martins em pauta

Carregando...

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Veículo é tomado de assalto no conjunto Santa Amália, em Areia Branca/RN

Quarta, 27 de maio de 2015



Veículo tomado de assalto é semelhante ao da imagem (Foto: Reprodução/Site Chevrolet)

Um veículo GM Onix de cor vermelha de placas ainda não divulgadas pelo proprietário foi tomado em um assalto ocorrido no final da tarde desta terça-feira (26), em um conjunto habitacional na praia de Upanema, em Areia Branca-RN.

De acordo com informações divulgadas pela Polícia Militar, os assaltantes abordaram o veículo que era ocupado por duas pessoas, que foram feitas reféns e liberadas em uma comunidade rural do município.

Pouco depois, as vítimas procuraram ajuda para acionar a polícia que já realiza buscas para tentar recuperar o veículo e prender os assaltantes.



Fonte: A voz de Areia Branca

Crime de homicídio na cidade de Baraúna-RN


Quarta, 27 de maio de 2015


Um crime de homicídio foi registrado na manhã de quarta feira 27 de Maio de 2015, na cidade de Baraúna no Rio Grande do Norte.

Antônio Carlos Oliveira do Nascimento, 41 anos de idade, morador do sitio Lajedo do Mel na zona rural de Baraúna, foi encontrado morto com duas perfurações de arma de fogo ao lado de sua motocicleta em uma estrada de acesso a fabrica de cimento Mizu.

Segundo informações, o mesmo saiu de casa por voltas das seis horas da manhã para trabalhar em um projeto de melão, um popular encontrou o corpo caído as margens da estrada e acionou a policia militar.

Uma viatura da Policia Militar faz o isolamento até a chegada do Instituto Técnico e Cientifico de Policia que fara a remoção do corpo para sede dor órgão em Mossoró.





Fonte: O Câmera

Mossoró/RN: Duas pessoas alvejadas por disparos de arma de fogo no bairro Barrocas


Quarta, 27 de Maio de 2015



Dois jovens foram baleados na noite desta terça-feira 26 de maio de 2015, na rua Tibério Burlamarque, nas proximidades da Escola Municipal Celina Guimarães,no bairro Barrocas, em Mossoró na região Oeste do Rio Grande do Norte. 


De acordo com informações repassadas à Policia Militar um grupo de jovens,jogava bola em uma quadra,quando cerca de quatro indivíduos em duas motocicletas de cor escura,chegaram no local e passaram a efetuar disparos em direção as pessoas que ali estavam. 

Steffeson Bruno de Souza Macêdo, 20 anos de idade e Leandro Caetano Freitas, 21, foram atingidos pelos disparos e socorridos por populares para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro Santo Antônio. 

Após receberem os primeiros atendimentos,foram transferidos para o Hospital Regional Tarcísio Maia. 

As vítimas contaram à Polícia,que possivelmente teriam sido confundidas com alguns inimigos dos atiradores,pois não têm envolvimento com o crime.





Fonte: Fim Da Linha

Nestor Cerveró é condenado a 5 anos de prisão



Quarta, 27 de maio de 2015


O ex-diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró foi condenado pela juiz Sérgio Moro, da da 13ª Vara Federal do Paraná a cinco anos de prisão em regime inicialmente fechado além de multa de R$ 591 mil, por lavagem de dinheiro na compra, de forma ilegal, de um apartamento de cobertura na rua Nascimento e Silva, 601, no Rio de Janeiro.
Jonathan Campos
Em sua sentença, Moro diz que Cerveró foi gananciosoEm sua sentença, Moro diz que Cerveró foi ganancioso

O imóvel, que fica em Ipanema, foi avaliado em R$ 7,5 milhões. Ele está registrado em nome da empresa Jolmey do Brasil - que, segundo o Ministério Público Federal, é de propriedade de Cerveró.

Mais informações em instantes.


Fonte: J.Belmont

PSDB vai ao STF para tentar, no mínimo, afastar Dilma da Presidência por 180 dias


Quarta, 27 de maio de 2015


Em entrevista à BBC Brasil, o jurista Miguel Reale Jr., ex-ministro da Justiça no governo Fernando Henrique Cardoso (PSDB), explica a estratégia tucana para tirar Dilma Rousseff (PT) da Presidência da República. Para Miguel Reale, ao contrário da leitura geral, de que a oposição recuou ao desistir do impeachment, a decisão de entrar com um pedido de ação penal comum seria uma opção mais incisiva, porque o processo não ficaria pendente do apoio político no Congresso.

A lógica de buscar o Supremo Tribunal Federal (STF) seria evitar a barreira política que o impeachment teria para começar a tramitar no Congresso. Em tese, seria um caminho mais técnico. O pedido de ação será apresentado ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que se aceitá-lo vai encaminhar a peça ao STF.

Em uma das respostas à reportagem da BBC Brasil, Reale afirma: “Esta ação de crimes comuns tem na verdade o mesmo efeito do impeachment, que é o afastamento da presidente de suas funções enquanto o processo é julgado, caso seja aceito. A acusação será entregue nesta terça-feira ao procurador, e ele tem a possibilidade de arquivá-la ou encaminhá-la ao STF. Ao encaminhá-la ao STF, os ministros da Suprema Corte têm que requerer autorização da Câmara para processar a presidente. Dada a autorização por votação com dois terços dos parlamentares, a presidente fica 180 dias afastada do cargo. Então o efeito é o mesmo, e portanto estão enganados aqueles que dizem que o PSDB voltou atrás. Nós fizemos aquilo que é o mais aconselhável neste momento, até porque o impeachment não fica proibido de ser interposto, mesmo porque novos fatos estão ocorrendo a todo instante, com os novos desdobramentos dos depoimentos da Operação Lava Jato.”





Jornal do Comércio / J.Belmont

Câmara rejeita distritão e mantém modelo atual de eleição para deputados e vereadores

Quarta, 27 de maio de 2015


O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou nesta terça-feira o principal ponto da reforma política (PEC 182/07) proposto pelo deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ): o chamado “distritão”, modelo em que os deputados e vereadores seriam eleitos apenas de acordo com a quantidade de votos recebidos, no sistema majoritário. A proposta foi rejeitada por 267 votos a 210 e 5 abstenções.

A Câmara manteve o modelo atual, com sistema proporcional, que leva em conta os votos recebidos individualmente pelos candidatos de um partido e os recebidos pela legenda. Esses votos são usados para um cálculo de quantas vagas cada partido consegue preencher. Outras mudanças nesse sistema – como a cláusula de barreira e mudanças nas coligações – poderão ser discutidas nesta quarta-feira, quando o Plenário vai retomar a discussão da reforma.

Os deputados também rejeitaram, por 402 votos a 21 e duas abstenções, o sistema de votação em listas fechadas, que previa a distribuição das vagas de acordo com listas pré-ordenadas. O sistema distrital misto – em que metade das vagas seria preenchida por lista e a outra metade pelo voto majoritário em distritos – também foi rejeitada pelo Plenário por 369 votos a 99 e 2 abstenções.

Antes de encerrar a votação, o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, ressaltou que manteve “rigorosamente” a promessa de votar a reforma política em Plenário, permitindo que os deputados votem todos os modelos propostos. Segundo ele, os deputados terão de arcar com o resultado das votações. “Não aprovar nenhum modelo significa votar o modelo de hoje, uma decisão que a Casa tem de assumir a responsabilidade”, disse.




Fonte: Robson Pires

TCE suspende licitação de Mossoró para locação veículos



Quarta, 27 de maio de 2015 | Mossoró



A Segunda Câmara do Tribunal de Contas do Estado (TCE/RN) suspendeu parcialmente, em sessão realizada nesta terça-feira (26), o pregão presencial 105/2014 da Prefeitura de Mossoró, realizado para contratar empresas especializadas em locação de veículos. A suspensão teve caráter cautelar e visa evitar danos ao erário. Foram suspensas as contratações de vans, minivans, furgões, ônibus de 50 passageiros, veículos de carga e motocicletas, em sete grupos de três lotes da licitação realizada pela Prefeitura de Mossoró. Venceram a concorrência para os itens suspensos as empresas Eurorent Locadora de Veículos e Master Locações LTDA – ME.

O relator, conselheiro Renato Costa Dias, acolheu os argumentos do corpo técnico da Diretoria da Administração Direta e do Ministério Público de Contas, segundo os quais o Executivo Municipal utilizou metodologia de contratação que limita a competitividade entre as empresas interessadas na licitação e resulta em um custo mais alto para o poder público. A Secretaria Municipal de Administração da Prefeitura de Mossoró subdividiu a licitação em seis lotes, enquanto que o método mais econômico seria a licitação por itens individuais.



Fonte: Marcos Dantas

Mossró/RN: Local escolhido por Prefeitura para camelôs pode gerar tragédia


Quarta, 27 de maio de 2015

Corpo de Bombeiros constata:


O relatório da vistoria técnica realizada ontem (25) pelo Serviço Técnico de Engenharia do Corpo de Bombeiros (CB/RN) nos locais onde serão instalados os vendedores ambulantes de Mossoró apresentou uma série de irregularidades que comprometem a segurança dos trabalhadores e também dos transeuntes que trafegarem nas suas imediações.


Presidente Aldo (à direita) acompanhou trabalho (Foto: OAB)

A vistoria foi realizada a pedido da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Subseção de Mossoró, que está acompanhando o caso e irá cobrar providências para que as medidas sugeridas pelo CB/RN sejam adotadas.

O relatório assinado pelo soldado Jorge Luiz de Souza aponta uma série de problemas, como a necessidade da realização de um Projeto Contra Incêndio e Pânico, a falta do Atestado de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB), inexistência de extintores de incêndio e de sinalização de emergência. Na análise do Serviço Técnico de Engenharia, a área é considera como “carga de incêndio média”, em virtude dos produtos que serão comercializados, como eletrônicos, roupas, brinquedos, muitas com uso de gás de cozinha (GLP), que aumenta a preocupação com a segurança.

Exigências

Em virtude do uso do gás de cozinha, o Corpo de Bombeiros recomenda ainda que os estabelecimentos que utilizem o referido produto devem respeitar uma distância mínima, entre um e outro. Além disto, o documento aponta ainda a necessidade de atenção às normas técnicas acerca do dimensionamento de saídas de emergência e das rotas de fuga, além da falta de instalações elétricas. A grande quantidade de irregularidades constatadas pelo Serviço Técnico de Engenharia aumentou ainda mais a preocupação da OAB com a segurança dos estabelecimentos.

A vistoria técnica realizada na manhã de ontem pelo Corpo de Bombeiros foi acompanhada pelos advogados Aldo Fernandes, Diego Tobias e Canindé Maia, presidentes da OAB/Mossoró, da Comissão de Direitos Humanos e da Comissão de Sociedades de Advogados, respectivamente.

“Tivemos acesso ao documento que confirma a falta de segurança dos locais destinados aos comerciantes. A OAB irá oficiar no processo, pedindo que todas as exigências legais sejam atendidas”, enfatiza Aldo, que ainda aguarda o resultado de outros órgãos provocados pela Ordem.

Com informações da OAB de Mossoró.

Nota do Blog – A vistoria no chamado “Beco do Itaú” constatou o óbvio. A acomodação de cerca de 80 barracos em espaço diminuto, sem mínimo de ventilação e outras carências, é um risco para camelôs, transeuntes, compradores e lojistas que ficam na área.

À céu aberto, parece o “Microondas do prefeito”.

Cruel, muito cruel!



Fonte: Carlos Santos

Senado aprova MP que restringe o acesso ao seguro-desemprego

Quarta, 27 de maio de 2015 

Medida provisória faz parte do esforço do governo pelo ajuste fiscal


O Senado Federal aprovou nesta terça-feira (26) por 39 votos favoráveis e 32 contrários a medida provisória 665, que restringe o acesso ao seguro-desemprego, ao abono salarial e ao seguro-defeso. Como já havia sido aprovada pela Câmara e não sofreu alterações no Senado, a matéria segue para sanção presidencial.

Considerada pelo governo como necessária para o ajuste fiscal que visa reequilibrar as contas públicas, a MP 665 foi editada em dezembro de 2014 pela presidente Dilma Rousseff juntamente com a MP 664, que restringe o acesso à pensão por morte.

Ao todo, 11 senadores da base aliada votaram contra a MP, entre eles, três senadores petistas, partido da presidente Dilma Rousseff: Paulo Paim (RS), Lindbergh Farias (RJ) e Walter Pinheiro (BA).

Antes do início da sessão, os líderes partidários se reuniram com o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), para tentar um acordo sobre o procedimento da votação dos textos. A ideia era definir se o plenário votaria destaques ao texto original separadamente ou em bloco, o que aceleraria o processo.

Logo no início da sessão, o líder do DEM, Ronaldo Caiado (GO) apresentou diversos requerimentos para votar separadamente cada emenda ao texto original na Câmara. A estratégia de obstruir a votação visava retardar ao máximo a aprovação do texto.

Após duas horas de discussão, o Senado rejeitou a análise individual de cada destaque. Também foram rejeitadas todas as alterações propostas pelos senadores.



Tumulto
A sessão foi interrompida por cerca de dez minutos após integrantes da Força Sindical se manifestarem nas galerias do plenário do Senado.

Enquanto o senador José Agripino (DEM-RN) falava na tribuna, os sindicalistas começaram a gritar nas galerias usando máscaras com a imagem da presidente Dilma Rousseff com chifres. Além das máscaras, os manifestantes cantaram o hino nacional e gritaram “Fora, PT”.

Imediatamente, Renan Calheiros determinou a suspensão da sessão até que a segurança do Senado retirasse os manifestantes. Depois, voltou atrás e permitiu a presença dos sindicalistas, desde que eles permanecessem em silêncio durante a discussão.

Após a aprovação da MP 665, no momento em que os senadores discutiam se iriam continuar com a sessão ou se deixariam a votação da MP 664 para a sessão desta quarta, integrantes da Força Sindical voltaram a se manifestar e começaram a cantar: “PT pagou com traição a quem sempre lhe deu a mão”. Novamente, Renan Calheiros suspendeu a sessão devido à manifestação.

Após a conclusão da análise da MP 665, os senadores passaram a discutir se dariam continuidade à ordem do dia e votariam ainda nesta terça a MP 664, que restringe o acesso para o pagamento da pensão por morte. Após quase meia hora de discussão, os líderes partidários entraram em acordo para que a medida fosse votada na sessão desta quarta (27), antecipada para as 14h.

Veja abaixo o que muda com a aprovação da MP 665:
saiba mais



Seguro-desemprego
Pelo texto aprovado, o trabalhador terá direito ao seguro-desemprego se tiver trabalhado por pelo menos 12 meses nos últimos dois anos. O prazo inicial proposto pelo governo era de 18 meses. Antes, o trabalhador precisava de apenas seis meses.

Para poder pedir o benefício pela segunda vez, o projeto estipula que o trabalhador tenha nove meses de atividade. Antes, esse prazo exigido era de seis meses de trabalho, e o governo queria ampliar para 12 meses. A proposta mantém a regra prevista na MP (seis meses) se o trabalhador requisitar o benefício pela terceira vez.

Abono salarial
Em relação ao abono salarial, o texto prevê que o trabalhador que recebe até dois salários mínimos deverá ter trabalhado por três meses para ter direito ao benefício. O texto do Executivo exigia seis meses.



AJUSTE FISCAL
Governo corta gastos e sobe impostos

O abono salarial equivale a um salário mínimo vigente e é pago anualmente aos trabalhadores que recebem remuneração mensal de até dois salários mínimos. Atualmente o dinheiro é pago a quem tenha exercido atividade remunerada por, no mínimo, 30 dias consecutivos ou não, no ano.

O texto aprovado mantém o pagamento do abono ao empregado que comprovar vínculo formal de no mínimo 90 dias no ano anterior ao do pagamento. A nova regra seguirá a mesma linha de pagamento do 13º salario. Por exemplo, quem trabalhou um mês ou cinco meses receberá respectivamente 1/12 e 5/12 do abono.

Seguro-defeso
Para o seguro-defeso, pago ao pescador durante o período em que a pesca é proibida, foi mantida a regra vigente antes da edição da medida provisória – o pescador necessita ter ao menos um ano de registro na categoria. A intenção do governo era aumentar essa exigência para três anos.

Os votos dos senadores
Veja, por ordem alfabética, qual foi a posição de cada senador na votação da MP 665:

Acir Gurgacz (PDT-RO) – Sim
Aécio Neves (PSDB-MG) – Não
Aloysio Nunes (PSDB-SP) – Não
Ângela Portela (PT-RR) – Sim
Antõnio Carlos Valadares (PSB-SE) – Não
Ataídes Oliveira (PSDB-TO) – Não
Benedito de Lira (PP-AL) – Sim
Blairo Maggi (PR-MT) – Sim
Cássio Cunha Lima (PSDB-PB) – Não
Ciro Nogueira (PP-PI) – Sim
Cristovam Buarque (PDT-DF) – Não
Dalírio Beber (PSDB-SC) – Não
Dário Berger (PMDB-SC) – Sim
Davi Alcolumbre (DEM-AP) – Não
Delcídio do Amaral (PT-MS) – Sim
Donizeti Nogueira (PT-TO) – Sim
Douglas Cintra (PTB-PE) – Sim
Edison Lobão (PMDB-MA) – Sim
Eduardo Amorim (PSC-SE) – Não
Elmano Férrer (PTB-PI) – Não
Eunício Oliveira (PMDB-CE) – Sim
Fátima Bezerra (PT-RN) – Sim
Fernando Coelho (PSB-PE) – Sim
Fernando Collor (PTB-AL) – Não
Flexa Ribeiro (PSDB-PA) – Não
Garibaldi Alves Filho (PMDB-RN) – Sim
Gleisi Hoffmann (PT-RS) – Sim
Hélio José (PSD-DF) – Sim
Humberto Costa (PT-PE) – Sim
Ivo Cassol (PP-RO) – Sim
Jader Barbalho (PMDB-PA) – Sim
João Alberto Souza (PMDB-MA) – Sim
João Capiberibe (PSB-AP) – Não
Jorge Viana (PT-AC) – Sim
José Agripino (DEM-RN) – Não
José Medeiros (PPS-MT) – Não
José Pimentel (PT-CE) – Sim
José Serra (PSDB-SP) – Não
Lídice da Mata (PSB-BA) – Não
Lindbergh Farias (PT-RJ) – Não
Lúcia Vânia (PSDB-GO) – Sim
Magno Malta (PR-ES) – Não
Marcelo Crivella (PRB-RJ) – Não
Marta Suplicy (Sem partido-SP) – Não
Omar Aziz (PSD-AM) – Sim
Otto Alencar (PSD-BA) – Sim
Paulo Bauer (PSDB-SC) – Não
Paulo Paim (PT-RS) – Não
Paulo Rocha (PT-PA) – Sim
Raimundo Lira (PMDB-PB) – Sim
Randolfe Rodrigues (PSOL-AP) – Não
Regina Sousa (PT-PI) – Sim
Reguffe (PDT-DF) – Não
Ricardo Ferraço (PMDB-ES) – Não
Roberto Requião (PMDB-PR) – Não
Roberto Rocha (PSB-MA) – Sim
Romário (PSB-RJ) – Não
Romero Jucá (PMDB-RR) – Sim
Ronaldo Caiado (DEM-GO) – Não
Rose de Freitas (PMDB-ES) – Sim
Sandra Braga (PMDB-AM) – Sim
Sérgio Petecão (PSD-AC) – Não
Simone Tebet (PMDB-MS) – Sim
Tasso Jereissati (PSDB-CE) – Não
Telmário Mota (PDT-RR) – Sim
Valdir Raupp (PMDB-RO) – Sim
Vanessa Grazziotin (PCdoB – AM) – Sim
Vicentinho Alves (PR-TO) – Sim
Waldemir Moka (PMDB-MS) – Sim
Walter Pinheiro (PT-BA) – Não
Wellington Fagundes (PR-MT) – Sim

Fonte: www.g1.com.br /Carlos Skarlack

Inca vai tratar câncer de pele não agressivo sem cirurgia

Quarta, 27 de maio de 2015


Após o êxito de projeto-piloto realizado em parceria com a Universidade de São Paulo (USP), o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), do Ministério da Saúde, passa a ter um ambulatório específico para tratamento de doentes com câncer de pele não agressivo, utilizando a terapia fotodinâmica.

O tratamento com o novo medicamento começa no dia 3 de junho, e funcionará sempre às quartas-feiras. O chefe da Seção de Dermatologia do Inca, Dolival Lobão, informou hoje (26) que a principal vantagem da terapia fotodinâmica é tratar o câncer de pele sem invasão, ou seja, sem cortar o paciente. “Não tem bisturi”, afirmou.

Segundo o médico, é espalhado um creme no local afetado, que é absorvido pelas células cancerosas. Em seguida, as lesões são expostas a uma luz especial. Por meio de um processo de reação fotoquímica, somente as células cancerosas que receberam o creme são destruídas. “Tem uma destruição seletiva do câncer. A grande vantagem é que você destrói só as células cancerosas”, explicou. Em comparação ao tratamento invasivo, que abrange a cirurgia clássica, a vantagem da terapia fotodinâmica é que não precisa dar uma margem de pele sadia.



Fonte: Robson Pires

FAB vai apurar se combustível causou pane em avião com Huck e Angélica

Quarta, 27 de maio de 2015


A Aeronáutica irá investigar se o combustível causou a falha no avião Embraer 820C Carajá que levava os apresentadores Luciano Huck e Angélica, os três filhos do casal e duas babás.
A aeronave teve que aterrissar em uma fazenda manhã de domingo (24) depois de os motores perderem potência. Segundo o comandante do avião, Osmar Frateli, houve pane no filtro de combustível – um alarme acendeu no painel apontando o problema.

Nos próximos dias, técnicos do Cenipa (órgão da Aeronáutica responsável pela investigação de acidentes aéreos), coletarão componentes do sistema de combustível para análise, segundo a assessoria de imprensa da Aeronáutica. As amostras serão enviadas para o DCTA (Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial), em São José dos Campos (SP).

Será verificado, por exemplo, se havia contaminação do combustível. “A ação inicial consiste na coleta de amostras de combustível, óleo do motor e filtros, fotografia de detalhes da aeronave, além de entrevistas e levantamento de evidências. O procedimento é comum nesse tipo de investigação”, informou a Aeronáutica, em nota à Folha de São Paulo.

Jovem surda de Jardim de Piranhas desiste de estudar por falta de interprete

Quarta, 27 de maio de 2015

A jovem Jizely Lourayne Gomes da Silva de 18 anos, iniciou esta semana uma campanha nas redes sociais em Jardim de Piranhas. Ela é surda, estudou todo o ensino fundamental em uma escola particular da cidade, onde teve um acompanhamento de profissionais que se comunicavam com a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).

Ao concluir o ensino fundamental, chegando ao ensino médio a jovem estudante começou a enfrentar problemas na comunicação. Na escola que ela se matriculou – Escola Estadual Amaro Cavalcanti – não existia entendimento entre os professores e Jizely, isso por que os professores não estão preparado para lecionar a língua de sinais. Ela teve que desistir da escola, pois não tinha como continuar sem entender nada.

O caso de Jizely veio a publico por iniciativa da própria jovem, mais existem outras pessoas com os mesmos problemas em todo o Brasil. A família da jovem quer apenas um direito que está sendo violado pelo estado e condições para a mesma concluir o ensino médio.



Fonte: Robson Pires

Ex-presidente da CBF está entre os investigados de operação que prendeu dirigentes da Fifa

Quarta, 27 de maio de 2015


José Maria Marin

Autoridades suíças deflagraram nesta quarta-feira uma operação para prender altos dirigentes da Fifa e extraditá-los aos Estados Unidos, onde são investigados por corrupção. Conforme a BBC, seis dirigentes foram presos no hotel Baur au Lac, um deles é Jeffrey Webb, presidente da Concacaf e vice-presidente da Fifa. Entre os dirigentes que teriam sido vistos sendo levados para a delegacia estão o brasileiro José Maria Marin, membro da Fifa, ex-presidente da CBF e da organização da Copa do Mundo de 2014, Eduardo Li, presidente da Confederação de Futebol da Costa Rica, e Eugenio Figueredo, do Uruguai e integrante da Conmebol.

Segundo o jornal “The New York Times”, as acusações estão relacionadas a um vasto esquema de corrupção dentro da Fifa nos últimos 20 anos, envolvendo fraude, extorsão e lavagem de dinheiro em negócios ligados a copas do mundo e acordos de marketing e transmissão televisiva. A Corte Federal em Nova York deve apresentar nesta quarta-feira acusações formais contra até 14 pessoas envolvidas no caso. Segundo informações preliminares, o presidente da entidade, Joseph Blatter, não está entre os acusados.



Fonte: Robson Pires

MEC prorroga até 30 de junho prazo para renovar contratos do Fies

Quarta, 27 de maio de 2015


O Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo para renovação dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o dia 30 de junho. O prazo, que já foi prorrogado uma vez, terminaria na próxima sexta-feira, 29 de maio. Mas, de acordo com a pasta, 100 mil alunos ainda não concluíram o processo de aditamento. A portaria com a ampliação do prazo será publicada quinta-feira (28) e, de acordo com nota do MEC, "o compromisso do governo federal é o de garantir que todos os estudantes façam o aditamento", por meio do portal do Fies. Hoje (26), o MEC se reuniu com representantes das instituições privadas de ensino superior para debater o Fies. O Fies oferece cobertura da mensalidade de cursos em instituições privadas de ensino superior, a juros de 3,4% ao ano. O estudante começa a quitar o financiamento 18 meses após a conclusão do curso. O programa acumula 1,9 milhão de contratos em mais de 1,6 mil instituições.

Pesquisadores descobrem a “cura” para os cabelos brancos

Quarta, 27 de maio de 2015
 Anacley Souza 

Cabelos grisalhos ou brancos são um charme. Inclusive virou moda na cabeça de muita novinha. Mas, pra quem tem crise de pânico só de pensar em um fio sem cor na cachola, a ciência trouxe uma boa notícia. Uma pesquisa da Universidade de Bradford, Inglaterra, descobriu a causa dos cabelos brancos e sua cura! De acordo os pesquisadores, o cabelo branco é causado por um processo chamado de “estresse oxidativo epidérmico”. O peróxido de hidrogênico (mesma substância da água oxigenada) se acumula no fio, fazendo perder sua cor. Eles descobriram também que os folículos capilares não conseguem reparar o dano causado pelo peróxodo de hidrogênio, por isso os cabelos não são capazes de voltar a cor inicial. O tratamento para combater o desenvolvimento dos fios brancos se chama pseudo-catalase, uma vez modificada com luz ultravioleta e utilizada na forma de creme para o couro cabeludo, consegue diminuir os níveis de peróxido de hidrogênio na haste capilar. O mesmo tratamento pode ser usado para pessoas que possuem Vitiligo, doença que causa despigmentação da pele. Em entrevista ao Daily Mail, Weissmann (editor chefe do Faseb Journal, revista que publicou a pesquisa) afirmou: “Esta condição, embora tecnicamente estética, pode ter efeitos sócio-emocionais graves nas pessoas. Desenvolver um tratamento eficaz para esta condição tem o potencial de melhorar radicalmente a vida de muitas pessoas.” Ainda não foi divulgado quando o produto estará disponível no mercado. (Bol)

A partir de 2016, inscrição no Fies dependerá exclusivamente do Enem

Quarta, 27 de Maio de 2015


por Luci Ribeiro | Estadão Conteúdo
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

A partir do primeiro semestre de 2016, a seleção dos estudantes aptos para a contratação do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) será efetuada exclusivamente com base nos resultados obtidos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). É o que determina portaria normativa assinada pelo ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, e publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (26). Segundo o texto, que altera norma de 2010, estão mantidas as exigências estabelecidas pelo MEC no fim do ano passado para inscrição no Fies. Ou seja, os candidatos ao financiamento devem registrar "média aritmética das notas obtidas nas provas do Enem igual ou superior a quatrocentos e cinquenta pontos" e "nota na redação do Enem diferente de zero". A portaria desta terça ainda revoga o parágrafo que determinava ao candidato ao Fies que tivesse concluído o ensino médio antes de 2010 comprovar essa condição na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino.

Sargento da PM é preso por avisar traficantes sobre operações no Rio de Janeiro

Quarta, 27 de Maio de 2015 

Foto: Reprodução / Extra

Um sargento da Polícia Militar do Rio de Janeiro foi preso na noite desta segunda-feira (12) por avisar traficantes sobre ações policiais. Segundo o site Extra, Robson Zamezi entrava em contato com criminosos de uma comunidade de Cabo Frio através de mensagens SMS. A polícia chegou ao sargento depois da prisão um suspeito de praticar tráfico de drogas. Enquanto o homem estava detido, ele recebeu uma mensagem no celular de um número que os policiais reconheceram como sendo de Zamezi. O suspeito então admitiu que costumava pagar PM's em troca de informações sobre operações. Os policiais responderam a mensagem fingindo ser o suspeito e chegaram ao sargento. Ainda de acordo com o Extra, ele teve a pistola e o celular apreendidos e foi encaminhado para a delegacia de Cabo Frio.

Deputados rejeitam sistema distrital misto

Quarta, 27 de Maio de 2015

Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

O Plenário da Câmara dos Deputados rejeitou, por 369 votos a 99 e 2 abstenções, a emenda do deputado Marcus Pestana (PSDB-MG) à PEC da reforma política (182/07) que propunha o sistema distrital misto. Segundo a emenda, votada na noite desta terça-feira (26), cada estado e o Distrito Federal seriam divididos em uma quantidade de distritos igual à metade das cadeiras a que cada bancada tem direito na Câmara dos Deputados. De acordo com a Agência Câmara Notícias, cada eleitor disporia de dois votos. Um poderia ser dado a candidatos distritais e outro a uma lista fechada do partido para todo o estado. Assim, metade da bancada de um estado seria eleita segundo os mais votados no sistema distrital e a outra metade pela lista. Os partidos não poderiam ser excluídos pelo chamado quociente de votação, um cálculo que, no sistema atual, impede o preenchimento de vagas por partidos que não tenham obtido um mínimo de votos. A emenda previa ainda que a lista dos partidos deveria ter alternância de gêneros, com um mínimo de 20% e um máximo de 80% de cada sexo. Em 2007, na votação do Projeto de Lei 1210/07, a Câmara rejeitou emenda semelhante a esta, proposta pelo DEM, PMDB, PT e PCdoB. Ela foi apoiada por 203 parlamentares e rejeitada por 240 deputados. Essa emenda propunha um sistema híbrido em que metade das vagas a que um partido teria direito no sistema proporcional ficaria com os candidatos mais votados individualmente pelo eleitor e outra metade obedeceria à ordem de uma lista partidária.

terça-feira, 26 de maio de 2015

MEC anuncia corte no Pronatec e Ciência sem Fronteiras

Terça, 26 de maio de 2015


O Ministério da Educação (MEC) informou, nesta terça-feira (26), que os programas Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e Ciência Sem Fronteiras terão menos vagas neste ano. No entanto, ainda de acordo com a pasta, programas referentes à educação básica, como o da merenda, do transporte escolar e do Dinheiro Direto na Escola (PDDE), serão mantidos sem cortes. O Ministério garantiu que os programas terão continuidade, mas "com o redimensionamento na oferta, buscando otimizar o atendimento dos estados e das vagas, com ofertas que ainda serão definidas, mas que quantitativamente serão em número inferior ao do ano passado". Segundo o órgão, o número de vagas para o Pronatec será divulgado em breve.

Servidores do ITEP/RN farão mobilização na Governadoria nesta quarta-feira

Terça, 26 de maio de 2015


Os servidores do ITEP decidiram realizar uma mobilização em frente ao prédio da Governadoria, no Centro Administrativo, nesta quarta-feira (27), a partir das 9h. A categoria irá esperar o resultado de uma reunião entre o SINPOL-RN e o Governo do Estado sobre o envio do Estatuto do ITEP. Depois disso, irão deliberar sobre o indicativo de paralisação de advertência para os dias 2 e 3. 

Na noite desta segunda-feira (25), os servidores do ITEP lotaram o auditório do SINPOL-RN, reunidos em assembleia, e deliberaram que não vão mais aguardar uma nova análise do Estatuto do ITEP, como quer o Governo do RN. 

“O que os servidores do ITEP querem é que o governador Robinson Faria cumpra com sua palavra. Quando ainda era candidato, ele pessoalmente procurou essa categoria e disse que se fosse governador por um dia enviaria o Estatuto que já estava pronto desde o final de 2013. Logo após ser eleito, ele mais uma vez afirmou isso. Agora, depois de cinco meses no Governo, a conversar não é mais a mesma. Além de não ter enviado o Estatuto que já estava pronto, a Secretaria de Segurança e direção do ITEP construíram uma nova minuta para o projeto”, explica Paulo César de Macedo, presidente do SINPOL-RN. 


Com esse novo projeto para o Estatuto proposto pelo Governo Robinson, mais de 500 servidores que estão atualmente trabalhando de maneira regular no ITEP seriam excluídos dos quadros do órgão. 

“Infelizmente, um governador que entrou dizendo que seria o Governo da Segurança está trabalhando contra os servidores da segurança, contra os servidores do ITEP que estão há décadas naquele órgão, sofrendo com o abandono e descaso dos governantes, mas mantendo o atendimento mínimo à população. Agora, esse servidores serão simplesmente jogados no lixo?”, indaga Fabrício Fernandes, 2º vice-presidente do Sindicato. 

Diante desse quadro, o SINPOL-RN procurou o Ministério Público, na semana passada, para saber se o órgão tinha participação na elaboração dessa nova minuta, conforme havia sido dito pela secretária de Segurança, Kalina Leite. No entanto, o procurador-geral Rinaldo Reis negou e destacou que a construção ou envio de projetos para servidores é poder discricionário do Executivo. 

"A minuta que foi preparada ao longo de quatro anos pela Consultoria, sob a coordenação do então Procurador de Estado José Marcelo, foi elaborada com todo critério jurídico, e essa minuta não tem qualquer análise contrária. Ela atende à legalização do Instituto, resolvendo a situação dos servidores de maneira constitucional, e ainda promove a moralização definitiva do órgão. Já a minuta construída pelo atual governo irá legalizar a situação de menos de 36 servidores, além de permitir que o ITEP continue sendo alvo de todo tipo de politicagem e que seja usado como cabide eleitoral, situação essa que não interessa à sociedade e aos atuais servidores. Vale destacar ainda que outros órgãos, como Tribunal de Contas, Assembleia Legislativa e até o Ministério Público, corrigiram a situação dos servidores que estavam regulares, incluindo os relotados em seus quadros. Então, por que só o ITEP não terá esse direito”, afirma Renata Pimenta, Diretora Jurídica do SINPOL-RN. 


Após a reunião com o Ministério Público, o Governo do Estado mais uma vez convocou a Diretoria do SINPOL-RN para uma reunião nesta quarta-feira (27), alegando que quer reabrir as discussões sobre a redação que já estava pronta e negociada com os trabalhadores. “Por isso, os servidores votaram em assembleia que vão realizar essa mobilização com objetivo de cobrar do governador que ele honre a palavra que deu e que o Estatuto que já estava pronto desde 2013 seja finalmente enviado para a Assembleia Legislativa”, completa Paulo César de Macedo.



Fonte: O Câmera

Vaccari sugeriu pagar dívidas de propina com doações legais ao PT, diz empreiteiro

Terça, 26 de Maio de 2015

Foto: Reprodução / TV Globo

O vice-presidente da empreiteira Camargo Corrêa, Eduardo Hermelino Leite, afirmou, em depoimento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras nesta terça-feira (26), que o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto propôs à empresa que pagasse “dívidas oriundas de propina” na forma de doações legais ao partido. “No segundo encontro que tivemos, ele [Vaccari] disse que estávamos em débito com o pagamento de propina à Diretoria de Serviços e me ofereceu quitar a dívida por meio de doações oficiais ao PT”, contou Leite que afirmou ainda ter realizado “‘n’ encontros com o Vaccari”. Na época em que a sugestão ocorreu, a diretoria de Serviços da estatal era ocupada por Renato Duque, que assim como Vaccari, é réu em ações penais da Operação lava Jato, pelo crime de lavagem de dinheiro. Segundo Leite, apesar da proposta do ex-tesoureiro, a diretoria da companhia não aceitou alterar a forma de pagamento de propina.

Mossoró/RN: 58/59 homídios mais informações Dois corpos com sinais de violência foram encontrados na estrada do óleo

Terça, 26 de maio de 2015


Dois corpos foram encontrados na manhã de hoje terça feira 26 de maio de 2015, na região do antigo lixão. Os corpos apresentam sinais de violência e foram mortos ou abandonados, as margens da conhecida estrada do Óleo, no Sitio Cajazeiras em Mossoró no Rio Grande do Norte. Um casal que passava na manhã de hoje pelo local, percebeu a presença dos corpos acionou a Central de Operações da Policia Militar. 

Os corpos são de duas pessoas do sexo masculino e aparentemente jovens. Eles estavam só de cuecas e foram executados com disparos na cabeça. Um deles teve o crânio esfacelado pelo disparo e apresenta uma perfuração aparente na região abdominal. O outro foi possível perceber duas perfurações, no ouvido e na nuca. Os mesmos foram amarrados, um no outro, pelas pernas e com as mãos para trás. 

O Perito Criminal Marcondes, acredita que as vítimas foram mortas em outro local e os corpos deixados no local. Marcondes não afirmou, mas acredita que os corpos foram deixados no local há aproximadamente 30 horas. 

O chefe de investigação da Delegacia de Homicídio não confirmou, mas fomos informados que a polícia recebeu informações que as vítimas podem ser dois ladrões de animais que vinham agindo na zona rural de Mossoró já há algum tempo e que podem ser na região de Aracati no Estado do Ceará. 

Depois dos procedimentos, os corpos foram removidos e serão necropsiado na sede Regional do Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep em Mossoró.


Atenção: As Imagens da Galeria são muito fortes: Vejam se conseguem identificar os mortos





Fonte: O Câmera

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055

Recomende