martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 10 de junho de 2022

Justiça determina cancelamento de show de Wesley Safadão e limita valor de cachês

 Sexta,10 de Junho de 2022

Foto: Instagram

O TJAL (Tribunal de Justiça de Alagoas) decidiu barrar o show do cantor Wesley Safadão que deveria acontecer no dia 12 de junho no município de Viçosa, em Alagoas. Segundo a liminar requerida pelo Ministério Público do estado, o cantor receberia R$ 600 mil pela participação no evento junino. O valor seria incompatível com a atual situação do estado.

“A apresentação do artista Wesley Safadão, de apenas uma hora, retira dos cofres públicos quantia que seria suficiente para pagar um mês de trabalho de aproximadamente 160 professores da educação básica ou 200 enfermeiros”, informa o documento.

A juíza responsável pela decisão, Juliana Batistela Guimarães de Alencar, mencionou ainda o estado de “calamidade” que Alagoas enfrenta em consequência das fortes chuvas, “fazendo contraponto com a programação de atrações musicais de valor vultoso [muito alto] para as festas juninas”.

“Trata-se de se ter em ponderação a necessidade de expressivos gastos públicos com festas, quando as condições básicas de vida digna dos cidadãos não estão sendo atendidas. É uma falácia a justificativa de que um show pelo qual se pague ao artista R$ 600 mil seja benéfico porque gera renda e empregos. Se houver emprego por um dia ou um final de semana, e renda, porque o comércio local irá vender mais (principalmente bebidas alcoólicas e, por consequência, gerar mais violência social, aumentando a necessidade de alocação de policiais), essa monta nunca irá chegar nem perto dos R$ 600 mil despendidos ao artista”, afirma a juíza.

A magistrada ainda fixou os valores que o estado e o municípios podem gastar com as contratações para o evento de São João de Viçosa. Se os artistas forem contratados no âmbito estadual, o valor máximo a ser pago é de R$ 50 mil. Já se forem contratados pela cidade, o limite é de R$ 20 mil.

R7

OPINIÃO DOS LEITORES

    1. Passe num concurso. Eu não entendo esses babões de cantores, amigo, é dinheiro público oriundo de um município decadente e pobre, Safadão faz diversas festas privadas e que esgotam rapidamente.

  1. Seria interessante essas observações serem feitas sobre os super salários e regalias de todos os políticos do país também…

  2. Eita justiça interessante, deviam, pensando na população, repensar os altíssimos salários que o judiciário paga aos senhores juízes + auxílio moradia, auxílio creche, auxílio paletó, etc.

  3. Só se ver artistas reclamando de que tem inúmeras pessoas passando fome no brasil e que em shows de alguns no mínimo é de 500 mil.. enfim a hipocrisia.

  4. Mais de 400 shows cancelados..
    Parece que não é a turma da Anitta que faz farra com dinheiro público, muitas vezes, em cidades que não tem o mínimo de estrutura.

    1. Beleza era a lei ROUANET para Chico Buarque, Caetano Veloso, Ivete Sangalo, Marieta Severo, José Seboso Abreu e mais uma corja de abastados, grande parte deles nem no Brasil vive.

    2. Se ele fizer mais de 10 shows por DIA, durante o mês de junho, não dá os 400 shows cancelados que esse Deu, achou nas suas contas. Vou comprar uma tabuada pra esse rapaz estudar.

    3. Chico Buarque, lei Rouanet? Um dos artistas mais regravado (senão o) da nação, acho que vc confundiu com Cláudia Leite…

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055