martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 27 de julho de 2022

URGENTE: PF está na cola de Adélio e deve investigar ligação com o PCC

Quarta, 27 de Julho de 2022

A Polícia Federal deve voltar, em breve, a investigar o criminoso Adélio Bispo.

Segundo informações, a hipótese de relação entre Adélio e a facção criminosa Primeiro Comando da Capital, o PCC, deve ser o foco da investigação.

Vale ressaltar que a PF está sob novo comando.

Até pouco tempo, muitas questões sobre o atentado contra Jair Bolsonaro, que ocorreu em 2018, estavam - estranhamente - sob sigilo. Inclusive, a PF chegou a estar impedida de periciar os celulares de Adélio e seus advogados. Porém, um pedido de Frederick Wassef, advogado de Bolsonaro, levou o TRF a liberar o acesso aos aparelhos.

Desde então, a apuração foi reaberta pela PF e outro delegado, Martin Bottaro Purper, foi escolhido para tocar o caso. Purper é um dos maiores especialistas em PCC dentro da corporação.

O fato deve ter influenciado na ação.

De acordo com o portal Metrópoles, a hipótese de ligação de Adélio com o PCC voltou a ser considerada a partir de registros localizados no telefone celular de um dos advogados do agressor de Bolsonaro.

"Em ao menos um desses registros, um dos advogados liga o nome de Adélio ao PCC. Não se sabe exatamente em que contexto nem está claro se poderia se tratar de um chiste. Foi o suficiente, porém, para que a nova equipe passasse a considerar a hipótese", diz o portal.

Um fato consumado é que pelo menos um dos advogados da equipe que se apresentou para defender Adélio também atende integrantes do PCC.

O cerco está se fechando...

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055