parabéns deputado Fábio Faria – Foto: Arquivo

O Ministério do Turismo, que o presidente do PMDB-RN, Henrique Eduardo Alves, entregou no início da semana, foi oferecido pela presidente da República, Dilma Rousseff, ao deputado federal, Fábio Faria (PSD-RN).

É o que informa a jornalista Thaisa Galvão, em seu conceituado blog.

Fábio Faria recusou o convite.

Assim, o parlamentar orgulha o povo do Rio Grande do Norte ao não aceitar participar de negociata apenas para salvar a pele de Dilma.

Parabéns, Fábio Faria.

Fonte: Carlos Skarlack

Wilma faz opção pelo PTdoB como novo partido

Sexta, 01 de abril de 2016

Definido


Após vários diálogos com representantes de siglas, a ex-governadora Wilma de Faria definiu nesta quinta-feira, 31 de março, seu destino. A vice-prefeita de Natal se filiará ao Partido Trabalhista do Brasil – PTdoB – e presidirá a legenda.

O ato de filiação acontecerá nesta sexta-feira, 1º de abril, às 11h30, no plenarinho da Assembleia Legislativa, ocasião em que outras lideranças políticas também ingressarão na legenda e haverá uma coletiva de imprensa.

O PTdoB foi criado por dissidentes do PTB em 1989. Seu número eleitoral é o 70, obtendo registro definitivo em 1994.

Disputa as eleições brasileiras desde 1990.

Ela deriva do PSB, onde ficou por longos anos, mas saiu em situação constrangedora, haja vista que foi apeada do comando partidário no estado, em face do ingresso do deputado federal Rafael Motta, que migrou do PROS.


Fonte: Carlos Santos

Ministro de Robinson Faria é pressionado a deixar Governo

Sexta, 01 de abril de 2016

Gilberto Kassab

Da Radar on-line (Vera Magalhães, Veja)

Não é só no PMDB que aumenta a pressão pelo desembarque do governo Dilma Rousseff. Prestes a lançar candidatos de perfil oposicionista em várias cidades e no comando da comissão de impeachment, o PSD cobra que seu presidente, Gilberto Kassab, deixe o quanto antes o Ministério das Cidades.


No ato de sua filiação à legenda, o ex-tucano Andrea Matarazzo já explicitou o desejo de que Kassab desembarque do governo para que possam focar a campanha na crítica ao governo federal e ao prefeito, o petista Fernando Haddad.

Matarazzo deve intensifica as conversas de bastidores com Kassab para que ele aceite sair do posto.

Antevendo o problema, Dilma trata de tentar segurar o aliado: no mesmo dia da filiação de Matarazzo, Kassab posava para fotos ao lado da presidente no lançamento do “Minha Casa, Minha Vida” 3, ligado à pasta que comanda.

Nota do Blog – Saída de Kassab deve fragilizar mais ainda Governo Robinson Faria (PSD) e seus aliados no estado, como prefeito mossoroense Francisco José Júnior (PSD) e o deputado federal Fábio Faria (PSD).

Eles apostaram tudo na relação política na Esplanada dos Ministérios, para tirarem proveito administrativo. Até agora, praticamente nada obtiveram

Com a crise político-institucional e econômica, praticamente nada tiraram de proveito.

Saúde notifica 13 casos de influenza e orienta como a população deve se prevenir

Sexta, 01 de abril de 2016


Com o recebimento de quatro novas notificações de influenza esta semana, elevando para 13 o número de casos suspeitos em todo o RN, a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) já descartou até o momento 4 casos e mantém agendado para 30 de abril o Dia D da vacinação, quando dará início à campanha no Estado.

De acordo com a coordenadora de Promoção à Saúde (CPS), Cláudia Frederico, o quadro epidemiológico atual não configura motivo para pânico na população nem para antecipação da vacina, e por essa razão a Sesap mantém sua rotina de trabalho, atualização dos profissionais, intensificação das orientações e monitoramento dos casos suspeitos para detectar mutação do vírus.

Com relação aos medicamentos para combater a gripe, a Sesap está solicitando a ampliação do estoque de medicamentos e fazendo o levantamento do quantitativo nos hospitais descentralizados. Os casos notificados estão nos municípios de Lagoa Nova (1), Parnamirim (1) e Natal (11). Um dos casos descartados é relativo a um paciente em Natal, que se revelou positivo para a influenza a (H3N2) sazonal. Além de orientar a população a evitar aglomerados, a Saúde está fazendo as seguintes orientações:

-Lavar as mãos com água e sabão, especialmente após tossir ou espirrar.
-Ao tossir ou espirrar, cobrir a boca com lenço descartável.
-Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.
– Lavar as mãos frequentemente e não levar as mãos sujas aos olhos, nariz e boca.

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055