martins em pauta

sábado, 1 de junho de 2019

Demissão em massa na Globo: Maju, Galisteu, Otaviano Costa e Fernanda Gentil

Sábado, 01 de Junho de 2019


Uma bomba na imprensa.

A rádio Globo FM, que desde 2017 vinha investindo pesado em sua programação, com a contratação de grandes nomes, resolveu mudar todo o rumo de sua programação, colocando um ‘ponto final’ nos contratos de inúmeras estrelas.

A lista de demissão é composta por nomes como Majú Coutinho, Adriane Galisteu, Otaviano Costa e Fernanda Gentil.

De quebra, o programa “Papo de Almoço”, que tinha a apresentação de um artista por dia está oficialmente cancelado.

A emissora vai investir em programas musicais, vez que o formato com grandes atrações revestiu-se de pleno fracasso.

De qualquer forma, parece evidente o declínio generalizado da Rede Globo.

POLICIAL MILITAR DA RESERVA É MORTO A TIROS APÓS ASSALTO EM PARNAMIRIM-RN

Sábado, 01 de Junho de 2019

Cabo João Maria Batista de Souza teria reagido a ação dos assaltantes e acabou baleado


O cabo da reserva João Maria Batista de Souza, de 55 anos, foi baleado por criminosos quando reagiu a um assalto na noite da sexta-feira. Foto: Reprodução/Redes Sociais

Um policial militar da reserva foi morto na noite da última sexta-feira (31), durante um assalto no município de Parnamirim, região metropolitana de Natal. O cabo João Maria Batista de Souza, de 55 anos, estava em uma lanchonete quando dois suspeitos chegaram para roubar o estabelecimento, ele reagiu e acabou baleado.

De acordo com a própria Polícia Militar, os dois suspeitos chegaram em uma moto e logo foram anunciando o assalto. Eles teriam percebido que João Maria era policial e o ameaçaram, o cabo reagiu e recebeu os disparos. Os assaltantes foram embora levando a arma do PM.

O cabo João Maria chegou a ser socorrido até o Hospital Regional Deoclécio Marques, também em Parnamirim, mas não resistiu aos ferimentos. Uma equipe da Polícia Militar que estava próxima ao local tentou perseguir os assaltantes após escutar os tiros, mas os criminosos conseguiram fugir. João Maria de Souza é o sétimo policial morto no RN em 2019.
Militares mortos até agora em 2019
1-Em 12 de janeiro, Rafael Andrade da Silva, 36 anos, PM aposentado por problemas psiquiátricos, foi morto após briga em bar na Zona Sul de Natal.

2-No dia 14 de janeiro, o policial militar também aposentado, Cícero Melo Geminiano, 55 anos, reagiu a um assalto numa pizzaria em Mossoró e trocou tiros com os criminosos. Ele foi atingido e ainda chegou ao hospital com vida, mas não resistiu.

3-No dia 26 de fevereiro, o policial militar reformado Luciano de Aquino Ramos, 43 anos, foi assassinado no bairro do Alecrim, Zona Leste de Natal. O crime aconteceu na Rua Silveira Barreto próximo à comunidade Passo da Pátria. O PM foi morto a tiros por um desconhecido.

4-No dia 25 de fevereiro, o bombeiro aposentado Ivan Ferreira da Silva, 58 anos, foi assassinado a tiros no município de Extremoz, Região Metropolitana de Natal. O suspeito do crime foi perseguido e morto a facadas.

5-No dia 26 de março, o sargento da reserva da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, Genival Quirino de Oliveira Júnior, 56 anos, percebeu uma movimentação estranha na Rua Olinda, onde morava, e tentou evitar um assalto a uma mulher por uma dupla em moto. Os suspeitos perseguiram o policial até a entrada da residência dele e atiraram. Sargento Quirino foi baleado na cabeça e morreu na área de casa.

6-Em 9 de Abril, o sargento da Polícia Militar Gilmar Ferreira Barbosa, de 53 anos, foi vítima de um latrocínio nas proximidades da casa onde ele morava com a família no bairro do Bom Pastor, zona Oeste de Natal. Ele atuava no 1º Batalhão da PM.

OP9

Governo do RN regulamenta isenção de ICMS para aquisição de armas como instrumento de trabalho

Sábado, 01 de Junho de 2019


Em decreto publicado nesta sexta-feira (31), o Governo do Estado do Rio Grande do Norte regulamentou a Lei Estadual nº 10.180, que concede isenção do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) em operações de aquisição de armas de fogo destinadas para Polícia Militar, Polícia Civil, Agente Penitenciário e Guarda Municipal.

O decreto atesta a isenção apenas aos profissionais que usam a arma de fogo como instrumento de trabalho, no âmbito estadual, limitada a uma arma por beneficiário, sendo regulamentada pelos requisitos obrigatórios e os limites da legislação para aquisição do porte de armas.

Fonte: Blog do BG

PM reage na hora do assalto e, mesmo esfaqueado, matou um dos bandidos no bairro Damas, em Fortaleza


Sábado,01 junho de 2019

Um sargento da Reserva Remunerada (RR) da Polícia Militar reagiu a uma tentativa de assalto na manhã desta sexta-feira (31) e, mesmo ferido, conseguiu sacar sua pistola e atirar contra um dos bandidos, que morreu na hora. O crime ocorreu no bairro Damas, na zona central de Fortaleza.

Segundo testemunhas, o militar (identidade preservada), que mora nas proximidades, saiu de casa para ir busca seu automóvel que estava estacionado nas proximidades. Ao chegar no cruzamento da Avenida João Pessoa com a Rua Barão de Sobral, o militar foi atacado por dois homens armados de faca. Reagiu e foi esfaqueado em um dos braços.

Mesmo ferido, o PM sacou sua pistola e atirou contra os criminosos. Um deles foi atingido por um dos tiros e morreu na esquina. Ao lado do bandido morto ficou a faca que ele usou para golpear o militar.

O sargento foi socorrido por populares e levado para um hospital e de lá deve se apresentar na delegacia de Polícia Civil da área.

O assaltante morto não foi identificado. Já o comparsa dele conseguiu fugir.

Outros crimes

Nas últimas 24 horas, três assassinatos foram registrados no Interior do Ceará. Um deles no Distrito de Araquém, no Município de Coreaú, na Zona Norte do estado (275Km de Fortaleza). Era por volta de 21h40 de ontem, quando um homem identificado por Eronildo, foi morto a tiros por dois bandidos que fugiram do local em uma motocicleta.

Em Sobral, no Distrito de Aracatiaçu (224Km de Fortaleza), um homem identificado somente por Josimar, foi assassinado na noite passada. Segundo apurou a Polícia, os assassinos invadiram a casa da vítima e fuzilada diante da família.

Em Trairi ( 130Km de Fortaleza), um homem foi morto a tiros na noite de ontem. O crime aconteceu no Distrito de Canaã, tendo como vítima, José Flaviano dos Santos Viana, 23.


(Blog do Jornalista Fernando Ribeiro)

Policiais iniciam treinamento para ingressarem no Cotar e enfrentar a bandidagem no Sertão do Ceará

Sábado, 01 de Junho de 2019


Quarenta e oito policiais militares do estado do Ceará, três do Piauí, um do Maranhão e outro, do Rio Grande do Norte, além de um agente penitenciário do Ceará, totalizando 54 homens,vão participar do Curso de Operações Táticas Rurais (Cotar), treinamento que habilita profissionais para o ingresso no 4º BPChoque/Cotar – unidade subordinada ao Comando de Polícia de Choque – CPChoque da Polícia Militar do Ceará (PMCE).

O Cotar atua no combate a crimes de alta complexidade fora dos limites da Capital, principalmente em ocorrências de assaltos a banco e carro-forte no interior do Estado. Trata-se de uma tropa especialíssima no combate ao crime organizado.

O treinamento será realizado pela Academia Estadual da Segurança Pública (Aesp) e tem uma carga horária de 306 horas/aula, com previsão de término no dia 15 de julho de 2019. Neste período, os alunos passarão por instruções de armamento, munição e tiro; atendimento pré-hospitalar; instrução tática individual; ofidismo; orientação e navegação; sobrevivência em ambiente de caatinga; operações ribeirinhas; abordagem; identificação e noções de material explosivo; noções de combate em ambientes confinados (CQB); noções de gerenciamento de crises; operações em plano vertical e montanhismo; procedimento de patrulha rural e instrumento de menor potencial ofensivo, dentre outras disciplinas.

Aula inaugural

A aula inaugural do Curso ocorreu nesta quinta-feira (30), no auditório da Aesp e foi ministrada pelo professor doutor Emerson Castelo Branco . O evento contou com a presença do diretor geral da Aesp, Juarez Gomes Nunes Júnior; do coronel comandante geral da Polícia Militar do Ceará, Alexandre Ávila; do secretário de Estado da Segurança Pública do Estado do Piauí (SSP-PI), Fábio Abreu; e do chefe da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), Antônio José dos Santos Pastor, entre outras autoridades do sistema de segurança pública cearense.


(Fernando Ribeiro)

HOMEM OFERECE DINHEIRO PARA FAZER SEXO COM MENOR NO BAIRRO AEROPORTO EM MOSSORÓ E ACABA PRESO

Sábado, 01 de Junho de 2019


Um homem que não teve o nome divulgado, foi preso pela PM na noite desta quinta feira, 30 de maio de 2019 acusado de oferecer dinheiro a uma adolescente de 15 anos, para manter relações sexuais com a mesma.

A ocorrência teve início no Bairro Aeroporto em Mossoró RN e terminou na Delegacia de Plantão da Polícia Civil com o acusado sendo autuado em flagrante pelo crime de aliciamento de menor.

De acordo com o Dr. Evandro Luiz dos Santos, delegado de plantão, o suspeito teria oferecido dinheiro, para abusar sexualmente da adolescente, que não aceitou a proposta, correu para dentro de casa, fechou a porta e ligou para o 190 da Polícia Militar.

Uma guarnição da PM foi ao local e após conversar com a vítima, saiu em diligência e conseguiu prender o denunciado. O mesmo foi levado à DP de plantão e depois de ser autuado em flagrante, foi encaminhado ao Itep onde se submeteu a exame de corpo de delito e depois conduzido ao sistema prisional onde ficará a disposição da justiça.

Na presença do delegado, a menor disse que só não foi abusada sexualmente, porque conseguiu correr e se trancar dentro de casa, mas o homem chegou a oferecer dinheiro, para que ela fizesse sexo com o mesmo.

Texto/Fim da Linha

Fonte: Passando na Hora

APÓS AMEAÇA DE FACÇÃO MANDAR 'QUEBRAR TUDO' EM MOSSORÓ E OUTRAS CIDADES DO RN GOVERNO SUSPENDE VISITAS EM PRESÍDIOS

Sábado, 01 de Junho de 2019

O Governo do Estado suspendeu na manhã desta sexta-feira 31 de maio de 2019, as visitas dos familiares de detentos em todo sistema penitenciário potiguar. A medida é tomada por motivo de segurança.

"As secretarias também informam que não existe nenhum motim em andamento nas penitenciárias do Rio Grande do Norte", informa o governo em nota.

Na manhã desta sexta, o Blog do Negreiros divulgou documento do setor de inteligência da Polícia Federal que alerta o Governo do RN sobre uma onda de ataques que estaria sendo planejada por facções em várias cidades do estado. (RELEMBRE)

As ações estariam marcadas para iniciar na madrugada na próxima terça-feira (4), dentro e fora dos presídios. A ordem seria "mandar quebrar tudo nas ruas".

A expectativa é de que o estado recebe reforço de agentes de segurança federal.



Saulo Vale

Fonte: Passando na Hora

Ministro garante recursos para adaptação da ponte Newton Navarro

Sábado, 01 de Junho de 2019


O ministro do Desenvolvimento Regional Gustavo Canuto garantiu a viabilização de recursos para obras de adaptação da Ponte Newton Navarro. A formalização do convênio com o governo federal será feita em nome de toda a bancada do Rio Grande do Norte, representada pelo deputado Rafael Motta (PSB).

Motta solicitou que a ponte seja incluída na Política Nacional de Desenvolvimento Urbano, que prevê a realização de obras complementares em pontes, viadutos, túneis e outros equipamentos urbanos.

O programa também abarca projetos que promovam o conforto e a segurança aos cidadãos não-motorizados, como a instalação de grades.

A proposta foi bem aceita pelo ministro Canuto, que se comprometeu a vencer todas as barreiras burocráticas dentro do MDR para atender ao pleito, que é de toda a bancada federal do RN.

Como a ponte se tornou um local com alto índice de suicídios, a Política de Desenvolvimento Urbano irá se alinhar com a recém-sancionada Política Nacional de Prevenção da Automutilação e Suicídios.

“É um problema sério que tem afetado todos os natalenses. Toda a bancada federal está empenhada em encontrar uma solução e saímos do Ministério confiantes de que teremos os recursos para as obras em breve”, afirmou o deputado.

Rafael Motta também solicitou o apoio do ministro Canuto à uma emenda na LDO de sua autoria que permitirá a alocação de recursos federais para prevenção de suicídio em pontes administradas pelas prefeituras e governos estaduais.

Essa iniciativa autoriza o envio de emendas parlamentares e a realização de convênios entre esses entes e a União. Na terça-feira, o deputado já havia se reunido com a ministra da Mulher, dos Direitos Humanos e da Família, Damares Alves, para tratar do mesmo assunto. A ministra garantiu total apoio ao pleito.

Fonte: Blog do Jair Sampaio



A imensa contradição dos partidos e políticos da esquerda brasileira

Sábado, 01  de Junho de 2019

A igualdade da esquerda fica só no discurso.
Na utopia do socialismo/comunismo não há ricos ou pobres, há ESTADO RICO e a população equiparada socialmente, todos iguais.
Me faz lembrar uma frase que vi em algum Instagram de fofoca que dizia mais ou menos assim:
"Deus, se eu não conseguir emagrecer, fazei com que minhas inimigas engordem".
É tão raso quanto esse pensamento.
Raso e contraditório.
Tão contraditório quanto comemorar que o PIB do primeiro trimestre foi baixo e ao mesmo tempo ser contra a reforma da previdência que gasta quase tudo que arrecada pagando aposentadorias!
Tão contraditório quanto comemorar que o brasileiro aumentou sua longevidade, que a terceira idade está mais ativa e saudável do que os idosos do passado e ao mesmo tempo dizer que não há rombo na previdência!
Reclamar do preço da gasolina e ao mesmo tempo ser contra a reforma tributária!
Sair em protesto pelas ruas e ao mesmo tempo pedir a soltura de um político que comandou o país na época onde a corrupção deixou de ser um acerto obscuro entre corruptos e corruptores e virou um departamento em grandes empresas, com vários funcionários, planilhas, agendas e controle fiscal do dinheiro que saia da empresa para membros do governo.
Dizer que defende a democracia no Brasil e ao mesmo tempo admirar ditadores do resto do mundo.
Gritar por liberdade de expressão e ao mesmo tempo se calar quando a justiça manda retirar o computador da casa de um crítico do STF, ou manda prender um artista por ter falado mal de um político.
Defender a liberdade do povo e ao mesmo tempo defender que o Estado comande todos os meios de produção.
É impossível viver com um pensamento tão contraditório, é quase uma transgeneridade de pensamento sócio/político, você é de um jeito mas pensa ser de outro.
A esquerda se perdeu entre o que pensam que estão defendendo e o que de fato estão fazendo, vou exemplificar para ficar mais claro:
É a mesma coisa que você esticar a mão para fazer carinho na barba do Lula e sem querer, acaba massageando as genitálias do Renan Calheiros e do Aécio Neves.

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

MPF censura ministro enquanto ignora o que acontece nas universidades federais

Sábado, 01 de de maio de 2019


Abraham Weintraub, ministro da Educação — Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

Acho que depois desta quinta-feira (30), ninguém no Brasil tem coragem de dizer que os protestos são pela educação. Ainda que haja raríssimas exceções de pessoas bem intencionadas no meio, ficou claro que tudo não passa de uma movimentação da esquerda para tentar sabotar o governo e o bem do país em nome de uma agenda pró-PT.

As ruas esvaziadas mostram que boa parte do pessoal que foi feito de massa de manobra, percebeu isso e pulou fora. Sobrou praticamente só a militância de esquerda e seus grupelhos radicais. E como sempre acontece quando esse grupo protesta, vandalismo, agressões e incêndios ocorreram aos montes.

Mas o nosso estimado Ministério Público Federal - MPF pelo jeito tem outras preocupações. O MPF não consegue ver problema em professores chantageando e coagindo alunos a participar de um protesto. Não vê problemas em sindicatos e vândalos se unindo para fechar ruas em dia útil. Nem mesmo vê problema nas dezenas de eventos com presença de políticos de esquerda acontecendo nas Universidades Federais bancados com o dinheiro público.

Para o MPF, inadmissível mesmo é o Ministro da Educação emitir sua opinião sobre toda a baderna que a esquerda orquestra nas Universidades para manter o controle ideológico delas. O MPF abraça a censura. Utiliza-se de seu poder público para tentar obrigar um Ministro a se calar diante das atrocidades na educação brasileira.

Se o MPF tem coragem de tentar calar um Ministro de Estado, imagina o que ele não faria com cidadãos comuns que ousem criticar os desmandos de professores que abusam de sua autoriadade para constranger alunos?

Não cabe ao MPF decidir o que é liberdade de expressão, não cabe ao MPF tentar blindar de críticas qualquer grupo que seja. Se o MPF está preocupado com o "envenenamento gradual da democracia", deveria agir toda vez que um conservador é expulso ou proibido de falar em uma universidade pública.

Talvez seja hora de estabelecer um mandato com tempo pré-definido para os procuradores. Assim não corremos o risco de ficar preso a grupos que coloquem ideologia acima do interesse público.


(Texto de Frederico Rodrigues).

Fonte: Jornal da cidade Online

A falácia de que o PT governou para os pobres

Sábado, 01 de Junho de 2019



“O PT governou para os pobres”. Incrível como algumas pessoas boas ainda repetem esse tipo de asneira. E o pior é que além de a repetirem ainda a complementam com a seguinte pérola: “Bolsonaro não gosta de pobre”.

É muito chato ter que refutar um argumento tão fora da realidade como esse, típico de quem simplesmente não consegue enxergar/entender o cenário ao seu redor. Mas é de bom alvitre que, mais uma vez, se desmonte essa afirmação falaciosa, torcendo para que os que acreditam nela talvez coloquem a cabeça no lugar e voltem para o caminho da Luz, saindo das Trevas onde se encontram.

O PT nunca governou para os pobres. Se o partido, eleito por 4 mandatos consecutivos para a Presidência, tivesse governado para os pobres, por que então esses pobres continuam pobres? Por que esses pobres continuam sem saneamento básico, sem emprego, e sem dignidade? Por que os índices de pobreza aumentaram no país? E por que, por outro lado, os ricos ficaram mais ricos, especialmente o sistema bancário?

Mas o fato é que esse discurso de “o PT governou para os pobres”, e “Bolsonaro não gosta de pobre”, que já citei no início desse texto, infelizmente funciona com a militância esquerdista, que repete isso aos quatro cantos; o partido ainda se escora nesse tipo de afirmação taxativa que apresenta aos eleitores, pois isso lhe traz voto.

Com efeito, quando o PT diz que “governa para os pobres”, na verdade o que deve ser entendido é que ele governa utilizando os pobres e a sua pobreza como um ativo valioso (com perdão pelo trocadilho).

Como alguém já falou, o PT gosta tanto dos pobres que os multiplica. E isso não é algo exclusivo do PT, mas sim da Esquerda como um todo, onde quer que ela atinja o poder: o exemplo mais atual é a Venezuela, com o seu “bolivarianismo”, que nada mais é do que o “neocomunismo do século XXI”, e de uma “releitura” do socialismo marxista.

Mas é exatamente essa a diferença entre do PT de 'Lula 1 e 2' e 'Dilma 1 e 2' para a Direita de 'Jair Bolsonaro 1': nós, direitistas, queremos que o pobre deixe de ser pobre e que progrida na vida, libertando-se da escravidão/servidão intelectual e econômica que sempre o fez depender das migalhas oferecidas pelo Estado.

Isso sim é “gostar de pobre”: ao querer que o pobre não seja mais pobre, e ascenda socialmente, passando a consumir, gerar riqueza, e integrar-se mais à sociedade, nós, direitistas, defendemos, com esse pensamento, a menor minoria existente, que é o indivíduo, e, principalmente, o indivíduo mais fragilizado economicamente.

Ao querer que o pobre deixe de ser pobre, esperando que o Governo implemente políticas públicas que de fato possibilitem a esse indivíduo fragilizado economicamente que melhore suas condições financeiras, nós, direitistas, temos convicção que o tamanho do Estado sobre os ombros do cidadão vai diminuir, e, consequentemente, a liberdade vai aumentar.

Esse, sem sombra de dúvida, é um pensamento totalmente inverso do que o PT, na sua ânsia de “cuidar dos pobres”, possui: para ele, os pobres são um ativo valioso, que merece ser mantido na eterna pobreza, para que o Estado (controlado por ele, PT) continue-os tutelando e fornecendo-lhes migalhas, dizendo que estão tomando conta deles.

Um conhecido provérbio chinês antigo diferencia bem as situações sobre como o PT e a Direita (de Jair Bolsonaro) lida com os pobres:
“Dê um peixe a um homem faminto e você o alimentará por um dia; ensine-o a pescar e ele se alimentará pelo resto da vida."

Guillermo Federico Piacesi Ramos

Advogado
Fonte: Jornal da Cidade Online

O covarde silêncio dos jornais Estadão, Folha e O Globo sobre a agressão ao repórter da Jovem Pan (Veja o Vídeo)

Sábado, 01 de Junho de 2019


Covardemente, os jornais Estadão, Folha de S.Paulo e O Globo não publicaram nenhuma linha com relação as agressões sofridas pelo repórter Marcelo Mattos da Rádio Jovem Pan, durante as tais manifestações contrárias aos alegados ‘cortes’ na Educação.

Nas palavras de Marcelo, o que se deu foi um verdadeiro ‘linchamento moral’, tudo registrado pelas câmeras da emissora.

O silêncio dos principais jornais do país denota a parcialidade de suas atuações, além de um notável desapreço pelo trabalho dos demais órgãos da imprensa brasileira.

Certamente, se tais fatos tivessem acontecido nas manifestações de 26 de maio, esses veículos da grande mídia fariam um grande estardalhaço.

Veja abaixo as lamentáveis cenas, simplesmente ignoradas pelos três maiores jornais do país.

É de se lamentar.
Veja o vídeo
da RedaçãoFonte: Jornal da Cidade Online

Governo avalia liberar recursos de contas de FGTS e PIS-Pasep para estimular economia, diz Guedes

Sábado, 01 de Junho de 2019 


Paulo Guedes, ministro da Economia do governo de Jair Bolsonaro (Foto: Adriano Machado/Reuters)

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou na quinta-feira, 30, que, para estimular o reaquecimento da economia, o governo estuda a liberação de recursos dos trabalhadores depositados em contas inativas e ativas do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) “assim que forem aprovadas as reformas”, entre as quais a da Previdência.

Ele também disse que a área econômica avalia liberar dinheiro do abono salarial PIS-Pasep para jogar dinheiro no mercado e movimentar a economia. O PIS é um abono pago aos trabalhadores da iniciativa privada administrado pela Caixa Econômica Federal. O Pasep é pago a servidores públicos por meio do Banco do Brasil.

Paulo Guedes falou sobre essas intenções no dia em que foi anunciada uma retração do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano. Em uma entrevista concedida na portaria do ministério, ele comentou o resultado divulgado na quinta pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Vamos liberar PIS-Pasep, FGTS, mas assim que saírem as reformas. Se abre essas torneiras sem as mudanças fundamentais, é o voo da galinha. Você voa três, quatro meses porque liberou e depois afunda tudo outra vez. Na hora em que fizer as reformas fundamentais, aí, sim, libera isso. É como se fosse a chupeta de bateria. Senão, anda três metros e para tudo outra vez”, declarou o ministro a jornalistas.

Conforme o ministro, a liberação de recursos das contas do PIS-Pasep seria anunciada nesta quinta-feira, mas o governo preferiu aguardar para examinar também a possibilidade de autorizar desembolsos de recursos dos trabalhadores no FGTS.

“O PIS-Pasep já estamos prontos para disparar. Íamos disparar hoje [quinta], e aí fomos examinar também o FGTS. Atrasou um pouquinho o PIS-Pasep. Liberação de contas inativas [do FGTS] lá atrás. As pessoas podem até buscar os recursos e podemos fazer um esforço extra para localizar. Tudo isso está sendo cuidado. [Contas] inativas e ativas também [seriam liberadas]. Cada equipe está examinando isso. Nós não batemos o martelo ainda, mas todas equipes estão examinando isso”.

Responsável pela política econômica do governo Jair Bolsonaro (PSL), Guedes ressaltou, entretanto, que não vai buscar implementar “truques, nem mágicas” para estimular a economia, mas que vai buscar fazer “reformas sérias”. (Com informações G1 – Brasília).

Prefeitura de Areia Branca entrega incentivo financeiro aos grupos de quadrilhas juninas

Sábado, 01 de Junho de 2019


Cleiton Cleber, do Arraiá Sonho Matuto, recebendo o cheque das mãos da prefeita Iraneide e Aldemir Seixas

A prefeita Iraneide Rebouças (PSD), acompanhada do presidente da Fundação de Cultura (Fundac), Aldemir Seixas, entregou na tarde de quinta-feira, 30, os cheques aos diretores dos grupos juninos de Areia Branca. Cada um deles, Sonho Matuto e São João, recebeu de incentivo da prefeitura o valor de R$ 8 mil para os custos com a vestimenta típica das quadrilhas juninas, como tecido, costureira entre outras despesas, além de ajuda para duas viagens onde devem representar o município em outras cidades potiguares.

A prefeitura acredita que o movimento é importante para o turismo de Areia Branca, como também para desenvolvimento dos jovens. “Representem bonito Areia Branca, a gente sabe a capacidade das duas quadrilhas, vamos sempre estar junto com vocês”, disse a prefeita Iraneide no ato de entrega dos cheques com os valores que representam o inventivo financeiro da gestão aos grupos que mantém viva a tradição junina, uma das manifestações da cultura nordestina.
Tradicional grupo Arraiá São João também recebeu incentivo financeiro entregue pela prefeita

Os dois grupos têm compromisso de participar da abertura das festas juninas de Areia Branca, no dia 28 de junho, e concorrer no festival no dia 29.Fotos: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Areia Branca

Fonte: Costa Branca News

Depois de quatro anos em queda, carteira assinada volta a crescer; 480 mil postos de trabalho foram gerados no período, diz IBGE

Sábado, 01 de Junho de 2019


Segundo o IBGE foram gerados 480 mil postos de trabalho formais no período Foto: Marcello Casal/Agência Brasil)

Depois de 16 trimestres (quatro anos) seguidos de queda, o emprego no setor privado com carteira de trabalho assinada voltou a crescer. Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios – Contínua (Pnad-C), o indicador cresceu 1,5% no trimestre encerrado em abril deste ano, na comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram gerados 480 mil postos de trabalho formais no período, totalizando 33,1 milhões de trabalhadores nessa situação.

“O aumento reflete o início de um quadro favorável. É a primeira vez que a categoria carteira de trabalho respira desde o início da crise em 2014”, disse o pesquisador do IBGE Cimar Azeredo.

Azeredo explica que a alta foi puxada pelos setores de educação e saúde, de trabalhadores de baixo nível educacional da mineração, da construção, do transporte e dos profissionais liberais.

Apesar da alta dos empregos com carteira de trabalho assinada, houve também uma alta nos empregos informais, isto é, aqueles sem carteira. A alta foi 3,4%, ou seja, 368 mil pessoas a mais do que no trimestre encerrado em abril do ano passado. No total, 11,2 milhões de pessoas estavam nessa situação no trimestre encerrado em abril deste ano.

Apesar das altas na comparação com abril do ano passado, os dois tipos de trabalho (formal e informal) mostraram estabilidade em relação ao trimestre encerrado em janeiro deste ano. (Com informações Agência Brasil).

Contas públicas têm saldo positivo de R$ 6,6 bilhões

Foto: Adriana Toffetti/A7 Press/Folhapress/18.09.2018
As contas públicas registraram saldo positivo em abril. De acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (31), em Brasília, pelo BC (Banco Central), o setor público consolidado, formado pela União, estados e municípios, anotou superávit primário de R$ 6,637 bilhões no mês passado.
Em abril de 2018, o resultado também foi positivo, entretanto menor: R$ 2,9 bilhões. Esse foi o maior resultado para abril desde 2017, quando houve superávit primário de R$ 12,908 bilhões.
O resultado primário é formado por receitas menos despesas, sem considerar os gastos com juros.
Segundo o chefe do Departamento de Estatísticas do BC, Fernando Rocha, era esperado resultado positivo nas contas públicas devido ao aumento de receitas características desta época do ano, como o pagamento de imposto de renda por pessoas físicas e jurídicas e recebimento trimestral pelo governo de royalities e participações. “Em abril, tem um conjunto de receitas sazonais ocasionando esse superávit”, disse Rocha.
No mês passado, o Governo Central (Previdência, Banco Central e Tesouro Nacional) foi o principal responsável pelo saldo positivo, ao apresentar superávit primário de R$ 6,133 bilhões.
Os governos estaduais anotaram saldo positivo de R$ 1,043 bilhão, e os municipais, negativo em R$ 312 milhões.
As empresas estatais federais, estaduais e municipais, excluídas as dos grupos Petrobras e Eletrobras, tiveram déficit primário de R$ 227 milhões no mês passado.
Superávit
De janeiro a abril, o setor público acumula superávit primário de R$ 19,974 bilhões, acima dos R$ 7,291 bilhões de igual período de 2018. Esse é o maior resultado para o primeiro quadrimestre desde 2015, quando houve superávit primário de R$ 32,4 bilhões.
O resultado positivo no acumulado do ano vem deste mês e de janeiro, quando foi registrado superávit de R$ 46,897 bilhões. Em fevereiro e março deste ano houve déficit primário: R$ 14,931 bilhões e R$ 18,629 bilhões, respectivamente.
Com o resultado positivo no primeiro quadrimestre, houve redução no déficit primário acumulado em 12 meses. “É o terceiro mês seguido que ocorre essa redução”, destacou Rocha.
Em 12 meses encerrados em abril, o déficit primário ficou em R$ 95,575 bilhões, o que representa 1,37% do PIB (Produto Interno Bruto), soma de todos os bens e serviços produzidos no país.
A meta para o setor público consolidado é de um déficit primário de R$ 132 bilhões neste ano.
Despesas com juros
Os gastos com juros ficaram em R$ 34,685 bilhões em abril, contra R$ 29,651 bilhões no mesmo mês de 2018. No primeiro quadrimestre, essas despesas acumularam R$ 129,166 bilhões contra R$ 118,853 bilhões em igual período de 2018.
Em abril, o déficit nominal, formado pelo resultado primário e os resultados dos juros, ficou negativo em R$ 28,048 bilhões, contra R$ 26,751 bilhões em igual mês de 2018. No acumulado de quatro meses do ano, o déficit nominal chegou a R$ 109,192 bilhões, ante R$ 111,562 bilhões em igual período do ano passado.
Dívida pública
A dívida líquida do setor público (balanço entre o total de créditos e débitos dos governos federal, estaduais e municipais) atingiu R$ 3,769 trilhões em abril, o que corresponde 54,2% do PIB, com redução de 0,1 ponto percentual em relação a março.
A dívida bruta – que contabiliza apenas os passivos dos governos federal, estaduais e municipais – somou R$ 5,479 trilhões ou 78,8% do PIB, 0,3 ponto percentual a mais que o registrado em março.
Agência Brasil

QUALIDADE DE VIDA NO BRASIL: Confira as 40 melhores pequenas cidades para envelhecer

Sábado, 01 de Junho de 2019

Vista da Igreja Matriz de São João de Boa Vista, localizada na Praça da Catedral (Governo do Estado de São Paulo/Divulgação)
Símbolo de tranquilidade e qualidade de vida para alguns, as pequenas cidades se consagraram nos imaginário popular como o ambiente mais propício para se aproveitar a terceira idade. Com o aumento da expectativa de vida da população, a tendência é que locais com essas características entrem no radar dos brasileiros que estão em busca de uma vida mais plena durante a velhice.
Das 348 cidades brasileiras que têm entre 50 mil e 100 mil habitantes, 40 se destacam por oferecer boas condições de vida para a pessoas com mais de 60 anos. É o que revela o Índice de Desenvolvimento Urbano para Longevidade, elaborado pelo Instituto de Longevidade Mongeral Aegon em parceria com a FGV.
Os municípios foram classificados segundo sete variáveis: Indicadores Gerais; Cuidados de Saúde; Bem-Estar; Finanças; Habitação; Educação e Trabalho e Cultura e Engajamento, que receberam pesos com base nas principais necessidades da população na terceira idade.
O clima também foi levado em conta para a finalização do ranking, que tirou pontos dos municípios de acordo com a frequência com que eles apresentam dias com altas temperaturas, chuvas intensas ou baixa umidade.
Essas cidades também foram avaliadas segundo classificações específicas – com diferentes pesos para cada variável – com foco na parcela com idade entre 60 e 75 anos e para população acima dessa faixa.
“O aumento da participação de idosos exige estratégias diferentes na formação de políticas públicas”, afirma Antônio Leitão, gerente do Instituto de Longevidade Mongeral Aegon.
No entanto, ele lembra que os idosos não são os únicos beneficiados por esse tipo de programa. “Tornar as cidades mais acessíveis e bem providas de recursos traz benefícios gerais e é, inclusive, um fator de atração de investimentos”.
São João da Boa Vista, a melhor entre as pequenas
Com 88 mil habitantes, a cidade de São João da Boa Vista (SP) é a melhor para a população acima dos 60 anos.
Os principais fatores para isso, segundo o estudo, são as baixas ocorrências de mortes por armas de fogo e o número de estabelecimentos com atendimento ambulatorial – segundo a Prefeitura, existem 13 unidades de saúde distribuídas pelos bairros, além de outros dois hospitais e uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA).
O município ocupa ainda a 50º posição no Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) e, segundo um estudo conjunto entre a FGV e a Financial Times, aparece em 6º lugar entre as melhores microrregiões paulistas em questão de Saúde.
Mas há alguns aspectos que ainda exigem atenção dos gestores públicos tal qual o elevado número de mortes por acidentes de trânsito. “Estamos considerando contratar a equipe de uma universidade para elaborar um estudo sobre mobilidade urbana”, afirma Vanderlei (PMDB), prefeito da cidade.
Além disso, em parceria com o governo estadual, o município está construindo um centro para acolher idosos em situação de vulnerabilidade social cujas famílias não tenham condições de oferecer cuidados durante o dia ou parte dele.
As melhores pequenas cidades para idosos
Das 40 melhores cidades para quem tem mais de 60 anos, 30 estão na região Sudeste – enquanto nenhuma está localizada no Norte ou Nordeste. Com 25 cidades listadas, São Paulo é o estado que concentra o maior número de municípios bem avaliados. Veja a lista.
Exame

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055