martins em pauta

terça-feira, 25 de abril de 2017

85º Homicídio em Mossoró 2017: Cadeirante é baleado no Centro e Morre no Hospital Tarcísio Maia

Terça, 25 de Abril de 2017


No início da tarde desta terça feira 25 de abril de 2017 a cidade de Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte, rgistrou mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo. 

O crime aconteceu na Rua Melo Franco nas proximidades do Tiro de Guerra no centro da cidade.O cadeirante Pedro Gomes Monteiro, "Irmão Pedro" de 41 anos de idade, natural de Mossoró, evangélico foi alvejado com vários tiros de pistola calibre 9mm. 

Segundo informações colhidas pela Polícia Militar o cadeirante estava vendendo livros quando foi surpreendido por dois indivíduos em uma moto que chegaram e efetuaram os disparos. 

Irmão Pedro, como era mais conhecido ainda foi socorrido pelo Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia mas não resistiu e morreu ao dar entrada naquela unidade hospitalar. 

Até o momento não há informações oficiais sobre a motivação do crime, bem como seus executores. Informações não confirmadas pela policia dão conta de que nos anos 90 Pedro Gomes teria sido preso suspeito de envolvimento no tráfico de drogas e que o mesmo teria ficado paraplégico por causa de uma troca de tiros com a polícia. 

No Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, não há registros de antecedentes criminais contra a vítima. O cadeirante era bastante conhecido em Mossoró e costumava vender livros evangelísticos no semáforo da Avenida Alberto Maranhão com Augusto Severo no centro da cidade

Pedro Gomes Monteiro foi a 85° vítima da violência letal intencional em Mossoró neste ano de 2017. O caso vai ser investigado pela DHPP




Fonte: Fim da Linha

VÍDEO: Tragédia é iminente na serra da Ibiapaba.


Terça, 25 de abril de 2017



Apesar do risco iminente de uma tragédia, o governo do Ceará permite o fluxo de veículos na CE 253, que liga a cidade de Mucambo a serra da Ibiapaba, distante 290 km de Fortaleza. Pedras gigantes estão caindo e assaltos constantes colocam em risco a vida de todos que ainda se arriscam em trafegar pelo local. Até mesmo veículos transportando passageiros se arriscam em trafegar pelo local.


Fonte: Wellington Macedo

Polícia Militar recupera nesta segunda feira um carro e três motos roubados em Mossoró-RN

Terça, 25 de Abril de 2017


A Polícia Militar localizou e recuperou nesta segunda feira 24 de abril, um carro e três motos com queixa de roubo em Mossoró. 

As motos, uma Honda CB 300 de cor vermelha e placa OWF-3022 e uma Honda CG 150 Fan de cor preta com placa NNK-8282 foram localizadas, pelo Ronda Cidadã, na Estrada do Óleo, região do Santo Antônio. A outra moto uma uma Fan preta com placa NQP-6179 foi recupoerada no Promorar na região do Santa delmira.

O carro foi localizado e recuperado pela equipe do Tático Operacional Rodoviário (TOR) do Segundo Distrito de Polícia Rodoviária Estadual (2º DPRE). 

Os veículos foram encaminhados à Delegacia de Furtos e Roubos (DEFUR) para os procedimentos legais.

84º Homicídio em Mossoró 2017: Pedreiro é perseguido e morto no quinta de residência no Santa Helena

Terça, 25 de Abril de 2017



A Polícia Militar registrou na noite desta segunda feira 24 de abril de 2017, mais um crime de Homicídio por arma de fogo em Mossoró no Oeste do Rio Grande do Norte. 

O crime foi registrado por volta das 19h30min, na Rua Jorge Alves da Silva, no loteamento Santa Helena, zona Norte da cidade. 

A vítima, o pedreiro Antônio de Oliveira Alves de 38 anos de idade, foi morto com quatro tiros de pistola 380, dentro do quintal de uma residência. 

Segundo informações repassadas pela PM, Antônio de Oliveira, tinha acabado de sair da casa de sua mãe e se dirigia a pé para sua reidência na mesma rua, quando foi interceptado por dois homens de moto e usando capacetes. 

Ao ser abordada, a vítima correu para escapar dos inimigos e entrou em uma casa que estava com as portas abertas, mas foi perseguido por um dos indivíduos e executado no quintal da casa. 

De acordo com a perícia criminal, Antônio Oliveira foi atingido com quatro tiros de pistola calibre 380, sendo 01 na perna, 02 nas nádegas e 01 na cabeça, todos disparados pelas costas

Durante os disparos, uma mulher moradora da casa, acabou sendo ferida por bala perdida, com um disparo no pé. Ela foi socorrida por populares para a UPA do bairro Santo Antônio e depois transferida pelo Samu para o HRTM e não corre risco de morrer. 

Familiares de Antônio Oliveira Alves estiveram no local do crime e informaram à Polícia, que não sabem a que atribuir o assassinato do pedreiro, uma vez que desconhecem qualquer envolvimento dele com ações ilícitas. 

De acordo com a família, a vítima era uma pessoa trabalhadora e desconhece que o mesmo tivesse inimigos. O corpo do pedreiro foi removido pela equipe do ITEP para a sede do órgão, onde será submetido a exames de necropsia e depois liberado para sepultamento. 

Antônio de Oliveira Alves foi a 84ª vítima da violência letal intencional em Mossoró neste ano de 2017. O caso será investigado pela Divisão de Homicídios.



Fonte: Fim da Linha

Moro decide adiar depoimento de Lula na Lava Jato

Terça, 25 de abril de 2017


O juiz Sergio Moro, responsável pela Lava Jato em Curitiba, decidiu mudar a data do depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, até então previsto para o dia 3 de maio.

Segundo a Folha apurou, a mudança ocorrerá a pedido da Polícia Federal. Moro deve adiar o depoimento de Lula para o dia 10 de maio.

A decisão de mudar a data do depoimento foi confirmada pelo próprio Moro à cúpula da PF, em reunião em Curitiba, há algumas semanas.

A polícia argumentou que precisaria de mais tempo para organizar a segurança no local e que o feriado do dia do Trabalho, 1º de maio, dificultaria ainda mais a operação.

O PT e movimentos alinhados ao partido preparavam forte mobilização para apoiar o ex-presidente. Caravanas estavam partindo de diversos pontos do país.

O processo em que Lula será ouvido é relacionado ao episódio do tríplex em Guarujá, litoral de São Paulo, em que o ex-presidente é acusado de ter recebido vantagens indevidas da empreiteira OAS.

A defesa de Léo Pinheiro, sócio da empreiteira, entregou à Justiça Federal do Paraná documentos para tentar comprovar as afirmações de que o ex-presidente foi beneficiado pela reforma do apartamento.

Em depoimento na semana passada a Moro, o empreiteiro disse que o apartamento era de Lula.

Entre os documentos entregues estão o registro de que dois carros em nome do Instituto Lula passaram pelo sistema automático de cobrança dos pedágios a caminho do Guarujá entre 2011 e 2013. Não há, no entanto, documento que comprove que as viagens tiveram como destino o apartamento.

Há também registros de ligações telefônicas entre Pinheiro e pessoas ligadas a Lula, como Clara Ant, Paulo Okamotto, José de Filippi Jr. e Valdir Moraes da Silva (segurança), a partir de 2012. As listas trazem data e duração da conversa, mas não seu conteúdo.

Foram anexados ainda e-mails que mostram a agenda de Lula, na qual aparece a previsão de encontros com Pinheiro, e mensagens da secretária do instituto para Okamotto, que preside a entidade, avisando que o empresário havia ligado para falar com ele.

DEFESA

O advogado do petista, Cristiano Zanin Martins, afirmou que os documentos não comprovam as afirmações feitas pelo empresário, que classificou como uma “versão negociada para agradar” aos procuradores e destravar seu acordo de delação.

Na última quarta, a defesa de Lula apresentou documentos de recuperação judicial da OAS em que a empresa afirma ser a proprietária do tríplex do Condomínio Solaris.

Segundo Zanin Martins, o material reforça a tese da defesa de que é “impossível que o apartamento seja propriedade de Lula”.

Folha de São Paulo

Fonte: J.Belmont

Moro decide interrogar de novo Marcelo Odebrecht e mais 6

Terça, 25 de abril de 2017


O juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, decidiu hoje (24) realizar novo interrogatório com sete executivos da Odebrecht, incluindo o ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht. Todos eles são réus na mesma ação penal que envolve o ex-ministro Antonio Palocci, no âmbito da Operação Lava Jato.

Os outros executivos da empresa que serão interrogados novamente são Fernando Migliaccio da Silva, Hilberto Mascarenhas Alves da Silva Filho, Luiz Eduardo da Rocha Soares, Marcelo Rodrigues, Olívio Rodrigues Júnior e Rogério Santos de Araújo.

No despacho publicado, Moro ordenou ao Ministério Público Federal (MPF) que juntasse aos autos do processo os depoimentos que estes executivos prestaram no conjunto das delações da Odebrecht, que tiveram o sigilo levantado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) há duas semanas. O requerimento para que tais colaborações fossem incluídas na ação penal foi feito pela defesa de Palocci.

“Permanecem válidos os depoimentos anteriores e os novos interrogatórios versarão apenas sobre eventuais perguntas adicionais”, explicou Moro no texto do despacho.

A defesa do ex-ministro havia solicitado, também, a inclusão das delações premiadas dos marqueteiros João Santana e Monica Moura aos autos. O pedido foi negado sob a justificativa de que tais depoimentos ainda não tiveram o sigilo levantado pelo STF.

O novo interrogatório dos sete executivos da Odebrecht foi marcado para a tarde do dia 5 de maio.

TERRA

Fonte: J.Belmont

Jacaré do papo amarelo é capturado em área urbana de Mossoró-RN

Perigo


Do Mossoró Hoje, Passando na Hora e Blog Carlos Santos

A Polícia Ambiental e o Corpo de Bombeiros fizeram a captura de um jacaré do papo amarelo na área urbana de Mossoró, numa das margens do rio Mossoró. O fato ocorreu nesse domingo (23).

Animal foi imobilizado e retirada de área próxima de residências e loja na Ilha de Santa Luzia (Foto: Passando na Hora)

O animal foi localizado por moradores, numa área muito próxima a residências. A partir daí começou trabalho para sua imobilização e retirada em segurança do local.

O jacaré estava no bairro conhecido como Ilha de Santa Luzia, no chamado Grande Alto de São Manoel, proximidades de residências e de uma loja especializada em pneus.

Após ser retirado do local, o jacaré foi levado para área-sede do Ibama em Mossoró no centro da cidade, à margem esquerda do rio Mossoró.

Essa não é a primeira ocorrência do gênero em Mossoró e região. Em 2011, no Sìtio Picada Primeira, a imprensa cobriu situação em que foram capturados sete filhotes da mesma espécie.

Em 2014 e já este ano, houve captura de filhotes de jacaré do papo amarelo na zona rural de Felipe Guerra.

Conheça AQUI detalhes sobre essa espécie animal.


Fonte: Carlos Santos

Odebrecht pagava por documentos secretos do governo, dizem delatores

Terça, 25 de abril de 2017

O delator Antônio de Castro Almeida contou à Justiça que o servidor Flávio Dolabella repassava para a Odebrecht documentos sigilosos do governo. Atas do comitê de financiamento e garantia das exportações, o Cofig, saíam do Ministério da Fazenda diretamente para a empreiteira. Assim, a empresa se preparava com informações privilegiadas para obter financiamento de obras que seriam tocadas em outros países.

“A gente tomava ações administrativas gerenciais ali em função disso”, afirmou Antônio de Castro Almeida. O delator acrescentou que o servidor recebia mesada da empresa. “O Flávio Dolabella recebia R$ 15 mil por mês”, disse. As informações são do G1.



Fonte: Robson Pires

PSOL entra com pedido no STF para retirar urgência da reforma trabalhista

Terça, 25 de Abril de 2017 

Foto: Marcelo Camargo/ Agência Brasil

Um mandado de segurança para anular a tramitação de urgência da reforma trabalhista foi protocolado nesta segunda (24) pelo PSOL no Supremo Tribunal Federal (STF). O estado de urgência da reforma foi aprovado pela Câmara dos Deputados na última quarta (19). Para o PSOL, o fato de a Câmara ter apresentado dois pedidos de urgência - o primeiro havia sido rejeitado pelo plenário um dia antes - foi uma "manobra da Presidência da Câmara para reverter o resultado. Para o partido de oposição, Rodrigo Maia (DEM-RJ) teria infringido o regimento interno da Casa ao votar a segunda matéria no plenário, mesmo após deliberação prévia. O regime de urgência garante que o projeto tramite sem receber pedidos de vista ou sugestões de mudanças. A expectativa é que o relatório seja votado na comissão especial e siga para plenário nesta semana. "Acho que foi cumprido o regimento de forma correta, a gente não votou o mérito de nenhum projeto, que aí certamente não poderia voltar a votação da matéria. Foi um requerimento de urgência, e urgência o plenário tem direito de votar a qualquer momento", afirmou Rodrigo Maia sobre a acusação de descumprimento de regimento.

Membros do PCC roubam R$ 120 mi de transportadora em Ciudad del Este

Terça, 25 de Abril de 2017 

Foto: Reprodução / Band

Com armamento pesado, em torno de 30 integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) invadiram e assaltaram uma empresa de transporte de valores, a Prosegur. O crime aconteceu na madrugada dessa segunda (24), em Ciudad del Este, na fronteira entre o Brasil e o Paraguai. A polícia até tentou interceptar o assalto, o que gerou um tiroteio, mas os criminosos roubaram cerca de US$ 40 milhões, o equivalente a R$ 120 milhões do local. Em meio ao conflito, um policial foi atingido e morreu. Segundo informações da Band, um carro ainda foi incendiado na fuga. Diante do ocorrido, escolas e faculdades da cidade decidiram suspender suas aulas. No momento, a polícia segue com as buscas pelos bandidos. Um helicóptero sobrevoa o Rio Paraná, pois há suspeita de que os criminosos tenham usado barcos para fugir.

Apoio a Temer na Câmara cai de 91% para 79% às vésperas de reformas

Terça, 25 de Abril de 2017

por Rodrigo Burgarelli e Daiene Cardoso | Estadão Conteúdo
Foto: Lula Marques / Agência PT

A fidelidade dos deputados federais às orientações do governo Michel Temer no Legislativo vem caindo de maneira constante desde o fim do ano passado. Se em julho de 2016 a média de apoio ao governo na Câmara dos Deputados foi de 91% - o maior índice de governismo já registrado desde 2003 -, em abril deste ano essa taxa caiu para 79%, uma queda de 12 pontos porcentuais. Os dados são do Basômetro, ferramenta interativa do Estadão Dados que coleta todas as votações nominais ocorridas no Congresso e compara os votos dos deputados com as orientações do governo. Segundo o levantamento, o fim da lua de mel entre Temer e os parlamentares ocorre no exato momento em que algumas das medidas mais importantes para o governo estão prestes a entrar na pauta, como as reformas da Previdência e trabalhista. Os números revelam que, quanto mais recente o intervalo analisado, maior é a queda do governismo da Câmara. Nas primeiras 20 votações nominais do governo Temer, por exemplo, 92% dos deputados seguiram a orientação do Planalto. Já nas 20 mais recentes, apenas 68% fizeram o mesmo. Embora o governo Temer tenha se destacado em 2016 com uma taxa de fidelidade recorde na Câmara, a curva de tendência dos últimos meses aponta para uma convergência entre o apoio do peemedebista e a dos ex-presidentes do PT. No acumulado dos primeiros 11 meses de gestão, Temer registra 84% de apoio na Câmara - taxa ligeiramente menor que a do mesmo período da primeira gestão Lula (2003-2006). O vice-líder do governo na Câmara, Darcísio Perondi (PMDB-RS), disse acreditar que os índices de fidelidade ao Planalto caíram na proporção que a agenda do Poder Executivo ficou mais reformista e exigiu mais compromisso de sua base aliada. "As propostas ficaram mais duras e mais transformadoras. Precisa de mais entendimento (por parte dos parlamentares). Não é fácil isso", afirmou Perondi. Segundo Perondi, é natural que os parlamentares se "assustem" com a profundidade das reformas, mas ele disse que o governo está "apertando mais", ou seja, chamando ministros e parlamentares para conversar sobre a necessidade das reformas. "Todos que participam do governo têm responsabilidade", afirmou o vice-líder. O peemedebista disse ainda que a interlocução na base vem melhorando e os deputados estão compreendendo aos poucos que as reformas são necessárias para a retomada do crescimento econômico. Ele nega que a baixa popularidade de Temer nas últimas pesquisas atrapalhe nas votações. "Governo que só pensa em popularidade vive em uma jaula, não governa o País." O líder da minoria na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), porém, atribuiu a queda de apoio em plenário ao governo Temer ao aprofundamento da crise política, à falta de perspectiva dos parlamentares para 2018 e também à baixa popularidade de Temer - pesquisa Ibope divulgada no dia 17 deste mês apontou aprovação de 9% ao desempenho do presidente. "Nunca um governo teve um nível de aprovação tão baixo como o Temer. É um governo que não tem quem defenda. Como o deputado vai defender?", questionou o petista. Ao votar os projetos de interesse do governo, a base pensa mais agora no impacto da aprovação das propostas em suas bases eleitorais, segundo Guimarães. "Deputado que apoia o governo Temer começa a ter medo da reação popular. O feitiço virou contra o feiticeiro", disse o petista, comparando com os tempos da presidente cassada Dilma Rousseff. Além de dificultar as expectativas legislativas, a queda da taxa de fidelidade atrapalha o discurso de integrantes do Planalto que usavam a alta adesão para defender ações estratégicas. Um exemplo foi a nomeação de Ricardo Barros para ministro da Saúde. Em fevereiro, áudio divulgado pelo Estado mostrou o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, admitindo que a escolha do ex-deputado para a pasta visava a garantir o apoio do PP. "Nosso objetivo era chegar aos 88% de apoio no Congresso. Não há na história do Brasil um governo que tenha conseguido 88% do Congresso. Isso Vargas não teve, JK não teve, FHC não teve, Lula não teve", afirmou Padilha na ocasião, fazendo referência ao índice de governismo do Basômetro nos primeiros sete meses da gestão de Michel Temer.

Prazo para entrega de declarações do Imposto de Renda termina nesta sexta-feira

Terça, 25 de Abril de 2017 

Foto: Agência Brasil

O prazo para a entrega das declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2017 terminam nesta sexta-feira (28). Até a última quinta-feira (20), 48% dos 28,3 milhões de contribuintes do país não haviam emitido o documento à Receita Federal, de acordo com dados do órgão citados pelo Estadão. A declaração é obrigatória para quem recebeu rendimentos superiores a R$ 28.559,70 em 2016. Os contribuintes que perderem o prazo estão sujeitos a multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido.

Árbitro potiguar apitará primeiro Ba-Vi da semifinal da Copa do Nordeste

Terça, 25 de Abril de 2017 

por Matheus Caldas
Caio Max Augusto Vieira apitará | Foto: Jocaff Souza / Globoesporte.com

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu nesta segunda-feira (24) a arbitragem para o primeiro Ba-Vi das semifinais da Copa do Nordeste. Caio Max Augusto Vieira apitará a partida e será auxiliado por Lorival Candido das Flores e Luis Carlos de França Costa. O trio é do Rio Grande do Norte. O duelo será realizado às 20h30 desta quinta-feira (27), no Barradão. No Nordestão, não existe vantagem de dois resultados iguais como no Campeonato Baiano. A outra semi será o clássico pernambucano entre Sport e Santa Cruz.

Janot pede vista em resolução do MP que pode limitar força-tarefa da Lava Jato

Terça, 25 de Abril de 2017 

Foto: José Cruz/ Agência Brasil

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu vista em um processo que tramita no Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) e pode limitar a força-tarefa da Operação Lava Jato. A proposta subprocuradora-geral da República Raquel Dodge estabelece um limite de 10% no número de procuradores que uma unidade do MP poderia ceder. No momento do pedido de vista de Janot, a votação já indicava o placar de 7 a 1 a favor do texto, sendo que dez conselheiros podem votar. De acordo com informações do G1, Janot acredita que a medida é prejudicial para a força-tarefa da Operação Lava Jato, que segundo ele necessita de especialistas e mão de obra qualificada. Apesar do placar já apontar maioria a favor da proposta, ela ainda não é considerada aprovada. O texto estabelece ainda que um procurador pode ficar cedido a outra unidade por no máximo quatro anos. A força-tarefa da Lava Jato completará quatro anos em 2018.

Delação premiada de Palocci seria 'verdadeiro terremoto', afirma líder do PT na Câmara

Terça, 25 de Abril de 2017

Foto: José Cruz / Agência Brasil

O líder do PT na Câmara dos Deputados, Carlos Zarattini (SP), avalia uma eventual delação premiada de Antônio Palocci seria um "verdadeiro terremoto". Em entrevista a Veja, o parlamentar disse que o ex-ministro dos governos Lula e Dilma pode trazer informações relevantes especialmente sobre o meio empresarial. “Não sabemos exatamente o que ele pretende, mas, com certeza, se ele falar sobre o que tem conhecimento, o Brasil vai sofrer um verdadeiro terremoto no meio empresarial”, disse Zarattini. “A gente tem certeza que ele tem muito para falar, inclusive sobre os grandes grupos econômicos brasileiros, o capital financeiro, os grandes bancos e as grandes redes de comunicação“, completou. Em depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, na semana passada, Palocci indicou que está disponível para ajudar nas investigações da Operação Lava Jato. “Fico à sua disposição hoje e em outros momentos, o dia que o senhor quiser. A pessoa que o senhor determinar eu apresento todos os fatos com nomes, endereços, operações realizadas. Coisas que, certamente, serão do seu interesse e da Lava Jato", declarou.

Mulher é morta depois de lutar com criminosos para proteger marido de assalto

Terça, 25 de Abril de 2017 

Foto: Arquivo Pessoal

Uma mulher foi morta com um tiro na cabeça durante uma tentativa de assalto em São Vicente, litoral de São Paulo, neste domingo (23). A promotora de vendas Carla Sampaio Braga, de 43 anos, entrou em luta corporal com um criminoso para proteger seu esposo de uma tentativa de assalto. De acordo com o G1, a vítima estava em casa com o marido e o filho quando ouviu um barulho na residência. O casal estava no quarto deitado, em frente à piscina do sobrado, e quando o marido levantou para ver o que era, se deparou com um criminoso encapuzado próximo à porta. O supervisor em uma siderúrgica entrou em luta corporal com o suspeito e em seguida Carla foi ao encontro dos dois para tentar defender o marido. Um comparsa do criminoso se aproximou e disparou contra a cabeça da vítima. Ao mesmo tempo, em outro quarto do sobrado o filho de 18 anos do casal dormia quando foi surpreendido por outros três assaltantes, todos encapuzados. Segundo a polícia, um deles colocou a mão na boca do jovem, anunciou o assalto e disse para ele não gritar. Momentos depois o trio ouviu o disparo do tiro e fugiu. A quadrilha foi embora sem levar nenhum pertence da família. A Polícia Militar foi acionada e encontrou o corpo de Carla já sem vida, próximo à piscina. A perícia da Polícia Civil e da Divisão de Homicídios de Santos também estiveram no local. O caso foi registrado na Delegacia Sede de São Vicente e até o momento ninguém foi preso.

Exército teria sido sondado para decretar estado de defesa antes de impeachment

Terça, 25 de Abril de 2017

Foto: Tiago Correa / CMM

O Exército Brasileiro foi procurado por parlamentares de esquerda sobre a possibilidade de implantar um estado de defesa antes do impeachment de Dilma Rousseff. Foi o que contou o comandante do Exército, general Eduardo Villas Bôas, durante entrevista dada para a revista Veja. De acordo com Villas Bôas, a instituição foi sondada para decretar o estado de defesa nos dias anteriores ao impeachment. O exército possui uma assessoria parlamentar no Congresso que foi sondada por políticos de esquerda. O exército, dentre outros poderes, poderia ser empregado para conter as manifestações que ocorriam contra a então presidente Dilma Rousseff. O Ministério da Defesa teria realizado uma planilha com os possíveis cenários caso o estado fosse decretado e quais seriam as consequências de cada um. “Foi [um documento] feito no Ministério da Defesa e ficou lá. Todos com quem eu tratei desse assunto tiveram a mesma compreensão que eu - de que era totalmente descabida e perigosa a decretação do estado de defesa”, afirmou o general. O comandante do Exército afirmou que a instituição agiu sendo “um protagonista silencioso”, tendo como base três pilares: a estabilidade, a legalidade e a legitimidade. “Tínhamos de preservar uma imagem de isenção e imparcialidade porque, caso fôssemos empregados, não poderíamos ser identificados como tendentes a um ou outro lado”, afirmou Villas Bôas. O estado de defesa é decretado pela presidência da República em caso de “grave instabilidade institucional” e busca a preservação ou reestabelecimento da ordem pública e da paz social. O estado tem a duração total de 30 dias, que são prorrogáveis. Caso o estado fosse decretado, alguns direitos dos cidadãos são suspensos, como o sigilo de correspondência, de comunicação telegráfica e telefônica e o direito de reunião. Determinados prédios públicos também poderiam vir a ser desapropriados para atender desabrigados.

Abin investiga possível ligação de trio preso em João Pessoa com grupos terroristas

Terça, 25 de Abril de 2017 

Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) apura a possível conexão entre grupos terroristas internacionais e três homens presos por falsificação de documentos em João Pessoa. De acordo com o jornal O Globo, a Polícia Civil encontrou nos celulares dos presos imagens de armas e pessoas armadas e com trajes típicos do Oriente Médio. Eles são investigados por vender documentos falsos para imigrantes. Saleh Alderaibi, da Arábia Saudita, Feras Ali Haussn, do Iraque, e Sandro Adriano Alves, brasileiro que foi contratado como despachante, foram presos no dia 12 de abril depois que Saleh usou uma certidão de nascimento emitida no interior do Ceará para fazer um RG brasileiro. Outros dois integrantes da organização criminosa, Bahaeddine Nasser Rahal, do Líbano, e Hussein Ali Hussein, irmão de Feras, foram presos na última sexta-feira (21). A Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF) de João Pessoa aponta que o grupo atuava em diferentes estados vendendo documentos falsos para pessoas de países como Arábia Saudita, Iraque, Síria, Líbano e Paquistão, e que não preenchem os requisitos para estadia legal no Brasil.

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Umarizal e Baraúna, Dois homicídios a bala nesta tarde de segunda feira na região Oeste do RN

Segunda, 24 de Abril de 2017

Eduardo Cobrador foi assassinado a tiros em Umarizal (Fotos Whatsapp)

A semana começa violenta na região Oeste do Rio Grande do Norte, com registros de quatro homicídios somente neste segunda feira 24 de abril de 2017. 

Durante a madrugada um jovem de 22 anos, identificado como Rafael Jackson Abreu, morreu, no Hospital Regional Tarcísio Maia,vítima de tiros. 

Ele foi baleado na noite de domingo (23) no bairro Aeroporto II (Quixabeirinha) quando ia visitar um filho que haavaia nascido naquele dia. 

Rafael Jackson foi atingido com cerca de cinco tiros e ainda chegou a ser socorrido para o HRTM, mas não resistiu e morreu na madrugada de hoje. 

Outro homicídio foi registrado na RN 015 entre as comunidades de Vertentes e Juremal na zona rural de baraúna. A Vítima, Lucas Vinicius Fernandes de Oliveira, residente em Mossoró, foi alvejado com vários tiros e morreu no local. 

Já no início da tarde desta segunda feira, dois homicídios a bala foram registrados na região Oeste Potiguar. Os crimes aconteceram nos municípios de Baraúna e Umarizal. Em Baraúna uma pessoa aparentemente idosa, conhecida como "Bacana" foi morta a tiros de escopeta 12 no sítio Poço Novo zona rural da cidade. 

Na cidade de Umarizal, segundo informações a vítima foi um homem identificado como Eduardo Freitas, conhecido como "Eduardo Cobrador". Ele foi morto a tiros naquela cidade. 

A equipe de plantão do Instituto Técnico e Científico de Perícia (ITEP) de Mossoró já foi acionada para os dois municípios para remoção dos corpos.


"Bacana" executado a tiros de escopeta na zona rural de Baraúna-RN

Petrobras se prepara para mais um rombo bilionário

 Segunda, 24 de abril de 2017


A Petrobras reconheceu em balanço uma possível perda de 5,4 bilhões de reais no processo que a americana EIG move contra a estatal em Washington. A estrangeira culpa a empresa brasileira por ter investido na Sete Brasil.

Rdar On-Line

Via BG

Fonte: J.Belmont

Motociclista morre ao bater em animal na RN 012 na entrada de Grossos-RN .

Segunda, 24 de Abril de 2017


O acidente fatal aconteceu por volta das 22h30min deste domingo 23 de abril de 2017, na RN 012 entrada da cidade de Grossos no Oeste Potiguar. 

De acordo com as informações repassadas por populares, o condutor da motocicleta, conhecido até o momento como "Antônio Cabelo Grosso", morador da comunidade de Gangorra, seguia com destino a sua residência, quando colidiu com um bezerro que atravessava a pista de rolamento. 

O motociclista que segundo informações estava sem o capaceta não resaistiu e morreu no local antes da chegada do socorro médico. Já o animal, quebrou uma das patas e ficou agonizando no local. 

A Policia Militar foi acionada, e isolou o local até a chegada do ITEP que procedeu os trabalhos de remoção do corpo para a sede do órgão em Mossoró, onde será feito a necropsia e liberado para os familiares realizarem o sepultamento.



* Facho de Grossos

Fonte: Fim da Linha


Mossoró-RN: Baleado no bairro Aeroporto na noite de ontem morreu no Tarcísio Maia

Segunda, 24 de abril de 2017

Rafael Jackson de Abreu de 22 anos, foi a 83ª morte violenta em Mossoró em 2017.


O jovem Rafael Jackson de Abreu, de 22 anos de idade, baleado na noite de ontem 23, morreu na madrugada de hoje, 24 de abril no Hospital Regional Tarcisio Maia em Mossoró, no Rio Grande do Norte.

Segundo informações, Rafael, que residia na Rua Souza Leão no Belo Horizonte, sofreu tentativa de homicídio, no início da noite, na Rua Francisco Limão da Silva, no bairro Aeroporto “Quixabeirinha”.

Populares informaram à polícia que Rafael teria sido alvejado com cerca de 05 disparos e seu estado de saúde é considerado grave. Ele chegou no Hospital Regional Tarcísio Maia, ainda com vida e foi direto para a sala de cirurgia, mas não resistiu.

A Polícia Militar, recebeu informações que a vítima aparentemente não tem envolvimento com ilícitos e teria sido vítima de dois elementos numa motocicleta.


Fonte: O Câmera

A química repetitiva do “rouba, mas faz”

Segunda, 24 de abril de 2017

Brasil

O bordão “rouba, mas faz” nasceu em São Paulo, nos anos 50.

Barros: roubava (?), mas fazia (Foto: arquivo)

Os cabos eleitorais de Adhemar de Barros, do PSP, o mesmo do potiguar Café Filho (que chegou à Presidência da República como vice de Getúlio Vargas), o disseminavam como antídoto contra denúncias e ataques da oposição.

Veneno feito com veneno, antídoto lógico.

Paulo Maluf da Arena, PDS etc. fez o mesmo.

Nos dias atuais, continuamos a ver a propagação desse escárnio e muita gente esclarecida o considera normal.

Justificável, digamos.

Há poucos anos, virou bordão o “roubado é mais gostoso”, para se justificar vitória no futebol com ajuda da arbitragem.

É, insisto: o problema do brasil (minúsculo mesmo) é o brasileiro.

Jerry Adriani morre aos 70 anos no Rio

Segunda, 24 de abril de 2017 

Resultado de imagem para imagem de jerry adriani

Idolo da Jovem Guarda, cantor estava internado no Rio. Em tratamento contra o câncer, ele também havia sido internado recentemente após sofrer uma trombose

O cantor Jerry Adriani, ídolo da Jovem Guarda, morreu às 15h30 deste domingo (23), aos 70 anos, no Rio. Ele enfrentava um câncer e estava internado no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca, Zona Oeste.

A família confirmou a morte do artista ao G1, mas ainda não deu informações sobre horário e local do velório e do enterro. Recentemente, Jerry Adrini havia sofrido uma trombose em uma das pernas.




Ícone da Jovem Guarda, Jair Alves de Souza nasceu em 29 do janeiro de 1947, no bairro do Brás, em São Paulo.

Adotou o nome artístico de Jerry Adriani quando começou sua carreira como cantor, em 1964. O primeiro disco foi “Italianíssimo”, quando cantava músicas em italiano, algo que seguiu fazendo em toda a carreira.

Em 1965, o cantor passou a gravar em português, com músicas reunidas no disco “Um grande amor”.

Carreira na TV e no cinema

Também na década de 1960, Jerry virou apresentador do programa “Excelsior a Go Go”, da TV Excelsior. O programa coapresentado por Luiz Aguiar era um musical com apresentações de artistas como Os Vips, Os Incríveis e Cidinha Santos.

Outro programa musical que ele comandou foi “A grande parada”, no ar pela TV Tupi em 1967 e 1968. Ele era um dos apresentadores ao lado de Neyde Aparecida, Zélia Hoffmann, Betty Faria e Marilia Pera.

Além da TV, Jerry se aventurou pelo cinema. Ele cantou e atuou em “Essa gatinha a minha” (com Peri Ribeiro e Anik Malvil); “Jerry, A grande parada”; e “Jerry em busca do tesouro” (com Neyde Aparecida e os Pequenos Cantores da Guanabara).

Fonte: Carlos Skarlack

Fortes chuvas alagam ruas centrais da cidade de Ingá

Segunda, 24 de abril de 2017

Fortes chuvas caídas em Ingá, Agreste paraibano, inudaram as ruas centrais da cidade neste domingo (23).

Além dos transtornos a população, a chuva também encheu alguns reservatórios e cisternas.

Curiosamente, na tarde deste sábado (22), a população realizou um protesto na rodovia que ligar Itatuba a Ingá, devido a falta de água.

Gestores municipais se reúnem em Brasília

Segunda, 24 de abril de 2017

Pensar em novas formas de financiamento e de governança das cidades. Esse será o tema do IV Encontro dos Municípios com o Desenvolvimento Sustentável (EMDS), que começa na próxima terça-feira (25), no Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília. O Sebrae é um dos realizadores do evento, em parceria com a Frente Nacional dos Prefeitos (FNP). A expectativa é que cerca de dez mil pessoas, entre elas mais de 500 prefeitos, participem dos quatro dias de atividades.

O EMDS é considerado o maior evento de sustentabilidade urbana do país, e tem como objetivo discutir soluções para desenvolver a economia das cidades brasileiras, entre elas, o empreendedorismo. “Nos municípios há várias oportunidades para que os pequenos negócios atuem, como o mercado de compras públicas. Esse evento é um importante espaço para o Sebrae mostrar isso e discutir melhorias para o ambiente de negócios no Brasil”, afirma o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Siga o dinheiro

Segunda, 24 de abril de 2017



Por que é importante saber exatamente o que Palocci disse?

Por dois motivos: primeiro, as delações premiadas de 78 dirigentes da Odebrecht, organizadíssimas, já trazem nomes e informações de interesse da Lava Jato, e foram completadas pelo devastador depoimento de Léo Pinheiro, da OAS. Que restaria acrescentar ao dossiê empreiteiras? Segundo, Palocci sempre foi, desde a primeira campanha presidencial de Lula, o encarregado do relacionamento do PT com os meios financeiros.

Estaria Palocci, com seu pedido público de delação premiada, advertindo os bancos de que abandoná-lo quando perdeu o poder talvez não seja uma boa ideia? O poder passou, mas a memória continua.


Fonte: Robson Pires

Empresas citadas na Lava Jato demitiram quase 600 mil

Domingo, 24 de Abril de 2017 

por Fernando Scheller | Estadão Conteúdo
Foto: Reprodução / NBN Brasil

A recessão, a queda do preço do petróleo, a redução dos gastos do governo e a Operação Lava Jato, que investiga esquema de corrupção envolvendo a Petrobrás, empreiteiras e agentes do governo, tiveram efeito devastador no emprego. Levantamento do Estado com dez das maiores empresas citadas na Lava Jato mostra que, somente entre funcionários diretos e terceirizados dessas companhias, o corte de vagas entre o fim de 2013 (antes da deflagração da Lava Jato, em março de 2014) e dezembro de 2016 foi de quase 600 mil pessoas. Analistas apontam que o efeito foi ainda maior, quando se consideram as vagas indiretas. Empresas do setor de óleo e gás, como a Petrobrás, foram afetadas pela redução da cotação do petróleo, que hoje está próxima de US$ 50. Já as grandes construtoras e incorporadoras tiveram de lidar com o alto endividamento da população, que deixou de comprar imóveis, e com a conclusão - ou interrupção - de projetos de infraestrutura, diante da deterioração das contas do governo. A conta de 600 mil postos de trabalho fechados mostra um impacto considerável - equivalente a 5% do total de pessoas que entraram na fila do desemprego entre 2013 e 2016, que foi de 11,2 milhões. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o total de desocupados no País era de 1,1 milhão em dezembro de 2013; no fim de 2016, o número havia crescido para 12,3 milhões. Após um período de longa bonança, as companhias envolvidas na Lava Jato vivem momentos de dificuldade e tentam se reestruturar. As construtoras Queiroz Galvão, Engevix, OAS e Mendes Júnior estão entre as que pediram recuperação judicial. A Sete Brasil, empresa criada pela Petrobrás para a construção de sondas de petróleo, está na mesma situação. Falta de equilíbrio. Os cortes de vagas são impressionantes, diz Adriano Pires, diretor do Centro Brasileiro de Infraestrutura (CBIE), porque muitos projetos de expansão se basearam em previsões pouco realistas. Pires afirma que, após a descoberta do petróleo do pré-sal, instalou-se um clima de euforia que levou à tomada de decisões de governo - e de negócio - sem sentido econômico. Pires cita como exemplos a determinação de que a Petrobrás fosse operadora dos campos do pré-sal e a criação da Sete Brasil. "A Petrobrás não tinha condições de fazer o trabalho de exploração sozinha. Essa decisão espantou investimentos estrangeiros que hoje seriam bem-vindos", frisa o diretor do CBIE. O sinal verde para a construção das sondas do pré-sal, lembra Pires, foi baseada em uma previsão de produção de quase 5 milhões de barris de petróleo por dia até 2020. Em 2013, a projeção foi reduzida a 4,2 milhões; dois anos depois, houve novo corte, para 2,8 milhões de barris diários. Essa falta de critério, segundo o economista Sérgio Lazzarini, professor do Insper, influenciou o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que acelerou a concessão de empréstimos, e também o Banco do Brasil e a Caixa, que inflaram o crédito mesmo quando a economia já dava sinais de exaustão. "O que essa gastança nos trouxe de benefícios? Acho que esse modelo de desenvolvimento mostrou que é preciso dosar a participação do Estado na economia", diz Lazzarini. Os efeitos colaterais da Lava Jato - o desemprego, a revelação de intricados esquemas de corrupção e o abalo à reputação de grandes companhias - levaram, pelo menos momentaneamente, a uma mudança no curso da economia. Hoje, diz o professor do Insper, o lema é a redução de gastos públicos e a abertura de vários setores a investimentos externos, entre eles infraestrutura e companhias aéreas. A manutenção deste caminho não é garantida, na visão de Lazzarini. Ele acredita que ainda há risco de uma "guinada" populista no País como reação à crise. "Basta ver o que aconteceu nos Estados Unidos, com Donald Trump. Quando se olham os candidatos para a eleição presidencial de 2018, é muito difícil fazer uma previsão para onde vamos."

MPF aciona Google para investigar ‘jogos perigosos’ que estimulam suicídio

Segunda, 24 de Abril de 2017 

Foto: Reprodução / YouTube

O Ministério Público Federal (MPF) de São Paulo acionou o Google - responsável pelo YouTube -, para investigar a divulgação de vídeos hospedados em sua plataforma, com “jogos perigosos” que estimulam a automutilação e suicídio. De acordo com informações do Estado de S. Paulo, os donos destes canais chegam a lucrar R$ 20 mil mensais com publicidade. Ainda segundo a publicação, no último mês, a Procuradoria Regional do Direito do Cidadão conseguiu remover 11 vídeos que estimulam jovens a se ferirem ou se matarem, com base no critério de maior popularidade. O assunto tem ganhado repercussão no país, após relatos ligados à corrente Baleia-Azul, que incentivam este tipo de prática, mas o MPF paulista informou que ainda não abriu investigação para apurar os casos relacionados a ele. "Se a empresa propicia essas situações (divulgação dos vídeos), discutimos se pode ser considerada corresponsável por elas. Estamos recebendo cada vez mais casos deste tipo. É um problema que a tecnologia criou e ainda não se sabe como lidar", diz o procurador Pedro Antonio de Oliveira Machado. A investigação sobre canais que divulgam os “desafios perigosos” teve início neste ano, após o Instituto Dimicuida, de Fortaleza, ter apontado ao MPF a existência de ao menos 19 mil vídeos com este tipo de conteúdo na internet. O Google não quis comentar o caso específico do inquérito com o jornal Estado, mas ao MPF afirmou que o YouTube é apenas uma plataforma de hospedagem e que não faz controle prévio do conteúdo. A empresa disse ainda que a cada segundo, cerca de uma hora de novos conteúdos é enviada e destacou que o site é voltado para maiores de 18 anos ou menores supervisionados pelos responsáveis. O Google pontuou ainda que dentro da própria plataforma existem canais para denunciar abusos.

Restrição ao foro privilegiado deve ser aprovada no STF, diz coluna

Segunda, 24 de Abril de 2017 

Foto: Rosinei Coutinho/ SCO/ STF

A ação que pode restringir o foro privilegiado deve ser aprovada no Supremo Tribunal Federal (STF). De acordo com a coluna Lauro Jardim, do jornal O Globo, a votação, que ocorrerá em maio, terá os votos favoráveis de seis ministros: Cármen Lúcia, presidente da Corte, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Marco Aurélio Mello e Rosa Weber. Com este quórum, as modificações serão aprovadas. Além do “sim” considerado certo pelos ministros, a mudança também poderá ter o apoio de Celso de Mello e de Alexandre de Moraes. Relator da ação a ser julgada, Barroso proporá que o foro privilegiado seja aplicado apenas a autoridades que cometeram crimes durante o mandato, relativos ao cargo. Assim, um deputado só seria processado no STF se o crime tiver a ver com o mandato. A mudança terá grande impacto. Segundo a FGV, com a restrição, só sobrariam hoje no STF 5,71% das ações penais.

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget