martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 12 de maio de 2021

Ana Paula Henkel escancara hipocrisia de Luciano Huck e Drauzio Varella (veja o vídeo)

 Quarta, 12 de Maio de 2021

No sábado, durante seu programa semanal, Huck fez o seguinte comentário sobre a morte do ator Paulo Gustavo:

“Foi uma partida injusta porque poderia ser evitada se o Brasil tivesse levado a serio essa pandemia desde o começo … hoje todo nós estaríamos vacinados e o Paulo não teria partido”. 
O apresentador também disse que os Estados Unidos mudou o jeito de atacar a pandemia com a chegada de Biden à presidência, ocupando a vaga de Donald Trump e, por isso, o país norte americano teria mudado os rumos e em três meses vacinado toda a população.

Na mesma linha, e também usando os Estados Unidos como exemplo, Dráuzio Varella fez um depoimento ao programa dominical Fantástico. Varella afirmou que Paulo Gustavo só morreu porque o governo não comprou vacina.

Mas o médico parece não ter feito as contas (cometendo o mesmo erro de Huck), ao não considerar que o ator já estava internado há dois meses, quando o país norte americano tinha vacinado, até então, apenas 16% da população, e que mesmo os cidadãos na faixa etária de Paulo Gustavo, com 42 anos, sequer tinham sido chamados para receber o antídoto.

Vivendo nos Estados Unidos há vários anos e muito bem informada sobre tudo o que acontece por lá, Ana Paula Henkel detalhou os erros cometidos pelos personagens globais e lamentou a tentativa de lacração sobre a morte de uma personalidade tão importante para os brasileiros?

“A gente vê ai atitudes vazias, um profundo pagamento de pedágio ideológico do apresentador … apenas recentemente, há poucas semanas a faixa etária do ator Paulo Gustavo começou a ser vacinada aqui nos Estados Unidos … alguns estados priorizaram professores, bombeiros e policiais, e depois passaram para os cidadãos comuns nessa faixa etária … a gente vê que é um discurso vazio … o governo Donald Trump colocou bilhões de dólares na produção da vacina e nos hospitais de campanha … e no ano passado, governadores democratas e opositores de Trump elogiaram a prontidão da administração do governo federal ” … “todo o planejamento da administração Trump (contra a covid) continua sendo seguido (pelo governo Biden)”.

Ana complementou, lembrando o que disse a própria mãe de Paulo Gustavo, em entrevista sobre a questão da pandemia

“Ela foi categórica e disse: “A corrupção mata, nós queremos saber onde é que foi parar o dinheiro especializado para esta pandemia … a corrupção mata”

A comentarista também criticou o fato de representantes da mídia e do meio artístico usarem as mortes de amigos e pessoas famosas, de forma política:

“A gente vê que existe ai uma grande parte da mídia, de celebridades, atores que infelizmente usam aquilo que eles condenaram que o Lula fez, que foi o usar o velório da dona Marisa Letícia como palanque politico ... essas pessoas continuam fazendo o que uma vez criticaram, e continuam usando a morte de um pessoa muito querida, que unia todas as tribos … Paulo Gustavo unia a esquerda, a direita, o centro, os progressistas, os conservadores … era aquela pessoa que trazia sorrisos .. então esse tipo de conduta fere e mancha o legado que o ator Paulo Gustavo deixa pra nós”.

Veja o vídeo:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055