martins em pauta

terça-feira, 24 de março de 2020

Os justos aplausos aos profissionais da Saúde revelou o quanto a sociedade é injusta com a Polícia Militar

Terça, 24 de março de 2020

Policiais fazem parto de gêmeos no Rio de Janeiro. Foto: Divulgação da PM.

Recentemente, fomos convocados a aplaudir os profissionais da Saúde. Nas janelas e nas redes sociais batemos palmas e saudamos estes profissionais pelo corajoso enfrentamento da epidemia de coronavírus. Merecidamente. Porém, há um outro profissional que não está atuando apenas neste momento.

VIOLÊNCIA: NOSSA PIOR DOENÇA

A epidemia que mais mata no Brasil é o vírus do crime e a doença da violência por ele provocada.

O coronavírus, que é um problemão, é uma brincadeira de criança comparado aos prejuízos de vidas causadas pela criminalidade no país recordista em mortes violentas.

POLICIAL MILITAR: MÉDICO E REMÉDIO SOCIAL

É o policial militar o agente público que bota a cara em todas as situações, sobretudo as mais difíceis da nossa vida em sociedade. Ele é chamado na hora da doença, da grave ameaça, da morte e da briga. Ele é a última barreira que evita a absoluta desordem social.

Contudo, o policial militar é tratado como um pária por algumas pessoas e julgado pelos atos de uma minoria corrupta. Ele é ignorado em seu valor pela maior parte dos brasileiros pelo bem que faz a maioria absoluta dos integrantes das corporações policiais militares do país.

FALTA DE RECONHECIMENTO

É preciso aplaudir a Polícia Militar. É urgente reconhecer a coragem do policial militar que enfrenta uma guerra complexa como a urbana, trabalha em condições desiguais de armamento e opera com uma legislação favorável ao inimigo à qual este não precisa obedecer.

Se fomos às janelas e às redes sociais aplaudir os bravos profissionais de saúde, quando vamos reconhecer os méritos dos nossos heroicos soldados?

(Texto de Thiago Rachid)

Conheça o blog do autor: https://thiagorachid.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055