martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 2 de abril de 2022

Bolsonaro diz que Moro é ‘traíra e mentiroso’ após PF negar interferência na corporação (veja o vídeo)

 Sábado, 02 de Abril de 2022

Após a Polícia Federal concluir que jamais houve qualquer tentativa de intervenção de Jair Bolsonaro na Polícia Federal, durante troca a de comando na corporação, em 2020, o presidente fez questão de repercutir a notícia em sua live semanal, realizada nesta quinta-feira (31).

E o comentário de Bolsonaro, além de impactante, foi mais um capítulo da humilhante derrocada de Sérgio Moro, o responsável pela acusação.

“Polícia Federal diz ao Supremo que não há elementos indiciários mínimos de crime na troca na PF que levou à demissão de Moro”
“Sérgio Moro, além de traíra, é mentiroso”, disse o presidente, ao vivo.

Horas antes, durante evento oficial no Palácio do Planalto, Bolsonaro havia deixado um recado na mesma linha, sem citar nomes, mas com um divertido jogo de palavras:

“O que a gente aprende ao longo de nossa vida toda. A foto mais antiga que eu tenho, estou eu meu pai, segurando uma traíra de aproximadamente 10 quilos. Desde cedo eu convivo com as traíras, mas acabam indo pra panela, todas elas, sem exceção”

Sobre o caso

Em abril de 2020, Sérgio Moro, que era o ministro da Justiça e Segurança Pública, acusou Bolsonaro de tentar interferir no funcionamento da PF, na demissão de Maurício Valeixo, então superintendente da corporação. O objetivo principal, segundo ele, obter informações privilegiadas em determinadas investigações, beneficiando familiares e aliados políticos.

Bolsonaro negou e o episódio culminou na demissão de Moro, levando ainda à abertura de um inquérito no Supremo Tribunal Federal.

Nas 99 páginas entregues pela PF ao STF nessa semana, não foi encontrada qualquer prova consistente de cometimento de crime.

A nova humilhação pública de Sérgio Moro veio no mesmo dia em que anunciou a desistência de concorrer à presidência da República, após diversas análises em que foi constatado que ele já não gozava do mesmo apoio popular da época em que era juiz.

A mudança de rumo, entretanto, traz uma nova acusação de traição contra ele. Isso, porque Moro também resolveu abandonar o partido ao qual havia acabado de se filiar, o Podemos, se debandando para o União Brasil, sem qualquer cerimônia.

Veja os vídeos:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055