martins em pauta

sábado, 9 de março de 2019

Laudo do Itep aponta que jovem de Currais Novos foi assassinada em Caicó, diz rádio

Sábado, 09 de Março de 2019



Um Laudo do ITEP divulgado na manhã desse sábado pela Rede Tropical de Comunicação, incluindo a Rádio CBN e Jovem Pan, aponta que a jovem de Currais Novos Zaíra Dantas Cruz, de 22 anos, foi assassinada em Caicó.

De acordo com os dados apresentados pelas emissoras de rádios e TV, a jovem foi assassinada por Asfixia Mecânica e Estrangulamento, e o meio foi agente externo, torturada cruelmente. A notícia foi dada em extra-ordinário.

Fonte: Blog do Jair Sampaio

Quatro pessoas da mesma família morrem e outra fica ferida em acidente de trânsito na BR 110 entre Mossoró e Upanema no Oeste do RN

Sábado, 09 de Março de 2019

Imagem
As vítimas mortas no local (Reprodução redes sociais)
Quatro pessoas da mesma família, sendo um homem, duas mulheres e uma criança, morreram e uma quinta, uma mulher, ficou ferida, durante um acidente de trânsito, tipo colisão, ocorrido na madrugada deste sábado 09 de março de 2019,, na BR 110 entre os municípios de Mossoró e Upanema na região Oeste do Rio Grande do Norte,
De acordo com a PRF, cinco pessoas ocupavam um Gol de cor vermelha com placas, NIK 3550 registrado para Santa Cruz do Capibaribe/PE e viajavam sentido Upanema, quando o carro de passeio colidiu violentamente na traseira de uma carreta carregada de GNV (Gás natural), que estava parada na pista de rolamento após um incêndio.
No local morreram: o motorista do Gol, Everaldo José da Penha, 40 anos,Valdilene Arruda de Lima, 36 anos, natural de Barra de São Miguel/PB, possivelmente esposa de Everaldo, Vanderlânia Arruda de Lima, 28 anos, natural de Santa Cruz do Capibaribe/PE e uma criança de aproximadamente 7 anos, ainda sem identificação. O quinto ocupante do Gol, Wedja Stefany Silva Penha, 18 anos, possivelmente filha de Everaldo, foi resgatada com vida pelos Bombeiros e Samu e encaminhada ao Hospital Tarcísio Maia em Mossoró e segundo informações saiu consciente e orientada.
Imagem
A Polícia Rodoviária Federal, que esteve no local, informou que a carreta com placas, MYR-5184 CARÚBAS/RN, estava carregada com GNV (Gás natural Veicular), trafegava pela BR 110, com destino a Caraúbas, quando incendiou por volta de 00h30min da madrugada de hoje, a pouco menos de 15 Km de Upanema.
O motorista que conseguiu sobreviver, deixou o veículo em cima da rodovia e foi embora, sem colocar nenhuma sinalização de advertência na via. O motorista do Gol não percebeu a carreta e quando tentou frear o carro já foi em cima, não havendo tempo para evitar a colisão. O impacto foi tão violento que o motor do Gol foi arrancado e ficou em baixo da carreta.
Após a perícia no local, os quatro corpos foram recolhidos e encaminhados para necropsias na unidade regional do ITEP em Mossoró. A equipe da Delegacia de Plantão de Mossoró, comandada pelo delegado Rafael Alves, esteve no local acompanhando o trabalho da Perícia do ITEP. O inquéripo polical que vai apurar as causas do acidente será conduzido pelo delegado de Upanema, Dr, Caetano Balmamn.
Os corpos serão liberados após o comparecimento de familiares das vítimas com documentação no ITEP. O translado dos corpos serão feitos por uma funerária até a cidade de origem, onde serão sepultados.
Imagem
Imagem
Imagem


 FONTE: FONTE: FIM DA LINHA

Após ser estuprada por concunhado, estudante é queimada viva por namorado

Sábado, 09 de Março de 2019 

Foto: Reprodução / iG

Uma estudante de 19 anos foi estuprada por seu concunhado e em seguida, queimada viva pelo namorado, que encontrou os dois deitados na cama. Com 80% do corpo incendiado, Isabela Miranda de Oliveira não resistiu aos ferimentos e morreu em um hospital, na Grande São Paulo.

Tudo aconteceu na noite de terça (6), quando os três e outros amigos participavam de um churrasco em Franco Rocha, na região metropolitana da capital paulista.

Segundo informações do portal Exame, familiares da vítima afirmam que ela foi abusada sexualmente pelo cunhado do namorado dela enquanto dormia em um dos quartos da casa — a moça se recuperava de uma embriaguez.

Depois disso, seu namorado, William Felipe Alves, de 21 anos, teria ido ao quarto e encontrado os dois juntos na cama. Ao julgar que a relação havia sido consensual, ele espancou Isabela até ser barrado por outras pessoas que estavam na casa. De acordo com o portal iG, os colegas trancaram a jovem em um banheiro para que ele não a matasse, mas o agressor colocou fogo em pedaços de plástico e os empurrou para dentro do banheiro. Isabela, então, foi obrigada a sair do cômodo sob o risco de morrer asfixiada, mas foi surpreendida na saída quando ele a jogou em um colchão em chamas.

Os colegas disseram ainda que ele também agrediu o cunhado, que diz não se lembrar de nada.

Com isso, William Felipe foi preso em flagrante e vai responder por feminicídio enquanto o outro homem, cuja identidade não foi revelada, vai responder por estupro em liberdade.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o sepultamento de Isabela foi agendado para às 10h desta sexta-feira (8), no Cemitério Municipal Orlando Mollo, em Caieiras, também na Grande São Paulo.

Polícia Civil do Ceará prende cuidadora de idosa suspeita de furtar objetos avaliados em quase R$ 50 mil

Sábado, 09 de Março de 2019


A Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), por meio de uma ação do 2º Distrito Policial (Aldeota), prendeu uma mulher suspeita de furtar objetos pessoais do apartamento de uma idosa de 82 anos, no bairro Meireles, na Área Integrada de Segurança 1 (AIS 1). Os objetos furtados são avaliados em quase R$ 50 mil, conforme dados da investigação. A suspeita trabalhava na residência da vítima como cuidadora. A prisão da mulher foi realizada, na última sexta-feira (1º). Um revólver calibre 38 também foi apreendido com a suspeita.

Conforme foi verificado pela equipe do 2º DP, Tereza Neuma Oliveira Castelo (44) trabalhava na residência há cerca de nove meses e, durante esse período, ela furtou vários objetos pessoais da vítima, como joias, tapetes persas, escapulário de ouro, bijuterias e até um notebook. Quando os policiais civis chegaram à residência da senhora para averiguar a situação criminosa, a infratora demonstrou nervosismo e foi flagrada com dois anéis e um cordão da vítima, que estavam escondidos no bolso da bermuda da mulher.

Diante dos fatos, os agentes conduziram a mulher para a casa dela para identificar outros produtos furtados da residência. A princípio, ela tentou desviar o caminho para um imóvel onde ela não residia, mas os policiais conseguiram identificar o endereço correto da infratora e se dirigiram para lá. Ao chegar à residência, os agentes conseguiram localizar e recuperar os objetos furtados: sete kits com brinco, anel e pulseira, outros tantos anéis, brincos e broches, bijuterias, um escapulário de ouro, três bolsas femininas, dois tapetes persas, duas bonecas russas, dois azulejos decorativos, uma lata com moedas antigas, um leitor digital de livros, um notebook, uma máquina fotográfica, um aparelho telefônico, entre outros objetos. Ainda durante as diligências, foi localizado um revólver calibre 38 municiado.

Após levar o material furtado para a sede do 2º DP, Tereza Neuma Oliveira Castelo (44) foi autuada em flagrante pelo crime de furto qualificado com abuso de confiança. Os objetos furtados foram devolvidos à família. Em depoimento, a mulher revelou aos policiais civis que tinha prazer em acumular coisas.

A Polícia Civil apura se a mulher praticou crime semelhante em outras residências e realiza diligências para identificar a procedência da arma de fogo. A Polícia Civil orienta as possíveis vítimas que reconheçam a suspeita a procurarem o 2º Distrito Policial para formalizar um procedimento contra a mulher na delegacia. A sede do 2º DP fica na Rua Costa Barros, 1971, no bairro Aldeota. Para mais informações, o telefone de contato da delegacia é (85) 3101-1146.


(Polícia Civil)

Polícias Civis do RN e MG prendem suspeito de participar da morte de empresária potiguar

Sábado, 09 de Março de 2019


Policiais civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (DEICOR), em operação conjunta com policiais civis do Estado de Minas Gerais prenderam, nesta sexta-feira (08), Fábio Jorge Gomes dos Santos, conhecido como “Dentinho”, na cidade de Bom Repouso-MG, onde estava foragido. Fábio é a quarta pessoa presa por participação no homicídio da empresária potiguar Maria da Conceição de Lima Barbosa, de 56 anos.

O crime aconteceu no dia 7 de novembro do ano passado e no dia seguinte o corpo da vítima foi encontrado na Zona Rural do Município de Pedro Velho-RN, com marcas de tiros de revólver calibre 38 e de espingarda calibre 12.

Durante o início das investigações, os policiais civis da DEICOR identificaram três criminosos, dois no Estado de Alagoas e outro em Sergipe. São eles: Fábio de Souza Santos, vulgo “Xuxa” e Lúcio Silva Calazans Júnior, ambos presos no mês de janeiro, e ainda Geraldo Pereira Júnior, conhecido como “Juninho”, preso no mês de fevereiro deste ano. Segundo as investigações, a participação de Fábio “Dentinho” no homicídio de Maria da Conceição consistiu não só em ter recrutado os “pistoleiros”, como também repassar o pagamento da execução aos homens.

Fonte: Blog do BG

Polícia Civil prende suspeito de homicídio na Redinha, e de ser um dos principais responsáveis pelo tráfico de drogas na região

Sábado, 09 de Março de 2019

FOTO: PC/ASSECOM

Policiais civis da Divisão de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) cumpriram, na manhã desta sexta-feira (08), um mandado de prisão e de busca e apreensão contra Valdeci Bezerra da Silva, vulgo “Tati”, na comunidade da África, Redinha.

Valdeci “Tati” e um comparsa são suspeitos de matar Leonardo Salomão Bezerra com mais de 20 disparos de arma de fogo. O crime ocorreu no dia 15 de agosto de 2018, quando a vítima estava sentada em frente a sua residência, no bairro da Redinha.

Valdeci também é apontado como um dos principais responsáveis pelo tráfico de drogas na região. A polícia conta com o auxílio da população para que enviem informações, através do disque-denúncia anônimo – 181, sobre o paradeiro do comparsa de “Tati”, assim como a localização de armas e drogas.

Fonte: Blog do BG

Bolsonaro anuncia fim das lombadas eletrônicas

Sábado, 09 de Março de 2019


Jair Bolsonaro anunciou no Facebook que não serão instaladas novas lombadas eletrônicas, equipamentos que detectam a velocidade dos veículos nas estradas.

“Decisão nossa né: não teremos mais nenhuma nova lombada eletrônica para o Brasil. As lombadas que porventura existem ainda, que são muitas, quando forem perdendo sua validade, a princípio… A princípio, não!… Não serão renovadas”, disse o presidente.

Na live, ele reclamou do uso do valor pago em multas e pedágios na instalação dos equipamentos.


(O Antagonista)

Fonte: Sobral 24 Horas

9 comentários:


8 de março de 2019 11:41Reply
Uma ótima atitude do Presidente.as lombadas não servem pra nada a não ser pra engordar os cofres da UNIÃO
8 de março de 2019 12:47Reply
Muito bem!!! Realmente essas lombadas servem exclusivamente para extorquir a população, pois ficam em locais escondidas somente para multar.
8 de março de 2019 12:51Reply
Na BR222 tem umas 30 espalhadas, quem for de fora ou não saiba onde estão com certeza toma multas. Se fosse p reduzir acidentes o q fariam era duplicar essa BR, pq é tráfego intenso de caminhões, e quando a gente tem chance de ultrapassar tem um fotossensor p multar
8 de março de 2019 12:52Reply
Os fotossensores da Meruoca são p 40km/h até de bicicleta se passa disso
8 de março de 2019 12:56Reply
Muito bem Presidente, chega de abusos contra o bolso do cidadão brasileiro. Lombada eletrônica e Carteira de motorista de 5 em 5 anos tb só serve p arrecadar
8 de março de 2019 12:57Reply
TÁ MAIS DO Q CERTO
8 de março de 2019 13:05Reply
Deveria era derrubar logo essas que já existem
8 de março de 2019 13:15Reply
Totalmente apoiado, isso é só para meter a mão no bolso do motorista q já paga caro pelo carro, combustível, ipva, seguro, licenciamento, zona azul,flanelinha etc

Quem for contra só o povo do mimimi, do discurso de politicamente correto que foi quem deixou o Brasil do jeito que está.
8 de março de 2019 13:17Reply
Presidente macho, muito empresário e políticos estão coçando a cabeça por perder esse dinheiro mole

DETRAN DIVULGA AGENDA PARA AVALIAÇÕES PRÁTICAS DE DIREÇÃO EM 22 CIDADES DO RN

Sábado, 09 de Março de 2019

Ação teve início nesta sexta (8) e acontece até o próximo dia 28 de março. Intenção é atender demanda do interior do estado.

Detran vai fazer avaliações no interior do RN — Foto: Divulgação

O Departamento de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran) divulgou nesta sexta-feira (8) a agenda para avaliação prática de direção veicular no interior do estado. As avaliações iniciaram nesta sexta em Macau e Alto dos Rodrigues e vão seguir por todo o mês de março em outras 20 cidades.

O cronograma segue na próxima segunda-feira (11) e vai até o próximo dia 28. Confira as datas e as cidades:
11 - Patu
12 - Caraúbas
13 - Apodi
14 - Pau dos Ferros e São Miguel
15 - Alexandria
18 - Parelhas e Caicó
19 - Santa Cruz e Jaçanã
20 - Currais Novos
21 - Lagoa Nova
22 - Acari e Jardim do Seridó
25 - Nova Cruz e Passa e Fica
26 - Canguaretama e Goianinha
27 - São José do Mipibu
28 - São Paulo do Potengi

De acordo com o estatísticas do Detran, 57.390 testes práticos de direção veicular aconteceram em 2018 no RN - numa média de 4.783 por mês. Atualmente, o estado conta com 851.725 motoristas habilitados.

A ação do Detran visa atender a demanda do interior do estado e auxiliar quem antes precisava se programar para viajar até Natal e fazer o teste. Há ainda a expectativa de que pessoas de cidades vizinhas tenham esse acesso facilitado.

Só pode fazer a prova, quem já foi aprovado nos exames médico e psicológico, e quem já concluiu a carga horária de aulas prática e teórica ministradas pelo centro de formação de condutor.

Para o candidato ser aprovado no teste, é necessário não cometer nenhuma falta eliminatória e que a soma dos pontos negativos seja menor do que três. No caso de reprovação, o candidato só pode repetir a prova 15 dias depois da divulgação do resultado.


G1-RN

Fonte: Passando na Hora

Por essa a bandidagem não esperava!

Sábado, 09 de março de 2019


Sérgio Moro, autorizou a atuação de agentes da Força Nacional no Pará por 90 dias. O prazo pode ser prorrogado.

A Força Nacional vai atuar na região metropolitana de Belém, em apoio no combate à criminalidade, onde o contingente obedecerá ao planejamento definido pela Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) e contará com o apoio logístico do governo estadual.

Segue o decreto:


Fonte: News Atual

Sergio Moro expulsa do Brasil mais 22 estrangeiros condenados

Sábado, 09 de março de 2019


Moro já havia expulsado outros 11 estrangeiros em janeiro.

Vinte e dois estrangeiros condenado no Brasil serão expulsos do país pelo Ministro da Justiça e Segurança Pública Sergio Moro. A informação é da Revista CrusoÉ.

Entre os estrangeiros estão três bolivianos, dois peruanos, dois angolanos, dois portugueses, um colombiano, um alemão, uma russa, um romeno, um holandês, um espanhol, um paraguaio, um namibiano, um sul-africano, um nigeriano, um congolense, um filipino e um inglês.

Em janeiro, Moro já havia expulsado do país 11 estrangeiros. Moro segue um decreto que determina “retirada compulsória do território nacional” de imigrantes com sentença condenatório de certos crimes.

Entre os crimes, segundo o site do Ministério da Justiça, estão:

a) Crime de genocídio;

b) Crime contra a humanidade;

c) Crime de guerra; 

d) Crime de agressão;

Via: MBL NEWS

Fonte: News Atual

O sindicato de pelegos e o fim da farra

Sábado, 09 de Março de 2019


Antes eram conhecidos como sindicatos de ladrões, retratados no filme que conta a história de Johnny Friendly, gangster e diretor do sindicato dos operários das docas de Nova York e assassino confesso de um concorrente com medo dele delatar a corrupção existente no sindicato para a Comissão do Crime, outra associação corrupta e também criminosa.

Magistralmente interpretado por Marlon Brando, o filme narra a história desse assassinato mostrando o medo dos trabalhadores com os capangas de Johnny e a luta de Brando para derrubar a liderança sindical da época. Dirigido por Elia Kazan, o filme foi considerado como o envolvimento da Máfia com os sindicatos americanos, muito embora alguns o tenham como a luta de um homem contra o “poder” instituído pelos sindicatos e pelos seus dirigentes.

No Brasil, os líderes sindicais não são conhecidos como gângsteres, mas sim como pelegos, termo que significa, na gíria operária, capacho, espécie de gente dominada por outras para fazer coisas contra a sua própria vontade. Tampouco são conhecidos como ladrões, com exceção de uma minoria, que, embora dominante, não chega a generalizar.

A palavra pelego, a partir do seu sentido figurado, teve início na década de 1930, com o surgimento da Lei da Sindicalização. Na época os pelegos passaram a ser conhecidos como os líderes sindicais a serviço do governo, servindo como elo de ligação entre este e as entidades. Na ditadura passaram a atuar contra os trabalhadores, servindo-se dos sindicatos como instrumento de subsistência para si e suas famílias, ganhando sem trabalhar.


Com a chegada do PT ao poder, essas entidades se multiplicaram tanto que passamos a ser considerado uma república sindicalista, graças ao esquema montado por Zé Dirceu e alguns notórios pelegos, com apoio de gente como Roberto Jefferson, do PTB e Paulinho da Força, este último conhecido como o maior pelego do país depois de Zé Dirceu.

Em um país com as relações trabalhistas e sindicais fortemente controladas pelo estado – reflexo do fascismo de Getúlio Vargas, criador da Lei da Sindicalização (1931) e da CLT (1943) – a criação de sindicatos aumentou continuamente nos últimos anos.

De acordo com o Ministério do Trabalho, temos neste momento 16720 sindicatos com registro ativo, sendo 11478 de trabalhadores e 5242 de empregadores, fora confederações, federações e centrais sindicais. Somente em 2017 foram abertos 289 novos sindicatos no país.

Esse excessivo volume de entidades pelegas era sustentado pela “contribuição” (imposto) sindical, recolhida obrigatoriamente pelos empregadores no mês de janeiro e pelos trabalhadores no mês de abril de cada ano – e extinta pela reforma trabalhista que entrou em vigor no dia 11 de novembro de 2016. Os sindicatos receberam nesse ano R$ 3,5 bilhões dos trabalhadores. Em 2017, a soma chegou a R$ 3,54 bilhões.

Com a chegada de Bolsonaro ao poder uma enorme esperança surgiu. O pacote anticrime de Sérgio Moro e a medida provisória que aboliu a contribuição sindical obrigatória podem inibir a corrupção e destruir de vez a república sindicalista.

Segundo o site Auditoria Cidadã de Dívida, a dívida pública federal brasileira fechou 2018 com R$ 5,52 trilhões de prejuízo, apesar do pagamento de R$ 1,066 trilhão de juros no mesmo ano. A cada dia pagamos R$ 2,9 bilhões da dívida. Se não fizermos nada, essa dívida vai explodir.

Bolsonaro fez bem em acabar com a farra dos sindicatos e com a absurda renda da pelegada. De agora em diante, caso essa decisão seja mantida, a pelegada, para sobreviver, só tem um jeito: trabalhar.


Luiz Holanda

Advogado e professor universitário
Fonte: Jornal da Cidade Online

Esgotosfera esquerdista tenta agredir Caio Coppola atingindo pai, mãe e avó (Veja o Vídeo)

Sábado, 09 de Março de 2019

A turma da esgotosfera da esquerda é sem limites. Não admite quem pensa diferente e é incapaz de manter o bom debate, em alto nível, sem agressões. Na realidade, não aceita o contraditório.

Com a ascensão do comentarista Caio Coppola, a infame ‘esquerdalha’, sem condições de se contrapor, resolveu revidar fazendo o que sabe fazer, atacando e machucando com mentiras e injúrias o pai, a mãe e a falecida avó do rapaz.

Um absurdo, pura covardia e jogo sujo, sem o menor escrúpulo.

No programa desta sexta-feira (8), emocionado, o destemido comentarista falou sobre o assunto e fez o seu desagravo.

Veja o vídeo:
da RedaçãoFonte: Jornal da Cidade Online


Pouco inteligente, Zé de Abreu mexe com Marielle e é detonado pela própria esquerda

Sábado, 09 de Março de 2019


Zé de Abreu, o ator que cospe nas pessoas nos restaurantes e depois chora no Faustão, se autoproclamou Presidente do Brasil.

Todos os políticos de esquerda resolveram levar isso a sério pra menosprezar Guaidó (autoproclamado presidente da Venezuela), esquecendo que esse foi eleito por ampla maioria de votos e era presidente do congresso antes dele ser destituído pelo ditador Maduro), mas voltamos ao Zé...

Ele percebeu que estava ganhando holofotes e começou a nomear várias personalidades para os cargos fictícios, tipo Guilherme Boulos para a habitação; mas hoje a lacração chegou no seu ápice!

Quis pegar uma carona na onda Mangueira/Marielli e se deu mal...

Ele nomeou como primeira dama Marielli Franco (in memorian) e está sendo apedrejado virtualmente pelos lacrofãs, que acharam um desrespeito por se tratar de uma mulher lésbica e casada!

Quase uma da manhã e vou fazer pipoca pra acompanhar o linchamento virtual do pobre coitado.

Corre Zé... É fogo amigo, mas também queima!





Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Atentado contra Luciano Hang por ativista petista é gravíssimo (Veja o Vídeo)

Sábado, 09 de Março de 2018


O sujeito foi devidamente identificado, preso em flagrante, confessou sua intenção criminosa, mas após ser ouvido, foi colocado em liberdade. Um absurdo!

Precisamos de leis mais severas e de juízes mais rigorosos.

A soltura do petista que pretendia matar o empresário Luciano Hang, faz da ‘vítima’ o recluso.

O dono da Havan, empresário notadamente comprometido com o país, está indignado.

Fica definitivamente demonstrado que a luta dos brasileiros de bem será árdua.

Enquanto bandidos estão sendo soltos por um Judiciário imprevisível e despreparado, a Grande Mídia está apenas preocupada em torpedear o Presidente da República, na tentativa de desestabilizar o governo que acabou com a farta e desmedida distribuição de verbas publicitárias.

Veja o vídeo:
da RedaçãoFonte: Jornal da Cidade Online

Polícia pede mais 30 dias para concluir inquérito do incêndio no CT do Flamengo

Sábado, 09 de Março de 2019 

Foto: Agif / Folhapress

Um mês depois do incêndio no alojamento das categorias de base no centro de treinamento do Flamengo, o Ninho do Urubu, no Rio de Janeiro, a Polícia Civil pediu adiamento para concluir o inquérito sobre a tragédia. O fogo, ocorrido no dia 8 de fevereiro deste ano, acabou matando 10 jovens atletas e feriu outros três. As investigações estão sendo conduzidas pela 42ª DP, no Recreio dos Bandeirantes, e foi solicitado mais 30 dias ao Ministério Público para o desfecho das apurações.

Até o momento, 40 pessoas, entre sobreviventes, feridos, funcionários e dirigentes do Flamengo prestaram depoimentos. O clube também contratou o advogado criminalista Ricardo Petri para acompanhar o caso. O delegado Márcio Petra é o responsável pelo caso. 

O Flamengo esclareceu alguns pontos como a comprovação que cada aparelho de ar-condicionado tinha o seu disjuntor. O Rubro-Negro carioca mostrou também, ao lado da empresa NHJ que foi responsável pela construção do contêiner, que o metal levava material antichamas. Internamente, o clube trabalha com a tese de que o incêndio foi causado por um curto-circuito gerado por picos de energia na região. O Rio de Janeiro foi atingido por um forte temporal na véspera da tragédia. Outra possibilidade seria um erro humano durante a manutenção dos seis aparelhos do módulo habitável, que foi feita quatro dias antes.

Já em relação às indenizações das famílias das vítimas, o Flamengo tem negociado individualmente com cada uma. O clube não chegou a um acordo com a Defensoria Pública oferecendo valores bem abaixo do mínimo estipulado pelo Ministério Público. A oferta do Rubro-Negro foi de R$ 700 mil por família e mais três salários mínimos por 10 anos. Já o MP recomendou R$ 2 milhões e mais R$ 10 mil até que as vítimas completassem 45 anos se estivessem vivas.

'Deixa as investigações continuarem', afirma Bolsonaro sobre ministro do Turismo

Sábado, 09 de Março de 2019 

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro evitou comentar sobre a situação no governo do ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), investigado pelo envolvimento em supostas candidaturas de laranjas na eleição do último ano em Minas Gerais. Bolsonaro afirmou que é necessário deixar a apuração do caso seguir.

“Deixa as investigações continuarem”, comentou o presidente ao ser questionado se o caso provoca constrangimento no governo. A declaração foi dada durante entrevista a jornalistas no Palácio do Planalto.

Esta semana, Zuleide Oliveira, filiada disse que Álvaro Antônio a chamou para ser candidata-laranja na eleição de 2018. O pedido teria sido feito para que Zuleide pudesse devolver as verbas de campanha ao partido. O ministro negou as acusações.

Projetos de Fábio Faria ampliam Lei Maria da Penha e garantem auxílio para vítimas

Sábado, 09 de Março de 2019


O Dia Internacional da Mulher foi marcado por ações do deputado Fábio Faria (PSD RN) que solicitou celeridade na discussão e inclusão na pauta de dois projetos de sua autoria que protegem as mulheres vítimas de violência.

O primeiro, PL 6939/2017, amplia a Lei Maria da Penha, estendendo as medidas protetivas de urgência às mulheres agredidas por homens que não estejam em mesmo ambiente familiar e com quem não tenham relação afetiva. “Atualmente a lei só protege em casos de violência doméstica, no âmbito da família e de relação íntima de afeto”, explica Fábio Faria.

A segunda proposta do parlamentar é o Projeto de Emenda Constitucional, PEC 368/ 13, para garantir assistência às vítimas de violência e aos seus familiares, com o pagamento de um auxílio, no valor de um salário mínimo, quando as vítimas não tiverem direito a outro tipo de benefício previdenciário.

“Essa iniciativa visa garantir assistência enquanto a pessoa estiver afastada do trabalho para se recuperar das sequelas geradas pelo ato de violência a que foi submetida. Em caso de morte, esse benefício será pago ao cônjuge, companheiro e dependentes. Assim como já há um benefício para garantir a manutenção da família daquele que pratica o delito enquanto ele está preso, é razoável protegermos os vitimados”, destaca Fábio Faria.

O Brasil tem a quinta maior taxa de feminicídio do mundo. O número de assassinatos chega a 4,8 para cada 100 mil mulheres, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Em 2017 foram computados 4.473 homicídios dolosos de mulheres. Isso significa que há um assassinato de mulher a cada duas horas no Brasil. O número, porém, pode ser maior, uma vez que há falta de padronização e registros.

No Rio Grande do Norte, a violência atinge 8,4 a cada 100 mil mulheres.

Fonte: Blog do BG

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055