martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 18 de setembro de 2021

Canal de humor lança novo vídeo satirizando as manifestações do dia 12 e ironiza a velha mídia (veja o vídeo)

Sábado, 18 de Setembro de 2021

Na nova sátira, o ponto principal é a maneira como a 'velha mídia' repercutiu os atos organizados pelo MBL e o Vem Pra Rua.

Apesar da baixíssima adesão popular, diversos canais de comunicação noticiaram positivamente as manifestações. Um verdadeiro malabarismo.

“Então é isso pessoal, domingo, 12 de setembro, está acontecendo a tão esperada manifestação contra o governo de Jair Bolsonaro {...] Levaram uma pauta muito importante para as ruas, que é a ‘terceira via’.

Uma pauta muito mais coerente do que os milhões de antidemocráticos que foram para as ruas no lamentável dia 7 para lutar por bobagem, como liberdade de expressão, ou contra a ditadura de togas escancarada, hoje, no Brasil”, diz o humorista, interpretando um repórter cobrindo as manifestações.

A produção também ironiza a participação de ‘presidenciáveis’, prováveis candidatos ao cargo do presidente Jair Bolsonaro.

O vídeo é hilário!

Confira:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Ator cobra Mario Frias por "verbas", o ataca e leva resposta desmoralizante

 Sábado, 18 de Setembro de 2021


No Twitter, Marone publicou uma crítica a Frias, reclamando da dificuldade que alguns artistas têm enfrentado para obter verbas públicas para dar andamento em seus projetos.

O ator chegou a afirmar que as restrições seriam resultado de um ‘amargor’ do secretário por não ter seguido na carreira artística:

“Isso, deixa um monte de ex-colegas passando fome. Entendo seu amargor por não ter seguido na carreira artística, mas entenda... não fosse seus olhos azuis, jamais teria tido uma oportunidade na TV. Mario Frias, e os 4 milhões na casinha do Renanzinho? Absurdo também? Explica?"

Frias respondeu ao ex-colega, deixando clara a postura do governo em priorizar programas de capacitação profissional em detrimento de financiamento de projetos artísticos pela Lei Rouanet:

“Claro, Morango, vou deixar de criar um curso profissionalizante, para capacitar jovens de baixa renda no mercado de trabalho, aprendendo programação, design gráfico, criação de roteiro, produção musical etc, para dar dinheiro para ex-colega famoso. Vai esperando”, disparou ele.

Confira:

Sofisma estratosférico

Sábado, 18 de Setembro de 2021

Na verdade esse "mostrar" depende de como o documentário será feito e por quem foi feito.

Francamente.

Se a TV Cultura está a noticiar uma produção para falar sobre a importância de Paulo Freire e dizendo que ele está sendo vítima de ataques, já de Pronto revela o odor ideológico fétido de esquerda que exala da obra.

Se este educador merecesse tamanha pompa os jovens do Brasil não seriam tão despreparados para a vida diante uma cultura geral que chega a dar pena que possuem. Aliás, estes jovens sim, são as vítimas ao longo de 16 anos, de massacres deseducacionais feitos por deseducadores, que transformaram as salas de aulas, deturpando a liberdade de cátedra, em pocilgas para fazer ProseliTismo PolíTico de 5° classe, buscando nas mentes mais vulneráveis os novos ProséliTos, que infelizmente se converteram facilmente.

Tudo isso em plena era em que se vangloriou a obra de Paulo Freire.

Coincidência?

Francamente, contem outra.

Qualquer mente bem formada sabe que aplaudir a obra de Paulo Freire não é algo recomendável, na medida em que temos hoje gerações de jovens que buscam cada vez ser mais dependentes, do que protagonistas de suas próprias vidas.

Fonte: Jornal da Cidade Online

O problema é moral

Sábado, 18 de Setembro de 2021

O Presidente da Petrobras já disse que vende a gasolina a R$ 2,00.

O Presidente da República já demonstrou que zerou os tributos federais sobre o preço.

E se mesmo assim jogam na cara do Bolsonaro que o litro da gasolina está R$ 7,00, então a questão não é apenas de BURRICE EXTREMA, mas sim de MÁ-FÉ.

Todos sabem de quem é a responsabilidade por esses preços absurdos, que com a intenção de desgastar o Governo Federal estão esfolando o povo: dos governadores pilantras e bandidos, que não medem esforços em levar adiante a sua “secessão branca”.

Como eu sempre digo, o problema do Brasil não é legal, é MORAL.

A falta de moral de grande parte da população é que prejudica tudo.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Membro de facção suspeito de extorquir comerciantes da Barra do Ceará é preso com arma de R$ 8 mil

Sábado, 18 de Setembro de 2021


Um homem apontado pela Polícia Militar como integrante de uma facção criminosa foi preso, na noite desta quinta-feira (16), no bairro Barra do Ceará, em Fortaleza, suspeito de extorquir comerciantes da região. Na ofensiva, ele portava uma pistola avaliada em R$ 8 mil.

De acordo com militares do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), a equipe recebeu informações de moradores que dois homens estavam ostentando armas de fogo no calçadão da Vila do Mar e extorquindo comerciantes da região.

Ao chegarem ao endereço apontado, a composição localizou os dois suspeitos, que estavam a pé. Eles tentaram fugir.

Logo após, os militares realizaram a abordagem e encontraram uma pistola calibre .380 com Francisco Alexandre Garcia da Silva, de 21 anos.

PERSONALIZADA

Os policiais relataram que a arma de fogo personalizada com uma imagem de uma caveira com uma faca na cabeça estava com 25 munições. Ela é avaliada em R$ 8 mil.

Tanto a pistola personalizada quanto as munições foram apreendidas, e Francisco Alexandre foi capturado e levado para o 10º Distrito Policial (DP), no bairro Antônio Bezerra.

(Diário do Nordeste)
Foto ilustrativa

Fonte: Sobral 24 Horas

Bolsonaro diz que levará “verdades” sobre o Brasil em discurso na ONU

 Sábado, 18 de Setembro de 2021

Foto: Pablo Jacob/Agência O Globo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou hoje que levará “verdades” sobre o Brasil e o que o país representa para o mundo em seu discurso na Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), que acontece na próxima semana.

“Na próxima terça-feira, estarei na ONU, participando no discurso inicial daquele evento. Podem ter certeza, lá teremos verdades, realidade do que é o nosso Brasil e do que nós representamos verdadeiramente para o mundo”, disse Bolsonaro, ao encerrar discurso no interior de Minas Gerais, pela manhã.

A ONU confirmou ontem que mudou sua própria orientação e não exigirá mais comprovante de vacinação contra a covid-19 das autoridades que estarão presentes no evento. A medida beneficia Bolsonaro, que não se imunizou e frequentemente coloca em dúvida a segurança e eficácia das vacinas.

Com Valor

Nunes Marques pede vista, e julgamento dos decretos que facilitam acesso a armas é interrompido

 Sábado, 18 de Setembro de 2021

Foto: Fellipe Sampaio/SCO/STF

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Nunes Marques pediu vista — mais tempo para análise — e suspendeu o julgamento na Corte das ações que questionam os decretos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) que facilitam o acesso a armas no país. A discussão do caso não tem data para ser retomada.

O STF tinha reiniciado a análise dos processos no plenário virtual, modalidade em que os ministros depositam seus votos no sistema do tribunal por determinado prazo, sem necessidade de uma sessão presencial. A análise dos casos começou hoje e iria até o final da próxima sexta-feira (24).

O ministro Alexandre de Moraes, que havia pedido vista dos casos em abril, seguiu os votos dos ministros Rosa Weber e Edson Fachin para declarar a inconstitucionalidade dos dispositivos e avaliou que ficou demonstrada “a extrapolação regulamentar do presidente da República”. Para Moraes, as questões precisavam ter passado por discussão no Congresso.

“O volume de alterações promovidas pelo Poder Executivo, a ensejar uma verdadeira redefinição da política pública de controle de armas de fogo, dependeria de discussão e aprovação pelo Congresso Nacional”, escreveu ele em seu voto.

“Fica demonstrada, portanto, a extrapolação do poder regulamentar do Presidente da República, conforme sustentando pelos Requerentes e reconhecido pelos votos já proferidos pelo ministro Edson Fachin e pela ministra Rosa Weber, nos casos de suas respectivas relatorias”, ponderou o ministro.

Fachin é relator de ações que questionam não só decreto que flexibilizou a posse, a compra e o porte de armas, mas também a resolução que zerou os impostos para importação de revólveres e ainda de decisão do governo federal de aumentar a quantidade máxima de munição que pode ser adquirida por instituições e pessoas autorizadas a portar armas.

Já a vice-presidente do Supremo é relatora de ações que questionam seis decretos do presidente que acabaram alterando pontos do Estatuto do Desarmamento. Em abril, a ministra suspendeu trechos de quatro decretos editados pelo chefe do Executivo para flexibilizar a compra, o registro e o porte de armas. Na sessão virtual de hoje, os ministros iam decidir, entre outros pontos, sobre o referendo de tal decisão.

Entre outras mudanças, os decretos publicados por Bolsonaro aumentam o limite de armas que podem ser compradas inclusive por cidadãos comuns, diminuem o controle do Exército e das autoridades civis sobre o material e eliminam restrições sobre o porte. As mudanças, segundo especialistas, tendem a favorecer a proliferação e a circulação de armas no país.

A decisão liminar de Rosa Weber, que já foi confirmada por Fachin e por Moraes, promoveu a derrubada de trechos em todos os decretos de Bolsonaro.

As mudanças pretendidas pelo presidente Bolsonaro são as seguintes:

  • O Comando do Exército deixará de fiscalizar a fabricação de determinadas munições (até 12,7 mm) e de outros acessórios, como máquinas para recarga e carregadores destacáveis, além de armas obsoletas;
  • Uma série de categorias ficará desobrigada de ter registro no Exército para exercer atividades com produtos controlados, como explosivos e peças para material bélico;
  • Qualquer pessoa poderá, desde que cumpra os requisitos, comprar até seis armas sem precisar comprovar a necessidade. Pela medida, bastará apenas uma autodeclaração de necessidade;
  • Os CACs (caçadores, atiradores desportivos e colecionadores) só precisarão de autorização do Exército para comprar armas de fogo caso as quantidades ultrapassassem os limites estabelecidos em lei;
  • Para comprovar aptidão psicológica para compra de arma de fogo, CACs precisarão apenas de laudo fornecido por um psicólogo, dispensado o credenciamento na Polícia Federal;
  • Aumento do limite máximo de munições que podem ser adquiridas, anualmente, pelos CACs;
  • Aquisição de munições por entidades e escolas de tiro em quantidade ilimitada;
  • Prática de tiro desportivo por adolescentes a partir dos 14 (quatorze) anos de idade completos;
  • Validade do porte de armas para todo território nacional;
  • Porte de trânsito dos CACs para armas de fogo municiadas;
  • Porte simultâneo de até duas armas de fogo por cidadãos.

Por ora, restou na pauta da sessão virtual iniciada hoje, com previsão de término no dia 24, o julgamento que pode confirmar a decisão liminar dada por Moraes ontem, suspendendo a portaria editada pelo Comando Logístico do Exército para revogar o chamado Sistema Nacional de Rastreamento de Produtos Controlados. A medida havia descartado regras anteriores que permitiam um controle mais rígido sobre a circulação de armas e munições.

UOL com Estadão Conteúdo

Rachel Sheherazade processa Jean Wyllys por danos morais e pede R$ 44 mil de indenização

 Sábado, 18 de Setembro de 2021

Foto: reprodução

A jornalista Rachel Sheherazade entrou na Justiça e abriu um processo por danos morais contra o ex-deputado federal Jean Wyllys. Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do jornal O Dia, o motivo teria sido uma troca de farpas de ambos no Twitter. No processo, a jornalista pede R$ 44 mil de indenização ao político. O processo foi protocolado na última terça-feira, e tramita em uma das Varas do Juizado Especial Cível da Comarca de Barueri, em São Paulo.

Sheherazade acusa Wyllys de ter insinuado na rede social que ela seria racista e isso, segundo a jornalista, prejudica sua honra e imagem. A defesa da apresentadora  afirma que “o conteúdo publicado pelo réu (Wyllys), ao afirmar que a autora (Sheherazade) é racista e hipócrita, imputa a prática de atos gravíssimos e infundados, aptos a repercutir na honra e na imagem da autora. Além disso, o conteúdo nitidamente não possui caráter informativo, pois desprovido de fonte ou prévia investigação, não merecendo se enquadrar outrossim, na livre manifestação do pensamento”.

“Além das considerações expostas, importa consignar ainda, que as palavras proferidas pelo réu acerca da suposta prática de racismo e hipocrisia afetam diretamente a credibilidade do trabalho desempenhado pela autora, já que é jornalista, somados ao impacto perante a população de uma acusação tão grave desferida por figura pública”, afirma o advogado de Rachel Sheherazade.

Istoé

AO VIVO: General Comandante do Exército faz pronunciamento à nação sobre “missões constitucionais” (veja o vídeo)

Sábado, 18 de Setembro de 2021

Segundo informações, o militar falará sobre as “missões constitucionais” do Exército.

Na descrição do vídeo diz:

“O Exército continua firme cumprindo suas missões constitucionais. [...]
O general fala sobre a evolução do Exército Brasileiro, mantendo seus valores e tradições.”

Vale a pena conferir…

Assista AO VIVO:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Ciro dirige caminhão sem ser habilitado e dá mau exemplo como presidenciável

Sábado, 18 de Setembro de 2021


O presidenciável Ciro Gomes (PDT) aparece dirigindo um caminhão em uma filmagem, que circula nas redes sociais, para uma peça de marketing político que logo será lançada. O CN7 foi atrás e descobriu que o FG não tem habilitação para isso.

Ciro só tem CNH do tipo B, para veículos de pequeno porte.

Em tempo

Na filmagem, ele finge ser um caminhoneiro para dizer que entende como é difícil a vida da categoria.

Em tempo II

Ciro dá mau exemplo a dirigir um veículo sem poder.

Fonte: Portal CN7

Carlos Bolsonaro encaminha denuncia ao TRE por campanha eleitoral ilegal em prol de Lula (veja o vídeo)

Sábado, 18 de Setembro de 2021


A denúncia é referente a uma publicação feita pela deputada federal Erika Kokay, do PT, onde ela divulgou um vídeo em que pessoas ‘treinam’ seu voto para as eleições presidenciais de 2022. Junto ao vídeo, a deputada legendou:

“Já tem gente treinando para votar 13 em 2022! Volta, Lula.” 
Ao compartilhar a publicação da deputada, Carlos Bolsonaro avisou:
“Encaminhei ao TRE notícia de propaganda antecipada em prol do ex-presidiário petista, em perfil VERIFICADO pelas redes sociais pertencente à deputada Erika Kokay (PT/DF).

Assista ao vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

A “Constituição” que vigora nas favelas: Um surpreendente relato sobre a “Justiça Social do Narcoterrorismo” (veja o vídeo)

Sábado, 18 de Setembro de 2021

Em um relato surpreendente e elucidativo, o engenheiro e ativista de segurança pública, Roberto Motta, descreve como funciona a “Justiça Social” nas favelas, onde o “império da lei” é ditado e regido pelo narcotráfico.

No vídeo, Motta conta uma história da vida real.

Um casal que morava em uma favela controlada por narcoterroristas, uma facção que impunha aos moradores o regime de terror dos traficantes.

Esse casal – José e Maria - teve um filho e mais tarde acabou se separando.

Com a separação, José foi morar em outra favela, dominada por outra facção criminosa.

Certa feita, José recebeu a visita do filho.

E o que aconteceu?

A abominável tragédia é relatada no vídeo. São fatos corriqueiros. É a lei que impera nessas tais comunidades.

Veja o vídeo:

Em anúncio surpreendente, Bolsonaro prevê fim do MST e do terror no campo (veja o vídeo)

 Sábado, 18 de Setembro de 2021

Jair Bolsonaro aproveitou a cerimônia de anúncio da ampliação da campanha de moradia popular “Casa Verde e Amarela”, realizada nesta quarta-feira (15), pra esticar um pouco o assunto e falar sobre o direito à terra no campo.

O presidente disse que só em seus dois anos e meio de mandato, o governo já entregou mais títulos de propriedade rural do que a soma de todos os governos anteriores.

A ação acaba com as possibilidades de “possíveis ações terroristas e criminosas” praticadas por movimentos como o MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra), que ameaçavam invadir terras de produtores rurais que ainda não tinham os documentos comprovando a posse definitiva.

Até no campo a esquerdalha fica sem argumento, afinal, como criticar ou atacar quem faz o serviço que os governos anteriores prometeram e não cumpriram?

Veja o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Em discurso histórico, Bolsonaro fala em "algo inacreditável" e manda recado para "comunistas" (veja o vídeo)

Sábado, 18 de Setembro de 2021

Nesta sexta-feira, 17, o presidente Jair Bolsonaro está no Estado de Minas Gerais para participar do lançamento do projeto Pró-Águas Urucuia, em Arinos, no Noroeste do Estado.

Em um discurso histórico, o presidente destacou o massivo apoio popular que o governo vem recebendo.

Citando a corrupção de governos anteriores, o presidente afirmou que é “algo inacreditável”:

“Isso deixou de existir! [...] Quem me colocou aqui foi Deus, só ele me tira daqui.”

O presidente ainda foi além:

"Uma das coisas que mais me conforta é saber que naquela minha cadeira, lá em Brasília, não está sentado um comunista."

Um claro recado aos 'vermelhos'.

Confira:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

sexta-feira, 17 de setembro de 2021

Jovem é preso após divulgar 'blitz' em grupo de WhatsApp no Piauí

Sexta, 17 de Setembro de 2021


A PRF prendeu nessa quarta-feira (15), durante fiscalização de rotina na BR 230, um homem de 24 anos que estava fazendo divulgação da fiscalização policial em um grupo de rede social, na cidade Oeiras.

Ao ser questionado sobre as imagens, em um primeiro momento o homem negou, mas logo foi constatada a divulgação em um grupo de aplicativo de mensagens com aproximadamente 200 pessoas. Esse ato vai de encontro ao art. 265 do Código Penal.

Esse tipo de crime é categorizado como cibernético, ou seja, é um crime já previsto no código penal, mas que ocorre por meio da internet.

A fiscalização policial ocorre a fim de garantir a segurança dos motoristas nas estradas e rodovias federais, visto que visa coibir crimes de trânsito, como dirigir sob influência de álcool e/ou drogas, e crimes diversos como tráfico de drogas, roubo e furto de veículos.

Desta forma, os policiais encaminharam o homem e o celular até à Polícia Civil na cidade de Oeiras para os procedimentos necessários. Ele responderá pelo crime de Atentado contra a segurança pública - Art. 265 da Lei 2.848/1940 (Código Penal).

(Fala Piauí)

Bandidos morrem após confronto com policiais militares em Serra do Mel; PM foi atingido

 Sábado, 18 de Setembro de 2021

Foto: redes sociais

Um policial militar foi baleado e dois suspeitos de assalto morreram durante um confronto no início da tarde desta sexta-feira (17) no município de Serra do Mel.

Policiais foram recebidos a tiros no Conjunto Novo, na Vila Brasília, quando chegavam para averiguar uma denúncia anônima de que os suspeitos estariam escondidos na região.

Os policiais revidaram e na troca de tiros, dois dos bandidos foram atingidos. Eles chegaram a ser socorridos ao Hospital Municipal Doutor Sílvio Romero de Lucena mas não resistiram aos ferimentos. Outros dois indivíduos fugiram pulando muros de residências.

O policial militar atingido por um disparo durante a ação, mas a bala ficou alojada no colete, ele passa bem após ter sido levado ao hospital para avaliação médica.

Com informações de G1-RN / Blog do BG

PRF realiza o quarto leilão de veículos retidos do ano de 2021 no RN

Sexta, 17 de setembro de 2021

Foto: PRF

A Polícia Rodoviária Federal realizará o quarto leilão de veículos retidos do ano de 2021. Serão leiloados automóveis e veículos de duas rodas, que poderão entrar em circulação pelo comprador ou serem destinados a sucatas. Serão postos à venda 336 veículos, distribuídos em 252 lotes, podendo sofrer alterações quantitativas até o momento da realização do leilão que acontecerá no dia 08 de outubro.

O edital do leilão foi publicado e está disponível no site do leiloeiro, pelo link www.mnleilao.com.br. Nele contém os detalhes dos veículos, os locais para a visitação, os lances iniciais, além de direitos e responsabilidades dos arrematantes. A maioria dos lotes estão com fotos disponíveis na mesma página.

Os lances já podem ser ofertados pela internet até o momento do leilão exclusivamente on-line, no dia 08/10/2021, pelo site: www.mnleilao.com.br.

Os lotes arrematados com direito a documentação serão disponibilizados, sem multas ou débitos de anos anteriores, apenas com as taxas do Detran para transferência e os débitos de licenciamento referentes ao exercício corrente (2021). Sobre o valor do lance dado, o comprador é responsável pela comissão do leiloeiro (5%) e o ICMS. Leia atentamente o edital publicado (EDITAL Nº 6/2021/LEILÃO-RN).
As visitações estarão disponíveis nos dias 04 a 07 de outobro de 2021, nos locais indicados no edital. É importante verificar em qual dos pátios está o lote de interesse do participante.

Locais da Visitação:

  • Lotes: 01 ao 30 (CONSERVADOS) e lotes 29, 189 a 195 (SUCATA): Pátio TRANSGUARD – Localizado no Município de Caicó/RN: Br 427, km 102, vizinho ao Posto do Moinho, às margens da rodovia;

  • Lotes: 31 ao 102 (CONSERVADOS) e lotes 32, 72, 98, 196 a 212 (SUCATA): Pátio da TRANSGUARD – Localizado no Município de Mossoró/RN: AV. MOTA NETO S/N (EM FRENTE AO HOSPITAL SAO LUIZ) – Bairro: AEROPORTO.

  • Lotes: 103 ao 252 (CONSERVADOS) e lotes 121, 133, 140, 157 a 248 (SUCATA): Pátio da TRANSGUARD – Localizado no Município de Natal/RN: AV. Industrial Francisco da Motta, s/n- Bairro: Bom Pastor;

  • Lote 250: Pátio da UOP de São Gonçalo do Amarante – localizado na BR 426, município de São Gonçalo do Amarante.


Bolsonaro critica e promete vetar quarentena eleitoral para juízes, procuradores, militares e policiais

Sexta, 18 de Setembro de 2021


Durante transmissão semanal ao vivo nas redes sociais nesta quinta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro criticou quarentena eleitoral para juízes e policiais militares. O mandatário prometeu vetar, caso a proposta seja aprovada pelo Congresso Nacional.

“Um absurdo, espero que o Senado não aprove isso daí. Se o cara sai da cadeia, pode ser candidato à Presidência da República, e você, militar da ativa, não pode ser candidato a vereador. Se passar no Senado, e acho que não passa, obviamente, a gente veta”, disse o presidente da República.

A Câmara dos Deputados aprovou uma emenda que recoloca no Código Eleitoral a exigência de uma quarentena a policiais, integrantes das Forças Armadas, juízes e promotores que quiserem se candidatar a cargos públicos.

A quarentena, que tem gerado grande controvérsia, havia sido retirada do texto-base da matéria na última semana. Agora, voltou à discussão e ao texto do projeto na forma de uma emenda aglutinativa, que reúne uma série de mudanças.

Malafaia ironiza o DataFolha por mostrar Lula com "56% de votos"

Sexta, 17 de Setembro de 2021


Nesta sexta-feira (17), o pastor Silas Malafaia utilizou as redes sociais para ironizar a última pesquisa DataFolha a respeito das eleições de 2022. De acordo com o levantamento, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceria um segundo turno com 56% dos votos contra 31% do presidente Jair Bolsonaro.

A pesquisa – realizada com 3.667 pessoas, entre os dias 13 e 15 de setembro, em 190 cidades – foi divulgada na quinta-feira (16) e traz Bolsonaro perdendo no segundo turno para outros candidatos, como Ciro Gomes ou João Doria. Além disso, o levantamento, que tem margem de erro de 2 pontos percentuais, aponta que o governo Bolsonaro teria 53% de rejeição.

Ao comentar os resultados, Malafaia chamou a situação de “piada” e apontou que Lula “anda escondido”.

– PIADA! Para acreditar no DataFolha, tem que ter a mesma fé para acreditar em Papai Noel. É um verdadeiro absurdo! Lula, que só anda escondido e não aparece em lugar nenhum que tenha povo, está na frente nas pesquisas. Só kkkkkk. Muito kkkkkk – escreveu.


PROJETO DE LEI DO DEPUTADO KIM KATAGUI PROPÕE FIM DE FRENTISTAS EM POSTOS DE COMBUSTÍVEL

Sábado, 18 de Setembro de 2021


Um projeto de lei pode acabar a profissão de frentista em postos do país. A proposta é uma emenda à Medida Provisória 1.063, que permite a venda direta de etanol entre usinas e postos e da fidelidade à bandeira de postos de combustíveis.

O texto, de autoria do deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP) prevê que os postos se adaptem para o autoatendimento, algo que já existe em outros países como os Estados Unidos.

Uma lei em vigor, de janeiro de 2000, obriga os postos a ter frentistas e proíbe esse tipo de equipamento.

De acordo com Kataguiri, o objetivo da proposta é reduzir os custos dos postos e, consequentemente, do preço do combustível nas bombas. O parlamentar reconhece que a proposta pode causar demissões, mas existe uma discussão com categorias do setor para que a regulamentação passe por um tempo de transição, que poderia ser de até 5 anos, para capacitar e realocar os trabalhadores afetados para novas áreas.

Apesar de poder ter um impacto positivo no preço do álcool e da gasolina, associações do setor temem que haja demissões em massa caso o projeto seja aprovado - o setor tem cerca de 500 mil trabalhadores. Além do fator econômico, a segurança dos postos e o risco do autoabastecimento causar acidentes graves.

As emendas à Medida Provisória 1.063 devem ser votadas em caráter de urgência pelo Congresso em setembro.

Se aprovado, o projeto de lei com todas as alterações previstas podem entrar em vigor em dezembro. 

Fonte: Band / Sobral 24 Horas

AO VIVO: Paulo Figueiredo traz as últimas notícias da América e analisa cenário econômico do Brasil (veja o vídeo)

Sexta, 18 de Setembro de 2021


O jornalista e economista Paulo Figueiredo, que mora nos Estados Unidos, avalia a crise global e traz as últimas notícias da América.

Os americanos reprovam cada vez mais a gestão do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, principalmente depois da retirada das tropas do Afeganistão. Há quem fale até em fim da América, será?

Assista, compartilhe!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Davi Alcolumbre, mau-caratismo ou covardia?

 Sábado, 18 de Setembro de 2021

De acordo com o parágrafo único do artigo 101 da Constituição da República, compete ao Presidente da República a nomeação dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, depois de aprovada a escolha pela maioria absoluta do Senado Federal.

A maioria absoluta, para quem não sabe, é 50% + 1. Como existem 81 Senadores, sendo 3 por cada Unidade Federativa (26 Estados e o Distrito Federal, que também é uma Unidade Federativa), a maioria absoluta é de 41.

Portanto, o processo todo deveria ser o seguinte : o Presidente da República indica o nome do novo integrante do Supremo, quando alguém se aposenta lá na Corte, o Senado marca a sabatina do indicado na CCJ, e depois leva a escolha do nome ao Plenário da Casa, para votação. Se 41 Senadores aprovarem, o indicado toma posse na Corte.

Assim é o processo. Assim sempre foi feito. Sem qualquer dificuldade para compreendê-lo, sem qualquer espaço para interpretações elásticas que deem o poder de escolha a outras pessoas que não o Presidente da República, mediante aprovação dos Senadores.

Contudo, quando Jair Bolsonaro chegou à Presidência da República a coisa mudou. O que antes demorava no máximo uns 20 dias, como era a nomeação de vaga no STF (até a posse do nomeado), agora não tem sequer data para ocorrer.

O Presidente Jair Bolsonaro indicou o nome de André Mendonça para a vaga do STF, em decorrência da aposentadoria de Marco Aurelio Mello, no dia 13 de julho, há mais de 2 meses. Mas ela não vai adiante na tramitação que deveria normalmente ter: está totalmente represada na CCJ do Senado, cujo presidente, o Sen. Davi Alcolumbre, simplesmente não marca a data da sabatina.

A Velha Mídia diz que a sabatina não tem qualquer data para se realizar, e fala ainda uma coisa gravíssima sobre o nome do indicado pelo Presidente da República não ser aceito entre os integrantes do STF - daí a razão pela qual Alcolumbre a estaria engavetando na CCJ.

Eu, aqui do meu canto, nos textos que escrevo sem acesso a informações de bastidores, apenas das minhas análises de acordo com as normas legais aplicáveis à espécie, afirmo taxativamente, quanto à omissão de Davi Alcolumbre em marcar a data da sabatina de André Mendonça para a vaga do STF:

a) se ele age assim por sua conta e risco, pretendendo ter alguma "moeda de troca" com seja lá quem for quanto à sabatina no indicado ao STF pelo Presidente da República, é um canalha e antidemocrático, que usa o cargo para prejudicar não só as instituições como o próprio país, considerando a existência de julgamentos importantes na Suprema Corte, que causam impacto no Brasil todo, que mereceriam que o novo ministro deles participasse;

b) se ele age assim porque recebeu a informação de algum emissário do STF de que o nome de André Mendonça não é bem-vindo na Corte e que o Presidente da República deve escolher outro, é um covarde, que se submete a usurpações de poder por parte da Suprema Corte e que se permite ser usado como marionete, apenas para que não perca o "status-quo" que possui hoje, de uma pessoa intocável e que ninguém incomoda via processos judiciais (que devem tramitar na Suprema Corte, considerando a prerrogativa de foro do Senador), que está entocada na elite do Estado Brasileiro.

Em qual das opções vocês apostam, sobre Davi Alcolumbre? "a" ou "b"?


Fonte: Jornal da Cidade Online

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055