martins em pauta

domingo, 26 de julho de 2020

Politica é a arte do possível

Domingo, 26 de Julho de 2020


Jair Bolsonaro


Jair tem que jogar com as cartas que os eleitores deram no baralho.

Olha o que o Congresso faz, o que você faria no lugar de JB?

Continuaria a guerra até cair e abrir espaço para a volta galopante da centro-esquerda, ou assumiria a responsabilidade das críticas e tentaria segurar o governo até aprovarem poucas de suas pautas?

É impossível decidir sozinho num sistema presidencialista, tudo passa pelo Congresso e pelo STF.

Jair não têm aliados nessas casas, todos querem tirar o conservador do poder e "provar" que a direita não têm competência de governar.

Jair só prejudicaria a causa da direita se ele se corrompesse, mas até aqui nenhum caso de corrupção no governo.

Só quem usou dinheiro público para enriquecer com a morte do Covid foram os governadores que tentam provar que Jair é um péssimo exemplo.

Conservadores acreditam na ação do tempo, precisamos deixar as pequenas reformas passarem para que a roda gire, pelo menos um pouco, porque a força política chamada RESISTÊNCIA está trabalhando forte para travar tudo.

Se em 2022 a direita não entender o que aconteceu, vai acabar dando seu voto para um vendedor de ilusões, já que hoje percebemos que se não fizermos um Congresso recheado de conservadores, presidente nenhum governa.

Até lá JB já indicou nomes para o STF e o jogo começa a se equilibrar.

Acredite, eles têm pressa de derrubar esse homem porque sabem que quanto mais tempo ele ficar no poder, mais a população entenderá a necessidade de votar certo para vereadores, prefeitos, deputados e senadores.

O brasileiro está aprendendo muito sobre política e as esquerdas só se criam em ambientes de pessoas não politizadas.

Raquel Brugnera

Pós Graduando em Comunicação Eleitoral, Estratégia e Marketing Político - Universidade Estácio de Sá - RJ.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055