martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 7 de agosto de 2021

General vê STF e TSE “desrespeitando limites” e cita “uso da força para garantir a ordem e a lei”

Sábado, 07 de Agosto de 2021

O sinal de que a tensão está mesmo no limite entre os poderes executivo e legislativo, ou mais diretamente entre Jair Bolsonaro e parte dos ministros do STF e do TSE, liderados por Barroso e Moraes, pode ser confirmado em tuítes recentes do general da reserva do exército, Paulo Chagas.

O general, que costuma tecer críticas ao governo e se diz claramente favorável a uma chapa presidencial encabeçada pelo atual vice, Hamilton Mourão, desta vez mandou mensagens bem claras para o outro lado da praça dos Três Poderes:

"O que legitima o exercício da autoridade é o respeito aos limites legais das suas atribuições. Para merecer respeito é preciso respeitar! Os MINISTROS do STF, por total falta de respeito a seus limites, há muito perderam a legitimidade e a legalidade do que fazem", escreveu no dia 4 de agosto.

Se até aqueles que não simpatizam ou se colocam como adversários de Bolsonaro, estão indignados com os desmandos da “ditadura da toga”, é porque o desrespeito foi muito além do suportável.

Qual será esse limite?

Fonte: Jornal da Cidade Online

Jefferson diz exatamente o que pensa sobre Aziz, Renan, Randolfe e Otto Alencar (veja o vídeo)

Sábado, 07 de Agosto de 2021

Com a experiência de quem conhece todos os “cantos do Congresso Nacional” e “sem papas na língua”, o ex-deputado Roberto Jefferson falou abertamente sobre os senadores Omar Aziz, Renan Calheiros, Otto Alencar e Randolfe Rodrigues, os principais “cabeças” da CPI que tenta acusar o governo Bolsonaro de ter cometido crimes durante a pandemia.

Jefferson conta o que pensa de cada um deles, que a CPI terá que acabar, “no amor ou no terror”, e disse ainda o que faria com cada um dos senadores.

Se quer saber o que ele disse, confira o vídeo:

Repórter da Folha, autora de matéria sobre disparos de WhatsApp, é derrotada na justiça por Allan dos Santos

 Sábado, 07 de Agosto de 2021

Quem se lembra da repórter Patrícia Campos Mello, do jornal Folha de S.Paulo?

Na reta final da campanha eleitoral de 2018, Patrícia foi a autora de matérias em que acusava o então candidato Jair Bolsonaro de “disparos em massa de WhatsApp”.

Mais tarde, com Bolsonaro eleito, veio a famigerada CPMI das Fake News.

No dia 11 de fevereiro de 2020, em depoimento perante a CPMI, o cidadão Hans River do Rio Nascimento - que trabalhou para a empresa Yacows, especializada em marketing digital – fez uma afirmação bombástica, em plena sessão.

Hans afirmou a deputados e senadores, em evento com transmissão ao vivo, que Patrícia queria “um determinado tipo de matéria a troco de sexo”.

No dia seguinte, Allan dos Santos não perdoou. A edição do programa no canal Terça Livre recebeu o título: “O Prostíbulo em Desespero”.

Allan detonou Patrícia.

Diante disso, a repórter foi a Justiça em busca de eventuais danos morais.

Perdeu!

O juiz Daniel Serpentino, da 12ª Vara Civil de São Paulo, julgou improcedente o pedido, pois entendeu que as manifestações de Allan dos Santos estavam abarcadas pela liberdade de expressão e de imprensa.

Cabe recurso.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Alexandre Garcia analisa os resultados históricos na economia (veja o vídeo)

 Sábado, 07 de Agosto de 2021

Na última terça-feira (03) o jornalista Alexandre Garcia falou sobre o aquecimento da economia nacional, e a previsão do superávit na balança comercial deste ano:

“Provavelmente chegaremos a um superávit histórico, recordista, no fim do ano, da balança comercial.
Um superávit de US$ 100 bilhões, porque fechou o primeiro semestre com mais de US$ 44 bilhões. 
Só no mês de junho, o superávit foi de quase US$7,5 bilhões. Por isso a gente está sofrendo tanta propaganda contrária, porque o Brasil virou, agora, um personagem importante no comércio internacional."

Confira:

O voto impresso, os desmandos do Judiciário, a omissão do Legislativo e o artigo 142

Sábado, 07 de Agosto de 2021

O simples fato da postura histérica de membros do Judiciário, do PT, de partidos de esquerda e outros grupelhos contra o denominado “voto impresso”, consiste-se, por si só, em fortes indícios no sentido de que há interesses inconfessáveis e não republicanos para que não o voto impresso não seja viabilizado. É a quase certeza de que há graves irregularidades no sistema de votação que podem, por seu potencial lesivo (fraudes), colocar em risco a própria Democracia.

Vale dizer que esses indícios remontam a 2009, quando num supremo deboche o STF “derrubou” a lei que impõe a impressão do voto nas eleições, em razão do Princípio da Transparência, como se tivesse poderes para isso. Entretanto o STF não tem prerrogativas para isso, nem para outros insistentes desvios de poder, como por exemplo o de instaurar inquéritos.

Muitos se esquecem que o Congresso Nacional legislou e aprovou o voto impresso no art. 5º da Lei 12.034/2009 (Reforma Eleitoral) nestes termos:

“Fica criado, a partir das eleições de 2014, inclusive, o voto impresso conferido pelo eleitor...”.

Ou seja, o voto impresso já é lei, mas o STF e TSE não querem cumprir a lei.

Entretanto, os grandes responsáveis pela continuidade dos desvios de poder do STF (ver https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/20815/lewandowski-denuncia-desvio-de-poder-que-tomo...) e outros são Congresso Nacional e Senado Federal. A explicação é por demais óbvia. Vamos aos fatos.

O primeiro, Congresso Nacional, porque omisso e subserviente ajoelha-se perante o STF, não cumprindo o comando constitucional plasmado no art. 49, inciso XI, que lhe dá prerrogativas para conter os demais poderes (Judiciário e Executivo), nestes termos:

“É da competência exclusiva do Congresso Nacional zelar pela preservação de sua competência legislativa em face da atribuição normativa dos outros Poderes”.

Desse modo, um simples Decreto Legislativo do Congresso Nacional resolveria essa questão, sustando a inconstitucional decisão do STF e colocado-o em seu devido lugar. A rigor, a decisão de suspender a lei do voto impresso deveria ser supremamente ignorada pelo Congresso Nacional, como já ocorreu nos idos de DEZ 2016 em relação à uma ridícula decisão monocrática do ministro Marco Aurélio, em liminar deferida por ele na ADPF 402.

Relembrando o caso, a teratológica decisão de Marco Aurélio tinha a debochada pretensão de afastar um Chefe de Poder do seu cargo (no caso, a ideia era afastar o Senador Renan Calheiros da presidência do Senado Federal).

Ocorre que o então presidente do Senado, Renan Calheiros, ignorou solenemente a tal decisão e ainda se pronunciou no sentido de que “nenhuma decisão ilegal é para ser cumprida, mesmo que seja decisão judicial. É um dever de cidadania”.

Esse fato pode ser revisitado em https://www.conjur.com.br/2016-dez-13/decisao-ilegal-nao-cumprida-renan-liminar

Muito se tem dito que "decisão judicial não se discute, cumpre-se". Essa afirmação é uma falsa narrativa, construída evidentemente por grupos que têm interesse na massificação desse falso entendimento com vistas a legitimar decisões ilegais.

Ao contrário, se a decisão judicial for flagrantemente ilegal ou inconstitucional, não deverá ser cumprida. Confirmando esse entendimento, lembramos uma decisão do próprio Supremo, no HC 73.454 (Rel. Ministro Maurício Corrêa):

“Ninguém é obrigado a cumprir ordem ilegal, ou a ela se submeter, ainda que emanada de autoridade judicial. Mais: é dever de cidadania opor-se à ordem ilegal; caso contrário, nega-se o Estado de Direito'. (HC 73.454, Rel. Min. Maurício Corrêa, julgamento em 22-4-1996, Segunda Turma, DJ de 7-6-1996)

Fica a sugestão para o Congresso Nacional e suas Casas regulamentarem o assunto (art. 49, inciso XI da Constituição) nos respectivos Regimentos Internos. Inacreditável que até o momento não tenham feito isso.

O segundo culpado pelos desmandos do STF, o Senado Federal, porque acovardado e com o rabo preso, não dá cumprimento ao art. 52, Inciso II, que determina que

“Compete privativamente ao Senado Federal processar e julgar os Ministros do Supremo Tribunal Federal”.

Como nenhum processo é aberto contra as vestais do STF, entendem que tem carta branca para fazer o que bem entenderem, desde ignorar leis, de dar ordens ao Executivo e Legislativo, de instaurar inquéritos de oficio (parece piada!) ou até mandar prender parlamentar federal.

Percebe-se, cabalmente, que nos dias que correm os poderes constitucionais não estão garantidos, o que nos remete inevitavelmente ao art.142, caput, da Carta Magna, que impõe à Forças Armadas o elevado e supremo encargo do poder-dever de garantir os poderes constitucionais. Eis a integra do comando constitucional do art. 142:

“As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.”

Alguém poderia perguntar: mas como e quando seria isso?

A melhor resposta é: "não sei". A rigor, ninguém sabe, sendo desejável que não ocorra o acionamento do art. 142. Todavia, mesmo não sendo religioso, vale a advertência bíblica inscrita em 2 Pedro 3:10:

"Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão".

E subsidiariamente, o aviso dado em Lucas 12:39-40:

"Sabei, porém, isto: que, se o pai de família soubesse a que hora havia de vir o ladrão, vigiaria, e não deixaria minar a sua casa. Portanto, estai vós também apercebidos; porque virá o Filho do homem à hora que não imaginais".


Fonte: Jornal da Cidade Online 

Bolsonaro participa de motociata com apoiadores em Florianópolis neste sábado

Sábado, 07 de Agosto de 2021

Foto: Tiago Ghizoni/NSC Total

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) participa, neste sábado (7), de motociata com apoiadores em Florianópolis, capital de Santa Catarina, onde cumpre agendas desde sexta-feira (6).

Bolsonaro e apoiadores saíram, por volta das 10h, da Via Expressa Sul, próximo ao Túnel Antonieta de Barros, em direção ao centro da capital catarinense e cheguem às praias do norte da ilha. O passeio termina na Beira-mar Continental de Florianópolis, onde Bolsonaro deve conversar com os apoiadores.

Antes da motociata, Bolsonaro tomou café da manhã no 62° Batalhão de Infantaria, em Joinville, com militares e aliados, como o senador Jorginho Mello (PL-SC), o deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC), o pastar Silas Malafaia e o ex-senador Magno Malta (PL-SC).

O presidente compartilhou um vídeo, no Facebook, da concentração publicado pelo empresário Luciano Hang. Veja abaixo:

Metrópoles

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Esses que vão prestigiar seu mito serão fortes candidatos a terem o Ricardão frequentando sua casa. Enquanto vc grita mito, alguém mete!

    1. O choro é livre papangu. Manda o Ladrão com im Jumento de dois pés como você ir as ruas vê se sobra ovos na cara de vocês.kkkkk

  2. O Molusco velho de 19 tentáculos deve estar nas profundezas das falcatruas, ninguém ver o miserável sair. Falem aí o puxa sacos, onde o cachaceiro estar…

    1. Lula tem que ficar seguro em casa. Nem entrevista deveria dar, só chamar bons técnicos, especialistas e autoridades em várias áreas pra fazer um Plano pra retirar o Brasil dessa situação, desse buraco bolsonarista. A cadeira está reservada para LULA em 2022, então é esperar
      quietinho, que no Voto o povo resolve. NA URNA ELETRÔNICA.kkkkkkkkk
      #aceitaquedoimenos
      Nos aceitamos o acidente que levou esse maluco à presidência em 2018, e já tá terminando Graças a Deus. Lula é Líder em tudo. Cabô gado, VAPO!

  3. Cadê o ladrão que tem quase 70% no segundo turno segundo o data fôia.
    Esse data fôia vai pegar no futuro muito próximo a mesma posição do ibope.
    Ou seja vai quebrar, porque trincado já está.
    Eleições limpas já!

    1. Sua obsessão por chifres, demonstra que aquilo que vc tem Kkkķ. Cuidado troque o óculos, realmente você não tá vendo ninguém.

    2. Tu é doente, vá se tratar, um psiquiatra talvez resolva o seu problema, já se for falta de carguinho, vai ter que esperar até 2026, quem sabe apareça.

    3. Ô Zé Vaz Tomaz no Frinfa deixe de ser babaca seu otário e é melhor JAIR se acostumando que ele só sai em 2026

    4. Pense num mal amado e esquizo, esse José Tomaz deve viver babando e cheirando os p……… do presidente, será que tá fazendo mal a saúde dele, vá viver com sua turma colorido, no beco da lama tem gente boa, papo bom, reto, montar estratégia, agora cuidado para não se empolgar e condicionar, aquele povo lá só entende muito de cachaça e baseado.

  4. Queria ver o larápio de nove dedos testando sua popularidade…. Imagina? Luladrão com Fátima Grelo Duro numa motociata? Era de arrepiar o…

    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk esgotariam os estoques de ovos da ceasa em segundos….

    2. Deixa de ser imbecil. Quando se estar no poder isso acontece. Quero ver em janeiro de 2023, pra ver se vai ter ao menos 50 pessoas com esse cagão e peidão kkkm

    3. Queria ver o presidente trabalhar e governar o país.
      Como querer ser o diferencial se quer se comparar com lula, outra bosta.

É OURO: Brasil vence a Espanha na prorrogação e conquista o bicampeonato olímpico no futebol masculino

 Sábado, 07 de Agosto de 2021

Foto: Francois Nel/Getty Images

O Brasil conquistou o bicampeonato olímpico ao vencer a Espanha por 2 a 1. O gol que valeu a medalha de ouro foi marcado por Malcom, já no segundo tempo da prorrogação, após um empate em 1 a 1 no tempo normal.

O jogo

Aos 37 minutos do primeiro tempo o Brasil teve a chance de abrir o placar. O goleiro espanhol Unai Simón cometeu pênalti sobre Matheus Cunha. A penalidade foi confirmada pelo VAR. Na cobrança, Richarlison chutou para fora.

Mas já nos acréscimos da primeira etapa, Daniel Alves acreditou e foi buscar na linha de fundo uma bola quase perdida. O cruzamento encontrou Matheus Cunha no meio de três espanhóis. Ele conseguiu o domínio e finalizou no canto esquerdo do goleiro, fazendo 1 a 0 para o Brasil.

Foto: THOMAS PETER / REUTERS

No começo do segundo tempo, mais uma chance para Richarlison que recebeu de Matheus Cunha, driblou um zagueiro mas o chute foi no travessão. Seria o segundo gol brasileiro.

A Espanha pressionava e conseguiu o empate com Oyarzabal aos 14 minutos do 2º tempo, aproveitando um cruzamento vindo da direita.

Após o empate foi a vez da Seleção Brasileira pressionar, a Espanha ainda acertou duas bolas no travessão, mas o jogo no tempo normal terminou empatado.

Prorrogação

A partida seguiu tensa durante o tempo extra, mas sem grandes chances criadas pelas duas seleções, com o Brasil pressionando um pouco mais.

No início do segundo tempo da prorrogação Malcom arrancou pela esquerda e bateu cruzando marcando o segundo gol brasileiro, que garantiu a medalha de ouro e o bicampeonato olímpico.

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Seleção Brasileira não precisa do Neymar.
    O Mito não criou o vírus, os comunistas criaram.
    O PT roubou o Brasil da capa al fini.

  2. Até nisso, o governo do Presidente Jair Bolsonaro tem dado sorte, aos atletas olímpicos.
    Vamos bater recordes de medalhas. Chupa PeTezada imunda, chupa Jumentos kkkk

    1. Rapaz acho que vc é doido ou se a copa América que esse genocida se meteu o Brasil perdeu feio e nossa maior rival foi campeão e nessa olimpíada só esse miliciano fica de boca fechada que aliás ele de boca fechada terminará o mandato seria um ótimo governador da militância do RJ

    2. parabéns a globo pela cobertura, ta dando tudo certo, mas do que o esperado

PODE COMEMORAR: Nordeste é a região do Brasil que mais produziu medalhas de ouro nos Jogos Olímpicos

 Sábado, 07 de Agosto de 2021

Foto: montagem/reprodução

Das sete medalhas de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, quatro foram conquistados por pessoas nascidas na região, são elas:

Ítalo Ferreira, surfe (Rio Grande do Norte)

Ana Marcela Cunha, maratona aquática (Bahia)

Isaquias Queiroz, canoagem (Bahia)

Hebert Conceição, boxe (Bahia)

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. Até nas eleições pra presidente e governo o Nordeste acerta! Só orgulho do povo nordestino. Cabra de honra!

  2. Pena que os governadores do Nordeste, não dão valor ao esporte. O único esporte que eles gostam é do Saque aos cofres públicos. Kkkk

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055