martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

domingo, 27 de março de 2022

“A secretaria de Cultura não é caixa eletrônico”, detona Andre Porciuncula, secretário de fomento (veja o vídeo)

 Domingo, 27 de Março de 2022

Não é difícil entender porque celebridades atacam tão ferozmente o governo Bolsonaro.

As torneiras dos cofres públicos - que jorravam dinheiro para alguns artistas mimados e eleitos pela velha mídia - fecharam.

Em entrevista exclusiva à TV JCO, em Brasília, Andre Porciuncula, Secretário Nacional de Incentivo e Fomento à Cultura, revela os desafios que enfrenta, e comenta a profunda (e necessária) mudança que fez na conhecida Lei Rouanet. De acordo com o secretário, antes do governo Bolsonaro, não havia política pública para cultura, apenas distribuíam dinheiro:

“Era só liberar grana, era caixa eletrônico, literalmente. Não existiam dados, análises para fazer planejamento estratégico. 
Falavam em política inclusiva. Que inclusão é essa, distribuir dinheiro só para 10% de grandes empresas? Empresas essas que monopolizaram 80% das verbas da Lei Rouanet, ou seja, R$ 13 bilhões!”, escancarou. 

Andre Porciuncula na Câmara dos Deputados

Mas, combater o sistema tem um preço: Porciuncula está respondendo a 158 processos! Mesmo assim, ele segue na luta para devolver a cultura ao povo:

“Saiu uma notícia que fiz a maior mudança na Lei Rouanet nos últimos 30 anos. É verdade, mas o que me permitiu fazer isso? 
Ter habilidade técnica e o conhecimento técnico que me permitiram fazer as ações burocráticas, conseguindo redirecionar o eixo da Lei Rouanet, sair da elite ungida e começar a ir para os pequenos artistas, o povo real, devolver a cultura, de fato, para a população. 
Quebramos a lógica de que a Secretaria Especial de Cultura é um sindicato de classe, e começamos a inserir a lógica de um órgão de Estado, de um órgão voltado para a população, e não à elite sindical arrogante que pensava que a Secretaria Especial de Cultura era seu caixa eletrônico de saque compulsório”, detonou. 

Andre Porciuncula vai ser candidatar a deputado federal pela Bahia. Segundo ele, a ideia é continuar trabalhando pelos valores defendidos pelos cidadãos brasileiros.

Confira:

Filiada ao PL, partido do presidente, Rebeca Martins caminhará em dobradinha com o Capitão Porciuncula, representando o bolsonarismo baiano.

A advogada Rebeca Martins, principal nome feminino do bolsonarismo baiano, anunciou, no sábado (26), a oficialização da sua filiação ao PL, confirmando a sua pré-candidatura à deputada estadual pela legenda do presidente Bolsonaro.


Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055