martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 17 de dezembro de 2022

Revoltado, Valdemar faz grave denuncia contra o TSE e aumenta tensão em Brasília (veja o vídeo)

Sábado, 17 de Dezembro de 2022

“Mesmo com o bloqueio das nossas contas e processos do TSE contra os nossos parlamentares, o Partido Liberal segue ao lado das milhares de pessoas que estão nas ruas lutando pelo nosso futuro”

Com essa postagem em suas redes sociais, o presidente nacional do PL, Valdemar Costa Neto, divulgou um vídeo em que faz uma forte crítica ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que acaba de confirmar a obrigatoriedade de pagamento de uma multa de quase R$ 23 milhões, imposto pelo presidente da Corte, o ministro Alexandre de Moraes.

A “pena” imposta pelo magistrado teve como base um relatório apresentado pela legenda, solicitando uma auditoria das urnas eletrônicas após o resultado do segundo turno das eleições, o qual acabou rejeitado.

Moraes alegou que não haviam indícios suficientes e ainda determinou a abertura de um processo para investigar possíveis responsabilidades.

A gota d’água para Costa Neto, entretanto foi a abertura de processos que podem levar à cassação dos mandatos de parlamentares eleitos ou reeleitos no recente pleito, com base em declarações nas redes, consideradas pelo TSE como “ataques à democracia”.

Na lista, os deputados Carla Zambelli, Bia Kicis, Gustavo Gayer, Nikolas Ferreira e Eduardo Bolsonaro, além do senador Magno Malta e do candidato à vice-presidente na chapa de Jair Bolsonaro, o general Braga Netto.

Fui surpreendido com a aceitação de um processo pelo TSE contra nossos deputados e senadores. A Constituição é clara, e o deputado ou senador tem autonomia para falar o que bem entender, desde que não esteja falando mal. Eles estão defendendo a posição deles e isso vamos lutar até o final, pois o que é feito de maneira errada, não pode dar certo

Valdemar também se disse surpreso com os mais de 100 mandados de busca e apreensão, também determinados por Moraes, pela Polícia Federal, levados a curso nesta quinta-feira pela Polícia Federal, contra supostas lideranças dos movimentos patrióticos que se reúnem há mais de 45 dias nas portas dos quartéis:

Essas famílias que estão nos prestigiando e apoiando um segmento, tem todo o nosso apoio. Só não tem o nosso apoio quem faz as coisas erradas, não queremos que ninguém impeça estradas e ruas. O nosso povo, que está acampado, são pessoas de bem, gente de respeito. E esse segmento veio pra ficar. O Bolsonaro teve quase 60 milhões de votos e esse segmento terá o nosso apoio, disse Valdemar, afirmando que os conservadores estão consolidados no cenário político nacional.

Uma posição corajosa, em tempos de censura e ativismo judicial.

E o clima político é cada vez mais quente na capital do país.

Veja o vídeo:


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643