martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 17 de dezembro de 2022

Custo PT: Empresas perdem R$ 652 bilhões em valor de mercado desde as eleições

 Sábado, 17 de Dezembro de 2022





Os dados foram repassados pela Economatica, uma plataforma que analisa o mercado de investimentos. Porém, a TradeMap fez outra análise e constatou que, até dias antes do segundo turno, em virtude da insegurança política no Brasil, todas as companhias nacionais com ações na B3, que somavam estrondosos R$ 4,413 trilhões, tinham decaído em valor e passaram a contar com R$ 3,841 trilhões. Uma perda de R$ 571,86 bi.

As perdas abateram a Petrobras, considerada a segunda maior petrolífera do mundo em lucros. A estatal estava avaliada em R$ 520,60 bi. Mas, teve queda de 13,5% e, nesta semana, foi mensurada em R$ 331,05 bi.

E as más notícias não param por aí. Os especialistas afirmam que o investidor está inseguro com o governo eleito, sobretudo no que diz respeito aos nomes de indicados aos ministérios petistas. 

Petrobras e Banco do Brasil são as empresas nacionais que mais têm sofrido com essas indicações políticas. Mas, as avalições de mercado apontam que há 16 empresas sob o controle do Governo Federal, cujo valor vem caindo muito. Juntas, elas equacionavam R$ 887,54 bi. Sete dias depois, já estavam em R$ 798,43 bi. Mais uma semanas mais tarde e elas recuaram para R$ 636,93 bi. E olha que o Governo do PT ainda nem iniciou!

As baixas são a forma que o mercado financeiro e de investimentos têm de mostrar ao presidente eleito que estão descontentes com as nomeações feitas recentemente. Pelo que se vê, os investidores não gostaram nada de Aloízio Mercadante, um dos fundadores do PT, para a direção do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES); mas, fora isso, tem também a falta de preocupação com a responsabilidade fiscal e a extinção (por hora) do teto de gastos do governo.

Esse cenário não é nada promissor para o Brasil e, muito menos, para o investidor, que começa a se retrair em virtude da grande instabilidade que se acerca do país.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643