martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 20 de dezembro de 2022

Lira vira motivo de chacota entre petistas

 Terça, 20 de Dezembro de 2022




Arthur Lira, ganhou um apelido.

"Lira é como um motorista de Uber: cobra por corrida", teria dito um parlamentar lulista para Malu Gaspar, de O Globo.

Segundo a jornalista, nos bastidores, alguns deputados e senadores da base do de Lula só se referem a Lira assim.

Eis o que diz a jornalista:

“Segundo dois parlamentares com quem conversei, o apelido tem a ver com o fato de que, cada vez que aparece um obstáculo ao projeto de Lula no parlamento, o presidente da Câmara o procura para dizer que está tendo dificuldades com os líderes partidários, faz um pedido, obtém uma promessa e consegue um avanço.
Só que aí surgem novos problemas, Lira volta e faz um novo pedido. De acordo com o que me contaram esses parlamentares que estiveram com Lula no final de semana, foi o que aconteceu neste domingo.
Os dois se reuniram à tarde, antes de o ministro Gilmar Mendes conceder uma liminar que autorizou o relator do orçamento a incluir na peça o valor destinado às despesas com o Bolsa Família de R$ 600, fora dos limites do teto de gastos.
A decisão de Gilmar alivia a pressão do Congresso sobre Lula e dá ao presidente eleito um plano B para garantir o pagamento do benefício, mas em tese só libera R$ 80 bilhões e só para 2023.
Não abrange os R$ 145 bilhões para outros programas sociais, mais R$ 23 bilhões em investimentos a serem gastos fora do teto pelos próximos dois anos.
Esse foi o texto que passou no Senado, mas Lira disse a Lula que está com dificuldades em convencer os líderes da Câmara a aprovar todo esse valor por dois anos. Para uma PEC passar na Câmara, são necessários 308 votos.”

Lira certamente percebeu que o PT não merece o mínimo de confiança.

Doravante, deve jogar pesado.

Resta saber o que ainda fará o STF para proteger o petista e suas loucuras e insanidades bilionárias.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643