martins em pauta

sábado, 13 de junho de 2020

Enfrentando um câncer, Bruno Covas é diagnosticado com coronavírus

Sábado, 13 de Junho de 2020

Foto: ROBERTO COSTA/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas, foi diagnosticado com coronavírus neste sábado (13). Segundo a Prefeitura, o teste positivo veio depois de exame de rotina.

Ele passa bem, não apresenta sintomas e recebeu recomendação de seu médico, Dr. Davi Uip, para permanecer trabalhando em casa e em observação pelos próximos dias.

Em maio, o prefeito foi internado no Hospital Sírio-Libanês após sintomas de desconforto abdominal.

“Os exames evidenciaram quadro de colite autolimitada (inflamação do intestino com melhora espontânea)”.

Covas faz tratamento contra um câncer diagnosticado, inicialmente, na cárdia, transição entre estômago e esôfago. Ele continua fazendo imunoterapia contra câncer linfonodos.

O prefeito Bruno Covas vem sendo acompanhado pelas equipes médicas coordenadas pelo Prof. Dr. David Uip, pelo Prof. Dr. Roberto Kalil Filho, Dr. Artur Katz e Dr. Tulio Eduardo Flesch Pfiffer.

Descoberta do Câncer

O prefeito foi internado pela primeira vez no dia 23 de outubro, quando chegou ao hospital com erisipela (infecção na perna), que evoluiu para trombose venosa profunda (coágulos) na perna direita. Os coágulos subiram para o pulmão, causando o que é chamado de embolia.

Durante os exames para localizar os coágulos, médicos detectaram um câncer na cárdia, região entre o esôfago e o estômago, com metástase no fígado.

Covas passou por oito sessões de quimioterapia mas, segundo a equipe médica, não foram suficientes para vencer o câncer.

No último boletim médico divulgado em 28 de abril, a equipe do Sírio Libanês afirmou que Bruno Covas continua com câncer nos linfonodos, sendo necessário que ele continue com o tratamento de imunoterapia.

Na ocasião, o prefeito foi submetido a exames de controle, entre eles a ressonância magnética, “que demonstraram que o tratamento está sendo eficaz no combate ao câncer que persiste nos linfonodos”.

“Diante desse resultado, a equipe médica decidiu que o prefeito seguirá realizando aplicações endovenosas de imunoterapia a cada três semanas”, informou a nota assinada pelos médicos em 28 de abril.

G1 Fonte: Blog do BG

Caixa divulga calendário para recém-aprovados do auxílio

Sábado,13 de Junho de 2020

Nova leva de beneficiários começa a receber o valor a partir do dia 16 de junho.


A Caixa Econômica Federal divulgou neste sábado (13), como serão feitos os saques do auxílio emergencial para os 4,9 milhões de novos beneficiários aprovados na remessa mais recente para recebimento do valor de R$ 600. Segundo o banco estatal, o total de repasses será de R$ 3,2 bilhões.

Para os beneficiários com a poupança social digital da Caixa, o crédito será feito no dia 16 de junho, no caso dos nascidos entre janeiro e junho, e no dia 17 para as pessoas com a data de nascimento entre julho e dezembro.

Caso os beneficiários do programa queiram sacar o valor, o banco divulgou um calendário escalonado que começa no dia 6 de julho e vai até o dia 18 do mesmo mês. Nas datas, o valor será automaticamente repassado para a conta indicada pelo usuário.

Quaisquer dúvidas sobre o programa, ou a situação do benefício, podem ser consultadas pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site da caixa. Confira abaixo as datas para saque da primeira parcela do valor para os recém-aprovados.

Data para saque do auxílio emergencial para recém-aprovados nascidos em:

Janeiro: 6 de julho
Fevereiro: 7 de julho
Março: 8 de julho
Abril: 9 de julho
Maio: 10 de julho
Junho: 11 de julho
Julho: 13 de julho
Agosto: 14 de julho
Setembro: 15 de julho
Outubro: 16 de julho
Novembro: 17 de julho
Dezembro: 18 de julho


(Pleno News)

Decisão do STF sobre Forças Armadas recebe dura resposta do General Girão

Sábado, 12 de Junho de 2020



O bate-boca prossegue.

Não cessou com a decisão do ministro Luiz Fux.

E veio de um parlamentar-general.

O deputado General Girão Monteiro.

Eis o que declarou o general:
"1.O ministro Fux e sua vasta assessoria deveriam se ocupar de algo mais útil para a Nação do que atender a propostas descaradamente ridículas de partidos de esquerda, nesse caso o PDT, que só trabalham para transformar o Brasil, em uma nova grande Cuba ou na nova Venezuela.
2.Qualquer cidadão de bem sabe que as Forças Armadas só irão quebrar a normalidade democrática em último caso. E não será essa ou qualquer outra esdrúxula interpretação de um ministro sem voto que irão impedir ou motivar uma eventual intervenção. Querem limitar os poderes do PR.
3. O PR é o Cmt Supremo das FFAA (inciso XII,art.84/CF). A forma como imagina o ministro Fux, configura interferência indevida na independência entre os Poderes. Qualquer interpretação nesse sentido é incabível.
A própria decisão, em caráter monocrático, e liminar, é agressão.
4.O emprego das FFAA pode ser realizado para “prestar-se ao excepcional enfrentamento de grave e concreta violação à SegPub interna”. Vale dizer que é bom que o STF não promova, como alguns ministros vêm insistido, nenhuma “grave e concreta violação à segurança pública interna”."
Confira:
da Redação / Jornal da Cidade Online

Estudo indica que “gotinha”, da vacina contra a pólio, pode ser eficaz contra coronavírus

Sábado, 13 de Junho de 2020

Foto: reprodução

Em um estudo sobre o novo coronavírus, pesquisadores do Instituto de Virologia Humana da Universidade de Maryland (Estados Unidos) indicam a possibilidade de a vacina oral contra a poliomielite, conhecida popularmente como “gotinha”, pode oferecer uma proteção temporária contra a covid-19. O efeito seria um dos não específicos da vacina.

O estudo foi publicado na revista científica Science, nesta sexta-feira (12), e traz evidências de que a gotinha e a vacina para a tuberculose, conhecida como BCG, podem dar ao organismo humano proteções contra infecções, sendo as respiratórias uma delas – como é o caso da covid-19.

A primeira evidência encontrada por pesquisadores que ligou a vacina BCG ao novo coronavírus foi que os países que ofereceram amplamente a vacina a população e fizeram campanhas de estímulo à imunização contra a tuberculose tiveram taxas menores de infecção da covid-19.

A semelhança apontada por pesquisadores entre o novo coronavírus e o poliovírus está no fato de que ambos microrganismos possuem uma cadeia positiva de RNA (material genético usado para sua replicação em células humanas). Por conta disso, os cientistas escrevem no estudo que os dois vírus possam ser afetados pelo mecanismo das vacinas já existentes.

Se as vacinas já existentes, que podem ser produzidas em massa, se provarem definitivamente efetivas contra o novo coronavírus em futuros estudos, a pandemia pode estar com os dias contados. Até lá, a principal esperança da comunidade científica está em vacinas que estão na fase três de testes, como a Coronavac, que será testada no Brasil, e as vacinas da farmacêutica Moderna e da Universidade de Oxford.

Exame

Planalto vê falha do Congresso na devolução de MP que permitia nomeação de reitores temporários, mas decisão política prevaleceu

Sábado, 13 de Junho de 2020


Texto foi assinado pelo ministro Jorge Oliveira | Foto: Alan Santos/PR

A equipe jurídica do Palácio do Planalto considerou inconstitucional a devolução, por parte do Congresso Nacional, da MP (medida provisória) que permitia ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, escolher reitores temporários para instituições federais de ensino durante a pandemia do novo coronavírus.

O documento, assinado na sexta-feira (12) pelo ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, diz que “esse ato de devolução […] não encontra qualquer respaldo constitucional expresso, no entanto, cumpre ressaltar, não ser inédito em sua forma, pois há outros três precedentes”.

Oliveira argumenta ainda que a decisão monocrática do presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, de devolver a MP “concentra na pessoa do Chefe do Poder Legislativo prerrogativa literalmente conferida aos parlamentares.”

Apesar da MP estar tecnicamente correta, prevaleceu a decisão política, devido à forma como ela foi interpretada. Se a MP fosse realmente inconstitucional, não precisaria ser revogada — ontem, o presidente Jair Bolsonaro revogou a medida.

Para Oliveira, “o real alcance da Medida Provisória, respeitosamente, não foi compreendido e, por isso, culminou em sua devolução pelo Presidente do Congresso Nacional”.

No Twitter, Alcolumbre disse que assinou a devolução da medida “por violação aos princípios constitucionais da autonomia e da gestão democrática das universidades”.

De acordo com o parlamentar, que é presidente do Congresso Nacional, “o Parlamento permanece vigilante na defesa das instituições e no avanço da ciência”.

A medida poderia afetar 16 universidades federais, o que representa 25% do total de instituições, cujos mandatos dos reitores acabam até o fim do ano. Entre elas, estão a UNB (Universidade de Brasília), a UFRGS (Federal do Rio Grande do Sul), de São Carlos (UFSCAR) e do Paraná (UFPR).

R7

TIROS: Homem morre e outras três pessoas são baleadas em aniversário na Lagoa do Bonfim

Sábado, 13 de Junho de 2020

Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

Um homem morreu e outras três pessoas foram baleadas durante um churrasco às margens da Lagoa do Bonfim, no município de Nísia Floresta, Região Metropolitana de Natal. As quatro vítimas dos disparos faziam parte de um grupo que estava na comemoração, que ocorreu na noite de sexta-feira (12).

O grupo estava no local desde a quarta-feira (10). As pessoas comemoravam o aniversário de um deles. Segundo a Polícia Militar, por volta das 20h da sexta, o grupo foi cercado por homens fortemente armados, que saíram de uma mata e abriram fogo. Duas mulheres e dois homens foram atingidos.

Wendell Anderson, de 31 anos, trabalhava como autônomo do ramo de assistência de celulares e morreu no local. As outras pessoas foram socorridas ao hospital. Os atiradores usaram revólveres, pistolas e espingardas calibre 12. Eles ainda metralharam um veículo que estava estacionado próximo à lagoa.

As outras vítimas foram encaminhadas com ferimentos nas pernas ao Hospital Deoclécio Marques em Parnamirim. Os atiradores fugiram do local em seguida. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da Polícia Civil.

G1-RN

PF encontra documento que indica contrato de Helena Witzel com empresa de ex-subsecretário do RJ

Sábado, 13 de Junho de 2020

Foto: reprodução

A Polícia Federal encontrou no apartamento de Lucas Tristão, ex-secretário de Wilson Witzel, uma minuta da rescisão de um suposto contrato firmado entre o escritório de advocacia da primeira-dama Helena Witzel com a Quali Clínica Gestão e Serviço em Saúde, informa a Crusoé.

A empresa tem como sócio João Marcos Borges Mattos, ex-subsecretário de Educação na gestão Witzel.

O documento foi anexado ao inquérito aberto pela PGR para investigar Witzel e sua mulher por suposta participação no esquema de desvio de recursos em contratos emergenciais durante a pandemia de Covid-19.

Os contratos são citados pela PF e pelo Ministério Público Federal nos pedidos da Operação Favorito, que investiga os desvios na Saúde do Rio.

O ex-subsecretário de Educação João Mattos, dono da Quali Clínica, foi exonerado após a deflagração da Operação Favorito. Ele é réu por improbidade em uma ação relacionada a sua atuação como presidente da Fundação Hospitalar da cidade de Resende e chegou a ter bens bloqueados pela Justiça.

O Antagonista

RN registra 13.789 casos de coronavírus, mais de 22 mil suspeitos, 23.293 descartados, 1.993 curados e 533 mortes; 24 óbitos a mais que o boletim anterior

Sábado, 13 de Junho de 2020



Imagem: reprodução: covid19.saude.rn.gov.br

A Secretaria de Estado e Saúde Pública-Sesap atualizou os números do coronavírus no Rio Grande do Norte neste sábado (13).

Os dados foram disponibilizados no site: https://covid19.saude.rn.gov.br/

O número de casos confirmados chega a 13.789, enquanto eram 13.544 no boletim dessa sexta-feira (12). São 245 casos a mais que o boletim anterior.

O total de vítimas do covid-19 no RN chega a 533 – com 24 óbitos a mais que a atualização do boletim de sexta, dia 12. Dessas 24 óbitos, 9 ocorreram de fato nas últimas 24h, os demais eram óbitos que estavam sob investigação cujas causas foram confirmadas através dos resultados dos exames.

Os casos suspeitos chegam a 22.613. Descartados somam 23.293. Recuperados são 1.993.

Fonte: Blog do BG

BOA NOTÍCIA: Padre Raimundo Lopes recebe alta após tratamento contra o coronavírus

Sábado, 13 de Junho de 2020

Foto: reprodução/Instagram

O Padre Raimundo Lopes, MSF, Vigário Paroquial da Paróquia de São Pedro Apóstolo, recebeu alta no início da tarde deste sábado (13) após duas semanas de internação para tratamento contra a Covid-19. O sacerdote seguirá em tratamento em sua residência seguindo todas orientações médicas.

A Arquidiocese, em portagem no Instagram, agradeceu as orações de todos e pediu para que continuem rezando por ele e por todas as outras pessoas que estão enfrentando esta batalha contra o Covid-19.

Mais importante do que discutir isolamento é a necessidade de triagem, diz Pazuello

Sábado, 13 de Junho de 2020


Foto: reprodução/CNN Brasil

O general Eduardo Pazuello, ministro interino da Saúde, defendeu neste sábado a triagem da população como alternativa ao isolamento social para conter a pandemia.

“O que é mais importante do que discutir o grau do isolamento e se vai haver isolamento ou não é a necessidade de triagem”, disse neste sábado em entrevista à CNN Brasil.

“Se na triagem for detectado que ele está com risco de Covid, tem que ir para um médico. Tem que ter triagem no mercado, no hospital, etc, para aferir temperatura, oxigenação, tirar a pressão, ver se tem ou não característica que ele deve ir ao médico.”

O Antagonista

Sempre identifica 82 crianças em condição de trabalho infantil durante pandemia

Sábado, 13 de Junho de 2020

Foto: Divulgação


A Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Sempre) identificou, no período de 14 de março a 05 de junho, 116 situações de crianças e 52 adolescentes, vivenciando algum tipo de violação de direito, e 82 em condição de trabalho infantil. Os dados são do Serviço Especializado em Abordagem Social (SEAS), que realiza abordagens diariamente, também, no período da pandemia do coronavírus. Os casos foram encaminhados para os CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) e Conselhos Tutelares. 

A secretária da Sempre, Juliana Portela, destacou a importância do trabalho, sobretudo nesse período. “Nós trabalhamos com ações de conscientização, através das equipes do serviço especializado de abordagem, a fim de evitar todo e qualquer tipo de violação de direitos, em especial o trabalho infantil e violência sexual contra crianças e adolescentes. A garantia dos diretos das nossas crianças é fundamental no trabalho desenvolvido pela Sempre”, afirmou. 

A Sempre realiza o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), com abordagem social, oficinas, palestras, audiências públicas, mapeamento e identificação do público, com a finalidade de identificar as diversas violações de direitos. “Com isso, a pasta fortalece a rede de proteção social voltada ao público infantil, com atividades socioeducativas, Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, atendimentos na rede socioassistencial e alinhamento com órgãos fiscalizadores com intuito de coibir a prática do trabalho infantil”, pontuou Adriana Vieira, técnica de referência do PETI. 

Nesta sexta-feira (12), Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, a Sempre promoveu uma live, com a temática “trabalho infantil e assistência social”, no instagram @sempresalvador , além da divulgação de um vídeo abordando o tema e ação, em conjunto com a Secretaria de Educação Municipal, com distribuição de material educativo, 10 razões para não ocorrer o trabalho infantil e a entrega de cestas básicas para os educandos. O número para denunciar é o Disque 100.

Partidos do Centrão receberão R$ 675 milhões do Fundo Eleitoral

Sábado, 13 de Junho de 2020


O Centrão, grupo informal composto por pelo menos oito partidos, receberá R$ 675.280.326,44 milhões do Fundo Eleitoral para custear as campanhas de candidatos a prefeitos e vereadores este ano.

Formado informalmente por PL, PP, PSD, Republicanos, PTB, Pros, Avante e Solidariedade, o Centrão concentra cerca de 202 deputados federais e 25 senadores. O DEM e MDB resistem em ser denominados ao bloco.

De acordo com a divisão anunciada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o PT terá à sua disposição R$ 200,9, milhões, enquanto o PSL ficará com R$ 193,7 milhões. O Novo, responsável por R$ 36,6 milhões, decidiu renunciar às verbas. Dessa forma, os recursos deverão voltar ao Tesouro no momento da apresentação da prestação de contas.

Centrão:

PL: R$ 123.291.771,52 / 43 deputados federais / 2 senadores
PP: R$ 140.245.548,54 / 41 deputados federais / 6 senadores
Republicanos: R$ 104.420.877,14 / 34 deputados federais / 2 senadores
PSD: R$ 157.180.452,52 / 38 deputados federais / 12 senadores
Solidariedade: R$ 42.226.143,46 / 15 deputados federais / 0 senadores
PTB: R$ 35.104.450,75 / 12 deputados federais / 0 senadores
Pros: R$ 44.662.782,92 / 11 deputados federais / 3 senadores
Avante: R$ 28.147.299,59 / 8 deputados federais / 0 senadores

Fonte: Blog do BG

Em raro momento de descontração com a imprensa, fica claro porque Bolsonaro incomoda tanto (veja o vídeo)

Sábado, 13 de Junho de 2020


Jair Bolsonaro

Assim que os dados pessoais do presidente Jair Bolsonaro foram vasados por um grupo denominado Anonymus, numa entrevista na frente do Palácio da Alvorada, o assunto foi ventilado.

A tranquilidade de Bolsonaro para falar sobre o assunto é irritante para aqueles que o detestam, notadamente a ‘mídia do ódio’.

Totalmente despreocupado. Sem nada a esconder.

O presidente é sempre a mesma pessoa. Uma pessoa do bem. Um homem honrado.

Veja o vídeo:
da Redação / Jornal da Cidade Online

A importância de Bolsonaro para reformular os diretores da consciência

Sábado, 13 de Junho de 2020

Jair Bolsonaro

Bolsonaro é a antítese do politicamente correto que fomos convencionados a aceitar como linguagem única. Em tese, ele seria um cavalo paraguaio na disputa presidencial, por defender pautas divergentes da agenda proposta pelo oligopólio da elite de pensamento do país, enviesado pelo marxismo cultural. Contudo, ele ganhou a eleição e, efetivamente, é a síntese do que o Brasil precisa. E por quê?

Seria pelo combate a maior epidemia do país, que é a corrupção, ou pelo liberalismo na economia em um cenário de três anos de recessão? Todos esses aspectos têm valor, mas o presidente é imprescindível por ser uma tentativa factível de reformular os atuais diretores da nossa consciência.

Nos últimos 40 anos, o País passa por uma enorme engenharia social, com transformações nos costumes, valores, tradições, pensamentos e instituições. Tudo isso está associado à mudança dos diretores da consciência, que são os atores sociais que têm um peso avassalador na formação da nossa opinião e do contato que temos com a realidade.

A família, a Igreja (valores morais judaico-cristãos), os veículos de comunicação de massa, a educação formal e os instrumentos culturais (literatura, filmes, novelas) são os principais motores da nossa consciência e moldam facilmente o nosso pensar e agir.

A família e o cristianismo deixaram de ser os protagonistas neste cenário e estão no paredão, sangrando como um animal abatido. São atacados deliberadamente pelos outros atores, que por serem reféns de interesses econômicos e ideológicos, são os mais vulneráveis à desonestidade intelectual e os menos interessados na formação responsável.

O governo Bolsonaro é importante porque busca reformular esses diretores de consciência que atualmente falseiam a realidade, panfletando ideologias "bonitinhas", mas canalhas, entupidas de interesses e vazias de responsabilidade.

Quebrar esse paradigma é um trabalho homérico. Por mais que se mude a concepção de Estado, as décadas de influências do itinerário marxista na educação, mídia e cultura formaram camadas profundas na nossa sociedade e refletem, muitas vezes inconscientemente, nos posicionamentos de pessoas que têm razoável conhecimento, bagagem cultural e referência histórica.

Educação que se ancora na doutrinação

A educação se tornou um porta voz por excelência da esquerda. O ensino virou um ato político, onde professores, voluntariamente ou sem perceber, militam por um pensamento único de esquerda e formam alunos para serem cães adestrados e, assim, repercutirem nas suas realidades essas convicções.

Essa esquerda não é necessariamente a de partido políticos, mas a de valores e pensamentos que têm a base filosófica em Engels e Marx, traduzida por Antônio Gramsci e Herbert Marcuse. Nesse contexto, a revolução retira o olhar da luta de classes para colocá-lo na cultura, na educação, na mídia. Logo, todos nós temos, em menor ou maior grau, influências desse modelo de esquerda.

Portanto, absorver conhecimento nas escolas e universidades é algo coadjuvante. Estes espaços priorizam sutil e sistematicamente a erotização nas suas várias formas, a militância política, a liberdade sem responsabilidade, o culto à antivirtude, o repúdio à cristandade, a crítica cega e mal fundamentada e o aprendizado técnico. Esta última característica é a parte essencialmente do conhecimento, e mesmo nela é visível uma condecoração, com raras exceções, aos aspectos pragmáticos e não a uma conduta de verdadeira reflexão.

Atualmente fazemos operários, formamos profissionais e ideólogos, não seres que conseguem fazer abstrações complexas ou mesmo interpretar textos simples. O Brasil é o penúltimo país no ranking do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa) e a universidade melhor colocada na lista da revista britânica Times Higher Education (THE) não está entre as 250 melhores. Esses dados são reflexos de uma educação que esqueceu de ensinar e se ancora na doutrinação.

A mídia e as manifestações culturais também são alimentadas pelo imaginário torto da esquerda e são importantes maestros desta orquestra deslocada do real e aficionadas por narrativas esquizofrênicas. Fazem apologia ao politicamente correto, que sufoca a lucidez de pensamento; dos direitos humanos que prioriza o marginal; da destruição de valores conservadores, que é majoritário no Brasil; e da defesa dos direitos às minorias, mas omitindo seus deveres e apenas usando-os como disfarces para fins diversos e perversos.

Defesa dos valores cristãos

Oposto a isso, o atual governo enaltece a importância da família e dos valores cristãos, que foram decisivos na construção das estruturas sociais e de valores morais que formaram a civilização ocidental. Sem esses dois elementos, fortes e vigorosos, o mundo tal como conhecemos não estaria de pé. Eles são os atores mais legítimos, confiáveis, apesar de não estarem imunes a desvios e excessos.

Dessa forma, o voto em Jair possibilitou um tentativa de reformular essa engenharia social maldosa, que estava literalmente nos engolindo. Esse é o único caminho para sairmos desse deserto político, moral e intelectual em que vivemos. Mas não nos enganemos, décadas serão necessárias para equilibrar as correntes conservadoras e progressistas no Brasil, por isso a atenção deve ser dada menos às notícias do dia e mais ao projeto de País.

Thiago Lagares

Jornalista

Fonte: Jornal da Cidade Online

Vereadora de Fortaleza reforça pedido de CPI contra Roberto Cláudio no caso dos respiradores

Sábado, 13 de Junho de 2020


Para a parlamentar, Priscila Costa (PSC), “o episódio foi um rombo de quase R$ 17 milhões no bolso do contribuinte fortalezense”. De acordo com a vereadora, a Justiça encontrou menos de R$ 100,00 reais nas contas da BuyerBR empresa contratada.

A vereadora de Fortaleza da oposição, Priscila Costa (PSC), denunciou uma fraude na empresa contratada para a compra de respiradores pela prefeitura de Fortaleza e aproveitou para reforçar o pedido de abertura de CPI contra o prefeito Roberto Cláudio (PDT).

De acordo com a denúncia da vereadora, a Justiça encontrou menos de R$ 100,00 reais nas contas da BuyerBR empresa contratada pelo prefeito Roberto Cláudio, após bloqueio, para realizar a compra de respiradores que seriam utilizados em leitos de UTI da capital.

Para a parlamentar, “o episódio foi um rombo de quase R$ 17 milhões no bolso do contribuinte fortalezense”. Após a Polícia Federal deflagrar a Operação Dispneia, contra a prefeitura da capital e a empresa BuyerBR, a Justiça estadual havia emitido uma decisão determinando o bloqueio de R$ 11,7 milhões das contas bancárias da empresa requerida, por ela não ter entregue 50 ventiladores mecânicos correspondentes ao contrato do Instituto Doutor José Frota (IJF).

Após o bloqueio, investigadores não encontraram o dinheiro da compra, para só então ressarcir os cofres públicos.


Fonte: Revista Ceará

CNJ diz que 32,5 mil presos foram soltos durante pandemia de Covid-19

Sábado, 13 de Junho de 2020


Segundo o Conselho Nacional de Justiça, 32,5 mil presos foram soltos nos últimos três meses por causa da pandemia de Covid-19.

O número representa 4,78% do total de detentos do país, conforme dados divulgados hoje pelo Conselho.

Os números foram atualizados depois de o CNJ dizer ao deputado Léo Moraes, líder do Podemos na Câmara, não saber quantas pessoas tinham sido soltas desde o início da pandemia.

A liberação dos presos se baseia numa resolução do Conselho Nacional de Justiça que autoriza os juízes a relaxar o regime prisional com base em dados de contaminação na pandemia.

O CNJ aprovou nesta sexta-feira (12) a renovação desta recomendação, que traz orientações ao Judiciário para evitar contaminações em massa da Covid-19 no sistema prisional e socioeducativo. O prazo foi ampliado para mais 90 dias.

O Antagonista

CGU e TCE irão cobrar devolução do auxílio emergencial recebido por 284 servidores públicos de Santa Quitéria

Sábado, 13 de Junho de 2020


Investigação da Controladoria Geral da União (CGU), em parceria com o Tribunal de Contas do Estado (TCE), identificou que entre os que receberam indevidamente o auxílio emergencial no Ceará estão muitos servidores e empregados públicos. De diversas funções e categorias no Estado e nas cidades cearenses. Muita gente que, pela regra, não poderia alcançar o benefício por estar em emprego formal ativo.

Foram descobertos 284 servidores públicos de Santa Quitéria, que podem já ter embolsado pelo menos a primeira das três parcelas de R$ 600. Em 181 municípios, são 24.232 pessoas. Alguns servidores podem até já ter realizado o saque da segunda parcela. A análise abrangeu servidores da ativa, inativos e pensionistas estaduais e municipais.

Nem todos estariam citados com o crivo de má-fé. A Controladoria e o Tribunal de Contas admitem que possam constar na lista agentes públicos inseridos no Cadastro Único que descreve os assistidos em programas sociais. Beneficiários do Bolsa Família e nomes no Cadúnico tiveram o auxílio emergencial gerado automaticamente. Por isso o que foi apurado ainda está sendo tratado como “possível irregularidade”. Servidor que aparece com o nome no ExtraCad caracteriza que houve o pedido de fato, com provável intenção de fraude, por conta do preenchimento de dados no site da Caixa Econômica. Ainda assim, será avaliado se o CPF foi utilizado por terceiro.

Para desenhar o tamanho da irregularidade, CGU e TCE recorreram a base de dados da Receita Federal, da Caixa Econômica, do Estado e dos municípios. Cruzaram a relação de CPFs inserida no cadastramento do auxílio emergencial com as folhas de pagamentos das administrações do Estado e das prefeituras cearenses.

O dinheiro do auxílio que saiu para quem não deveria ter recebido será cobrado de volta. Dois documentos expedidos vão orientar Estado e Prefeituras na condução do ressarcimento individual aos cofres da União. Também indicam aos servidores como fazer diretamente a restituição ao erário.

A legislação prevê que mentir em informações cadastrais para receber dinheiro configura estelionato e falsidade ideológica. Com pena prevista de 1 a 5 anos de reclusão. Quando o crime envolve dinheiro público, a pena é aumentada e pode chegar a 6 anos e 8 meses. Receber o valor a que não tem direito, mesmo que não tenha feito a solicitação do benefício, pode enquadrar a pessoa denunciada no crime de apropriação indébita caso a quantia não seja devolvida. A previsão de pena vai de um mês a um ano de prisão. Como são três parcelas, se não houver a restituição do dinheiro público, o crime é considerado em andamento e o acusado pode ser autuado em flagrante.

Como devolver, em caso de irregularidade

Os servidores que receberam o benefício indevidamente podem fazer a devolução dos valores pelo canal virtual do Ministério da Cidadania: https://devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br/devolucao

Como denunciar uso do CPF por terceiros

Se um servidor suspeitar que seu CPF e outros dados pessoais tenham sido utilizados por terceiros para obter o auxílio emergencial, uma denúncia deverá ser feita através da Plataforma Integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação - Fala.BR, no endereço eletrônico https://sistema.ouvidorias.gov.br/


Fonte: Sobral 24 Horas

Diretor de hospital diz que 40% das mortes por covid-19 têm outras causas

Sábado, 13 de Junho de 2020

“Ele vem com suspeita de covid, então entra na estatística”, disse médico sobre mortes em hospital na Bahia.


O infectologista Roberto Badaró, diretor do maior centro de referência em tratamento de coronavírus na Bahia, afirmou, na última quinta-feira (10), que 40% dos óbitos registrados no Hospital Espanhol como Covid-19 são decorrentes de outras enfermidades.

Durante entrevista à Rádio Metrópole FM, Badaró declarou:

“Eu vou dar um exemplo simples: no Hospital Espanhol, 40% dos pacientes que eu recebo não têm covid. E morrem. E no atestado de óbito tá lá: covid. Porque tem três campos no atestado de óbito. Ele vem com suspeita de covid, então entra na estatística. É preciso que se veja isso com bastante critério.”

Após a repercussão da declaração de Badaró, a Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) publicou nota oficial, nesta quinta-feira (11), onde o médico volta atrás.

Badaró disse que a afirmação feita na rádio não corresponde à realidade. Confira a íntegra da nota logo abaixo.

"Em relação às notícias que estão sendo veiculadas sobre a classificação equivocada de óbitos por coronavírus (Covid-19), venho a público dizer que a forma como expressei-me não reflete corretamente o que acontece no Hospital Espanhol, do qual sou Diretor Médico, nem faz justiça ao trabalho primoroso que vem sendo realizado pelo Governo do Estado e Prefeituras no enfrentamento da pandemia.

Não é correto afirmar que óbitos são lançados indevidamente como Covid-19. Em verdade, todos os óbitos ocorridos no Hospital Espanhol são avalizados pela coordenação médica. Se o óbito ocorre é obrigação da unidade hospitalar que emite a Declaração de Óbito (DO), colocar a causa corrigida e não continuar com a suspeita diagnóstica da chegada. Na eventualidade de um óbito ocorrer antes do resultado laboratorial, a DO sairá como “suspeita de Covid-19” e pode ser corrigida postmortem pela autoridade sanitária estadual. Neste cenário, cabe registrar que a Vigilância
Epidemiológica, de modo assertivo, só contabiliza as declarações de óbito classificadas como casos suspeitos de coronavírus após investigação e/ou resultado laboratorial confirmatório.

É preciso compreender que, numa situação de epidemia, o diagnóstico clínico é importante para não deixar casos graves de fora. Não fosse assim, centenas de pessoas permaneceriam nas UPAs por vários dias, em condições inadequadas de tratamento.

Dessa forma, nem todos os pacientes internados nos hospitais terão o resultado do RTPCR confirmado antes da admissão. Assim sendo, uma parcela dos pacientes internados permanecerá sem confirmação diagnóstica até o recebimento do resultado do Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen-BA). Cabe ao hospital de referência, que recebe os pacientes suspeitos, investigar para tratar e encaminhar adequadamente o caso. Por fim, todos os pacientes que recebem diagnóstico negativo para coronavírus são contra-referenciados para outras unidades públicas de saúde e serão transferidos.

Quero reiterar o meu respeito pelo trabalho primoroso que vem sendo conduzido pelo Governo do Estado para abrir vagas de UTI em todo o Estado. Igualmente reconheço o esforço dos profissionais da Central de Regulação, que vêm trabalhando junto às UPAs e regulando pacientes para os hospitais em tempo recorde, evitando que ocorram mortes por falta de assistência adequada."


Dr. Roberto José da Silva Badaró
Diretor Médico do Hospital Espanhol

Membro de facção criminosa suspeito de envolvimento nos ataques de 2019 no Ceará é preso em Sergipe

Sábado, 13 de Junho de 2020

Contra o suposto faccionado, havia também um mandado em aberto por homicídio qualificado, informou a Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE).


Um suspeito de integrar a facção criminosa Guardiões do Estado (GDE) foi preso em uma operação realizada nessa quinta-feira (11), no município de Itabaiana, no Estado de Sergipe. Cearense, Francisco Marcileudo Mesquita da Silva, 38, é suspeito de homicídio qualificado e réu na Justiça desde abril deste ano por envolvimento nos ataques contra o Estado do Ceará que aconteceram em setembro de 2019. 

A operação, realizada pelas Polícias Civis do Ceará (PCCE) e de Sergipe, capturou Francisco Marcileudo em uma residência, em Anísio Amâncio de Oliveira, bairro nobre de Itabaiana. Conforme a PCCE, após investigações iniciadas na última terça-feira (9), uma equipe da Delegacia de Combate às Ações Criminosas Organizadas (Draco) viajou até Sergipe e realizou a prisão.

De acordo com a Polícia, Francisco, conhecido como ‘Dão’, usava um outro nome em Sergipe. Os policiais apreenderam documentos falsos no imóvel de luxo em que ele estava. Em seguida, o suposto faccionado foi levado até o Aeroporto Internacional de Santa Maria, do qual foi transportado pela Corporação em um avião até Fortaleza.

Crimes 

Segundo a Polícia, Francisco foi preso por homicídio qualificado e por associação criminosa. O suspeito já foi indiciado anteriormente por lesão corporal, resistência, desacato, porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e tráfico de drogas. ‘Dão’ foi condenado a cumprir pena superior a 24 anos pelo assassinato. 

Além dos diversos crimes, o suposto faccionado é investigado por ser supostamente comparsa do paraibano Ednaldo Braz da Silva, 46, o ‘Siciliano’, suspeito de ser um dos chefes da Guardiões do Estado, que também virou réu no processo da Justiça do Ceará, em abril, e teria ordenado ações criminosas contra o patrimônio público e privado do território cearense enquanto estava em uma prisão no interior pernambucano.

De acordo com o Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), Ednaldo é suspeito de envolvimento no planejamento dos assassinatos dos secretários da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, e da Administração Penitenciária (SAP), Mauro Albuquerque, e de um diretor de um presídio, além do resgate de presos do Centro de Detenção Provisória (CDP), localizado em Itaitinga. 

O Ministério Público informou que Ednaldo tramava os atentados contra o Ceará enquanto estava preso em Limoeiro, em Pernambuco. Conforme a Polícia, ele foi transferido para o Presídio Federal de Segurança Máxima de Mossoró, no Rio Grande do Norte, no dia 27 de setembro de 2019. Ao deixar a chefia, Francisco teria assumido o cargo do comparsa.

Foragido 

Polícia Civil do Ceará mantém as investigações para prender o último membro que sobrou da cadeia hierárquica da GDE, identificado como Francinélio Oliveira e Silva, 46. Contra o suspeito, conhecido como ‘Geléia’, há um mandado de prisão em aberto por roubos e furtos, com pena imposta de 51 anos e 10 meses em regime fechado.

Segundo ainda o Órgão, a população pode ajudar nas investigações da Polícia ao repassar informações sobre o paradeiro de ‘Geléia’, por meio do número 181, o Disque-Denúncia da SSPDS, para o (85) 98969-0182, WhatsApp da Draco. Conforme a Instituição, o sigilo e o anonimato são garantidos.


(Diário do Nordeste)

Preso pela PF por corrupção no Pará dividia casa com Maia, em Brasília

Sábado, 13 de Junho de 2020

Presidente da Câmara indicou André Felipe para o secretariado de Arruda, ex-governador do DF preso por corrupção.

Preso pela Polícia Federal, em Brasília, nestq quarta-feira (20), por envolvimento no esquema de corrupção na venda de respiradores hospitalares ao governo do Pará, André Filipe Oliveira é muito ligado ao presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), com quem chegou a dividir uma mansão no Lago Sul, em Brasília, antes de o parlamentar do Rio de Janeiro ser eleito para o cargo que ocupa hoje.

O Diário do Poder tenta contato, até agora sem êxito, com o deputado ou sua assessoria, para o caso de pretender comentar o assunto.

A dupla é tão ligada que Maia o indicou para o cargo de secretário de Esporte do governo de José Roberto Arruda (DEM), afastado e preso no âmbito da Operação Caixa de Pandora, também da PF, no maior escândalo de corrupção da história do Distrito Federal.

O hoje empresário André Felipe, que representa a empresa SKN do Brasil Importação e Exportação, responsável pela venda dos respiradores ao governo do Pará, é também suplente do senador Izalci Lucas (PSDB-DF).

André Felipe foi preso temporariamente por ordem do juiz federal Rubens Rollo de D’Oliveira, da 3ª Vara Federal do Pará, a pedido do Ministério Público do Estado.

A PF também cumpriu mandado de busca e apreensão em sua residência. Ele é acusado também de vender ao governo de Hélder Barbalho, do Pará, 152 respiradores defeituosos.

A defesa afirmou que o amigo de Rodrigo Maia “já havia prestado esclarecimentos” à Justiça paraense, que chegou a apreender seu celular.

O presidente do DEM-DF, Alberto Fraga, divulgou nota nesta quinta-feira (11) comunicando a decisão de suspender a filiação do amigo de Rodrigo Maia da vice-presidência do partido “até o esclarecimento dos fatos que envolvem seu nome.”


(Diário do Poder)

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055