martins em pauta

sábado, 20 de outubro de 2018

Zero a mobilização do PT hoje (20) em Natal pró-Fátima e Haddad

Sábado, 20 de Outubro de 2015


Por Robson Pires, em

Em Natal, a mobilização pró-Haddad – Fátima saiu do Midway Mall e seguiu pela Av. Salgado Filho encerrando na BR-101.
Foi zero. A candidata Fátima Bezerra nem pintou na área. Fez bem. Tinha passado vergonha.
Pense num troço fraco! Uns gatos pingados.

Fonte: Robson Pires

FRACASSA A TENTATIVA DE FÁTIMA BEZERRA DE REALIZAR CARREATA EM MOSSORÓ

Sábado, 20 de outubro de 2018 

TENTATIVA DE MOBILIZAÇÃO DA COMITIVA PETISTA VIRA PIADA POR ONDA PASSA 

“Fracasso, fracasso, fracasso, fracasso afinal”.

Nada melhor do que este verso do clássico do brega consagrado por, Núbia Lafayette, intitulado “Fracasso”, para definir o que foi anunciado como carreata, pela senadora e candidato do PT, Fátima Bezerra, na noite desta sexta-feira, 19, em Mossoró.

Fracasso de público, pois, apenas alguns poucos petistas participaram da patuscada, e, igualmente, pela inexistência de populares na mobilização.

Para completar o insucesso do que foi anunciado como carreata de Fátima Bezerra, em Mossoró, em alguns trechos percorridos pela caravana do fracasso, populares não se intimidaram e vaiaram a comitiva que também era integrada pela senadora eleita, Zenaide Maia.

Fonte: Blog de Ismael Sousa / Blog de Carlos Skarlak

Folha de São Paulo consegue um documento e vira piada


Sábado, 20 de Outubro de 2018

A Folha mergulha na mediocridade...


A Folha de S.Paulo finalmente postou em seu site no final da tarde de hoje (20) um documento para tentar corroborar as acusações que fez ao candidato Jair Bolsonaro.

O valor probante do tal documento tem o mesmo patamar de mediocridade da jornalista que assina a matéria – petista convicta, que sempre votou no PT (veja no vídeo abaixo) – e do próprio jornal, que lamentavelmente transformou-se num panfleto de péssima qualidade.

O documento oferecido aos leitores pela Folha, como forma de sustentar a sua pífia denúncia, trata-se de uma proposta – mera proposta - feita pela agência Croc Services de disparos em massa por WhatsApp.

O detalhe é que a tal ‘proposta’ não foi feita para o candidato Jair Bolsonaro.

Trata-se de um ‘documento’ encaminhado para a campanha de Geraldo Alckmin, conforme a própria matéria confirma.




A proposta:




Definitivamente, a Folha não deve mais ser levada a sério.


Articulista e Repórter
otto@jornaldacidadeonline.com.br

Jair Bolsonaro é orientado a não viajar após ameaça de novo atentado

Domingo, 21 de outubro de 2018


O presidenciável líder nas pesquisas e esfaqueado por um 
militante petista, Jair Bolsonaro, foi orientado a não viajar por conta de risco de um novo atentado contra ele. 

Em vídeo feito na noite desta quinta, dia 18 de outubro, o capitão esclareceu aos eleitores que, de acordo com a legislação eleitoral, a partir de agora, se ele for assassinado o terceiro lugar no primeiro turno – Ciro Gomes – disputaria a eleição com Haddad.

O candidato também lembrou que ele e o juiz Sérgio Moro “perderam completamente a liberdade”.

Fonte: Imprensa Viva

Partido de Bolsonaro quer que PGR investigue esquema sobre fake news

Sábado, 20 de outubro de  2018

Resultado de imagem para imagem de bolsonaro
 
O presidente nacional do PSL, Gustavo Bebianno, disse hoje (20) que seu partido ingressará na segunda-feira (22) com uma ação na Procuradoria-Geral da República (PGR) para abertura de investigações sobre suposto esquema de disseminação de fake news anti-PT, financiado por empresários via caixa 2.

A denúncia – publicada na imprensa ao longo desta semana – informa que a propagação de informações falsas é ampla e ocorre por meio da plataforma do WhatsApp.

O assunto já está na Justiça Eleitoral. Ontem (19), o ministro Jorge Mussi, do Tribunal Superior Eleitoral, abriu ação para investigar o suposto esquema.

Em Fortaleza, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, disse que tem sido “o centro de calúnias” do adversário Jair Bolsonaro (PSL). Novamente, ele cobrou providências sobre as suspeitas que envolvem o envio de mensagens falsas.

Bolsonaro e sua equipe negam qualquer envolvimento no esquema. Segundo o candidato, ele que é vítima de notícias falsas. Hoje (20) pela manhã, o presidenciável foi à residência do empresário Paulo Marinho, no Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, para gravar programas eleitorais.

De acordo com assessores, Bolsonaro gravará entrevistas para a TV Aparecida e concederá exclusivas para rádios do Norte e Nordeste. Haddad passa o fim de semana no Nordeste onde tem compromissos em cidades do Ceará, Piauí e Maranhão.

Agência Brasil

Bolsonaro defende autonomia política do BC e fim da reeleição

Sábado, 20 de outubro de 2018


Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, defendeu hoje (20) a autonomia política do Banco Central (BC) e a manutenção de um tripé macroeconômico no país. Ele concedeu uma rápida entrevista à imprensa no Jardim Botânico, zona sul do Rio de Janeiro, onde gravou programa eleitoral da campanha no segundo turno.

Perguntado se tem intenção de manter no cargo o presidente do BC, Ilan Goldfajn, caso seja eleito, o candidato afirmou que a decisão cabe ao economista Paulo Guedes. “Nem tudo tem que ser mudado do governo Temer. O que está dando certo não tem que ser mudado, mas tem muita coisa errada também”, disse Bolsonaro sem citar exemplos de medidas malsucedidas adotadas pela gestão atual.

Reeleição

Na entrevista, o presidenciável também defendeu o fim da reeleição e a redução do número de parlamentares no Congresso Nacional. “Fala-se muito em reforma política, mas o presidente não tem autoridade para tal. Cada parlamentar vota de acordo com seu interesse. Da minha parte, vou conversar com o Parlamento com vistas a uma reforma. Acabar com o instituto da reeleição e reduzir de 15% a 20% a quantidade de parlamentares”, disse.

Indústria

Para o candidato do PSL, o país passa por um processo de desindustrialização e é preciso voltar a estimular o setor. “Não podemos continuar exportando minério de ferro e importando uma canoa de aço de volta. Temos que agregar valor, fomos desindustrializados nos últimos anos, e tem que se buscar uma maneira de incentivar e estimular para que a indústria seja próspera no Brasil.”

Bolsonaro também foi perguntado sobre nomes que vão compor o seu ministério, no caso de ele ser eleito. Disse que pretende desmembrar o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Ele confirmou a intenção de indicar o tenente-coronel da reserva Marcos Pontes para o comando do Ministério da Ciência e Tecnologia.

Política externa

Ao falar sobre o Mercosul, o candidato afirmou que não se pode “jogar para o alto” o acordo. “O que não pode é continuarmos usando acordos como esse em função de interesses ideológicos como o PT fez”, criticou. Ele defendeu a assinatura de acordos bilaterais pelo Brasil. “Vamos partir para o bilateralismo onde for possível. Conversei com o [ Mauricio] Macri [presidente da Argentina], ontem com o do Paraguai, encontrei senadores do Chile. Vamos buscar fazer acordos com ao países da América do Sul sem o viés ideológico.”

Sobre comparações feitas entre ele e presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Bolsonaro respondeu: “Trata-se de querer um Brasil grande assim como ele quer uma América grande.”

O candidato fez elogios ao presidente norte-americano. “Ele diminuiu a carga tributária do setor produtivo, foi criticado, mas isso gerou emprego e atraiu novas empresas de fora. A Inglaterra fez isso há 20 anos. Admiro muito ele [Trump] por isso aí, ou vão querer que eu admire [Nicolás] Maduro [presidente venezuelano] ou o governo cubano?”

Jair Bolsonaro comentou ainda a morte do jornalista saudita Jamal Khashoggi, que desapareceu no dia 2 de outubro após ir ao consultado de seu país em Istambul, na Turquia, para buscar documentos. Segundo a Procuradoria-Geral da Arábia Saudita, Khashoggi morreu em uma briga dentro do consultado. A versão contrasta com a dos veículos de imprensa turcos e americanos, que indicam uma execução de Khashoggi por agentes sauditas próximos do príncipe herdeiro Mohammed bin Salman. “Se comprovado, foi assassinato. Não tenho palavras para repudiar uma ação como essa”, disse Bolsonaro.

Agência Brasil

Bolsonaro entra na justiça exigindo direito de resposta contra mentiras divulgadas pela Folha

Sábado, 20 de outubro de 2018 


O ANTAGONISTA

A campanha de Jair Bolsonaro protocolou no TSE, na noite desta sexta-feira, pedido de direito de resposta à matéria da Folha de S. Paulo “Empresas bancam campanha contra o PT pelo WhatsApp”. O Antagonista teve acesso ao documento.

Os advogados do presidenciável do PSL acusam o jornal de “produzir uma verdadeira fake news em prol da campanha adversária que se encontra muito mal posicionada nas pesquisas eleitorais”.

Eles afirmam que a prática de caixa 2 pela campanha de Bolsonaro é fato “sabidamente inverídico” e que se evidencia “a vontade de manipular o eleitor para definir o destino da nação, sem qualquer responsabilidade e ética”.

“Chamá-lo de fascista, nazista, machista, homofóbico, racista e agressivo, não funcionou. Foi, então, que (…) inventaram fatos, auxiliando a coligação de Fernando Haddad a ajuizar uma ação de investigação judicial eleitoral, sem qualquer prova ou fundamento jurídico.

A intenção é clara: tentar dar ar de veracidade a uma situação que jamais ocorreu. E pior: usando o judiciário (…) para manter o PT no poder.”
A defesa alega também que “a matéria não permitiu o direito do contraditório”, já que “em nenhum momento o candidato foi consultado”.

Os advogados pedem ainda a retirada do ar da notícia da Folha, “evitando assim que seja irregularmente propagado” que Bolsonaro “cometeu crime de caixa 2”.

“O risco da demora evidencia-se também no fato de que a referida informação falsa tem sido explorada nas propagandas eleitorais pela coligação adversária ao Representante e nas redes sociais de candidatos, dirigentes e militantes, que se utilizam da matéria aqui impugnada para fundamentar suas calúnias.”

PGR manda investigar as duas campanhas e deixa petistas em pânico

Sábado, 20 de outubro de 2018 


A Procuradora-Geral da República requisitou à Polícia Federal que abra inquérito para apurar ambas as campanhas a de Jair Bolsonaro do PSL e a de Fernando Haddad do PT pela disseminação de notícias falsas.

Os petistas não esperavam por essa movimentação e o clima não é bom no Partido dos Trabalhadores.

Para Raquel, “o uso de recursos tecnológicos para propagar informações falsas ou ofensivas à honra e à imagem dos dois candidatos pode interferir na opinião de eleitores”.

Informação dO Antagonista.

Bernardo Amorim declara apoio a Carlos Eduardo

Sábado, 20 de outubro de 2018

Por Robson Pires, em
Notas


O médico e deputado estadual eleito Bernardo Amorim (Avante) passou a apoiar a candidatura de Carlos Eduardo Alves (PDT) para o governo do Estado. Com forte atuação política no Médio Oeste potiguar ele obteve 42.049 votos.

Juazeiro: Mulher é morta a facadas pelo ex na frente do filho de 11 anos

Sábado, 20 de Outubro de 2018 

Foto: Divulgação / DHPP

Uma mulher de 34 anos foi morta a facadas na frente do filho de 11 anos na manhã desta sexta-feira (19), na cidade de Juazeiro, no norte da Bahia. Segundo a Polícia Civil, a vítima, identificada como Quele Sabrina Chaves Santos, foi atacada pelo ex, que não aceitava o fim do relacionamento.

Cleiton Adriano Ribeiro dos Santos, de 34 anos, fugiu após o crime, que ocorreu dentro do apartamento da vítima. O homem está sendo procurado pela polícia. 

A vítima chegou a ser socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos. De acordo com o G1, o corpo da mulher foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) em Juazeiro.

Testemunhas afirmaram que o homem morava em um apartamento vizinho ao da vítima. O suspeito teria alugado o imóvel após a separação e passou a ameaçar a ex. O caso está sendo investigado pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Porta-Voz do Whatsapp se pronuncia e enterra narrativa mentirosa do PT

Sábado, 20 de outubro de 2018 


O Porta-voz do aplicativo Whatsapp no Brasil se pronunciou e enterrou a narrativa do PT de que o Bolsonaro está usando indevidamente os recursos do programa. Segundo a empresa, eles já contam com tecnologia de ponta para detectar spam e comportamento anormal na rede social.

“O Whatsapp baniu proativamente centenas de milhares de contas durante o período das eleições no Brasil. Temos tecnologia de ponta para detecção de spam que identifica contas com comportamento anormal para que não possam ser usadas para espalhar spam ou desinformação.”

Resumindo, a histeria de Haddad se deve a derrota e humilhação do PT.

PREFEITURA DE RAFAEL FERNANDES-RN FAZ GINCANA COM CACHAÇA E QUATRO VÃO PARAR NO HOSPITAL

Sábado, 20 de Outubro de 2018


Quatro pessoas deram entrada na noite de ontem (18) no Hospital Regional de Pau dos Ferros com sintomas de coma alcoólico na cidade de Rafael Fernandes, no Alto Oeste potiguar.

Lá eles participaram de uma gincana organizada pela prefeitura da cidade para comemorar os 55 anos de emancipação política do município em que uma das provas o vencedor que bebesse mais cachaça ganharia um prêmio em dinheiro.

Nas redes sociais, fotos das pessoas que passaram mal com a ingestão exagerada de bebida alcoólica na prova foram divulgadas quando estavam sendo atendidas no hospital.

De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado (Sesap), o Hospital de Pau dos Ferros recebeu quatro pacientes provenientes do evento na cidade de Rafael Fernandes. Dos quatro pacientes, um recebeu alta ontem mesmo, outro está em observação, e dois encontram-se na UTI.

Fonte: Passando na Hora

“É difícil ligar Bolsonaro a crime no caso do WhatsApp”, diz fonte do MP

Sábado, 20 de Outubro de 2018

Foto: Wilton Junior/Estadão Conteúdo

É difícil configurar, até o momento, um eventual crime passível de impugnação da chapa encabeçada pelo candidato do PSL, Jair Bolsonaro, no caso relatado pelo jornal “Folha de S.Paulo” de empresas comprando pacotes de disparos em massa de mensagens contra o PT no WhatsApp, disse à Reuters nesta quinta-feira 18 uma fonte do Ministério Público com larga experiência em redes sociais.

A fonte, que pediu para não ser identificada, disse que é preciso, além das provas de atuação das empresas em favor de um candidato, demonstrar a ligação direta de quem atuou dessa forma e a campanha beneficiada.

Reportagem publicada na Folha nesta quinta relata que empresários têm bancado a compra de distribuição de mensagens contra o PT por Whatsapp, em uma prática que se chama pacote de disparos em massa de mensagens, e estariam preparando uma operação para a próxima semana, antes do segundo turno.

Na avaliação da fonte à Reuters, o valor de R$ 12 milhões mencionado pela Folha para se impulsionar conteúdo via essa rede social é irreal.

A coligação encabeçada pelo petista Fernando Haddad, adversário de Bolsonaro no segundo turno, entrou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com pedido de investigação sobre o conteúdo da reportagem e, caso os fatos sejam comprovados, a inelegibilidade de Bolsonaro.

IstoÉ  / Blog do BG

Datafolha: Eleitores de esquerda aumentam vantagem de Bolsonaro

Sábado, 20 de Outubro de 2018

Resultado de imagem para imagens de bolsonaro

A última pesquisa Datafolha, divulgada na noite desta quinta-feira (18), aponta que eleitores identificados com partidos de esquerda ajudam a manter a vantagem do candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, diante de Fernando Haddad (PT) no segundo turno da disputa eleitoral.

Segundo o levantamento, 52% dos entrevistados que declararam preferência pelo PSB demonstraram mais apreço a Bolsonaro, contra 31% que votariam em Haddad. Já entre os eleitores do PDT, partido de Ciro Gomes, a vantagem se reverte: 52% apoiam o petista contra 31% que optam pelo capitão da reserva.

Outros entrevistados identificados com siglas à esquerda deram preferência a Haddad; o petista foi o escolhido por 85% dos eleitores do PSOL, em contraponto a 15% que votariam em Bolsonaro. O deputado federal consegue até mesmo 5% dos votos de pessoas que se disseram ligadas ao PT — 90% ficam com o candidato do próprio partido.

Na transferência de votos, 19% dos eleitores de Ciro Gomes afirmaram que votarão em Bolsonaro, diante de 56% que preferem Haddad. Entre os que votaram em Guilherme Boulos no primeiro turno, 7% escolhem o militar e 68% apoiam Haddad.

Entre os entrevistados que votaram no PT, 4% afirmaram que pretendem mudar de candidato no segundo turno e apoiarão o deputado federal.

De acordo com o Datafolha, Bolsonaro conta com 59% das intenções de votos válidos (ou seja, aqueles que não consideram brancos, nulos e indecisos). Haddad apresenta 41%. O capitão da reserva cresceu um ponto percentual em relação ao primeiro levantamento feito logo após a votação do dia 7 de outubro.

O Datafolha entrevistou 9.137 eleitores em 341 municípios entre os dias 17 e 18 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR-07528/2018. (Com informações da Folhapress)

Como anda a investigação dos ‘influencers do PT’ que espalhavam mentiras nas redes?

Sábado, 20 de outubro de 2018

SALVARBrasil 

Por Claudio Dantas

O Antagonista questionou o Ministério Público em Minas Gerais sobre o andamento do inquérito que apura o pagamento ilegal de influenciadores digitais pelo PT.

Os “cybermortadelas do PT” eram pagos para divulgar mentiras favoráveis a candidatos petistas e desfavoráveis aos adversários.

Fonte: O Antagonista

O xadrez de Mussi

Sexta, 20 de Outubro de 2018

SALVARBrasil 

Por Claudio Dantas

O Antagonista apurou que o ministro Jorge Mussi consultou seus colegas antes de decidir abrir a ação de investigação eleitoral contra Jair Bolsonaro.

Foi uma jogada pensada.

Mussi abriu a ação para evitar a chiadeira de Fernando Haddad, do PT e dos “juristas simpatizantes”. Ao mesmo tempo, negou as cautelares – praticamente inviabilizando a produção de provas para instruir a ação.

Como Haddad não tem uma gaveta cheia de documentos (vide a inconsistência da matéria da Folha), ele precisava obtê-los por meio de busca e apreensão nas agências suspeitas, e pela quebra de sigilo telefônico e telemático.

Para piorar, os advogados do PT (Eugênio Aragão e companhia) arrolaram os donos das agências como réus, em vez de testemunhas – ninguém é obrigado a produzir prova contra si mesmo.

A AIJE do Haddad é como sua campanha natimorta.

Fonte: O Antagonista

SEGUNDO REVISTA, LINDENBERG RELATA PREOCUPAÇÃO E TEME PRISÃO, CASO BOLSONARO SEJA ELEITO

Sábado, 20 de Outubro de 2018


Segundo revista, Lindbergh relata preocupação e teme prisão, caso Bolsonaro seja eleito


Senador petista termina seu mandato no final do ano e não conseguiu se reeleger.

Uma eventual vitória do candidato do PSL à Presidência da República,Jair Bolsonaro, já causa um certo temor no senador petista Lindbergh Farias. De acordo com uma publicação da revista Veja desta sexta-feira (19), assinada pelo jornalista Gabriel Mascarenhas, o petista não tem conseguido dormir e demonstra grande preocupação com o que vem pela frente.

Neste ano, mais propriamente em agosto, faltando dois meses para as Eleições, Lindbergh já estava com certa dificuldade para registrar a sua candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou supostos indícios de que o senador petista teria recebido R$ 700 mil, entre os anos de 2013 e 2014, para defender os interesses da construtora OAS no Congresso.

Conforme as acusações, seria uma forma de influenciar decisões da presidente cassada, Dilma Rousseff (PT) no governo dela.

De acordo com o jornalista da Veja, uma vitória de Jair Bolsonaro seria algo péssimo para o senador. Ele teria confessado a um amigo que está morrendo de medo de ser preso assim que o capitão assumir o governo do Brasil.

Fonte: News Atual

DEU A LOUCA! GLEISI, SEM PROVAS, PEDE PRISÃO DO DONO DA HAVAN! (VEJA O VÍDEO)

Sábado, 20 de Outubro de 2018


O desespero está tão grande no PT que eles querem PRENDER empresários sem apresentar nenhuma prova!

Gleisi Hoffmann acha que o Brasil é Venezuela?


Seria cômico se não fosse trágico …
De acordo com o jornalista Daniel Adjuto, do SBT/Brasília, o PT ingressou com uma ação no Supremo após a Folha de SP divulgar um matéria acusando empresários pró-Bolsonaro de comprar “pacotes” de disparos em massa de mensagens contra o PT através WhatsApp.

O PT pleiteou, segundo o jornalista:


Busca e apreensão de documentos na Havan e na casa de Luciano Hang;

24h para o WhatsApp suspender o disparo de mensagens que ofendem Haddad;
Recolhimento de toda documentação de apoio de Hang a Bolsonaro ou prisão dele por desobediência;
Quebra de sigilo bancário, telefônico e telemático de Luciano Hang e de empresas supostamente contratadas para disparar mensagens;
Depoimento dos citados acima, do representante do WhatsApp e dos jornalistas que fizeram a matéria na Folha.

Além de Jair Bolsonaro e o empresário Luciano Hang, dono da Havan; foram acionados as empresas Quick Mobile Desenvolvimento e Serviços, Yacows Desenvolvimento de Software, Croc Services Soluções de Informática, Smsmarket Soluções Inteligentes, e o próprio WhatsApp, que pertence ao Facebook.

Haddad chegou a sugerir (mais cedo) que prendessem empresários para obter delações premiadas.

Fonte: News Atual

Conselho aprova texto de indulto de Natal exclui presos por corrupção

Sábado, 20 de Outubro de 2018

Foto: Reprodução/ EBC

O Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária aprovou o texto do indulto de Natal de 2018. A proposta do órgão, subordinado ao Ministério da Justiça, foi acatada nesta sexta-feira (19) e acaba com a possibilidade de concessão do benefício a quem cometer crimes financeiros, relacionados a licitações, tortura, lavagem de dinheiro, organização criminosa e terrorismo.

O projeto é considerado mais rigoroso do que o texto de anos anteriores. A próxima etapa é o encaminhamento ao ministro da Justiça, Torquato Jardim, e depois ao presidente Michel Temer, de acordo com informações do portal G1.

Previsto na Constituição, o indulto é um benefício concedido por meio de decreto presidencial. Ele consiste no perdão a condenados por determinados crimes, levando à extinção da pena e a liberdade do detento.

Brasil perde 6 leitos por dia; no SUS, são 41 mil vagas a menos

Sábado, 20 de Outubro de 2018 

Foto: Reprodução / Noraldino Junior

Um estudo realizado pela Confederação Nacional dos Municípios revelou que o Brasil perdeu, nos últimos dez anos, seis leitos hospitalares por dia. São 23.088 vagas a menos. No Sistema Único de Saúde (SUS), foram fechadas 41.388, enquanto a rede particular ampliou a capacidade em 18.300 leitos.

Segundo especialistas, a tendência da redução geral das vagas é explicada pela mudança no atendimento psiquiátrico, que era centrado no ambiente hospitalar e, atualmente, passou a ser feito prioritariamente nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps).

Na pediatria e obstetrícia, a oferta de leitos reduziu de forma expressiva. As vagas para atendimento de crianças no SUS entre 2008 e 2018 reduziu em 26%. Já na obstetrícia, a redução na capacidade de atendimento foi de 16,87%.

Para a consultora da Confederação Nacional dos Municípios, Carla Albert, parte da desativação dos leitos ocorre não por razões técnicas, mas econômicas. “Muitas vezes, representa falta de recursos e, sobretudo, dificuldade de acesso da população a um atendimento indispensável", contou.

De acordo com o Estadão, o Ministério da Saúde informou que a tendência mundial é de desospitalização. “É importante ressaltar que a redução no número de leitos gerais não afetou a oferta assistencial e a produção aprovada nos sistemas de informação do SUS."

PSOL requer no TSE o bloqueio total do Whatsapp até as eleições

Sábado, 20 de outubro de 2018 


O partido do Socialismo e “Liberdade” entrou no TSE solicitando o bloqueio total do whatsapp em todo território nacional. A ideia do partido “linha auxiliar” do PT é impedir uma vitória ainda mais esmagadora de Jair Bolsonaro.

Em petição, o partido tenta suspender o funcionamento do WhatsApp ou restringir funções do aplicativo até a votação do segundo turno.

A justificativa usada é a disseminação de memes contra Haddad em grupos do whatsapp. O Partido chama de ‘notícias falsas’ os memes que os familiares e amigos divulgam nos grupos da família e amigos.

“Desde o início das eleições essa Corte já tinha manifestado a preocupação com as chamadas fake news. Apesar da inicial preocupação, a verificação às vésperas do segundo turno de votações é que as notícias falsas não foram controladas, seja pelo TSE, seja pelo aplicativo de mensagens. As notícias falsas, difamatórias, mentirosas e de ódio grassaram país à fora numa quantidade incalculável e ajudaram a definir opções de voto e manifestações de apoio a determinados candidatos”

O PSOL quer a volta da censura.

Fonte: Republica de Curitiba

Após culpar whatsapp pela derrota, PT é ridicularizado nas redes sociais

Sábado, 20 de outubro de 2018 


O desempenho pífio do Partido dos Trabalhadores nesta campanha presidencial e mesmo em outros cargos transformou o partido numa aberração eleitoral.

Diante da campanha mais desesperada da história do partido, A campanha de Fernando Haddad resolveu culpar as mensagens de WhatsApp como motivo da derrota esmagadora para Jair Bolsonaro.

Obviamente, a internet não perdoou.






O PT se superou...

Sábado, 20 de Outubro de 2018

Vivi para ver:

- O PT desistir das políticas de promoção da orientação sexual e identidade de gênero;

- O PT abrir mão de uma assembleia nacional constituinte bolivariana, quer dizer, soberana;

- O PT omitir o nome do Lula numa campanha para tentar ganhar voto;

- O PT usar verde e amarelo;

- O PT ficar puto por alguém fugir do debate;

- O PT pedir a inelegibilidade de alguém por propaganda eleitoral ilegal;

- O PT falar mal das "quadrilhas" de empresários;

- O PT criticar o caixa 2;

- O PT reclamar das ‘feiquenils’.

Só falta o PT dizer que o povo não sabe votar e que o voto da maioria é antidemocrático.

Ops, acho que posso morrer em paz: não falta mais...

Eduardo Affonso

É arquiteto no Rio de Janeiro.

Perigo: Haddad confunde ditadura com democracia (Veja o Vídeo)

Sábado, 21 de Outubro de 2018


Que o PT, PSOL, PC do B e outros partidos que servem a bandeira vermelha ao invés de nossa tradicional bandeira verde e amarela, tem dificuldades para distinguir democracia de ditadura não é novidade nenhuma. Para verificar o que digo, basta procurar no YouTube as diversas declarações dos afiliados à estes partidos em favor das ditaduras de Cuba e Venezuela.

Assista ao vídeo e veja a personalidade despótica do candidato petista. Para ele, democracia é você fazer exatamente o que eles desejam. Fugiu ao que eles propõem.... é punição na certa.
Os filhotes de Fidel saíram melhor do que a encomenda e estão sedentos para cravarem suas presas envenenadas no pescoço da democracia brasileira.

Nós deixaremos que esses ditadores assumam as rédeas (e o chicote) do destino de nosso país?

Vejam o que fizeram com a Venezuela. Se nos calarmos agora, eles nos calarão para sempre.

Roberto Corrêa Ribeiro de Oliveira

Médico anestesiologista, socorrista e professor universitário

Fonte: Jornal da Cidade Online

Comandante revela a falcatrua arquitetada por Roberto Teixeira para acabar com a VARIG

Sábado, 20 de Outubro de 2018

DENÚNCIAS

O ex-comandante da Varig Eduardo Letti, que trabalhou durante 20 anos na companhia, resolveu nesta quinta-feira (25), no dia seguinte em que o ex-presidente Lula foi condenado em 2ª instância, despejar nas redes sociais toda a falcatrua que foi o fim fraudulento da empresa, o esquema que teria sido arquitetado pelo advogado Roberto Teixeira, com toda a cobertura do meliante petista.

Veja abaixo o relato. É estarrecedor:

Senhoras e senhores!
Vejam só como a vida dá voltas.
Sabem quem é o advogado de Lula?
Chama-se Cristiano Zanin Martins.
E quem é Cristiano Zanin Martins?
Cristiano Zanin Martins é casado com Valeska Teixeira, filha de Roberto Teixeira.
Portanto Cristiano é genro de Roberto Teixeira.
Mas quem é Roberto Teixeira?
Pra quem não sabe, Roberto Teixeira é dono do escritório Teixeira & Martins advogados.
Tem mais, Lula é padrinho de casamento de Cristiano e Valeska.
Portanto, Lula e Roberto Teixeira são compadres.
Lula é “dindo” de Cristiano e Valeska.
Tá, mas o que isso tem a ver?
Tem a ver com a VARIG, mais precisamente com o fim da VARIG.
Relembrando, Roberto Teixeira foi o responsável por arquitetar juridicamente o golpe que foi a venda fraudulenta e ilegal da Varig em 2006 para o fundo estrangeiro Matlin Patterson, chefiado por um Chines larápio, chamado Lap Chan (foto abaixo).

Na foto da quadrilha que liquidou a VARIG, Cristiano aparece ao lado de Valeska (vestido branco). A sua esquerda, Lap Chan, o Chinês bandido. Roberto Teixeira é o ultimo a direita.
A foto tem dedicatória de Lula.
"Ao amigo Marco Audi, um abraço, Lula".
Tem que ampliar a foto para poder ler a dedicatória.
Entenderam?
Os fatos:
Lap Chan comprou a Varig na bacia das almas por 57 milhões de Reais num Leilão realizado dia 20 de Julho de 2006, no hangar da empresa, no aeroporto Santos Dumont.
Um ano depois, Lap Chan vendeu a parte boa da empresa, os chamados ativos, para o Grupo Aurea – Leia se GOL - do Nenê Constantino por 320 milhões de dólares.
O passivo, incluindo as rescisões trabalhistas foi para as "calendas gregas".
Tudo arquitetado nos bastidores com aval do governo corrupto de Lula.
Estima-se que o escritório de Roberto Teixeira tenha levado 6 milhões de dólares para ajudar a liquidar com a VARIG.
Ao mesmo tempo em que matava a VARIG, o governo de Lula emprestava bilhões de reais do BNDES a fundo perdido para Cuba, Venezuela e Moçambique, entre outros.
O tempo passou e de tanto ajudar fazer falcatruas, Roberto Teixeira é hoje mais um réu na Lava Jato.
Roberto Teixeira e Cristiano Zanin, além de genro e sogro, são sócios no escritório de advocacia Teixeira & Martins advogados.
Entenderam?
Esta turma vem fazendo sacanagem há muito tempo. Prejudicaram muita gente.
Como disse John Kennedy: "Perdoe seus inimigos, mas não esqueça seus nomes".
Então, em nome dos nove mil funcionários da VARIG, vítimas de um crime de lesa-pátria, que foram para o olho da rua em 2006, sem receber um centavo de rescisão trabalhista, hoje é um dia de celebração.
O império que estes bandidos montaram em cima de corrupção e sacanagem está ruindo.
O poder já lhes foi tirado, a liberdade começa a ser tirada. Falta resgatar o patrimônio amealhado de maneira fraudulenta.
No final de tudo, só a verdade os libertará.
Em tempo: será que Cristiano será o advogado de defesa do sogro quando este for julgado por Sergio Moro?
Ou se dará por impedido?
Boa sorte ao Cristiano e ao Roberto Teixeira, enquanto bebo minha champagne por aqui.
Viva a VARIG!
Eduardo Eidt Letti - Piloto da Varig por 20 anos.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055