martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 27 de maio de 2022

A força do governo na Câmara e a rendição dos deputados de esquerda

 Sexta, 27 de Maio de 2022

Ontem o governo federal mostrou sua força na Câmara.

A inclusão de combustíveis, energia elétrica, transporte e telefonia como serviços essenciais limitará o ICMS em 17%. Os governadores, se quiserem, podem reduzir mais.

Os governos estaduais lutaram com todas as suas forças para barrar a votação. Resultado? Quase perderam por unanimidade.

Até a esquerda votou a favor.

Mas por quê?

Simples: os deputados da oposição entenderam que se continuarem em uma oposição irresponsável não serão eleitos. E agora é cada um por si: votaram a favor de sua reeleição e jogaram os companheiros governadores no limbo.

Os governadores perderão muito dinheiro para a eleição. Os estados serão compensados se houver mais de 5% de perda, mas isso não é um alento.

Governadores trabalham com a máquina pública para se reelegerem, reelegerem sucessor e eleger sua base. Sem dinheiro a eleição fica mais difícil.

E nós agradecemos!

Flavia Ferronato. Advogada. Coordenadora Nacional do Movimento Advogados do Brasil.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Apresentador da GloboNews corrige suposta fala racista e constrange colega ao vivo (veja o vídeo)

 Sexta, 27 de Maio de 2022



Ao analisar a situação do recém-empossado ministro francês, Damien Abad, acusado de estupro, em 2012, Carolina usou uma palavra que entrou para a lista dos termos considerados ‘racistas’, ao dizer que "era preciso tomar cuidado com campanhas criadas com o objetivo de ‘denegrir’ a imagem das pessoas".

Imediatamente, e sem cerimônia, Marcelo Cosme interviu:

“A gente dá alguns escorregões às vezes né, e precisamos lembrar para não acontecer. Você usou uma palavra que não usamos mais - denegrir. Como nós temos essa liberdade, quis chamar sua atenção para você poder se desculpar e não comentarmos mais sobre isso”.

Outros colegas que participavam do programa permaneceram imóveis e visivelmente desconfortáveis diante da cena, enquanto Cimenti não conseguiu esconder o incômodo.

Em seguida, se desculpa:

“Eu falei e pensei nisso, perdão. Não se usa mais essa palavra, eu queria na verdade dizer que é como se as acusações ‘diminuíssem’ ou ‘manchassem’ a imagem deste homem. Usei uma palavra claramente racista, peço perdão por isso”. 
Segundo a lacrosfera esquerdopata, a palavra ‘denegrir’ seria uma alusão às pessoas negras ou de pele negra. Assim, ao dizer que algo ou alguém está sendo denegrido, é a mesma coisa que dizer que ser negro ou de pele negra é algo ruim. Um tremendo absurdo, típico de quem não conhece a nossa língua e suas origens.

E basta uma simples busca do termo em um dicionário online para descobrir que a palavra tem sua origem no latim, língua nativa, antiquíssima.

“Denigrare”, que significa manchar a reputação de alguém ou tirar o mérito de.

Termo criado muito antes do tempo da escravidão de negros africanos ou das lutas contra o racismo.

Além do vídeo do momento constrangedor na GloboNews, vale também a pena assistir um trecho da entrevista da professora de português Cíntia Chagas, conhecida por desmontar as falácias e narrativas da esquerda, principalmente quanto estas são utilizadas para atacar a nossa língua.

Cíntia explica sobre o termo ‘denegrir’ e escancara a ‘imbecilidade’ da chamada ‘cartilha antirracista’.

“Primeiro eles controlam o que a gente fala, depois o que a gente pensa e enfim a forma como a gente age”

Confira nos vídeos:

Repórter é atingida por bola e levada para hospital com fratura no rosto

Sexta, 27 de Maio de 2022


Kelsey Wingert, repórter de campo da MLB (Major League Baseball, a maior liga de beisebol do mundo), foi atingida na cabeça por uma bola que havia sido arremessada a 150 km/h, durante partida entre o Colorado Rockies e San Francisco GiantsDivulgação/Twitter/@KelsWingert


Com o impacto da bolada, ela teve uma fratura na face.A repórter foi imediatamente levada para o hospital para a realização de examesDivulgação/Instagram/@kelswingert


Um dia após o acidente, no entanto, Kelsey se utilizou das redes sociais para tranquilizar seus fãsDivulgação/Instagram/@kelswingert


“Ei, pessoal, estou aguentando firme. Lamento ainda não ter respondido aos textos. Um arremesso de 150km/h veio direto na minha testa”, disse a repórter

(Via Terra Brasil Noticias)

A importância de Michele no contragolpe à nova artimanha petista e o maior temor da oposição

 Sexta, 27 de Maio de 2022

No decorrer dos últimos acontecimentos, Luís Inácio foi alertado por Dirceu para mudar algumas estratégias, e focar nesses últimos meses nos palanques estaduais. A ordem é marcar Tarcísio e Zema, e intensificar no eleitorado feminino.

Como o foco do casamento foi fortemente abalado pela visita de Musk, o PT já trabalha toda a campanha pela perspectiva das mulheres.

A ideia do marqueteiros do PT é fazer de Bolsonaro uma figura extremamente machista, e conseguir afetar a mulherada de forma significativa.

Porém, os responsáveis pela campanha do presidente também se atentaram, e toda uma organização envolvendo as mulheres da base, e também a primeira dama, está sendo montada.

A filiação de Michele não será para concorrer a nenhuma vaga no pleito, mas para fortalecer uma formulação estratégica, que vai ficar clara nas próximas semanas. Isso vai complementar os esforços, já que também é previsto que alguns aliados de Lula no Nordeste serão afetados por denúncias de corrupção.

O crescimento de Bolsonaro na campanha tem reverberado na oposição, e por isso o pessoal do MDB, incluindo Temer (Que já adianto, não vira candidato) investiu em Simone. O intuito é ela ser uma ferramenta para tentar tirar alguns votos do muro, e impedir reeleição do atual presidente ainda no primeiro turno.

Foi isso mesmo que você leu.

A oposição está com medo de uma reeleição de Bolsonaro no primeiro turno.

Jornalista exige respeito e manda mais um duro recado a Carosella: “Lava a boca para falar do Brasil” (veja o vídeo)

 Sexta, 27 de maio de 2022

A jornalista Liliane Ventura, reconhecida por suas opiniões fortes nas redes e nas mídias, publicou um vídeo com uma mensagem à chef de cozinha Paola Carosella, com base em algumas polêmicas recentes envolvendo a argentina.

A ‘cozinheira’, esquerdopata e lacradora assumida, disse em uma entrevista que os apoiadores de Bolsonaro são ‘burros e escrotos’, agitando as redes e tornando-se alvo de uma campanha de ‘cancelamento’.

Como resultado, um vídeo em que ela conta como agiu contra os próprios sócios para se tornar única proprietária do restaurante Arturito, localizado no bairro de Pinheiros, em São Paulo, também acabou sendo resgatado e passou a viralizar.

Ventura ‘uniu os pontos’ revelando toda a incoerência da chef:

"Era para você ser grata ao país onde você está, que te recebeu de braços abertos, porque vocês já deram provas de que não souberam votar lá e o Bolsonaro, à época, falou – olha, os argentinos estão indo pro caminho errado, vejam bem em que vão votar.  Agora, como é que você chama, Paola, as pessoas que apoiam um governo corrupto? Como se trata um ladrão, fala pra mim?", disse a jornalista.

Ventura exigiu que a ‘cozinheira’ respeite o Brasil e seu povo:

"Você que está vivendo num país e está gozando das benesses, inclusive desse país que passou por uma pandemia, igual ao resto do mundo e tem se mantido numa crescente graças a esse povo que te acolheu e graças a esse governo que não mandou você embora.
E você vem e se acha no direito de atacar a cada um de nós, pois eu me sinto atacada sim. Eu vou te dizer o que é escrota. Hoje, antes de dormir, vai no espelho e se olha e lava a tua boca pra falar de brasileiro e lava a tua boca pra falar de Brasil”

Sobre a 'passada de perna nos sócios', Liliane detonou Carosella com um comentário em seu Twitter:

"Arturito é fruto de golpe nos sócios. Caráter virou artigo de luxo."

Veja o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

PGR diz que indulto concedido a Daniel Silveira é constitucional

Sexta, 27 de Maio de 2022

O procurador-geral da República, Augusto Aras, defendeu, perante o Supremo Tribunal Federal (STF), a constitucionalidade do perdão concedido pelo presidente Jair Bolsonaro ao deputado Daniel Silveira, condenado a oito anos e nove meses de prisão pela Suprema Corte.

Em um parecer enviado à ministra Rosa Weber na noite desta quarta-feira (25), o chefe do Ministério Público Federal alega que o decreto de graça “é ato político da competência privativa do presidente” e que a Constituição “atribui ampla liberdade decisória” ao chefe do Executivo “para expender atos de clemência soberana do Estado”.

No entanto, Aras ressalta que o perdão dado por Bolsonaro a Silveira tem efeito somente sobre a condenação penal e não interfere na suspensão dos direitos políticos, após o trânsito em julgado da ação – quando não cabe mais recurso contra a sentença condenatória. A conclusão de Aras é parecida com a que havia sido indicada pelo ministro Alexandre de Moraes.

– No Direito brasileiro, o exercício do poder de graça não interfere na suspensão dos direitos políticos, após o trânsito em julgado, em decorrência da condenação, e, tampouco, no que venha a ser ou tenha sido decidido quanto à perda de mandato político. Nenhuma interferência surte, ademais, no tocante a eventual inelegibilidade decorrente da condenação – ressalta Aras.

Ainda de acordo com o procurador, a graça concedida a Silveira também não alcança eventuais decisões quanto à perda de mandato político, consequentemente não interferindo na inelegibilidade do deputado bolsonarista. Tal efeito está ligado à análise do caso pela Justiça Eleitoral, no momento de um eventual pedido de registro de candidatura por parte de Silveira.

– A graça e o indulto não eximem seus beneficiários de eventual responsabilização nas searas cível, administrativa, eleitoral ou nas demais esferas do Direito em que possa repercutir a prática do fato delituoso – destacou Aras.

Na manifestação enviada ao STF, Aras argumentou que a graça e o indulto são “insuscetíveis de avaliação judicial quanto aos destinatários, ao conteúdo, às razões, aos motivos determinantes e aos fins políticos que tenham por escopo, somente se expondo a controle jurisdicional em caso de manifesta afronta às limitações materiais explícitas que gravam sobre essa espécie de ato político”.

*AE

DO MUNDO DO CRIME PARA O BEM: Helicóptero que pertencia ao traficante André do Rap leva coração para transplante em SP

 Sexta, 27 de Maio de 2022

Foto: reprodução/Record TV

Um dos helicópteros que pertenciam ao traficante André do Rap, apreendido em operação da polícia que prendeu o criminoso em 2019, está sendo usado para transferir órgãos para transplante em São Paulo. Nesta quinta (26), o veículo foi usado para levar um pulmão e um coração doados por parentes de um paciente que morreu no Hospital Geral de Pirajussara, na zona sul da capital, até o Incor (Instituto do Coração), onde outro paciente esperava o órgão para o transplante.

O helicóptero EC 130B4 da Airbus Helicopter foi incorporado à frota da Polícia Civil de SP no ano passado e agora começa a ser usado no transporte para o transplante de órgãos. A aeronave é avaliada em R$ 8 milhões. A polícia de São Paulo passou a usar também com a mesma finalidade um avião Caravan 208B da Cessna, igualmente apreendido na operação que prendeu André do Rap, em Angra dos Reis (RJ).

André Oliveira Macedo foi solto um ano após habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Mello, do STF (Supremo Tribunal Federal). Horas depois, ele teve novamente a prisão decretada pelo presidente da Corte, Luiz Fux, mas André do Rap já estava em liberdade. Atualmente, ele é considerado foragido.

Antes de ser preso, André do Rap era tido como uma das principais lideranças da facção PCC.

R7

Amanda dobra a aposta e engrossa o coro dos que questionam ausência de policiais mortos em ação no RJ (veja o vídeo)

 Sexta, 27 de Maio de 2022

Foram duas vezes no mesmo dia, em dois canais de TV diferentes, que a jornalista Amanda Klein engrossou o coro dos que passaram as últimas 48 horas criticando a ação do BOPE e da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na busca por traficantes no complexo de favelas do bairro da Penha, no RJ, em que 25 pessoas foram mortas (pelo menos 20, cuja ligação com o crime organizado foi confirmada).

E, para surpresa de ninguém, ela seguiu a mesma linha de ‘análise’ de seus colegas esquerdopatas e ativistas de redação, lamentando a morte dos ‘bandidos’ ao mesmo tempo em que questionou a ausência de vítimas entre os agentes de segurança pública.

No programa Opinião no Ar, na Rede TV, em que divide a bancada com o apresentador Luís Ernesto Lacombe e o jornalista Sílvio Navarro, Amanda bateu nessa mesma tecla insistentemente, ainda que todos os seus argumentos fossem derrubados, um a um, pelos colegas de bancada.

“Eu fico imaginando na guerra em que você diz que há um confronto, um tiroteio, e só morrem pessoas de um lado”, disse a analista.

Lacombe rebateu:

“Você já entrou no morro, numa favela do Rio de Janeiro. Você sabe o que é? Passei oito anos subindo morro acompanhando operação policial e quase morri numa operação no Dona Marta. Tem idéia do que é ser policial, dos riscos que você enfrenta, dos sacrifícios que você é obrigado a fazer?, disse Lacombe.
“Mas isso não te dá licença para matar”, retrucou Amanda, ignorando a explicação de que os policiais foram recebidos a bala.

Mais cedo, durante participação em programa da Jovem Pan News, Amanda já havia discutido com o analista político Ricardo Salles, após acusar os policiais de assassinato. 

Klein chegou a afirmar, sem qualquer prova, que a ‘bala perdida’ que atingiu uma mulher de 41 anos, na sala de sua casa, durante a operação, teria partido da arma de um policial. A resposta de Salles, entretanto, fez a esquerdopata perder o rumo.

Vale a pena conferir nos vídeos abaixo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Justiça Eleitoral determina que PT filie atriz pornô

Sexta, 27 de Maio de 2022


O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou nesta quarta-feira (25) que o Partido dos Trabalhadores (PT) faça a filiação, no prazo de três dias, da atriz pornô Ester Caroline Henrique Bonometo Pessatto, conhecida como Ester Tigresa.

A decisão liminar atende ao pedido da atriz mato-grossense que teve sua filiação barrada pela diretoria da sigla. Ela pede que o Diretório Municipal do PT de Barão de Melgaço submeta a lista de filiados pelo sistema da Justiça Eleitoral, sob pena de desobediência.

O cadastro deverá ser feito com data retroativa a 2 de abril de 2022.

Segundo a defesa da atriz, Ester sofreu discriminação ao ter sua filiação suspensa sem direito de defesa, convocação para a pauta ou qualquer notificação de infração a agremiação.

A decisão dessa terça-feira é do juiz Alexandre Paulichi Chiovitti, da 38° Zona Eleitoral de Santo Antônio do Leverger, a 35 km de Cuiabá.

No pedido Ester alegou que no dia 18 de abril o PT fez uma 'votação', dirigida pela secretaria da legenda, cuja decisão resultou na suspensão da filiação da atriz.

Para o juiz, o processo de suspensão correu sem a observância dos direitos de defesa de Ester Tigresa, já que o partido não homologava a filiação e não respondia aos questionamentos da atriz.

(G1)

AO VIVO: STF recusa investigar Pacheco / “Estamos esgotando tudo dentro das quatro linhas” (veja o vídeo)

Sexta, 27 de Maio de 2022


O STF recusou investigar o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, por não aceitar pedidos de impeachment de juízes do STF... 

Para comentar esses e outros assuntos, o Jornal da Noite recebe o jornalista Diogo Forjaz e professor Eduardo Vieira. 

E o presidente Bolsonaro deu o alerta:

“Estamos esgotando tudo dentro das quatro linhas da Constituição”.

Fica o recado para a oposição.

O ministro Fux afirmou que a PM do Rio ‘deve satisfações’ ao STF por conta da operação policial que neutralizou 22 bandidos armados até os dentes. 

Termine o dia bem informado com o Jornal da Noite! 

Assista, compartilhe, contribua para que o Jornal da Cidade Online continue a ser a sua voz. 

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Jogo sujo: Gleisi começa a campanha mentindo, é desmascarada e novamente sai desmoralizada (veja o vídeo)

 Sexta, 27 de Maio de 2022

O PT está disposto a tudo para voltar ao poder e certamente reinstalar o esquema de corrupção que saqueou o país durante mais de uma década.

Para tanto, é capaz de qualquer coisa. Até mesmo mentir e envolver pessoas sem o consentimento delas.

A presidente petista disse que o PT havia iniciado conversações com os idealizadores do plano Real, Persio Arida e André Lara Resende, para a formação do plano de governo do ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva.

Gleisi disse que o petista Aloisio Mercadante vinha mantendo conversa com os dois economistas.

Pura mentira!

Tanto Arida, quanto Lara Resende, desmentiram a infame petista.

E a deputada Carla Zambelli não perdoou a picaretagem:

“PT começa campanha MENTINDO. E gravemente.
Nossa, ‘que surpreendente’...
E nós que ‘publicamos Fake News’, Gleisi?”

Veja o vídeo: 

  • Fonte: Jornal da cidade Online

Bolsonaro zera impostos e garante comida no prato dos brasileiros (veja o vídeo)

Sexta, 27 de Maio de 2022

Atento às necessidades do povo brasileiro, o governo federal tem reduzido impostos de diversos itens da cesta básica e de outros produtos essenciais. 

Apesar da pandemia e da guerra entre Ucrânia e Rússia, é notório o esforço do presidente Bolsonaro para garantir a comida no prato e a economia girando. 

Mais recentemente, o Ministério da Economia anunciou a redução em mais 10% das alíquotas do imposto de importação sobre quase 6,2 mil produtos, o que inclui alimentos como feijão, carne, massas, arroz, além de materiais de construções.

Já o embate para reduzir o ICMS dos combustíveis continua, afinal, governadores e prefeitos não querem abrir mão da arrecadação, mesmo que isso prejudique os cidadãos. 

Com a proximidade das eleições, o povo deve aguardar ainda mais golpes perversos da oposição, onde vale até obrigar o brasileiro a pagar cada vez mais caro pelo alimento se isso custar a queda de Jair Bolsonaro. A diferença é que agora os cidadãos acordaram e não vão se deixar enganar facilmente como no passado. 

Bolsonaro tem feito tudo que está ao alcance do poder executivo, e os governadores, quantos impostos eles zeraram ou reduziram nos últimos tempos?

O que eles têm feito para melhorar a vida do povo? Fica a questão.

Confira:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Em Ipatinga-MG, Bolsonaro é recebido por multidão e comprova a força do Datapovo (veja o vídeo)

 Sexta, 27 de Maio de 2022

Cumprindo a agenda oficial, Jair Bolsonaro chegou a Minas Gerais na tarde desta quinta-feira (26).

A primeira parada foi em Ipatinga, onde uma grande multidão o aguardava.

Eram famílias inteiras, idosos e crianças, ansiosos por uma foto ou um abraço.

As cenas, como sempre, são impressionantes e mostram que o Datapovo segue firme e cada vez mais forte.

Confira no vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Carrasco do PT na Bahia faz importante previsão sobre o decisivo crescimento de Bolsonaro (veja o vídeo)

Sexta, 27 de Maio de 2022


Na última quarta-feira (25), a entrevista foi com o ex-vereador de Salvador Cezar Leite.

Trata-se de um conservador raiz e destacada voz do quarto maior colégio eleitoral do Brasil, a Bahia.

Em 2020, Cezar Leite foi candidato a Prefeitura de Salvador, tendo se destacado como candidato de Bolsonaro e ficado a frete de 5 outros candidatos de partidos de esquerda.

Agora, em 2022, Leite é Pré-Candidato a Deputado Federal e fez uma previsão sobre o crescimento de Bolsonaro na Bahia:

“Em 2018 Bolsonaro era uma aposta e por tudo que fez no seu governo, hoje ele é uma convicção”.

Confira:

Além disso, Leite relata que o apoio a Bolsonaro cresceu muito na Bahia e a esquerda deve ter uma surpresa negativa nas eleições de 2022.

Assista a entrevista na íntegra:

Fonte: Jornal da Cidade Online

As Universidades Federais não estão jogadas às moscas, mas aos capirotos (veja o vídeo)

Sexta,27 de Maio de 2022

A educação virou ferramenta de manobra ideológica nas mãos de políticos, e isso é fácil perceber à medida que estes mesmos políticos migraram seus “investimentos” das mídias de comunicação (canais de televisão, rádios, jornais e outros) para as escolas e faculdades.

A massificação de capital eleitoral não tem a mesma dinâmica e fluidez que os meios de comunicação oferecem, mas, por outro lado, “trabalhar” com as mentes de alunos tem uma força temporal e doutrinária que os compensa. Ou seja, um longo tempo cativando, doutrinando e amestrando essas mentes, desde a escola fundamental até as universidades, forma um bolo gigante de cidadãos vulneráveis ao ato de pensar. E esses futuros pseudo intelectuais irão para o mercado “trabalhar” por anos a fio, a favor deles, políticos.

Essa atuação política, pelo revesso, remete-me aos textos do professor José Carlos Bortoloti, o professor Borto, que tem como marca das chamadas de seus artigos, colunas ou posts nas redes sociais, o eloquente e sábio #PensarNaoDoi. E não dói mesmo! Só que essa massa doutrinada pelas ideologias, não percebem isso, e sem entender nada do que os rodeiam, deixam que outros pensem por eles. E seguem este caminho, muitas vezes por uma vida inteira.

Mas uma pertinente e cuidadosa observação, faz ver que uma quadrilha de intelectuais, nem todos, claro, foi ainda mais fundo nessa formação de delinquência. Uma forma mais do que perversa começou a tomar conta das instituições educacionais. Trata-se aqui, neste contexto, da esquerda brasileira.

Eles não pouparam esforços e recursos para aparelhar a educação, desde as escolas fundamentais até as universidades, repito. E quando chegaram ao poder, desde a eleição do socialista Fernando Henrique Cardoso, até as instituições governamentais ficaram à mercê do sistema.

Hoje, décadas passadas, assistimos a um corpo docente, e mesmo suas diretorias, completamente comprometidos com as causas esquerdistas. As universidades, que deveriam ser templos do saber, estão atingidas em cheio! E o que dizer do corpo discente? As imagens são esclarecedoras... Questionamos se realmente é uma universidade ou alguma penitenciária.

E não aponto apenas ao ensino em si, mas, administrativamente, a normas, regulamentos e até a leis, sempre a criar campos adubados para as tretas e mutretas. As universidades são como uma cidade autônoma e independente, fora do alcance das ordens institucionais externas. Tudo porque estão amparadas na Constituição Federal de 1988, em seu artigo 207.

Ao governo federal, em última instância, resta custear e financiar todo o sistema, obrigatoriamente. Há quem discuta a interpretação deste artigo no tocante às questões de sua autonomia, mas o certo é alterar no campo legislativo, e isso apenas o Congresso Nacional pode fazer, via PEC (Proposta de Emenda Constitucional).

Mas o sistema é forte, e nossos nobres parlamentares buscam mudar uma questão que causa polêmica. Está em discussão na Câmara dos Deputados a alteração do artigo 206 da Constituição Federal que reza a gratuidade nas Universidades Federais, passando a cobrar daqueles que “podem pagar”. Não vou entrar no mérito, mas posso abrir meu ponto de vista - “Essa PEC elimina a essência da criação das Universidades Federais.”

Enquanto isso, a tal autonomia das universidades geram denúncias de toda ordem. A começar pela escolha do reitor, e sua famosa e desalmada lista tríplice, passando pelas licitações e gastos livres, militância política e politicagens, além da permissividade para comportamentos e atividades criminosas dentro de campus universitários.

E mais uma vez recorro a um professor que luta pelas reformas administrativas nas universidades, para clarear as coisas. Trata-se do professor Mauro Rosa, que trabalha na UFRJ, dono de um currículo com 32 anos como professor, sendo 14 deles em universidades. Por conta dos desmandos que ocorrem dentro destas instituições, o professor sofre com discriminação, assédio moral, perseguição, processos administrativos, enfim, até ameaças de morte. Com propostas sólidas para reformas nas universidades, via legislativo, defino como prioridade a ideia do professor em abrir uma frente parlamentar para levar as propostas para discussão dentro do Congresso Nacional. Portanto, senhores pré-candidatos ao senado e à Câmara dos Deputados, a exemplo do próprio professor, prestem atenção a esta importante pauta.

E alunos que divergem das condutas e discursos reinantes também sofrem, e apresento aqui o vídeo em que o professor Mauro Rosa conversa com um aluno da USP, Wesley Caíque. E como aconteceu com o Wesley, muitos outros alunos passam por esse verdadeiro e traumático martírio em sua formação acadêmica.

Assista ao vídeo:

Publico ainda, para quem quiser assistir, o link de uma live entre o professor Mauro Rosa e o deputado estadual Bruno Engler do PL/MG, onde abordam exatamente esse tema das universidades.

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Em dura resposta à velha mídia, Bolsonaro detona defensores de bandidos e anuncia ampliação da PF e PRF (veja o vídeo)

 Sexta, 27 de Maio de 2022

Ligadíssimo no que dizem os ‘urubus’ da velha mídia esquerdopata, Jair Bolsonaro veio mais uma vez a público para rebater os ataques que se intensificaram contra os agentes de segurança pública, após repercussão da ação do BOPE e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no complexo de favelas da Penha, no Rio de Janeiro, na última terça-feira (24).

Dezenas de comentários e matérias típicas do ativismo de redação, em que os policiais foram tratados como os vilões da história, enquanto os traficantes passaram por vítimas, ainda que, das 25 pessoas mortas durante a operação, pelo menos 20 já tenham ligação confirmada com o tráfico de drogas e o crime organizado, e o mesmo deve ocorrer com as demais, após aprofundamento das investigações.

A principal indignação dos ‘jornazistas’, olhem só, a ‘ausência de policiais mortos’.

Eis o que escreveu o presidente em seu Twitter e demais plataformas, em uma dura resposta aos ‘adoradores de bandidos’.

- Querem te convencer que marginais que, segundo suas próprias leis, queimam pessoas vivas em pneus, espancam, matam e esquartejam mulheres, além de outras práticas de fazer inveja a grupos terroristas internacionais, jamais abririam fogo covardemente contra agentes de segurança.
- É preciso entender de uma vez por todas que os maiores responsáveis pelas duras consequências às comunidades em operações são os próprios bandidos. São eles que decidem enfrentar a lei e colocar a própria vida em risco, bem como a de inocentes, para não pagarem por seus crimes.
- Por outro lado, nossos agentes das forças de segurança arriscam suas vidas diariamente para o total oposto: combater o crime e proteger inocentes. É para cumprir a lei, não por diversão, que eles enfrentam todos os tipos de obstáculos, inclusive a demonização de parte da mídia.
- É uma perversidade seguir relativizando o certo e o errado. Tratar marginais com extensa ficha criminal simplesmente como pobres é criminalizar o próprio cidadão pobre que vive sua vida honestamente e hoje é refém destas organizações. Pobre nunca será sinônimo de criminoso!
- Àqueles que, no conforto de suas casas insistem em inverter os valores e criticar as forças de segurança por todo o mal que acontece, sugiro que experimentem visitar uma área dominada pelo crime organizado fardado como um policial. Boa noite a todos!

Bolsonaro também aproveitou a manhã desta quinta-feira (26) para anunciar, ao lado do ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, a aprovação de curso e abertura de concurso para reforçar ainda mais a Polícia Federal (PF) e a PRF, ampliando os efetivos em mais 625 agentes, cada.

A foto abaixo foi publicada em uma matéria no site Notícias de Belford Roxo (município da Baixada Fluminense). É um 'retrato' daqueles que a polícia tem combatido no RJ e também em outras regiões do país. Observem as armas de pesadíssimo calibre que estão portando - normalmente utilizadas somente pelas forças armadas, quando em combate - e, principalmente o gesto que fazem com as mãos, que pode esclarecer muita coisa sobre o que temos visto e ouvido da boca dos opositores do governo nos últimos anos, na defesa de bandidos.

E você, leitor, de que lado está?

Confira no vídeo:

  • Fonte: Jorna, da Cidade Online

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055