martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 20 de dezembro de 2022

Lula sai em defesa tresloucada do ditador Maduro

 Terça, 20 de Dezembro de 2022



Estranhamente a equipe do ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva (PT) luta para garantir a presença do ditador da Venezuela,  Nicolás Maduro, um dos chefes de estado mais questionados do mundo – muitos países nem sequer o reconhecem como líder daquela nação.

O PT quer um cruel ditador para ser o convidado de honra da cerimônia de posse do petista, marcada para 1º de janeiro de 2023.

A articulação é para que o atual governo conceda uma liberação especial, uma vez que Maduro é chefe de Estado. No entanto, petistas reconhecem que a entrada do venezuelano no Brasil ainda é incerta.

"Não sabemos se, efetivamente, o presidente poderá estar presente na cerimônia, no dia 1º. Mas está sendo feito contato com o governo do presidente Maduro", afirmou o embaixador Fernando Igreja, que participa da coordenação da posse de Lula.

O impasse ocorre porque está em vigor uma portaria, editada pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), que proíbe o ingresso no país de  altos funcionários do regime venezuelano. O governo não divulgou os nomes de autoridades da Venezuela que estão desautorizadas a entrar no Brasil.

A justificativa é que os atos do atual regime venezuelano "contrariam princípios e objetivos da Constituição Federal, atentando contra a democracia, a dignidade da pessoa humana e a prevalência dos direitos humanos".


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643