martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 28 de março de 2022

Professores de Natal entram em greve por tempo indeterminado

Segunda, 28 de Março de 2022


Professores da rede municipal de ensino de Natal decidiram nesta segunda-feira 28, durante assembleia presencial do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinte-RN) entrar em greve por tempo indeterminado. Na última quinta 24, a categoria já tinha aprovado um indicativo de paralisação. As informações são da 98 FM.

Depois da assembleia, professores fizeram uma caminhada pelo Centro de Natal e foram até o Palácio Felipe Camarão, sede da prefeitura, erguendo faixas em protesto contra o prefeito Álvaro Dias (PSDB). Na prefeitura, os professores receberam a confirmação de que serão recebidos na quarta-feira (30) pela secretária de Educação, Cristina Diniz.

A categoria cobra respostas da Prefeitura do Natal quanto à implantação do reajuste salarial de 2022. Os professores têm direito a um aumento de 33,24%, mas até agora a gestão municipal não apresentou uma proposta.

OPINIÃO DOS LEITORES

  1. As razões dos professores são justas. Porém devem, salvo engano, esgotarem os diálogos antes de radicalizarem e partirem para uma greve que só faz atrapalhar a vida dos alunos.

  2. Só imbecís criticam a greve dos professores, existe um piso nacional que é reajustado anualmente, sempre no mês de janeiro, na pandemia foi acumulado dois anos sem o reajuste, quase todas as prefeituras cumpriram a lei e pagaram, o estado está pagando mesmo dividido, o prefeito nojento não quer nem conversar. É lei !! É um direito!!! Só quem foi professor sabe o que é ser professor. E na pandemia trabalharam sim !!!

  3. observem que até agora só os professores FEDERAIS não entraram de greve, mesmo sem aumentos deste TEMER…

  4. Para quem está atirando pedras em nós, lembro-lhes que, infelizmente, no nosso país se não lutarmos pelos nossos direitos, não os teremos. Por isso a GREVE!

  5. Esse prefeito é um incompetente em todos os setores da administração pública até mesmo na sua área de formação profissional da saúde, essa cidade do Natal que possui a infraestrutura maquiada que começa na ladeira do sol em areia preta e cruza toda a avenida Prudente de Morais e Hermes da fonseca/Salgado e
    adjacências até a divisa com Parnamirim e da salgado filho/Br 101 antes de seu termino entrando-se para avenida engenheiro Roberto Freire até Ponta Negra, essa tática de maquiagem de infraestrutura de parte da zona leste e de toda zona sul consideradas nobres é usada pelo atual prefeito e por vários prefeitos anteriores e já as outras zona oeste e norte e a maior parte da zona leste são abondanadas pelo setor de infraestrutura pública local, inclusive as praias que são responsáveis pela geração de empregos e salários que é uma industria sem chaminé, nesta cidade sem indústria relevante com exceção da indústria de infraestrutura e basicamente uma economia movida pela pobre e média renda do funcionalismo público federal, estadual e municipal que aqui moram, uma cidade onde quase todo mundo é da classe C e D,a classe C e D que fazem circular internamente o dinheiro nas lojas comerciais e de serviços.

  6. Demoraram muito ainda !!! Já eram para ter entrado em greve! Esse prefeito de natal é péssimo. Trata os professores como uns escravos. Mas a resposta ele terá na urna na eleição do filhinho dele ….

    1. Acho engraçado que até agora foi a última classe à voltar a trabalhar.. e ainda querem aumento kkk parece piada !! Vá para iniciativa privada.

    1. Vai ser professor e ver seus direitos sendo jogados no lixo e depois venha comentar

    2. Sim. Eles educam seus filhos enquanto você fica o dia inteiro nas redes sociais
      Kkkkkk

    1. Um bocado de vagabundos, passaram dois anos Em ksa só recebendo e agora vem essa greve ridícula, só quem sofre é os alunos que estão bastante atrasados e penalizados com essa pandemia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055