martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 3 de dezembro de 2022

A imprensa internacional dá show de jornalismo... Que a nossa velha imprensa se envergonhe, se for capaz (veja o vídeo)

 Sábado, 03 de Dezembro de 2022





Os puxadores deste estupro do jornalismo brasileiro são conhecidos hoje como imprensa suja, lixo e velha imprensa.

Jornalistas militantes se venderam, e muitos transformaram sua carreira num verdadeiro esgoto. Mas, também, muitos deles parecem não se importar com isso. Imagino que são bem remunerados para fazer este papel. Poucos o fazem por ideologia. A lista é grande. São os ícones do mau jornalismo.

Hoje, mediante as gigantescas manifestações populares que assistimos no Brasil, à frente dos quartéis, vem chamando a atenção do mundo, inclusive, se alastrando por outros países onde a esquerda quer dominar seu povo. Já há notícias de revoltas populares no Chile, na Argentina, Colômbia... Mas as notícias não chegam ao resto do planeta através do nosso jornalismo. Quem vem informando ao público mundial são jornais italianos, alemães, franceses, portugueses, americanos, e de muitos outros países.

Um dos maiores grupos de comunicação do mundo, a Fox News, tem no jornalista Tucker Carlson a expressão da credibilidade e competência, considerado o melhor jornalista da atualidade, A empresa mandou um jornalista, Matt Tirmand, como enviado especial para cobrir as manifestações.

No dia 29 de novembro, Tucker, mais uma vez, tendo o verdadeiro jornalismo como um manual de cabeceira, deu notícias do que ocorre no Brasil. As informações são divididas pelo mundo inteiro. Algumas canetas daqui não alcancem os papéis de lá, isto é certo. Democracia, né?

E assim caminha o jornalismo que honra a notícia, que o jornalista Alexandre Garcia, um dia, lapidou numa frase:

“O jornalismo tem que ser escravo dos fatos. Os fatos não precisam de ajuda.”

Assista:

Foto de Alexandre Siqueira

Alexandre Siqueira

Articulista

@ssicca no GETTR

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9 9151-0643

Contato : (84) 9 9151-0643