martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 19 de dezembro de 2022

Jornalista manda recado aos que fazem piada envolvendo Bolsonaro e alimenta forte expectativa na web

Segunda, 19 de Dezembro de 2022



Muitos de vocês nos chamam de "brifados que iludem as pessoas" e eu tenho uma consideração a fazer sobre isso: o que eu faço com as informações que recebo como jornalista?

Guardo só para mim? Ignoro?

Finjo que não acredito só para não me comprometer (ainda mais) com o Bolsonarismo?

Tento parecer da "direita limpinha", mantendo numa das mãos o dedo em riste apontando quem são os errados e os iludidos e na outra segurando um bote salva-vidas onde só eu caibo?

Finjo que ninguém vai lembrar que comemorei em público as minhas duas nomeações ao Governo Federal? Nego que apoiei este governo, só porque ele está passando pelo pior momento?

Não meus amigos...
Não meu inimigos...
Essa não seria eu!

Eu recebi informações do "olho do furacão" e estou ciente que tudo deve acontecer no decorrer da próxima semana e é minha obrigação como jornalista escrever o que sei, (não baseada em minhas análises ou minha torcida pessoal), mas nas informações que recebo de fontes que NUNCA ME PASSARAM UMA INSTRUÇÃO EQUIVOCADA nesses 4 anos.

Então senhores, faço o quê?

Deixo de acreditar em quem nunca falhou comigo e passo a acreditar nos senhores que estão criticando duramente o Presidente e já se uniram com a esquerda para debochar dos "Bolsonaristas iludidos"?

Deixo de lado quem me informa e me junto aos inimigos que fazem piadas dos que são iguais a mim?

Para que? Para preservar minha pele?

Não meus queridos, eu tenho um lado, declarado, exposto, publicado em matérias de jornais e no Diário Oficial em alguns momentos. Do ponto em que estou não posso mais voltar e me considero no barco dos que estão na Roleta Russa neste momento: ou a gente perde TUDO, ou a gente GANHA O MUNDO!

No bom português (e que o Pastor não leia):

 "Ou a gente tá muito fod*** ou a gente sai forte pra cara***."

De qualquer forma, é um momento histórico que poucos brasileiros terão o privilégio de viver assim tão de pertinho, pisando no fio da navalha.

Eu estou no grupo que ainda acredita, pode rir, fazer piada, deboche, meme, não tenho esse ego sensível de quem não suporta críticas ou pressão da multidão, se tivesse, não teria vivido o que vivi.

Salvem essa publicação e na próxima semana vocês me cobram, SE ACONTECER, voltem aqui e reconheçam que vocês não tinham informações e que era apenas torcida pessoal para que nada acontecesse e suas análises se cumprissem; mas se NADA ACONTECER pode vir aqui me chamar de iludida, tanto faz, nós vamos estar TODOS tão ferrados, que a pecha de "iludida" será um apelido carinhoso.

Como cristã, como jornalista, como brifada e como Bolsonarista, eu ainda acredito que haverá uma reação nos próximos dias, já as consequências dessa ação, só Deus, o Presidente e os Generais é quem sabem.

Foto de Raquel Brugnera

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643