martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

terça-feira, 29 de novembro de 2022

Artista da Globo, representante da comunidade LGBT, defende Neymar e se torna alvo da militância

Terça, 29 de Novembro de 2022

 

"Em um momento muito difícil quando sofri um ataque homofóbico de um conselheiro do Sport, tive o apoio e a ajuda de uma pessoa muito importante. Neymar Jr. me apoiou, vestiu essa camisa, fez o tchaki tchaki e naquele momento foi um conforto pra mim, me senti honrado por esse apoio. Então, estou aqui fazendo esse post para ele e torcendo demais pela sua recuperação para que volte logo a defender nossa seleção brasileira!"

Foi o que escreveu em seu Instagram, desejando a recuperação do camisa 10 da seleção, que se contundiu na primeira partida da equipe na Copa do Mundo do Qatar e segue em tratamento intensivo para participar da próxima fase da competição, em caso de classificação.

Economista de formação e homossexual, Gil ganhou notoriedade ao participar do programa 'Big Brother Brasil', da Rede Globo, chegando à final.

Atualmente, é contratado pela emissora e participa de um quadro de orientação financeira para famílias, no 'Mais Você', apresentado por Ana Maria Braga.

A mensagem de apoio a Neymar acabou retribuída não apenas com elogios, como acabou revelando o 'pior dos sentimentos' entre alguns deles, que criticaram Gil do Vigor e o jogador, pelo fato do último ser apoiador declarado de Jair Bolsonaro:

"Gil por favor não nos decepcione. Ele apoia um governo que despreza a todos nós. Passar pano por ser famoso é complicado, não tem essa de ídolo e ou não. Por coisas parecidas MULHERES como Regina Duarte, Kássia Kiss e outras são achincalhadas e com ele não tem que ser diferente. Não desejo mal, só não aceito ele na seleção e não torço por ele", escreveu um internauta destilando o tal 'ódio do bem'.

Os ataques continuaram:

"Só fala pra ele que não adianta fazer isso e votar em quem quer pessoas como você morto", publicou um, sem noção alguma de realidade.
"Mas ele apoia um governo que mata gay, lésbica, trans e todo blonde lgbt", afirmou outro, de forma absurda e sem qualquer dado.

Confira abaixo mais alguns prints de comentários.

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643