martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 13 de janeiro de 2023

Em ato de verborragia irracional, Janones cobra prisão de jornalistas e incita 'censura' a tradicional empresa de comunicação

 Sexta, 13 de Janeiro de 2023


O parlamentar que se transformou em ‘ajudante de ordens’ do ex-presidiário Lula, tomou para si a ‘administração e controle’ das redes sociais da campanha do molusco, durante a disputa eleitoral para a presidência.

Desde então, passou a utilizar a Web para direcionar graves ataques e proliferar falsas narrativas contra o presidente Jair Bolsonaro, parlamentares, lideranças conservadoras e jornalistas alinhados ao conservadorismo liberal, ou contra os profissionais de mídia que simplesmente não aceitassem noticiar ou comentar fatos ‘favoráveis’ ao candidato petista e seus ‘aliados’.

Nesta quarta-feira, ele voltou a 'cometer' uma atrocidade nas redes, desta vez aprovando a censura, demissão e, vejam só, a prisão de jornalistas, além de desqualificar, com uso de linguagem grosseira, a Jovem Pan, uma das mais tradicionais empresas de comunicação do país:

AGORA É OFICIAL: Rodrigo Constantino, Zoe e Paulo Figueiredo estão afastados desse lixo chamado @JovemPanNews ! Próximo passo! PRISÃO! JANONES EU AUTORIZO, escrevem no Twitter

Como noticiado aqui no JCO, o parlamentar também se manifestou por diversas vezes no último ano, sempre de forma afrontosa e incitando violência, como quando incentivou que ‘bolsonaristas fossem queimados vivos’, ou nas diversas vezes em que atribuiu a morte de Marielle Franco a Jair Bolsonaro, sem nunca apresentar provas.

Após os atos do último domingo, na Esplanada dos Ministérios, ele fez várias postagem incitando os eleitores de Lula a sair às ruas para um confronto e chegou a afirmar que é favorável a uma Guerra Civil, mesmo após ‘levar uma reprimenda’ de um internauta.

Uma conduta deprimente e lamentável de um sujeito que não sabe se comportar como representante do povo. Os colegas de parlamento precisam dar um basta e exigir que se explique. Para tanto, há um ‘Conselho de Ética”.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643