martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 31 de março de 2022

31 de março de 1964: há 58 anos o Brasil dizia não ao comunismo

 Quinta, 31 de Março de 2022

Em 1960, a Constituição permitia, vejam só, a eleição do presidente e do vice sem que formassem uma única chapa, e assim, poderíamos eleger um presidente de direita e um vice de esquerda.

E foi exatamente isso que aconteceu: Jânio Quadros foi eleito por um partido de direita e o seu vice foi João Goulart, que flertava com a esquerda.

Não é preciso ser inteligente para prever que um dia essa “invencionice” daria problemas.

E deu…

Eleito, Jânio renunciou em 25 de agosto de 1961, poucos meses após ser empossado.

Popular, Jânio teve a péssima ideia de conceder uma medalha a Che Guevara e a pressão sobre ele foi insuportável.

A Revolução Cubana havia ocorrido em 1959 e o Brasil seria o alvo da vez, como revelado no livro ‘1964, O Elo Perdido’.

Jango assumiu a presidência da República sob forte desconfiança e com a condição de adoção imediata do parlamentarismo. Em outra palavras, João Goulart foi apenas Chefe de Estado, mas não governava.

O livro 1964 revela o que o teu professor de história não sabia sobre a contra-revolução e a ameaça comunista.

Naquele ano, a influência comuna-socialista avançava no momento mais favorável aos soviéticos durante a Guerra Fria.

Conquistar e tomar o poder no Brasil fazia parte dos planos para tornar a América Latina inteira sob influência socialista.

Os militares do Brasil reagiram e interromperam o avanço comunista no continente.

31 de março de 1964, um dia para ser celebrado e jamais esquecido!

Generais de pulso firme "chutaram" os comunistas pra longe...

Quer saber toda a verdade sobre o histórico ano de 1964, através de fotos, histórias, revelações e documentos?

Basta clicar no link abaixo e comprar o incrível livro 1964, O Elo Perdido:

https://bibliotecaconservadora.com.br/products/1964-o-elo-perdido-o-brasil-nos-arquivos-do-servico-s...

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055