martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 21 de abril de 2021

Novo escândalo na Globo: Ex-bailarina denuncia racismo no Domingão do Faustão

 Quarta, 21 de Abril de 2021

O inferno astral da Rede Globo parece não ter fim…

Como se não bastasse os escândalos, as polêmicas, demissões e a queda de 77% no lucro consolidado de 2020, a emissora prossegue vivendo dias de terror com acusações de assédio e racismo.

O caso envolvendo o suposto assédio do ex-diretor Marcius Melhem na humorista Dani Calabresa parece ter escancarado o que de pior acontece nos bastidores da emissora.

Porém, na última semana um novo escândalo veio à tona.A modelo e ex-bailarina do Domingão do Faustão, Carol Tozaki, revelou que sofria racismo dentro do programa.

Segundo Carol, havia preconceito na hora de escolher quem iria dançar.

“Se um Martinho da Vila se apresentasse, a maioria das meninas que iam fazer a coreografia eram negras e de cabelo afro. Agora, se fosse um sertanejo tipo o Gusttavo Lima, as meninas que iriam para a coreografia eram de pele mais clara, de cabelo loiro e liso”, disse.

Carol disse mais:

“É muita objetificação do corpo da mulher, por mais que haja muito informações, existem concursos muito desatualizados. A mulher é mais do que um corpo bonito e magro. Os concursos de Miss prezam muito pela beleza. E nesse universo, as mulheres negras, que não têm os traços tão finos, cabelos afro, encaracolados, não são consideradas bonitas. E eu gostaria que isso parasse, porque todas as mulheres são bonitas”, pediu.
“Confesso que já me pediram para alisar o cabelo em uma apresentação. Não aceitei”, completou a modelo.

Defensora de campanhas contra o racismo e a favor da inclusão, ao que parece, a Globo não vivencia o que supostamente defende.

O episódio é - nada mais, nada menos - do que o feitiço se voltando contra o feiticeiro.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055