martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 29 de fevereiro de 2020

Jornalista de esquerda confessa o fascínio da popularidade de Bolsonaro e diz que superou Lula (veja o vídeo)

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

Thaís Oyama

Thais Oyama, jornalista que começou a acompanhar as viagens de Bolsonaro em 2017 para fazer uma cobertura jornalística sobre as multidões que o recepcionavam nos Aeroportos pelo Brasil, se disse impressionada.

Relatou que da primeira vez que viajou para fazer a cobertura no aeroporto de Teresina, encontrou com Bolsonaro dentro do voo e desembarcou com ele.

Declarou que ficou perplexa ao ver uma multidão o recebendo no Aeroporto, carregando-o nos ombros e ovacionando ele com gritos de “mito”.

No início, mencionou que não entendeu os gritos e que alguém lhe disse que o povo gritava “mito”.

Por fim, Oyama disse que não acreditava que Bolsonaro chegaria à Presidência da República, mas que o fascínio gerado pela sua popularidade é de fato muito maior do que Lula.

Veja o vídeo:

Moro anuncia leilão de 612 imóveis confiscados do tráfico

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

Foto: Frederico Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, anunciou em sua página no Twitter que 612 imóveis confiscados do tráfico de drogas ‘irão em breve’ a leilão. Moro destaca que a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), braço do Ministério que dirige, divulgou informações detalhadas sobre os imóveis, inclusive localização.

“Não basta prender, é preciso retirar o dinheiro das mãos dos criminosos”, disse Moro.

São apartamentos, sítios, terrenos, prédio, lotes, chácaras, fazendas, galpões e muitos outros itens em todas as regiões do país, apreendidos em processos contra organizações criminosas.

Todo o patrimônio tomado do tráfico está apto à venda imediata pela Secretaria de Coordenação e Governança do Patrimônio da União (SCGPU).

Moro disse à reportagem que ‘a estratégia do Ministério da Justiça e Segurança Pública continua sendo a de acelerar a venda dos bens confiscados do tráfico de drogas’.

“O crime não pode compensar. Para o cidadão, os leilões são uma boa oportunidade para comprar imóveis e produtos com descontos no preço”, argumenta o ministro.

Para facilitar o acesso dos interessados nesses bens, a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas lançou um painel georreferenciado com a localização exata e as informações detalhadas dos 612 imóveis.

No painel disponibilizado pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas podem ser consultadas informações dos imóveis perdidos em favor do Fundo, de forma georreferenciada e desagregada por unidade da federação e cidade.
Clique aqui e acesse o painel dos imóveis.

Veja a matéria completa aqui

R7
OPINIÃO DOS LEITORES:
  1. Rui
    Medida inédita no Brasil.
  2. Alvaro
    A blindagem a Moro prova que mídia brasileira realmente não tem convicção democrática.
    "Não existe convicção democrática, mas uso oportunista do discurso, dependendo das circunstâncias. A mesma voz que estuprava a democracia passa a ser sua defensora. E, dependendo das circunstâncias, amanhã voltará de novo a namorar o estado de exceção".
  3. lula presidente Theucu
    KD os apoiadores de traficante?? #Moro_no_STF
  4. lula presidente teucu
    KD os apoiadores de traficante?? #Moro_no_STF
  5. Ojuara
    Isso era pra ser imediato, todo mês. Quebraria as pernas dos bandidos rapidinho
  6. Cidadão pagador de impostos
    Vai leiloar o condomínio Vivendas da Barra? Vai leiloar os imóveis dos militar traficante da comitiva presidencial?
    • Flauberto Wagner
      Calma e raciocínio é coisa para poucos, o condomínio aonde o presidente tem uma casa não é propriedade totalmente sua , portanto, até se prove o contrário ele não tem nenhum relação com o tráfico ou quaisquer outra atividade ilícita.
      Outra coisa, o militar pego na Espanha com droga não era de sua comitiva, e, sim tripulante de um avião que dava suporte e apoio, é de domínio público que ele não tenha qualquer tipo de relação direta com o presidente, sem deixar de citar aqui que ele está preso da Espanha em razão de seu ato e que responde aqui no Brasil dois processos em fase de inquéritos em razão de seu crime, sendo um da PF e o outro da Justiça Militar.
      Agora, vamos acabar com essa p..
      ..a que tudo que acontece do mundo do crime Brasil afora o presidente tem relação.
      Já Lula e sua quadrilha tem comprovadamente uma relação gigante com crimes praticados nos 16 anos do governo do PT até o fim da melancólica gestão do presidente vampiro.
    • barbosa
      Se ñ entende de direito, fique calado,prudência é hábito.
  7. Luladrão Encantador de Asnos
    Parabéns Ministro.
    É o Brasil no rumo certo.
    Acabou o diálogo cabuloso com bandidos.

Embarcação naufraga no Amapá o número de feridos ainda é desconhecido

Sábado, 29 de fevereiro de 2020



Foto: Reprodução

A embarcação Anna Karoline III, de médio porte, naufragou na madrugada deste sábado, 29, na região do Vale do Jari, sul do Amapá. Segundo o Corpo de Bombeiros local, até esta manhã, duas pessoas morreram e 16 pessoas permaneciam desaparecidas.

Além dos militares, a Capitania dos Portos e equipes do Grupo Tático Aerotransportados (GTA) estão se dirigindo ao local para o trabalho de busca e resgate. A Marinha vai instaurar um inquérito para apurar as causas, circunstâncias e responsabilidades do acidente.

O Anna Karoline saiu do Porto de Santana (AP), a 17km de Macapá, com destino a Santarém (PA), por volta das 18h. A capacidade da embarcação era de 242 passageiros, e segundo a corporação, cerca de 60 pessoas estavam sendo transportadas. Ainda não se sabe o motivo do naufrágio, tampouco o número de pessoas feridas e resgatadas.

Jovem Pan

EUA assinam acordo de paz com Taleban e prometem retirar tropas do Afeganistão em 14 meses

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020


Foto: Reuters/AFP

Os Estados Unidos e o Taleban assinaram neste sábado (29) um acordo de paz histórico, para tentar colocar fim a um conflito de quase 20 anos.

Em um evento em Doha, no Qatar, o negociador americano, Zalmay Khalilzad, e o mulá Abdul Ghani Baradar, assinaram o texto, e em seguida, deram um aperto de mãos.

Pelo acerto, o Taleban se compromete a parar de fazer ataques, a não apoiar grupos terroristas e a negociar com o governo afegão. Em troca, todas as tropas dos EUA e da coalizão da Otan deixarão o país até abril de 2021, e o Taleban ficará livre de sanções, caso os termos acordados sejam cumpridos.

Os governos dos EUA e do Afeganistão prometeram libertar cerca de 5.000 prisioneiros ligados ao Taleban. Em troca, o grupo soltará cerca de 1.000 presos.

A retirada de tropas será feita de forma gradual ao longo de meses, e o número de militares estrangeiros no Afeganistão será reduzido de cerca de 14 mil para 8.600 até julho. No entanto, caso haja o retorno da violência no pais, o processo poderá ser revertido.

Folhapress

Pesquisadores de SP fazem sequenciamento genético do coronavírus

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020


Foto: Luis Echeverria

Um grupo de pesquisadores brasileiros fez o primeiro sequenciamento genético do coronavírus na América Latina em apenas 48 horas. O trabalho foi desenvolvido pelo Instituto Adolfo Lutz, em parceria com o Instituto de Medicina Tropical da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e com a Universidade de Oxford, da Inglaterra.

Para fazer a pesquisa, foi usado um dispositivo portátil lançado pela startup britânica Oxford Nanopore Technologies. O equipamento, menor que um celular, é conectado a um computador por cabo USB.

A amostra é lida por poros em escala nanométrica, ou seja, um milímetro dividido por milhão. As informações são lidas por um software que decodifica os dados traduzindo a estrutura do vírus.

Outros trabalhos semelhantes feitos ao redor do mundo têm levado, em média, 15 dias para obter o sequenciamento do vírus. Os pesquisadores brasileiros conseguiram disponibilizar os dados 48 horas após a confirmação do primeiro caso de coronavírus no país.

O mapeamento do genoma do vírus é fundamental para o desenvolvimento de novos testes diagnósticos ou vacinas. Ele também abre espaço para uma maior compreensão das formas de dispersão do organismo no ambiente e detectar mutações que alterem as características da doença.

Análises preliminares mostram que o vírus identificado no Brasil é diferente por três mutações do referencial observado em Wuhan, na China, epicentro da epidemia. Duas dessas alterações aproximam o vírus que chegou ao Brasil do diagnosticado na região da Bavária, na Alemanha.

O primeiro paciente brasileiro com confirmação de coronavírus se contaminou após uma viagem à região da Lombardia, na Itália. Apesar dos testes indicarem proximidade do vírus encontrado no Brasil com a variante europeia, as amostras italianas ainda não foram sequenciadas.

O trabalho de sequenciamento foi desenvolvido pelos pesquisadores Jaqueline Goes de Jesus, Claudio Sacchi, Ingra Claro, Flávia Salles, Daniela da Silva, Terezinha Maria de Paiva, Margarete Pinho, Katia Correa de Oliveira Santos, Felipe Romero, Fabiana dos Santos, Claudia Gonçalves, Maria do Carmo Timenetsky, Joshua Quick, Nick Loman, Andrew Rambaut, Ester Cerdeira Sabino e Nuno Rodrigues Faria.

Agência Brasil

EUA tem a primeira vítima fatal por coronavírus

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

Foto: Reprodução

Uma pessoa diagnosticada com coronavírus em Washington, nos Estados Unidos, é a primeira vítima fatal da doença no País.

O anúncio foi publicado, neste sábado (29), as 15h23, na página de notícias do Coronavírus em tempo real, no Estadão.

Em breve teremos mais informações.
Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

Foto: Divulgação

O juiz Roberto Soares Bulcão Coutinho, da 17ª Vara Criminal de Fortaleza, decretou a prisão preventiva de 44 policiais militares amotinados no Ceará. Eles haviam sido presos em flagrante. Em audiência de custódia, a medida cautelar foi confirmada, para que fiquem detidos por tempo indeterminado. Ao todo, mais de 170 assassinatos já foram cometidos durante a paralisação da categoria que dura 11 dias.

O governo Camilo Santana (PT) busca fechar acordo com os amotinados, mas após sucessivas reuniões, a crise continua. Dentre uma lista de 17 reivindicações estão a anistia a processos disciplinares e a revisão da política de reajuste salarial do governo Santana e de seu antecessor, Cid Gomes.

Segundo o magistrado, ‘o material que acompanha o procedimento aponta indícios de autoria e da materialidade do delito de deserção especial’. “No atual momento, o Ceará enfrenta uma grave crise no sistema de segurança, com o movimento paredista, apesar de ser vedado aos militares fazerem greve, como previsto expressamente na Constituição Federal, ao dispor que ‘ao militar são proibidas a sindicalização e a greve'”.

“Esses fatos, como o relatado nos presentes autos, com a falta de apresentação dos autuados para embarque, com vistas ao reforço na Operação Carnaval 2020, importaram em agravamento da situação, com risco em potencial e consequências severas para toda a população, como o crescimento drástico no número de homicídios e a mudança de rotina de toda a sociedade, com reflexos na economia, pois importou em cancelamento dos festejos em diversos municípios”, escreve.

De acordo com o juiz, restam ‘presentes os fundamentos que ensejam a prisão preventiva, quais sejam a garantia da ordem pública, diante dos fatos ocorridos nas últimas horas, com grave risco para a segurança da sociedade, bem como a necessidade de preservar a hierarquia e a disciplina, configurando o periculum libertatis’.

Correio Braziliense

SP confirma 2º caso de coronavírus importado da Itália

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020


Um segundo caso importado do novo coronavírus foi confirmado em São Paulo neste sábado (29 pelo Ministério da Saúde. O paciente esteve na Itália e foi atendido no Hospital Israelita Albert Einstein (SP).

O primeiro caso é de um homem de 61 anos de São Paulo, que também esteve na Itália, um dos países com mais casos da doença, a chamada covid19.

O paciente teria chegado de Milão e está em isolamento domiciliar. A mulher, o que acompanhou na viagem, não apresenta os sintomas.

Segundo nota da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, não há evidência de circulação do vírus no país. O Ministério da Saúde, em conjunto com a secretaria, está consolidando as informações e divulgará nota ainda neste sábado.

Folhapress

PMs em greve rejeitam contraproposta do governo do Ceará e a Justiça decreta a preventiva de 43 desertores

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020


Policiais militares em greve há 11 dias no Ceará rejeitaram, em assembléia realizada na noite desta quinta-feira (27), a contra proposta que o governo fez para por fim à paralisação. A decisão aconteceu no mesmo momento em que a Justiça decretava a prisão preventiva de 43 PMs por crime de deserção. O entrave entre as partes continua.

Os policiais haviam apresentado ao governo uma pauta com 18 cláusulas, que incluiu a anistia geral a todos os grevistas. O governo rejeitou prontamente a proposta. Os representantes do Palácio da Abolição também não acataram novos pedidos de modificação no pacote do reajuste salarial já enviado à Assembleia Legislativa através de uma mensagem de lei. Diante da rejeição do governo, os PMs mantêm a paralisação.

Também na noite passada, a Justiça decretou a prisão preventiva de 43 policiais e bombeiros militares que haviam sido detidos em flagrante no último fim de semana por terem faltado ao embarque das tropas para a “Operação Carnaval 2020” no Interior.

O juiz de Direito Roberto Soares Bulcão Coutinho, da 17ª Vara Criminal da Comarca de Fortaleza, Vara de Audiências de Custódia, converteu em preventiva a prisão em flagrante dos militares, alegando que, “a conduta dos investigados, criando uma gama de deserções, revelando grave comprometimento dos primados da hierarquia e disciplina militares”.

O magistrado foi mais além, alegando que: “vislumbra-se, outrossim, que a liberdade dos representados (PMs) indica séria ameaça à ordem pública e à paz social pelo possível cometimento dos crimes apontados e outros crimes graves.”

A decretação da prisão preventiva foi requisitada pelo Ministério Público Estadual, que alegou a necessidade da homologação do flagrante e por sua conversão em prisão preventiva, “para a garantia da ordem pública e para assegurar a aplicação da lei penal”.

Veja a reivindicação dos PMs grevistas e a contraproposta do governo:

Reivindicação dos policiais militares

1.Anistia Administrativa e Criminal dos policiais;

2.Reajuste salarial com aplicação da inflação dos anos 2021 e 2022;

3.Equiparação do auxílio alimentação dos militares aos valores dos demais servidores do estado;

4.Regulamentação das escalas de serviço: 12x24 (12 horas de trabalho para 24 horas de folga) e 12x72;

5.Reajuste do pró-labore do BSP, valores equivalentes a 30% dos valores salarias percebidos da respectiva graduação e/ou postos da ativa;

6. Auxílio saúde ou recriação do Hospital da Polícia Militar;

7. Fim da idade limite para concorrer ao CFO por militares estaduais;

8. Reajuste das diárias de pousada e alimentação;

9. Plano habitacional destinado a militares;

10. Isenção de ICMS para aquisição de armas e munições pelos militares estaduais;

11. Auxílio uniforme;

12.Auxílio de risco de vida;

13.Auxílio insalubridade;

14.Adicional noturno;

15.Revisão de pontos da Lei de Promoções;

16.Isenção de condutores de viaturas policiais e por danos causados em acidentes;

17.Equiparar as viúvas e pensionistas com benefícios dos anos de 2004 a 2011;

18.Exclusão da proibição da consignação das associações de policiais militares.

Contraproposta do governo

1 - Não tem anistia, somente uma revisão dos processos já abertos para minimizar os excessos e abusos, para se aplicada a justa medida e não será mais aberto novos procedimentos.

2 – Nenhuma proposta salarial além da já apresentada

3 - Redução do ICMS para aquisição de arma de fogo

4 - Plano habitacional para a categoria

5 – Criação de uma ala do Hospital da Polícia Militar (HPM) exclusiva para os profissionais de segurança.


(Blog do Fernando Ribeiro)

Justiça proíbe Suzane Von Richthofen de frequentar aulas na faculdade

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

Foto: Reprodução/Revista Veja

A Justiça não autorizou Suzane Von Richthofen frequentar aulas do cursos de Gestão do Turismo, no Instituto Federal de Educação, Ciência e tecnologia de São Paulo (IFSP) em Campos do Jordão (SP). Suzane passou para o curso de Gestão de Turismo na oitava colocação, por meio do Sistema de Seleção Unificada (SISU), com a nota 608,42.

A decisão da juíza Dra. Wânia Regina Gonçalves da Cunha leva em consideração o fato de que os condenados em regime semi-aberto somente podem frequentar cursos profissionalizantes ou superiores se eles estiverem disponíveis na mesma comarca em que fica o presídio. Suzane hoje cumpre pena na penitenciária de Tremembé (SP). 

Suzane von Richthofen, condenada pela morte dos pais, se matriculou na faculdade, mas não compareceu aos 10 primeiros dias letivos. Ela fez a matrícula por procuração e aguardava a decisão da Justiça para que pudesse frequentar as aulas, segundo o UOL. 

As aulas do curso de Gestão de Turismo no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP) em Campos do Jordão (SP) começaram no último dia 5 e as regras da instituição taxam como desistente o aluno que não frequentar os 10 primeiros dias letivos sem apresentar justificativa comprovada.

Governo Federal prorroga permanência de Forças Armadas no Ceará até 6 de março

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

O Governo Federal decidiu prorrogar por uma semana o prazo do decreto da Garantia da Lei e da Ordem (GLO).


O Governo Federal decidiu prorrogar até 6 de março a operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) que permite o envio de tropas das Forças Armadas para reforçar a segurança no Ceará. Com o motim de parte da PM, homens do Exército reforçam o patrulhamento das ruas de Fortaleza e cidades do interior.

Conforme nota do Governo do Estado, o pedido de prorrogação da GLO foi feito à União na última quarta-feira (26). "O Governo Federal, por sua vez, autoriza a prorrogação e entende que, no prazo de até o dia 6 de março, a situação deva ser normalizada, prevalecendo o bom senso", diz o texto. O primeiro pedido de emprego das Forças Armadas termina nesta sexta-feira (28).

Nesta sexta-feira (28), a comissão dos três poderes não conseguiu avançar na negociação com os militares amotinados.

No texto, o Governo do Estado ainda ressalta "a importância de que o Congresso Nacional reconheça que, o emprego da GLO, dada a necessidade de segurança aos integrantes das forças, muitos deles jovens soldados com cerca de 20 anos de idade, discuta e vote o excludente de ilicitude".

A prorrogação foi decidida após reunião marcada pelo presidente Jair Bolsonaro, na fim da manhã desta sexta-feira (28).

Por meio da GLO, foi autorizado o envio de 2,5 mil homens do Exército Brasileiro, que reforçam a segurança em Fortaleza, Região Metropolitana e em cidades do interior, desde o último dia 21 de fevereiro. As tropas vieram da Paraíba, Pernambuco e Rio Grande do Norte.

Em resposta, o presidente Jair Bolsonaro declarou, durante transmissão ao vivo em rede social, que esperava uma solução do Governo do Estado para o motim dos policiais. 

Sobre a prorrogação, para além do prazo de oito dias vigentes, o presidente havia dito que "precisamos ter uma retaguarda jurídica" e que o "GLO não é para ficar eternamente atendendo um ou mais governadores. GLO é uma questão emergencial".

PARALISAÇÃO

A paralisação de parte da Polícia Militar no Ceará já chega ao 11º dia, nesta sexta-feira (28). Enquanto isso, o Governo do Estado, por meio de uma comissão que reúne os três poderes, tenta chegar a um acordo com os policiais militares amotinados. O representante dos PMs amotinados, advogado e coronel reformado do Exército, Walmir Medeiros, apresentou uma lista com 18 reivindicações.


(Diário do Nordeste)

URGENTE! Camilo propõe mudar Constituição para proibir anistia a PMs; AL vota já neste fim de semana

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020

Matéria altera a Constituição e proíbe expressamente a concessão de anistias para PMs envolvidos em motins.


O governador Camilo Santana (PT) enviou à Assembleia Legislativa na tarde desta sexta-feira, 28, uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que proíbe expressamente a concessão de anistias administrativas para policiais militares que promoverem motins no Estado.

A expectativa é que a mensagem seja votada já neste fim de semana, em convocação extraordinária aos deputados estaduais. O Colégio de Líderes do Legislativo está reunido na tarde desta sexta-feira, 28, para definir detalhes da convocação. Uma coletiva de imprensa deve ser organizada pela Casa para anunciar oficialmente a iniciativa.

Segundo o governo, a ideia é que a PEC seja lida no expediente da Assembleia já pela manhã deste sábado. Nesta sexta-feira, são intensas as articulações do governo para convocar deputados da base aliada – muitos deles de viagem ao Interior do Estado – para a votação.

"Acaba de chegar à Assembleia mensagem enviada pelo Governo do Ceará que proíbe anistia de militares. Estamos em reunião tratando sobre pauta de votação extraordinária", anunciou, nas redes sociais, o presidente da Assembleia Legislativa, Dr. Sarto (PDT).

Proposta endurece relação entre governo e movimento

A proposta sinaliza um endurecimento ainda maior do governo estadual contra motins de policiais militares no Estado. Atualmente, a anistia ampla e irrestrita a todos os envolvidos no movimento é uma das condições básicas da categoria para a resolução do impasse com o Estado.

Na manhã desta sexta-feira, 28, comissão com membros dos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário que articulam negociações entre governo e policiais questionaram ausência de líderes e de uma "pauta concreta" dos manifestantes. Segundo eles, um dos atuais líderes do movimento, o ex-deputado Cabo Sabino, possui mandado de prisão em aberto e, por isso, não tem legitimidade para participar dos acordos.


Fonte: O Povo
Foto: Fábio Lima

O golpe pode sofrer um seríssimo "contragolpe"

Sábado, 29 de Fevereiro de 2020


Rodrigo Maia foi à Espanha falar sobre parlamentarismo, o que foi confirmado pela própria Embaixada da Espanha no Brasil, pelo Twitter, que logo depois apagou a postagem.

O que ocorreu de fato foi uma confissão de que há em curso um golpe contra o presidencialismo, e a clara tentativa de Rodrigo Maia de tomar para si a função de mandatário da nação.

Rodrigo Maia descumpriu a Constituição Federal e ultrapassou suas atribuições, pois não há qualquer previsão legal para que o Presidente da Câmara represente o Brasil no exterior.

A representação do Brasil junto a outras nações é atribuição privativa do Presidente da República, e este sim, em caso de necessidade pode delegar a outros, tal atribuição, o que não foi o caso.

Este fato por si já indica a necessidade urgente da própria Câmara substituir Rodrigo Maia, quiçá um processo contra ele por traição e vilipêndio do cargo.

Diante de tal ameaça de Maia (que certamente tem o apoio de outros parlamentares da mesma estirpe), o Presidente, para garantir a sua governabilidade e a segurança política no país, estará amplamente amparado pela Constituição Federal, para tomar uma atitude enérgica, contundente e definitiva, conforme o texto Constitucional:

Título IV
Da Organização dos Poderes
Capítulo II Do Poder Executivo
Seção II Das Atribuições do Presidente da República
Art. 84. COMPETE PRIVATIVAMENTE AO PRESIDENTE DA REPÚBLICA:
(...)
X - DECRETAR O ESTADO DE DEFESA E O ESTADO DE SÍTIO;
XI - DECRETAR E EXECUTAR A INTERVENÇÃO FEDERAL
Apenas lembrando, este artigo conjuminado com o
Título V
Da Defesa do Estado e das Instituições Democráticas
Capítulo II
Das Forças Armadas
Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à GARANTIA DOS PODERES CONSTITUCIONAIS e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem.
Tais Artigos dão ao Presidente da República o respaldo mais que suficiente para deter qualquer tentativa de golpe contra o Presidencialismo.
Se é para pacificar os três Poderes e torná-los harmônicos entre si, garantindo a independência entre eles e a governabilidade, a primeira providência é a destituição de Rodrigo Maia, Alcolumbre e Dias Toffoli.
E por que não o Presidente da República?
Porque ele foi eleito pela maioria dos brasileiros para exercer a Presidência do Executivo, enquanto os outros não.
Paguem pra ver!

Marcelo Rates Quaranta

Articulista
Fonte: Jornal da Cidade Online

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055