martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 16 de dezembro de 2022

Por unanimidade, pilotos e comissários entram em greve a partir de segunda

Sexta, 16 de Dezembro de 2022

A paralisação ocorrerá sempre das 6h às 8h, nos aeroportos de São Paulo, Rio de Janeiro, Campinas, Porto Alegre, Brasília, Belo Horizonte e Fortaleza, os maiores do país. Mas, a medida deve gerar um efeito cascata de atrasos e possíveis cancelamentos de voos. 

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) se reuniu, nesta quinta-feira (15) e decidiu, por unanimidade, pelo início da paralisação.

Os trabalhadores reivindicam um aumento salarial de 10,09% para recompor as perdas com a inflação, que já somam 5,9%. Mas, as companhias aéreas sugeriram reajustar em apenas 5,9% as remunerações. O Sindicato negou e decidiu que os pilotos e comissários cruzarão os braços por tempo indeterminado.

- É importante destacar que as próprias empresas apontam em seus informes ao mercado, assim como também demonstram notícias publicadas na imprensa, que o setor aéreo vem se recuperando aceleradamente, com lucros maiores do que os do período pré-pandemia. Além disso, a procura por passagens aéreas aumentou e os preços impostos aos passageiros subiram drasticamente. No entanto, as empresas continuam intransigentes, se recusando a conceder uma remuneração mais digna aos tripulantes, além de propor que pilotos e comissários trabalhem mais horas. Os pilotos e comissários de voo do Brasil contam com a compreensão da sociedade e com o bom senso das companhias aéreas para evitar transtornos - informou o sindicato, em nota.

O Sindicato também argumenta aos empresários que a jornada de trabalho está muito mais corrida do que anos atrás e que as companhias ignoram as folgas e programam os voos com tempo de solo inferior a 3 horas entre duas etapas de trabalho.

As companhias aéreas omitem que tiveram redução no preço dos combustíveis e alegam que a procura intensa de passageiros e o encarecimento das passagens não são suficientes para propor alterações na forma de trabalho dos colaboradores. A desculpa aumenta a discussão entre os lados divergentes.

O Sindicato dos pilotos e comissários escolheu, estrategicamente, a pior época do ano para pressionar os patrões. Somente em 2021, o Decolar, uma plataforma de buscas por viagens, afirmou que a procura aumenta em 220% nessa época do ano em virtude do Natal e Reveillon. Certeza de que os aeroportos brasileiros concentrarão filas, reclamações e caos pelo país.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643