martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 2 de abril de 2022

O "Ogro" quer a derrota

 Sábado, 02 de Abril de 2022




Através de suas redes sociais, Olavo publicou que, “Reduzida a um cargo simbólico sem nenhum poder real, a Presidência da República (atual), quaisquer que sejam as boas intenções do seu ocupante, só serve, hoje, para recobrir com aparências de normalidade democrática a ditadura mais intolerante que já se instalou no nosso país”, se referindo é claro à nefanda e à nefasta atuação do lado negro dos Tribunais Superiores em flagrante conluio com Congresso Nacional.

Em relação a isto quem melhor sabe é a esquerda delinquente, tanto que seu mais abominável representante, o bandidaço Zé Dirceu, proclamou petulantemente: "É uma questão de tempo para gente tomar o poder. Aí nós vamos tomar o poder, que é diferente de ganhar uma eleição".

Evidentemente não possuem o mesmo significado “o poder” a que se refere o Mestre e o do qual fala o ex-guerrilheiro fracassado que, em defesa de uma sanguinária ditadura do Caribe, traiu reiteradas vezes a Pátria em que nasceu. Olavo fala do poder como meio de atender a soberana vontade do povo desta Terra de Santa Cruz. O comunista safado entende como poder um mero artifício para escravizar este mesmo povo.

Estes propósitos relativos às duas correntes que este ano vão disputar o comando e o futuro deste País, que se por um lado sempre foram bem conhecidos dos verdadeiros patriotas desde que os governos socialistas/oportunistas das quadrilhas de FHC a Temer tomaram de assalto a Nação Verde e Amarela, agora se tornaram evidentes até para as mentes mais obtusas ou mal-intencionadas dos “Contras” e dos “Terceiroviistas”. Todos estes últimos bem sabem daquelas verdades incontestáveis, mas os cínicos e os covardes não as confessam.

Percebam o que o “Ogro Descondenado” está fazendo, depois de ter sido posto em liberdade, ainda que não tenha conseguido despir o pijama listrado do criminoso que roubou bilhões do nosso suado dinheiro de impostos. O bruto está pouco se lixando para a grande maioria deste povo que é cristã e conservadora e que desde sua independência anseia por viver em um País, livre e próspero.

Está por aí encafuado em seus lugares secretos - mas com a visibilidade garantida a peso de ouro pela maldita imprensa velha - pregando abertamente a implantação do regime comunista venezuelano e como modelo de Chefe de Estado o narcoditador Maduro. Esta atacando acintosamente a cultura judaico-cristã; a família tradicional; falando em invadir propriedades e em quebrar o agronegócio; prometendo fechar as igrejas e censurar as liberdades individuais dos cidadãos, tudo às escancaradas, como quem diz: depois não digam que não avisei.

Há décadas, quando se elegeu e se reelegeu, valeu-se de outra artimanha. Ludibriando as massas e os fracos de espírito, se apresentou aos quatro cantos do Brasil como o tipo de um liberal democrata, adepto da enganosa proposta do finório FHC, maquiando-se como “lulinha paz e amor” e se dizendo entusiasta da livre iniciativa. Deu no que deu.

O que se viu o calhorda fazer para vitimar 25 milhões de brasileiros; depois do que se sabe que fez com o dinheiro desviado dos nossos cofres públicos para implantar o regime comunista na “América Latrina”, tudo acabou por levá-lo para a cadeia. Porém, o dinheiro que roubou para si e para os asseclas com os quais aparelhou a máquina pública serviram para que ele comprasse sua liberdade de volta.

Lula não quer se eleito. Quer ter sua vingança contra o povo que o encarcerou e até aqui ele já pagou muito dinheiro por isto. Este “pus da humanidade”, sem honra e sem futuro, acredita pisicoticamente que sua derrota nas urnas é aquilo que melhor serve aos seus sórdidos e criminosos objetivos, pois se vier a ser eleito terá - em face de compromissos internacionais já assumidos com o Foro de São Paulo e com o narcoterrorismo - que pôr em prática o que prega, atraindo para ele o ônus de ter que desgraçar o Brasil, mais uma vez.

A maior pretensão do “Nojento de Garanhuns” é, num futuro próximo, golpear aquele que certamente o vencerá nas urnas e juntamente com este também o Brasil dos patriotas, para aí, depois de tudo arrasado, então ver implantado o caos, do qual está certo que de ele próprio surgirá à frente de uma revolução vermelha que nos igualará a Cuba ou à Venezuela, naturalmente tendo o petista como eterno ditador. O plano que segue advém das artimanhas demoníacas do canalha Zé Dirceu e nada mais.

Eu nem sei se os burregos “terceiroviistas” conseguem enxergar esse cenário, acho que não por causa do despeito e da mágoa doentias que nutrem contra o Capitão e sua equipe, líderes da “Nova Ordem Brasileira”, única que pode lhes salvar das funestas consequências decorrentes da própria cegueira cívica.

O petista sem verniz e seus esbirros têm plena noção de que sua maior barreira está em se livrar de Bolsonaro e dos seus terríveis patriotas. Em relação a estes está convicto de que somente o caos, a fome e a comoção interna pode apeá-los do poder. Quanto aos demais adversários, o ”Farsante do PT” não tem a menor preocupação, pois, na hipótese da guerra civil que almeja incitar para tomar o poder, nenhum daqueles teria a força das armas de que o Capitão dispõe e que pode derrotar seus planos totalitários.

Nossa gente é maciçamente do bem e por conta da incontrolável liberdade das redes sociais a mentira e a falácia contra o atual governo já foram e continuam sendo desmascaradas, diariamente. É por isso que Bolsonaro será reeleito e em primeiro turno. O resto é cortina de fumaça.

Tudo bem, mas não é o bastante. Para que o plano de Lula e dos vermelhos não prospere é preciso afastar primeiramente cada governador larápio do “Covidão” ou do tipo “fique em casa que a economia se vê depois”, para, em seguida, atacar a banda podre do Legislativo Federal e Estadual, votando nos candidatos perseguidos pelos Tribunais Superiores, caso se comprometam a pegar seus algozes logo na primeira legislatura, destruindo assim o lado podre do Judiciário para, adiante, lograr fulminar os bunkers e as casamatas dos chupins da máquina publica, ainda incrustados no executivo, no legislativo e no judiciário.

A meu sentir o maior ladrão da coisa pública da história contemporânea - que tem sobrando mais dinheiro do que carece o resto de sua vida miserável e desmoralizada - sabe que não reúne condições para voltar a ser o primeiro mandatário do País ou o Chefe Supremo de suas Forças Armadas. O Brasil e o mundo não o aceitariam como tal, dê no que der.

Lula quer primeiro destruir a Nação Brasileira. Quer ferir de morte seus princípios, seus valores morais e fechar suas igrejas.  Quer quebrar o orgulho e aniquilar o patriotismo de nossa gente, pois é desta maneira que sonha que, em dois malditos lances, se tornará o ditador comunofacista que tanto almeja. O patife quer a derrota, pois nós a daremos a ele e muito mais.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055