martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

domingo, 18 de dezembro de 2022

Em "Estado de Emergência", povo marcha ao lado das Forças Armadas (veja o vídeo)

Domingo, 18 de Dezembro de 2022



Em bairros mais periféricos, eles ainda enfrentam as barreiras das polícias locais, mas acabam ultrapassando com facilidade e quase sem resistência.

Já na parte central de Lima, a capital do país, os milhares de manifestantes já detém o domínio territorial.

Juntos, eles cobram que sejam marcadas, imediatamente, novas eleições presidenciais.

Desde o dia em que Castillo tentou a tomada do poder, um acordo entre a vice-presidente, Dina Boluarte, com o parlamento, garantiu a continuidade do governo de forma interina.

Mas o pedido de Boluarte para que pudesse cumprir o mandato até o final, deixou o povo ainda mais descontente.

Do mesmo partido que seu antecessor, ela também não conta com a aceitação popular, por isso, os levantes.

O governo, entretanto, declarou “Estado de Emergência” e decretou toque de recolher, medida que permite a atuação do exército para reprimir os atos.

Nos mais violentos, com manifestantes que defendem a volta do presidente que acabou sofrendo ainda um processo de impeachament, já são mais de 200 feridos e 7 mortos.

Mas imagens surpreendentes mostram que a repressão não obteve unanimidade e alguns pelotões surgiram nas ruas, cantando, lado a lado com a parcela da população que exige o novo pleito.

Sinal de que uma ‘mudança’ pode, a qualquer momento, acontecer no Peru, levando à queda definitiva dos esquerdistas.

Enquanto a tensão aumenta, Castillo foi retirado definitivamente de cena, ao receber uma pena de prisão de 18 meses, por decisão da Suprema Corte, sob a acusação de ‘rebelião e conspiração’.

Confira no vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643