martins em pauta

sábado, 22 de dezembro de 2018

Federação Nacional e Sindicato dos Policiais Federais do RN lamentam assassinato de policial militar na Grande Natal

Sábado, 22 de Dezembro de 2018

A Federação Nacional dos Policiais Federais (FENAPEF) e o Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal no RN (SINPEF/RN) apresentam, aos familiares e amigos do policial militar João Maria Figueiredo da Silva, suas mais sinceras condolências.

O cruel assassinato do policial, sabidamente um atuante militante pelas necessárias reformas na segurança pública e da permanência do estado democrático de direito em nosso país, soa como uma afronta ao potiguar e ao povo brasileiro.

Só em 2018, ja foram registradas 26 mortes de agentes de segurança pública no RN. É uma explícita demonstração de que o Estado tem sido afrontado e que o vigente modelo de segurança pública, que se perpetua, tem sido incapaz de reverter tal caótico quadro e, o pior, não tem conseguido ofertar proteção sequer para os operadores de segurança, homens e mulheres que vivem a se doar para garantir a proteção de seu povo. É importante que o assassinato de Figueiredo seja elucidado e que os responsáveis por tão covarde e cruel ato sejam entregues à Justiça. De modo que, a impunidade, tão criticada por ele, não agrave ainda mais a dor de sua família e amigos.

Os policiais federais de todo o Brasil se solidarizam com a família. Estamos dispostos a juntar forças na luta pela reforma do atual e ultrapassado modelo de (in)segurança pública que vigora em nosso país para que o estado seja capaz de cumprir a obrigação de proteger os seus cidadãos, conforme assegura a Constituição Federal.

Fonte: Fim da Linha

Com 14 procedimentos criminais, Renan perde 1ª batalha, mas ainda briga para presidir o senado (Veja o Vídeo)

Sábado, 22 de Dezembro de 2018


Uma liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) garante o voto aberto para a presidência do Senado Federal.

Lasier Martins, autor do mandado de segurança que garantiu a decisão, comunicou o fato ao atual presidente da casa, Eunício de Oliveira.

Incontinenti, Renan fez uso da palavra para protestar contra a liminar e defender o voto secreto, “em nome da democracia”.

Renan sabe que com o voto aberto, a eleição está perdida. Os demais senadores terão constrangimento e vergonha de declarar o seu voto no senador alagoano.

Entretanto, numa votação secreta, Renan tem todas as condições de negociar um apoio bem mais robusto e assim entrar com boas chances na disputa.

Eunício, que no próximo ano nem mais será senador, anunciou que o Senado irá recorrer da decisão.

Renan na presidência do senado será algo extremamente negativo para o novo governo.

Por sua conhecida má índole, irá fatalmente atravancar tudo que for do interesse do governo, com a firme disposição de exercer a política do ‘toma lá, dá cá’.

Renan na presidência do Senado é a mais evidente representação da velha política numa casa que necessita mudar.

Veja o vídeo:
da RedaçãoJornal da Cidade Online

A estupidez de um estúpido usando a honrosa farda da Brigada Militar do RS

Sábado, 22 de Dezembro de 2018


Eu e a minha mulher, que já entramos na faixa dos idosos, fomos vítimas nesta sexta-feira (21.12.18), da estupidez e do arbítrio de soldados da Brigada Militar do Rio Grande do Sul.

Em toda a minha vida, como pessoa, advogado ou sociólogo, nunca tinha presenciado ou testemunhado fato semelhante, como também jamais imaginei que algum dia pudesse acontecer, seja comigo, seja com outra pessoa qualquer.

Por descuido meu, acabei não pagando a tempo o IPVA e demais taxas obrigatórias do meu carro, referente ao ano de 2018.

Passado pouco tempo do vencimento, recebi do Tabelionato de Notas e Protesto de Xangri-Lá, um aviso sobre tal pendência. Foi quando “acordei” para o problema do atraso.

Corri imediatamente ao banco, no mesmo dia, e paguei a guia do COOPNORE 001-9, no valor R$ 2.067,89, em 12.07.18. “Pensei” ter resolvido problema. Nada disso.

Vejam que ocorreu:

No dia 19 de dezembro viajei a Porto Alegre para submeter-me a um procedimento cirúrgico bastante complicado no Hospital Moinhos de Vento, que seria realizado no dia seguinte, dia 20.

Após a cirurgia, ainda debilitado, mas considerando a proximidade do Natal, porque espero a presença dos meus netos na minha casa em Xangri-Lá, dirigi-me ao Litoral Norte, após o meia dia de sexta feira (21).

Para minha surpresa, fui barrado por soldados da Brigada Militar na Estrada RS que liga Osório a Tramandaí (RS 030, Km 83), perto do acesso à Estrada do Mar. Eu estava com a minha esposa, também idosa e debilitada, bagagem e mais dois cachorrinhos já bastante velhos.

Meu carro foi aprendido e guinchado. O “Auto de Retirada de Veículo de Circulação-Auto de Apreensão (TC/COP)-DAER-é o de Nº 240892.

A total falta de respeito com a pessoa humana praticada pelos dois jovens brigadianos, não estaria propriamente na apreensão do veículo, e sim nas condições e no local onde isso aconteceu.

O local dista muitos quilômetros da cidade de Osório, numa região totalmente “vazia” de qualquer tipo de civilização. Eu e minha mulher íamos ser deixados totalmente abandonados no “mato”.

Graças a uma “bondade” do motorista do caminhão-guincho, ele nos deu carona na cabine do seu veículo, que para subir foi uma enorme dificuldade.

Isso foi um desrespeito com os mais elementares princípios de direitos humanos. E não estou reclamando da minha situação, porém com a falta de respeito com a minha esposa que, como Assistente Social, também me disse nunca ter visto nada igual.

A muito custo, e com muita má vontade, após ficar esperando mais de uma hora, em plena estrada, sem qualquer notícia da “autoridade”, o brigadiano me disse o motivo da apreensão.

Faltava um ítem nas taxas de 2018. Mostrei-lhe o recibo da quitação no banco da “conta” que o Cartório de Protestos havia mandado. De nada valeu. O “Seguro Obrigatório” ainda estaria pendente, segundo ele me informou. O valor seria de quarenta e poucos reais.

Na verdade ninguém pode compreender essa “esculhambação” na arrecadação “furiosa” de tributos sobre veículos automotores. Esse “desdobramento” não faz qualquer sentido, não fosse por outras razões, por tornar as pessoas verdadeiras “escravas” das obrigações dos seus carros.

Bom lembrar, por oportuno, que as únicas duas coisas que funcionam “bem” nesse país são a “arrecadação de tributos” e o “processo eleitoral”. Quem dera a segurança pública, o ensino e a saúde, tivessem o mesmo tratamento privilegiado que “eles” dão às eleições e à cobrança de impostos.

Sérgio Alves de Oliveira

Advogado, sociólogo,  pósgraduado em Sociologia PUC/RS, ex-advogado da antiga CRT, ex-advogado da Auxiliadora Predial S/A ex-Presidente da Fundação CRT e da Associação Gaúcha de Entidades Fechadas de Previdência Privada, Presidente do Partido da República Farroupilha PRF (sem registro).

Donte: Jornal da Cidade Online

[VÍDEO] APÓS SER DETIDO EX SOLDADO DA PM DO RN DESARMA POLICIAL E ABRE FOGO NO CENTRO DO RIO DE JANEIRO;TRÊS FORAM BALEADOS E UM MORREU

Sábado, 22 de Dezembro de 2018

Confusão ocorreu quase em frente à sede da Polícia Civil e perto dos Arcos da Lapa, um dos pontos turísticos mais importantes da cidade. Segundo a polícia, autor dos disparos foi afastado da polícia por problemas psiquiátricos.

Foto/Reprodução

Um homem morreu e outras duas pessoas ficaram feridas na manhã desta sexta-feira (21) depois que um ex-soldado, que havia sido detido, desarmar um policial e promover um tiroteio no Centro do Rio.

A confusão ocorreu quase em frente à sede da Polícia Civil e perto dos Arcos da Lapa, um dos pontos turísticos mais importantes da cidade.

De acordo com a Polícia Militar, o autor dos tiros é um um policial militar reformado do Rio Grande do Norte, afastado por problemas psiquiátricos, que foi levado à autoridade policial após ter danificado uma propriedade da Infraero no Aeroporto Santos Dumont.

Após a confusão no aeroporto, o ex-PM foi preso por policiais militares do Aterro Presente e conduzido à 5ª DP (Mem de Sá). Segundo a PM, ele teve as algemas retiradas para poder assinar o registro da ocorrência. Com as mãos livres, ele conseguiu desarmar um policial e começou a atirar.

O tiroteio ocorreu por volta das 10h30 e havia muito movimento no entorno da delegacia. Foram baleados ainda dentro da delegacia um policial civil, de 36 anos, e um idoso que esperava para ser atendido. Um terceiro homem foi baleado na rua, quando o ex-soldado fugia.

O policial foi atingido de raspão na barriga e levado para o Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, assim como o homem que passava pela rua e foi atingido por um dos tiros. Já o idoso que aguardava atendimento acabou morrendo no local.
O ex-soldado também acabou baleado durante a fuga. Ele foi socorrido e seu estado de saúde não foi informado.
No link abaixo vídeos gravados instantes após o crime.




G1-RJ / Passando na Hora

Ministério Público com apoio da PC e da PM deflagra operação de combate ao tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo em Angicos-RN

Sábado, 22 de Dezembro de 2018

Material apreendido em Angicos (Foto divulgação PM)

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, com apoio das polícias Civil e Militar, deflagrou nesta sexta-feira 21 de dezembro, operações de combate ao tráfico de drogas e crimes de homicídios em cidades do do interior do estado.

Um dos apontos das operações é a cidade de Angicos a 100 Km de distância de Mossoró, na região Central Potiguar, onde o alvo da ação do MP diz respeito a combate ao tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo naquela região. Estão sendo cumpridos mandados de prisão e busca e apreensão naquela cidade.
Durante o cumprimento dos mandados, foram apreendidos um revólver calibre 38, um simulacro de fuzil, cerca de 1 quilo de maconha e quatro motocicletas. A operação Lei e Ordem é fruto de um trabalho investigativo realizado pelo MPRN. Esse trabalho foi iniciado após ser percebido um aumento significativo de crimes contra o patrimônio e tráfico de drogas na cidade.

Um dos alvos chegava a usar o perfil dele em uma rede social para fazer apologia à violência, ao porte de armas e à associação criminosa. Todo o material apreendido será usado na apuração de crimes. Além de Angicos a operação também teve como alvo a cidade de Baia Formosa, onde segundo o MP, estão sendo cumpridos 10 mandados de busca e apreensão na operação batizada de 'Agreste Seguro'.

Em Baia Formosa, foram apreendidos maconha, crack, duas espingardas calibre 12, um revólver, munição e dinheiro.


O objetivo é levantar dados que auxiliem na redução da criminalidade no município. Segundo levantamento do MP e da Ong Observatório da Violência, a quantidade de assassinatos cresceu 66,7% na região entre 2017 e 2018, saltando de 21 para 35 registros até o momento.


Fonte: Fim da Linha

Polícia Civil com apoio da PM cumpre mandado de busca e apreensão contra adolescente infrator em Areia Branca-RN

Sábado, 22 de Dezembro de 2018

Policiais Civis da delegacia de Areia Branca, coordenada pelo Dr. Luiz Antônio, com apoio do GTO cumpriram na tarde desta quinta feira 20 de dezembro, uma mandado de busca e apreensão expedido pela justiça em desfavor de um adolescente de 17 anos, naquela cidade.

De acordo com o delegado Luiz Antônio, o menor é suspeito de envolvimento em assaltos, atentados contra a vida e até homicídios na região de Areia Branca e havia se evadido do Centro Integrado de Atendimento ao Adolescente Acusado de Ato Infracional (CIAD) de Mossoró, onde cumpria medidas socios-educativas.

Para apreender o adolescente a Polícia Civil e o Grupo Tático Operacional (GTO) de Areia Branca, comandado pelo Tenente-PM Luiz Almeida montaram um cerco na residência onde se encontrava o menor, impossibilitando sua fuga. Com o mandado cumprido, os policiais Civis da cidade, conduziram o adolescente para o CIAD em Mossoró, onde ficará a disposição da justiça.

Fonte: Fim da Linha

Integrante de grupo criminoso que ostentava vida de luxo é preso no RN





Carro de luxo do ano, passeios em shoppings e restaurantes, aluguel de flat de alto padrão com vista privilegiada para a Praia de Ponta Negra, na zona Sul de Natal.

PUBLICIDADE


Essa era a vida que ostentava um dos integrantes de uma organização criminosa que atua no Ceará enquanto estava foragido da Justiça cearense, tendo três mandados de prisão em aberto.

Mas os dias de mordomia e liberdade do criminoso tiveram um fim, na noite da última quarta-feira, 19, quando policiais civis da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) localizaram e deram cumprimento aos mandados de prisão em desfavor de YagoSteferson Alves dos Santos (26), o “Yago Gordão”. Sem reagir à prisão, o criminoso voltou ao Estado sob escolta para responder por uma série de crimes cometidos em território cearense.

“Yago Gordão” é apontado nas apurações da Draco como um criminoso com atuação direta no tráfico de drogas e com papel de chefia dentro da organização criminosa. Aos 26 anos de idade, o suspeito já foi autuado ou indiciado pela Polícia do Ceará em seis procedimentos por homicídios, quatro por tráfico de drogas, dois por crimes de trânsito, um por ameaça, disparo de arma de fogo, posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e um Termo Circunstanciado de Ocorrência por uso ou posse de drogas. Todas as passagens foram registradas em um período de seis anos, entre 2011 e 2017. No último procedimento ao qual foi indiciado, ele é suspeito de ordenar a morte de uma vítima, no bairro Parque Presidente Vargas, na Área Integrada de Segurança 9 (AIS 9). Desta vez, o suspeito, que foi preso enquanto passeava em um shopping localizado no bairro Tirol, região da Zona Leste de Natal, vai passar seus dias recluso aguardando o julgamento de seus processos na Justiça cearense.

“Os suspeitos que estão no topo da cadeia criminosa costumam passar seus dias ostentando o dinheiro das práticas criminosas e desfrutando a vida no mais alto padrão. Muitas vezes, eles chegam a passar despercebidos nos locais onde acreditam não serem notados pelas pessoas tampouco pelas autoridades. Yago já estava no nosso radar há um tempo, e esperávamos o momento certo para efetuar a prisão dele, interrompendo a rotina do criminoso no convívio com a sociedade e fragilizando a comunicação dele com os comparsas no Ceará”, explica o titular da Draco, Harley Filho, que destaca a destreza e a qualidade do trabalho das equipes da especializada no levantamento de informações sobre o suspeito, mesmo ele estando em outra unidade da federação.

Embora estivesse afastado a quilômetros de distância de seus domínios, as investigações da Draco estabelecem a influência exercida pelo criminoso em seus comandados na execução de planos criminosos e, principalmente, no comércio de substâncias entorpecentes. A Draco investiga ainda se “Yago Gordão” mantinha relação com outros suspeitos que agiam no Rio Grande do Norte com o intuito de revelar outros comparsas. Os levantamentos estão em andamento e contam com a colaboração da Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Norte na troca de informações que levem à identificação de outros suspeitos que dividiam a rotina criminosa do cearense, em Natal. De acordo com as apurações, Yago morava na capital potiguar ha cerca de um ano e meio.

Quando chegou a Fortaleza, os mandados de prisão contra Yago foram cumpridos e o suspeito foi ouvido pela equipe da Draco. Por ter confessado fazer parte de uma organização criminosa, Yago também foi autuado em flagrante, com base da Lei das Organizações Criminosas. Em depoimento, ele deu detalhes do funcionamento do grupo criminoso do qual faz parte e de sua função exercida dentro da orcrim, fato que está em análise pela Draco.

Vida de luxo

Ainda em Natal, após ser preso, os policiais civis da Draco tiveram acesso à parte da vida que o suspeito levava na cidade. “Yago Gordão” residia de aluguel em um dos flats de luxo localizado na Praia de Ponta Negra, região turística e de imóveis de luxo da cidade de Natal. O flat, localizado na Avenida Engenheiro Roberto Freire, fica a três quadras da orla da Praia de Ponta Negra e é cercado por restaurantes caros. O prédio onde o suspeito alugava um imóvel dispõe de piscina, academia, churrasqueira e sacada com vista para o mar, além de uma quadra esportiva multiuso. A diária em uma das unidades do flat é oferecida aos hóspedes a partir de R$ 250. Em uma busca feita em sites de hospedagem, só há datas disponíveis na segunda semana de janeiro. Yago tinha à disposição ainda um veículo Toyota Hilux 2018/2019, com placas de Brasília, Distrito Federal, que ele circulava pelas ruas da capital potiguar e que teria sido comprado em uma concessionária, em Fortaleza.

Fonte: Sspds/CE / Jair Sampaio

Força Nacional realiza mais de 190 prisões no Rio Grande do Norte

Sábado, 22 de Dezembro de 2018

Resultado de imagem para images da força nacional no RNAtuando ostensivamente, a Força Nacional de Segurança Pública (FNSP) já contribuiu para mais de 190 prisões em Natal e Mossoró e promoveu diversas apreensões entre janeiro e novembro de 2018.

Ao todo, foram 197 prisões em 11 meses. Somado a isso, a FNSP tirou de circulação 62 armas de fogo e 556 munições, apreendeu 28 menores infratores e recuperou 73 veículos com registro de roubo, além de ter realizado abordagens a 57.377 pessoas, 14.611 motocicletas, 10.544 carros e 39 residências.

No Rio Grande do Norte, a Força Nacional atua em parceria com as demais Forças de Segurança Estaduais, visando promover uma maior sensação de segurança para a população. Em ações e operações integradas durante o ano, foram 1.213.

Fonte: Blog do BG

Presos começam a deixar presídios graças às saidinhas de fim de ano

Sábado, 22 de Dezembro de 2018

Somente no estado de São Paulo serão quase 40 mil presos que devem usufruir do polêmico benefício e circular livremente por duas semanas.


Todos os anos, junto com as festas de final de ano, vêm a já famosa saidinha de Natal do encarcerados da Justiça. Nela milhares de detentos ganham o direito de passar cerca de duas semanas livres, em tese, para celebração com os familiares e ajudar no processo de ressocialização.

Em resposta à Coluna, a Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo informou que os dados precisos sobre o número de beneficiados só serão divulgados após o retorno "de todos os reeducandos" à cadeia, mas informações extra-oficiais dão conta de que quase 40 mil detentos terão direito ao benefício apenas no estado.

Em 2017, os presos começaram a sair no dia 20 de dezembro. Foram 33.324 beneficiados com taxa de retorno de 96% ao final do período, deixando 1.333 fugitivos da Justiça. Esta taxa de fuga e a sensação de insegurança causada pela própria soltura destas dezenas de milhares de condenados tornam o benefício bastante polêmico, e é comum que as redes sociais sejam inundadas por reclamações contrárias. 

Vários candidatos chegaram a usar o fim da saidinha como bandeira de campanha. O governador eleito de São Paulo, João Doria, foi um deles. "Eu sou contra a saidinha. Aquele que cumpre a pena deve cumprir em prisão", disse Doria, que prometeu lutar pelo fim do benefício.


Com informações do portal R7
Foto portal Meio Norte

Eunápolis: Polícia investiga morte de jovem que teria participado de 'desafio do desodorante'

Sábado, 22 de Dezembro de 2018

Foto: Reprodução/ YouTube

Marcos vinícius de Paula Santos, 14 anos, foi encontrado desacordado no quarto da casa onde morava com os tios, em Eunápolis. A suspeita é de que a causa da morte foi em decorrência do "desafio do desodorante", que se tornou febre na internet. Segundo o site Radar64, o garoto estava com um frasco de desodorante nas mãos. Ele foi levado para o Hospital Geral, mas não resistiu. Conforme as informações preliminares do instituto médico Legal, a causa da morte foi por asfixia.

O pai do adolescente, Fredson Santos Carlos revelou que o filho tinha combinado de fazer o desafio com os amigos. No entanto, os outros garotos teriam desistido. "Os amigos contaram que o desafio consistia em inalar aerossol, fechar a boca e nariz e tentar aguentar o máximo de tempo possível sem respirar", relatou.

O desafio lançado por youtubers incita os internautas a inalarem desodorante aerosol. A corrente já fez algumas vítimas no país, a maioria crianças e adolescentes. O caso serve de alerta para os pais se atentarem ao que os filhos andam consumindo na internet.

Tumor cerebral inoperável de uma menina de 11 anos desaparece milagrosamente sem deixar rastro

Sábado, 22 de Dezembro de 2018


Em junho passado, Roxli Doss, 11 anos, de Austin, nos Estados Unidos, foi desenganada ao ser diagnosticada com um glioma pontino intrínseco difuso (GPID), um tumor cerebral raro e extremamente agressivo com uma taxa de sobrevivência muito baixa, que se apresenta no tronco encefálico da crianças. Agora, durante um exame de rotina, os médicos que a atendiam ficaram boquiabertos ao descobrir que o tumor inoperável se curou inexplicavelmente.

- "O GPID é muito raro, mas quando se apresenta é uma doença devastadora", segundo disse a doutora Virginia Harrod, que atende Roxli. Este câncer afeta os nervos cerebrais e entre seus sintomas mais comuns encontram-se a perda de equilíbrio, problemas nos olhos e visão, bem como dificuldade para falar, engolir e respirar.

Virginia ademais indicou que a menina fez várias semanas de radioterapia para controlar o desenvolvimento do tumor, mas que esta doença não tem cura. Os pais de Roxli asseguram que a menina foi examinada em diferentes centros especializados do país, e em todos o diagnóstico era GPID.

A recuperação da garota é nada menos do que milagroso, já que a médica disse que nunca viu esse tipo de resposta ao tratamento com radiação em nenhum de seus pacientes anteriores. Realizar uma biópsia em uma parte tão sensível do cérebro não valeria o risco, e os pais de Roxli já se recusaram a fazer um, por isso é difícil para os médicos estabelecerem exatamente como esse milagre ocorreu.

Para a família de Roxli, o desaparecimento do tumor é o trabalho de Deus e uma resposta às suas orações.

- "Louvado seja Deus por seu milagre de cura", escreveu a mãe da menina no Facebook.

Os médicos de Roxli afirmam que ela ainda não está totalmente isenta de perigo, já que o GPID é conhecido por ser muito agressivo, então a garota terá que ser monitorado de perto daqui para frente. Virginia declarou-se cautelosamente otimista.

É difícil dizer se o tumor voltará algum dia, mas uma coisa é certa: essa jovem teve uma segunda chance inesperada na vida que tão poucas pessoas, que sofrem com o GPID, têm.

Fonte: Kvue

Maduro ameaça Mourão “Venha. Te espero com a Força Nacional”

Sábado, 22 de dezembro de 2018


O ditador venezuelano Nicolás Maduro, prestes a iniciar seu segundo mandato como presidente da Venezuela, usou seu discurso para atacar o General Hamilton Mourão, vice-presidente eleito no Brasil.

“Sim, Mourão, o golpe quem vai dar vai ser você, ouviu? Vou te esperar aqui com vários milhões de homens e mulheres, além de uma Força Armada Nacional disposta a defender a Constituição, a independência a qualquer custo. Te espero aqui, Mourão. Venha você mesmo. Te convido a vir você mesmo, Mourão” afirmou o ditador.

Recentemente Mourão declarou que a ditadura venezuelana estaria chegando ao fim.

Maduro também aproveitou para atacar Bolsonaro da mesma maneira que atacou Mourão.

“A Venezuela não é o Brasil. Aqui não vai ter um Bolsonaro. Aqui será o povo e o chavismo por muito tempo (…). Bolsonaro aqui não teremos nunca, porque nós construímos a força popular”

Não é a primeira vez que Maduro perde a linha e dispara ameaças contra seus vizinhos, além de Bolsonaro e Mourão, Iván Duque, Presidente da Colômbia e Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos são constantes alvos do ditador em seus discursos.

Informação do G1.

A patética bipolaridade de uma tal Benedita (Veja o Vídeo)

Sábado, 22 de Dezembro de 2018


Recentemente, o país chocado viu a Benedita agressiva. Mal acompanhada, ao lado de Roberto Requião, a petista convocou a militância para a luta, advertindo que deveria haver ‘derramamento de sangue’.
"A minha bíblia está escrito que sem derramamento de sangue, não haverá redenção".
“Vou à luta e vamos à luta com qualquer que seja as nossas armas”, bradou a insana, sob aplausos dos incautos militantes.
Uma cena deplorável, absolutamente desnecessária e sem qualquer propósito.
Veja o vídeo:
Esta semana, Benedita proporcionou mais um lastimável espetáculo, revelando a sua bipolaridade, baixa autoestima e péssimo caráter.
Na frente do local onde o presidiário Lula encontra-se recolhido, cumprindo pena por um dos inúmeros crimes que cometeu, Benedita, rastejante e deprimente, puxava a coro “Lula eu te amo”.
Na sequência, aos prantos, demonstrava toda a sua fraqueza:
“A gente está deixando o Lula no meio do caminho”.
A mulher valente, disposta a ir à luta, dava lugar a uma figura descontrolada e sem noção, mas com aspirações tiranas:
“Eu queria ter o poder, a força, que pudesse arrancar e levar ele”.
Ora, Benedita, o Lula está preso porque roubou o povo brasileiro. Por enquanto ele sente o peso de apenas uma condenação. Restam ainda, pelo menos, sete sentenças a serem prolatadas.
A lei é para todos!
Veja o vídeo:

Otto Dantas

Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

A cada movimento chicaneiro do PT, a sociedade fica mais forte na luta contra a impunidade

Sábado, 22 de Dezembro de 2018


O que o Partido dos Trabalhadores tem feito, notadamente após a prisão de Luiz Inácio Lula da Silva, tem se constituído em verdadeiros ‘tiros no pé’, efeito bumerangue, retornando com força multiplicada.

O PT que fez o que fez e conseguiu por quatro vezes consecutivas obter a maioria dos votos do eleitorado nas urnas, não se deu conta ainda - por incrível que pareça - que os tempos são outros e que tudo mudou.

A diferença crucial é que o partido não tem mais o poder. Não tem mais o dinheiro fácil. E não engana mais a população pensante. Foi completamente desmascarado.

Não se deu conta de que a cantilena de que ‘Lula foi condenado sem provas’, não cola.

Assim, todos os movimentos que dá no sentido de tentar livrar Lula da prisão, imediatamente provocam a repulsa da população, fazem crescer o sentimento de revolta contra o partido e afloram a luta contra a corrupção e a impunidade.

Tudo o que aconteceu nesta quarta-feira (19) fez com que a sociedade brasileira ganhasse mais força no combate a corrupção e aumentou ainda mais a revolta contra as mazelas desta Organização Criminosa de alta periculosidade, mas, felizmente, de parca habilidade.





Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Indignado, Lula não admite, não compreende e não aceita a “traição” de Dias Toffoli

Sábado, 22 de Dezembro de 2018


O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva chegou realmente a acreditar que seria solto nesta quarta-feira (19), tão logo foi avisado que uma liminar de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) derrubava a prisão de condenados em 2ª instância com sentença condenatória que ainda não tivesse transitado em julgado.

Inúmeros petistas começaram a se dirigir para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR), parlamentares e dirigentes partidários, formando uma grande aglomeração no local. Lula do 4º andar percebia todo o movimento.

Assim, o petista, satisfeito, mas ansioso, aguardava a chegada do documento que iria determinar a sua liberação, o alvará de soltura.

Até que chegou a informação de que a juíza Carolina Lebbos, comunicada da decisão do ministro através de petição protocolada pelo advogado Cristiano Zanin, recusou-se a atender prontamente a determinação.

Lula teria ficado irritadíssimo e extremamente angustiado

De qualquer forma, o momento mais traumático ainda iria acontecer. Ocorreu quando Lula soube que Dias Toffoli, seu ‘afilhado’, amigo, ex-companheiro no PT, ex-advogado do partido, a quem ele nomeou sub-chefe da Casa Civil, Advogado Geral da União e ministro do STF, derrubou a decisão que lhe garantia a liberdade.

Nas hostes petistas imaginam que ‘forças ocultas’ teriam guiado a atuação do presidente do STF no caso.

De qualquer forma, a atitude de Toffoli é tida como traição. Afinal, foi nomeado ministro para servir ao PT. É este o pensamento reinante. Por Lula, Toffoli deveria enfrentar a tudo e a todos.

O atual presidente do STF, ainda bastante jovem, preferiu pensar no seu futuro...


Amanda Acosta

Articulista e repórter
amanda@jornaldacidadeonline.com.br

Agentes encontram euros e dólares ao inspecionarem cela de Pezão

Sábado, 22 de Dezembro de 2018

por Folhapress
Foto: Reprodução/ EBC

Uma inspeção do Gabinete de Intervenção Federal encontrou quase R$ 500 em moeda estrangeira na cela do governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (MDB), na Unidade Prisional da Polícia Militar em Niterói (RJ), nesta sexta-feira (21).

O valor ultrapassa o limite de R$ 100 a que o governador e qualquer outro preso pode ter na cadeia, segundo a direção da unidade. Pezão está na sala de Estado-Maior desde o fim de novembro, quando foi detido na Operação Boca de Lobo, da Polícia Federal. As informações são da Agência Brasil.

Segundo a Polícia Militar, durante a inspeção, feita por PMs e por militares das forças armadas, foram encontrados na cela de Pezão 70 euros, 36 dólares, 6.000 pesos colombianos e 25 yinhang (moeda chinesa).

A inspeção na unidade, que também abriga vários PMs presos por crimes militares ou que estão aguardando conclusão de seus processos em crimes comuns, também foram encontrados sete celulares enterrados na horta do presídio, tesoura, seringas descartáveis e caixas de medicamentos, em outras celas.

A ação envolveu 160 militares das Forças Armadas e 100 policiais militares, terminando por volta do meio-dia.

Futuro ministro da Cidadania, Osmar Terra defende 'pente-fino' na Lei Rouanet

Sábado, 22 de Dezembro de 2018

Foto: Divulgação / Wilson Dias

O futuro ministro da Cidadania, deputado Osmar Terra (MDB-RS), que vai contemplar as funções das atuais pastas de Desenvolvimento Social, Cultura e Esporte, disse durante entrevista ao site O Globo que irá fazer um "pente-fino" na Lei Rouanet, utilizada como forma de incentivar a cultura.

“A Lei Rouanet não pode acabar, é importante. Mas tem que ter uma revisão das normas, eliminando a possibilidade de desvio. Não vou cortar dinheiro de quem está fazendo o trabalho correto. O que vamos fazer são regras para popularizar mais. Não elitizar o dinheiro”, afirmou o deputado.

Questionado sobre o repasse de verbas para “artistas famosos”, Terra afirmou que será “melhor distribuído”. “Não tem cabimento ter banco usando a Lei Rouanet para fazer livro que é, na verdade, propaganda do próprio banco. E tem artista com espetáculo garantido e está usando. Não tem sentido. Pode até dar para um artista famoso, mas tem que ter uma série de obrigações. Não ficar dando toda hora. O nosso teatro não vive sem a Rouanet. É bom porque mantém o teatro vivo, mas é importante o artista colocar a alma no que faz.

Com relação ao cinema nacional, o futuro ministro acredita que alguma coisa está errada, pois mesmo com a ajuda das leis de incentivo, as obras “estão atingindo no máximo 18 mil, 19 mil espectadores”. 

“Temos bons diretores. Mas a maioria das produções tem um resultado muito pequeno de bilheteria. Alguma coisa está errada. Pelo que conversei com o pessoal da Ancine, eles estão dando uma média de R$ 4 milhões por filme e essas obras estão atingindo no máximo 18 mil, 19 mil espectadores. Temos que melhorar aí. Talvez ter um filtro maior para roteiro. Uma exigência maior para coisas que deem impacto”.

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055