martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 23 de abril de 2021

A Farra da impunidade… Procuradora alerta que dinheiro apreendido poderá ser devolvido aos criminosos (veja o vídeo)

 Sexta, 23 de Abril de 2021

A quadrilha lulopetista está definitivamente de volta a ativa. E isso só vem sendo possível após decisões controversas de ministros da Suprema Corte, que soltaram condenados, anularam processos e, pior, estão a ponto de “jogar no lixo” absolutamente todo o trabalho de mais de uma década para desarticular o maior escândalo de corrupção que se tem conhecimento no país.

Primeiro foi Edson Fachin, em março, quando anulou as condenações do “apedeuta” Luís Inácio, ao considerar que a 13ª Vara de Justiça de Curitiba não teria mais competência para julgar os crimes da Lava Jato relacionados aos processos contra ele (Triplex do Guarujá, Sítio de Atibaia, Sede do Instituto e outros mais que viriam na enxurrada de acusações e delações premiadas).

Dias depois, veio a decisão da 2ª turma do STF, pela suspeição de parcialidade do ex-juiz Sergio Moro no julgamento dos mesmos processos, o que tornou todo o trabalho irregular. Curiosamente, além de Kássio Nunes Marques, Edson Fachin foi o outro ministro que votou contra a suspeição de Moro. Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes, favoráveis, foram acompanhados pelo “voto supresa e alterado de última hora” de Carmen Lúcia (que já havia decidido anteriormente pela não suspeição).

E em votação iniciada na tarde desta quinta-feira (22), poderemos assistir, a “o martelo bater no último prego no caixão da Lava Jato”, com o julgamento do caso pelo colegiado (todos os 11 membros), o que pode jogar por terra todos os demais processos originados a partir da operação, em um efeito dominó, destruindo o trabalho da própria justiça, que recebeu as denúncias, dedicou milhões de reais, milhares de profissionais e de horas de trabalho na investigação e na confirmação de provas que levaram aos julgamentos e à recuperação de bilhões de reais desviados dos cofres públicos (e ainda há muito a se recuperado).

Dinheiro que, aliás, pasmem, pode voltar justamente para os bolsos dos acusados e também dos já condenados, cujos processos e penas também poderão ser anulados.

Todos poderão, assim, voltar à vida pregressa, sem grades, algemas e tornozeleiras eletrônicas, aguardando placidamente a prescrição dos crimes e rumando suas vidas felizes … tudo com a anuência da “justiça”.

Em entrevista ao Jornal da Manhã, da Rádio Jovem Pan, na manhã desta quinta, a jurista e procuradora Thaméa Danelon disse que é possível “que outros réus utilizem o entendimento de modo a anular as condenações proferidas por Moro, e que R$ 5 bilhões (será que há prova maior de que houve corrupção?) podem ser devolvidos.

“Estamos testemunhando o desmonte da maior operação anticorrupção do país. Estão sendo abertas as portas da impunidade”, finalizou Danelon.

Veja o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Agente infiltrado se reuniu com grupo que deu golpe da vacina em prefeituras do país

Empresa que suspeita de aplicar golpes em prefeituras na venda de vacinas contra a Covid-19 se reuniu com agente infiltrado da polícia no Recife — Foto: Pedro Alves/G1

Os sócios da empresa investigada por aplicar golpes em prefeituras com falsas vendas de vacinas contra a Covid-19 participaram de uma reunião que contou com um agente infiltrado da polícia, segundo documento ao qual o G1 teve acesso.

O esquema foi descoberto depois que a prefeitura de Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, desconfiou que era uma fraude e acionou a polícia.

Segundo a Delegacia de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro do RJ, responsável pela investigação, não havia indícios de que prefeituras de Pernambuco tenham sido contatadas, apesar de a reunião ter acontecido no Recife.

Os sócios diziam ser intermediários de uma empresa estadunidense que seria dona de meio bilhão de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca, por, supostamente, ter financiado os estudos para a produção dos imunizantes (veja vídeo acima).

A empresa alvo da investigação é a Montserrat Consultoria, com sede no Poço da Panela, na Zona Norte do Recife. Pelo menos 20 prefeituras de todo o Brasil podem ter sido lesadas pelos criminosos.

Como foi a reunião

O G1 teve acesso à decisão judicial que autorizou o cumprimento dos mandados de busca e apreensão nesta quinta-feira (22) em Pernambuco. Nela, o juiz auxiliar da 1ª Vara Especializada do Rio de Janeiro Bruno Monteiro Ruliere cita a reunião realizada no dia 12 de abril, após uma “carta convite” expedida pela Montserrat Consultoria.

Segundo o documento, participaram da reunião Eduardo Henrique Meneses e José Klleber Queiroz Malaquias, ambos sócios da Montserrat, além do agente infiltrado da polícia, que acompanhou o prefeito de Barra de Piraí, Mário Reis Esteves (Republicanos), que foi quem denunciou o esquema.

O encontro aconteceu em uma sala compartilhada por duas das empresas dos investigados (veja vídeo abaixo), a Montserrat Consulting e Hat Soluções Inteligentes, no edifício empresarial Casa Forte Corporate, mesmo local onde foram cumpridos mandados de busca nesta quinta-feira (22).

Os dois homens, na reunião, afirmaram ter negócio jurídico com a Oxford/AstraZeneca, “o que lhes conferiu o direito de receber vacinas contra o Covid-19 e que ora pretendem revender ao ente municipal”, disse o juiz. A fornecedora do imunizante Oxford/AstraZeneca negou qualquer negociação com os suspeitos.

Os criminosos entravam em contato com as prefeituras por e-mail ou WhatsApp e exigiam pagamento antecipado, segundo o delegado Thales Nogueira, da Delegacia de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro, do Rio de Janeiro.

“Eles entravam em contato por e-mail, por WhatsApp e depois mandavam uma minuta de contrato que exigia o pagamento antecipado ou por swift, que é uma remessa internacional, ou por carta de crédito internacional”, afirmou.

O contrato, ao qual o G1 teve acesso, apontou que seriam vendidos a Barra do Piraí 4,5 mil frascos contendo dez doses cada um. Cada frasco custaria US$ 7,90, o que daria aproximadamente R$ 44.

Nas investigações, a polícia também descobriu que esses dois sócios abriram, neste ano, duas empresas, cada uma com capital de R$ 7 milhões: VGL Administração de Participações, cujo proprietário é Eduardo Leal, e RWX Participações, de José Klleber.

O delegado Thales Nogueira afirmou que foram expedidos oito mandados de busca e apreensão em Pernambuco. Alguns deles foram em residências dos sócios da empresa, na Madalena, Zona Oeste do Recife, e num resort de luxo na Praia de Muro Alto, no Litoral Sul.

Ele disse ainda que a Ecosafe Solutions, empresa que supostamente seria detentora das vacinas, sequer aparentava ter estrutura para ser capaz de fazer esse tipo de transação.

“A empresa que ela diz representar nos Estados Unidos é uma empresa recém-criada, é uma empresa que funciona num coworking, o que não é normal pra uma empresa desse porte e várias inconsistências que levaram o Juízo da Primeira Vara Criminal Especializada do Rio de Janeiro a definir oito mandados de busca e apreensão. Tanto na sede da empresa, aqui, quanto na residência dos sócios relacionados”, afirmou.

Em Pernambuco, foram apreendidos documentos, celulares e computadores. Os donos da empresa deverão ser intimados a depor posteriormente, depois que o material recolhido for analisado.

O delegado afirmou, ainda, que as próximas fases da operação serão voltadas a identificar os municípios que podem ter sido prejudicados pelos golpistas. Entre os municípios que receberam a oferta estão Duque de Caxias e Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, e Porto Velho, em Rondônia. Somando apenas esses contratos, o golpe renderia quase R$ 70 milhões.

Negociação com prefeituras

Caxias chegou a assinar um contrato de intenção para compra de um milhão de vacinas no valor de R$ 45 milhões, mas teria voltado atrás devido à forma de pagamento exigida pela empresa, segundo o delegado.

Porto Velho negocia há mais de um mês a aquisição de 400 mil doses. O acordo passa por uma inspeção do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia. Ao todo, R$ 20 milhões foram investidos para a compra das vacinas. O dinheiro está bloqueado e só seria liberado com a remessa embarcada. O prefeito da cidade, Hildon Chave, afirmou que não há risco de prejuízo financeiro.

“Até agora, o que se sabe é que eles se colocavam na posição de sócios da empresa e diziam que intermediavam para uma empresa americana. Ela se diz uma empresa de tecnologia, uma empresa que trabalha com Lei Geral de Proteção de Dados, mas não localizamos nenhum contrato consistente que possa dar lastro a nenhum contrato desse, internacional”, afirmou o delegado.

O G1 tentou contato com os sócios da Montserrat Consultoria e com a Ecosafe Solutions, mas nenhum deles atendeu aos telefonemas da reportagem.

G1


Lula chegou à Presidência como uma farsa, mas sua volta seria uma tragédia

Sexta, 23 de Abril de 2021


Conceitualmente, a tese de Marx não poderia estar mais equivocada. Mas ela pode ser aproveitada para observar que, no caso do ex-presidente Lula, a história do Brasil se repetiu de forma inversa: primeiro veio a farsa e depois a tragédia.

A farsa ocorreu durante todo o percurso que Lula percorreu para chegar à Presidência e durante os mandatos do PT. Inicialmente, Lula assumiu uma posição de sindicalista, homem do povo, contrário às elites e ferrenho defensor da ética na política.

O PT foi criado no berço das pastorais católicas, mas nunca teve a mínima influência da democracia cristã. Seu partido era contra tudo, desde a Constituição até o Plano Real, assumindo as posições mais extremas dentre as grandes siglas do país. Mas essa estratégia não o levou à Presidência.

Como sempre foi apaixonado pelo poder, resolveu mudar completamente e criou o personagem “Lulinha paz e amor” para convencer a classe média. Deu certo! Com um empurrãozinho do próprio PSDB e da Globo, Lula chegou à Presidência.

Até então, não havia nenhuma desconfiança do povo quanto àquele “representante dos pobres” que havia chegado ao mais alto cargo da República. Mas a farsa logo foi desmascarada quando o Escândalo do Mensalão mostrou que o partido da moral e da ética era, na verdade, o mais corrupto da história do país (um feito e tanto em um país como o Brasil). Lula, que dizia não saber de nada, foi, na verdade, o maior amigo da banda podre da elite brasileira.

Ainda custando a acreditar que tamanho absurdo pudesse ser verdade, o povo deu mais um mandato a Lula e ainda permitiu que ele elegesse sua sucessora, Dilma Rousseff. Em troca de quatro mandatos do PT, como presente, o país recebeu um escândalo maior ainda, o Petrolão. Aí foi a gota d’água.

As pessoas mais identificadas com os valores patrióticos foram às ruas e conseguiram alcançar o impeachment de Dilma, enquanto a Operação Lava-jato levou Lula e diversos outros corruptos para a cadeia. Parecia que o país estava seguindo um novo caminho em direção às democracias desenvolvidas do primeiro mundo, onde a corrupção é uma exceção.

Findada a farsa, veio a tragédia! O sistema não aceitaria facilmente as mudanças. Engravatados e togados que se locupretaram quando Lula estava no poder fizeram de tudo para anular suas condenações na Lava-jato, e conseguiram. Agora, tentam pavimentar sua volta à Presidência da República.

Lula personificou toda a hipocrisia mal disfarçada de grande parcela do Brasil. Mas não há nada mais trágico do que ver que a guinada do país em direção ao fim da corrupção não passou de uma ilusão. O Brasil continua deitado eternamente em berço esplêndido.

Se a primeira chegada de Lula ao poder revelou uma grande farsa, uma segunda, certamente, seria uma grande tragédia!

Diego Lagedo é historiador e especialista em Gestão Pública.

Fonte: Jornal da Cidade Online

A luta hercúlea de Bruno Covas contra o câncer

 Sexta, 23 de Abril de 2021


O político tucano luta contra um câncer desde outubro de 2019 e mesmo sob tratamento intensivo, teve confirmado o diagnóstico do avanço da doença que, segundo boletim médico, atingiu o fígado, os ossos, o abdômen e os pulmões (com acúmulo de líquido).

O médico David Uip, ex-secretário estadual da saúde do Estado de São Paulo, explicou, em coletiva de imprensa nesta quarta-feira (21), que “Covas tem cinco tumores no fígado, um na estrutura da bacia e outro na coluna vertebral”. Os novos pontos foram descobertos no dia 15, após exames complementares realizados pelo prefeito.

Ainda segundo Uip, o prefeito passa por um tratamento que combina medicamentos quimioterápicos e imunobiológicos e tem reagido bem, a ponto de conseguir se alimentar normalmente e realizar seus trabalhos durante o período de internação.

Fica a torcida para a pronta recuperação do jovem político.

Fonte: Jornal da Cidade Online

MARTINS-RN: CHATEADOS COM LAMBANÇA DA GESTÃO MUNICIPAL, MORADORES DA COHAB DÃO LIÇÃO E MOSTRAM COMO A PREFEITURA DEVE FAZER.

Sexta, 23 de Abril de 2021

Essa foto é do serviço foi feito pelos moradores indignados com o descaso da  prefeitura, veja como fica bom e encaliçado. 


Moradores do Bairro José Elina dos Santos (COHAB) que precisam passar constantemente pelo setor que liga o Bairro a rua João da Costa Melo, Caminho de Cemitério, Sitio Amazonas e Bairro Jocelyn Vilar.

Um trecho de aproximadamente 80 metros para chegar na (Cohab) ruas das Pinheiras, (aquela de Zezinho de Tomé), vem sendo um gargalho para os moradores que precisam passar pelo local, devido as poças  a lama escorregadia e a lagoa que se forma quando chove. o caso é que a prefeitura em vez de colocar piçarra, ou barro de qualidade, coloca entulho de casa velha feita de tijolo cru ou barro que vira lama e só faz atrapalhar mais ainda.

O vereador Francisco Avelino de Carvalho (CABECINHA -republicanos) já solicitou através da tribuna da Câmara, solução para o problemas, mas a prefeitura ignora o sofrimento da grande quantidade de  pessoas, carros, motos e bicicletas que precisam passar pelo local.

O serviço que a prefeitura faz, serve de chacota, e moradores das proximidades fizeram uma parte de barro de qualidade que a água não arrebenta, para mostrar como se faz.

Para não passar vergonha prefeita Maria José de Oliveira Gurgel (MAZÈ)  mande colocar unas 3 carradas de piçarra ou barro de boa qualidade, veja o trabalho que os moradores fizeram na parte que emenda no calçamento chega encaliçou, copie!  Faz vergonha não.   

Essas fotos abaixo são do serviço feito pela prefeitura! "Sim! Só lembrando, quando chove fica intransitável "



 




Cachorro fica na frente da dona para salvá-la de marido armado com faca


Sexta, 23 de Abril de 2021


Um cão ficou ferido gravemente ao salvar sua dona e os netos. A ação heroica aconteceu na zona rural do município de Coração de Jesus, em Minas Gerais, na última segunda-feira, (19). Segundo a Polícia Militar, o companheiro da mulher estava armado com uma faca e ameaçava a família. Após a reação do cachorro, o homem fugiu e foi preso na terça-feira, (20), após mais de 18 horas de buscas ininterruptas.

A ocorrência foi atendida pelos cabos Valmintas Souza e Diego Garcia. “No momento em que o autor ameaçava a vítima e os netos, o cachorro entrou na frente com o instinto de defendê-los e acabou sendo atingido por quatro facadas. Ele foi um verdadeiro herói, não sabemos o desfecho que essa situação poderia ter”, conta o cabo Souza..

Logo após a agressão, a PM começou a fazer buscas pelo homem. Além disso, os policiais perceberam que o cão, sem raça definida e chamado Fofinho, estava gravemente ferido e precisava de socorro urgente. “Na nossa cidade temos um único veterinário que atende toda a região e viaja muito. Começamos a mobilizar a população em redes sociais e logo recebemos muitas mensagens de pessoas querendo ajudar”, contou o militar.


Tratamento

O veterinário Caio Santos Rabelo, do município de Montes Claros, a 72 quilômetros de Coração de Jesus, se prontificou a fazer o atendimento de Fofinho. O veterinário contou que soube da história por meio de uma vizinha e explicou que o animal poderia não ter resistido, caso o socorro demorasse poucas horas a mais.

Fofinho estava com derramamento de fezes no abdome, o que poderia provocar uma infecção seguida de morte. “O cachorrinho deu entrada com lesões múltiplas, sendo duas perfurativas graves, uma a nível de tórax e a outra no abdome”, explica o médico, citando alguns dos ferimentos.

O cachorro passou por um procedimento chamado de laparotomia exploratória, no qual foram realizados a limpeza e o fechamento dos ferimentos no abdômen. O maior desafio, ainda de acordo com o veterinário, é o de recuperar a capacidade locomotora, afetada pelas lesões. Fofinho internado e deverá passar por exames. No momento, o cachorro está sendo medicado com anti-inflamatórios, antibióticos e analgésicos. A alta da clínica veterinária deve demorar cerca de 10 dias.

“É muito comum os animais de companhia tomarem partido de uma situação, é um comportamento natural deles tentar atuar nessa forma de defesa, tanto que muitos atuam com a função de cães de guarda”, informa o bombeiro Valminstas Souza. De acordo com Souza, a história do cão comoveu a sociedade pelo instinto de proteção que ele teve, no impulso de proteger a dona, ele acabou gravemente ferido. “Mas essa mobilização da sociedade mostra que se cada um contribuir da sua forma, tudo pode ser muito melhor. Agradeço imensamente às pessoas que manifestaram o desejo de ajudar”, finaliza.


Desfecho policial

Após a prisão do marido e o salvamento de Fofinho, o comandante da 210ª Cia Polícia Militar de Minas Gerais, Michael Stephan, que abrange Coração de Jesus, relata que a PM buscou dar um desfecho satisfatório para as duas situações verificadas na ocorrência: a violência doméstica e a proteção animal.

“Quando se trata de violência doméstica, a Polícia Militar está sempre buscando dar a resposta mais eficaz e eficiente possível, que é o que foi feito pelos policiais militares. Após terem conhecimento dessa ocorrência, empreenderam em rastreamento durante toda a noite e o dia até a prisão do autor. Por outro lado, a Polícia Militar fez uma ponte com outras instituições para prestar apoio a esse cão, que agiu como um herói para ajudar as pessoas que estavam agredidas e acabou sendo lesionado”, aponta.

(O Povo)

TRAGÉDIA: MULHER MORRE APÓS SER ATACADA POR ENXAME DE ABELHAS EM UBAÚNA

Sexta, 23 de Abril de 2021


Uma mulher identificada por “ Aparecida” morreu na manhã desta quinta-feira (22), após ser atingida por um enxame de abelhas no Distrito de Ubauna, no município de Coreaú.

Aparecida foi socorrida para a unidade de saúde do referido distrito, mas infelizmente não resistiu e morreu.

Com informações de Olivando Alves

Homem é preso suspeito de estuprar e matar idosa


Sexta, 23 de Abril de 2021


Agentes das polícias Civil e Militar prenderam um homem de 53 anos suspeito de matar e estuprar uma idosa de 76 anos. A vítima foi encontrada morta, com sinais de estupro, nesta quarta-feira (21), em Anápolis (GO).

De acordo com as investigações, a idosa teria dado abrigo e uma refeição para o autor dos crimes. As informações são do portal G1.

O suspeito foi identificado como Aldeni Dias. Aos policiais, ele negou o crime e disse que teve relações sexuais com consentimento da vítima. O homem alegou ainda que a idosa estava viva quando ele deixou a casa.

A vítima era Maria de Nazaré Noronha das Chagas. Segundo a Polícia Civil, um filho dela encontrou o corpo da mãe e acionou a Polícia Militar.

A investigação apontou que Aldeni foi à casa da idosa para pedir comida. Ele teria sido acolhido e recebeu uma refeição antes de abusar sexualmente da mulher e matá-la.

O suspeito foi localizado três horas após o início das investigações. Quando foi encontrado, ele estava com uma toalha, uma roupa e alimentos que teriam sido roubados da vítima.

O corpo da idosa passou por uma perícia, feita pelo Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis, e já foi liberado para a família.

Fonte: Sobral 24 Horas

Canal de humor é censurado pelo canal esquerdista "APOIA-se" e perde apoio financeiro (veja o vídeo)

 Sexta, 23 de Abril de 2021

Um vídeo publicado nesta quinta-feira (22) por Paulo Souza, integrante do Canal Hipócritas, com mais de um milhão de seguidores no Youtube, informou que cerca de 500 apoiadores que utilizavam a plataforma APOIA.se para realizar doações financeiras, foram proibidos de ajudar o canal.

A suspensão, por iniciativa da plataforma, segundo Souza, veio após publicação de um vídeo em que constava a afirmação de que “homem não tem útero”, fato que foi considerado como “afronta aos preceitos de ideologia de gênero”.

O Canal Hipócritas é reconhecido por tratar, com humor, temas atuais, notícias e fatos do cotidiano, porém com uma linha de atuação política mais conservadora.

Insatisfeitos e ofendidos com a verdade tratada da forma como ela é, os esquerdistas e lacradores de plantão têm utilizado uma prática sistemática de acusação e perseguição aos canais de comunicação que atuam na mesma linha do Hipócritas, o que tem levado plataformas diversas (de mídias digitais e sociais, de doações e apoio financeiro, e outras mais) a, equivocadamente, “cancelar” as vítimas da delação mentirosa, o que acaba levando a uma censura prévia ou mesmo ao impedimento da continuidade do trabalho.

Aguardamos o desenrolar dos fatos e que a justiça prevaleça.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Sessão do STF que decidiu pela suspeição de Moro termina com novo “barraco” entre Gilmar e Barroso (veja o vídeo)

Sexta, 23 de Abril de 2021

O baixo nível da atual formação do Supremo Tribunal Federal (STF) fica demonstrado pelo comportamento de seus membros.

Na sessão desta quinta-feira (22) um novo ‘barraco’ foi registrado entre os ministros Gilmar Mendes e Luis Roberto Barroso. 

Gilmar deu piti e Barroso deu o troco:

“Vossa Excelência sentou no processo durante dois anos e depois se sente no direito de ditar regra para os outros.”

A discussão só não se alongou porque o ministro Luiz Fux encerrou a sessão.

Veja o vídeo: Fonte: Jornal da Cidade Online

Hospital descobre funcionário que não ia ao trabalho há 15 anos

Sexta, 23 de Abril de 2021


Um hospital na Itália descobriu que um de seus funcionários, que constava ter salário integral em sua folha de pagamento, faltava ao trabalho havia 15 anos. De acordo com a imprensa local, o homem teria parado de comparecer ao trabalho no hospital Ciaccio, em Catanzaro, no sul do país, em 2005.

O funcionário agora está sendo investigado sob suspeita de fraude, extorsão e abuso de poder, de acordo com a agência de notícias italiana Ansa. O funcionário teria recebido ao todo 538 mil euros (cerca de R$ 3,6 milhões em valores atuais) ao longo dos anos sem ter trabalhado. Não há informações sobre o que ele disse à polícia acerca das acusações.

Seis gerentes do hospital também estão sendo investigados em conexão com o caso, fruto de uma investigação policial mais ampla sobre suspeitas de fraude no setor público italiano. O homem apontado pela polícia como funcionário fantasma foi contratado para uma vaga pública no hospital em 2005. E parou de trabalhar em torno dessa mesma época.

De acordo com a polícia, ele ameaçou um chefe para impedi-lo de preencher um relatório disciplinar desfavorável. Esse gestor acabou se aposentando, e, segundo a polícia, a ausência do funcionário não teria sido percebida pelo sucessor e pelo departamento de recursos humanos.

(Pleno News)

Bolsonaro surpreende o mundo e promete eliminar o desmatamento ilegal no Brasil (veja o vídeo)

 Sexta, 23 de Abril de 2021

Em pronunciamento na Cúpula do Clima, o presidente Bolsonaro se comprometeu a reduzir em 37% as emissões de carbono até 2025, e zerar o desmatamento ilegal na Amazônia até 2030.

Bolsonaro ressaltou também indicadores positivos do Brasil na questão ambiental.

“Como detentor da maior biodiversidade do planeta, o Brasil está na vanguarda do enfrentamento ao aquecimento global”, afirmou.
“Respondemos por menos de 3% das emissões globais anuais. Contamos com uma das matrizes energéticas mais limpas”, frisou. 
O presidente destacou ainda que o Brasil promove uma revolução verde no campo, a partir de ciência e inovação, produzindo mais e utilizando menos recursos, o que faz da nossa agricultura uma das mais sustentáveis do mundo.

Verdades precisavam ser ditas, pois nosso país é um dos que mais preserva suas florestas. Além disso, aqui o uso de fontes renováveis de energia é três vezes maior que a média mundial. Vale a pena ver o discurso do presidente desmascarando as narrativas de quem quer destruir o Brasil e dividir os espólios.

Confira:

Fonte: Jornal da Cidade Online

Doria dá chilique, reclama do apelido "calça apertada" e "agride" Bolsonaro

 Sexta, 23 de Abril de 2021

Nesta quinta-feira (22), o governador de São Paulo, João Doria, voltou a atacar o presidente Jair Bolsonaro.

Em uma declaração ao site Valor Econômico, Doria chamou o presidente de ‘psicopata’:

“Temos um presidente da República que é um psicopata. Ele deveria ser avaliado por uma junta médica de psiquiatras e psicólogos”, disse ele.

E continuou:

“Gostaria muito do parecer da junta médica, para dizer qual é o nível de psicopatia e loucura que tem o presidente do Brasil”, disse ele.


Doria, visivelmente abalado com o apelido de "calça apertada", culpou o presidente pelo apelido e o acusou de fixação:
“Bolsonaro não me esquece, acorda e dorme pensando em mim, é uma obsessão doentia, essa fixação no João Doria e na calça do João Doria, a ‘calça apertada’ do João Doria. Vai ver que ele gosta”, declarou ele.

João Doria perdeu totalmente a noção do bom senso!

Fonte: Jornal da Cidade Online

Senador quer acareação entre Mandetta e Pazuello

 Sexta, 23 de Abril de 2021

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE), candidato a presidente da CPI da Covid, propôs, nesta quinta-feira (22), que o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, cuja aposentadoria está prevista para 5 de julho deste ano, tenha o depoimento colhido pela Comissão e também que se faça a acareação de todos os depoentes que forem chamados, como os ex-ministros da Saúde, Eduardo Pazuello e Henrique Mandetta. A proposta de Girão também prevê mais ênfase à investigação dos atos de governadores e prefeitos.

O plano de Girão contempla abordar as vacinas contra a Covid-19 e demais medidas adotadas para conter o coronavirus, dentre elas, o isolamento social, que será uma ação a ser investigada.

"Avaliar se foram expedidos atos suficientes e se foi adequado o conteúdo. Avaliar a base científica que norteou a adoção das medidas", diz trecho da proposta. 
Para Girão, o depoimento de Marco Aurélio é importante porque o ministro foi relator da decisão que reconheceu a competência de Estados e municípios no combate ao vírus. O integrante da Corte seria convocado a depor sobre decisão judicial, que ajudou governadores e prefeitos a elaborarem “manuais” próprios de enfrentamento da pandemia sem levar em consideração as regras emitidas pelo Ministério da Saúde ou opinião do atual presidente Jair Bolsonaro.

O senador acredita que a CPI seja a oportunidade de realizar uma "radiografia do combate à Covid-19" no Brasil. Haverá, inclusive, subrelatorias à exemplo de uma que trata da "gestão dos recursos públicos", para investigar licitações e contratos assinados pelos três níveis de governo. O ministro da Economia, Paulo Guedes, também falará sobre o auxílio emergencial e outras medidas econômicas tomadas durante a pandemia.

"Vários Estados e municípios da Federação, também com o argumento da urgência no enfretamento da Covid-19, emitiram decretos estaduais que, na mesma toada da Lei Federal, afastaram a necessidade do processo de licitação para as compras dirigidas à pandemia", afirma o plano, que espera investigar, minuciosamente, os documentos e situações.

Se o projeto de Girão for contemplado no lugar do plano de trabalho “viciado” apresentado senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), por meio de “acordão” entre os integrantes da CPI, será muito mais abrangente e debaterá outros assuntos como: emprego dos recursos federais, vacinas e outras medidas de contenção do vírus, colapso da saúde em Manaus e insumos para tratamento de enfermos.

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

STF diz que Curitiba é incompetente e livra Mantega, acusado de receber R$ 50 milhões em propina

 

Sexta, 23 de Abril de 2021

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) confirmou, na terça-feira (20), que a Justiça Federal em Brasília é a responsável para julgar a denúncia contra o ex-ministro da Fazenda, Guido Mantega, nos Governos do PT, do ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva e de Dilma Roussef.

Por 3 votos a 2, os integrantes da Segunda Turma concordaram com o entendimento do ministro Gilmar Mendes que, em 2019, em decisão monocrática, julgou que o caso não era de competência da “Operação Lava Jato”.

Por conta disso, em 2020, a 12ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal rejeitou a denúncia apresentada contra o ex-ministro petista. Ele era investigado por ter recebido propina da Odebrecht no valor de R$ 50 milhões em troca de “refis da crise”, uma moratória especial apresentada aos contribuintes como uma nova solução emergencial para suas dívidas com a União Federal.

A Procuradoria-Geral da República (PGR) recorreu da decisão, mas a maioria do colegiado confirmou o despacho do ministro.

Na terça-feira, durante a votação, Gilmar Mendes chegou a afirmar que houve uma “manipulação do foro”.

“A partir dessa modelagem, de varas com ‘super competências’, começam a ‘florescer’ ambientes de corrupção nos locais que deviam ser focos de combate à corrupção. Isto é preocupante”, alegou, justificando o seu próprio voto.

A defesa de Mantega comemorou a definição do STF em manter o caso em Brasília, onde a denúncia foi rejeitada.

Fonte: Jornal da Cidade Online

quinta-feira, 22 de abril de 2021

Presidente da Associação de Cabos e Soldados-PM é intimado a depor sobre denúncias feitas e categoria fala em tentativa de “criminalização das entidades representativas”

Quita, 22 de Abril de 2021

Entidades representativas dos militares do Estado do Rio Grande do Norte emitiram uma nota conjunta alegando que têm sido alvo de “ações que tentam calar a voz da categoria” e “criminalização das entidades representativas”. Entre tais ações, as entidades citam a intimação do presidente da Associação de Cabos e Soldados-PM/RN (ACS-PM/RN) para depor sobre denúncias feitas pela associação. Leia abaixo a nota na íntegra:

O movimento representativo dos militares estaduais corre sério risco no Estado do Rio Grande do Norte, isso porque tem sido alvo de ações que tentam calar a voz da categoria em suas atribuições de fiscalizar, denunciar e cobrar condições dignas e adequadas de trabalho dos operadores de segurança.

O Sargento Roberto Campos, presidente da ACS-PM/RN foi intimado por meio do ofício n° 24/2021 da Assessoria Administrativa do Comando, para prestar depoimento na próxima segunda-feira (26.04) acerca das denúncias formuladas em matéria da ACS-PM que relatava que os soldados recém formados estavam dormindo amontoados no chão das unidades do interior.

Existe informes que a Assessoria Administrativa também já ouviu em depoimento na sindicância o soldado que supostamente teria feito a foto que foi vinculada na matéria, com a clara finalidade de também punir o militar.

Se percebe que estão querendo “calar a voz” dos policiais militares por meio da criminalização das atividades das entidades representativas de praças, o que causa estranheza, em especial, pelo fato da Governadora que é a Comandante e Chefe da Polícia Militar se dizer de origem sindical e de luta.

No caso específico do Sargento Roberto, sequer consideraram o momento delicado que passa o Militar, que a 10 dias sofreu com o falecimento do seu Pai pela COVID-19 e que se encontra com sua mãe internada, bem como, que estava de atestado até o dia de ontem pelo fato dele e toda sua família também estarem acometidos pela doença, mas, na visão do Comando da Instituição, “a criminalização dos movimentos não pode esperar”.

O Comando da Corporação prefere punir os militares que lutam por melhorias das condições de trabalho dos operadores de segurança pública, do que trabalhar para proporcionar as condições dignas cobradas pelas entidades.

Nota Conjunta das Entidades Representativas de Praças

ASSPMBMRN – ACSPMRN – ABMRN – APRAM – APBMS – ASSPRA – APRORN


Fonte: Jornal da Cidade Online

“Um povo que, porventura vote em um cara desses, é um povo que merece sofrer", diz Bolsonaro sobre ex-presidiário (veja o vídeo)

Quinta, 22 de Abril de 2021

Em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, na segunda-feira (19), o presidente Jair Bolsonaro, questionado por um eleitor sobre a possível candidatura do ex-presidente e ex-presidiário, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), disse que quem votar no petista “merece sofrer”.

O presidente também comentou a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que por 8 votos a 3, confirmou a anulação das sentenças de Lula no âmbito da “Operação Lava Jato”.

"Foi 8 a 3 o placar lá (no STF), né? Você interprete como quiser (a decisão). Agora, pelo amor de Deus, um povo que, porventura, vote em um cara desses é um povo que merece sofrer", disparou.
"Igual umas prefeituras que, ano passado, os caras ‘deitaram e rolaram’ no lockdown. E reelegeram o cara. Querem o quê?", perguntou. 
Questionado sobre a fragilidade do processo eleitoral no Brasil, as mudanças que precisam ser feitas e o chamado voto auditável, que imprime o comprovante do voto nas eleições, ele disse:
"Alguns querem que dê um ‘cavalo de pau’ no Brasil. Não dá para dar ‘cavalo de pau", argumentou.
"O povão vai aprendendo devagar. Vai mudar isso daí (eleições). Para eu resolver só se eu impusesse uma ditadura. A gente não vai fazer isso. Não tem cabimento… Não existe. Não tem ditadura boa. Não tem”, justificou.

Confira o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Maioria do STF decide manter decisão que julgou Moro parcial

Quinta, 22 de Abril de 2021

Foto: Getty Images

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta quinta-feira (22) que a 2ª Turma da Corte tem competência para considerar o ex-juiz Sergio Moro suspeito para julgar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do tríplex do Guarujá.

Votaram pela competência do colegiado os ministros Gilmar Mendes, Nunes Marques, Alexandre de Moraes, Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli e Rosa Weber.

Perda do objeto

Primeiro a votar, o ministro Edson Fachin manteve o entendimento de que a partir da decisão que tornou a Justiça do Paraná incompetente para julgar Lula, o Habeas Corpus sobre a suspeição de Moro deveria ser extinto. Segundo Fachin, as demais pretensões deduzidas perante o STF perderam o objeto.

Matéria deliberada

O ministro Gilmar Mendes, em seu voto, afirmou o plenário não deveria julgar uma questão deliberada pela 2ª turma.

“Acho que é bom e honesto lembrar que, em 2018, quando começou o julgamento, o HC fosse afetado ao plenário. E por três votos a dois a turma deliberou para manter na turma. Portanto, veja, isso foi deliberado. Essa história toda, ‘está trazendo para o plenário’, não fica bem. Não é decente. Não é decente, não é legal, como dizem os jovens. Esse tipo de manobra é um jogo e falsos espertos. Não é bom”, declarou.

Nunes Marques continuou com o entendimento de que a decisão do relator não esvaziou o objeto do Habeas Corpus sobre a suspeição do ex-juiz, porque não há identidades de objetos nos processos.

Para o ministro Alexandre de Moraes, “ao permitirmos que o plenário reanalise uma sessão julgada pela turma, fora dos casos regimentais como embargos de divergência, por exemplo, nós estaríamos subvertendo a própria ordem regimental”. Ainda segundo Moraes, o plenário é soberano no exercício das suas atribuições regimentais e não há nessa hipótese previsão recursal de decisão da turma pelo plenário.

Entenda o caso 

Há um mês, a 2ª Turma já havia considerado o ex-magistrado parcial para conduzir os processos sobre denúncias a respeito do Instituto Lula, do sítio de Atibaia e do tríplex no Guarujá — que já renderam condenações ao petista e foram anuladas.

A maioria foi atingida depois que a ministra Cármen Lúcia, que havia se posicionado contra o pedido em 2018, quando começou a ser analisado, revisou o voto.

No entanto, após um recurso que questionou a competência da Segunda Turma do STF para considerar Moro suspeito, o caso foi levado ao plenário.

CNN Brasil


Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055