martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

O deputado do MBL, a patética denúncia contra Bolsonaro e o risco de perder o mandato

 Segunda, 08 de Fevereiro de 2021

Nem o próprio jornal "O Globo", o principal veículo do grupo, deu ênfase para a "matéria", que só encontrou eco na extrema-imprensa, como Carta-Capital.

Mas ‘Kindberg’, o deputado militante do PSOL baby, fez um vídeo de DEZOITO MINUTOS explorando o caso e até ameaçando o Presidente de CADEIA!

Pelo amor de Deus, que Ser Humano, em sã consciência, acredita na "manchete" fantástica de um militante?

Sério. É a coisa mais imbecil que eu já ouvi.

O Diretor da Abin, então, inicia investigações absolutamente ilegais e, após conclusão, EMITE RELATÓRIOS OFICIAIS, aconselhando que o Presidente cometa vários outros crimes, deixando tudo registrado!

Seria "pastelão" demais até para um filme dos três patetas. Mas estamos falando de um Bacharel em Direito, com 15 anos de atuação como delegado da Policia Federal; um general de Exército, com 45 anos de carreira e condecorado, entre outras, com a "Ordem do Mérito Judiciário Militar"; e de um Capitão do Exército, com 30 anos de experiência política.

No mínimo, se estivessem cometendo crimes, seriam mais espertos. Nem um traficante de esquina seria tão burro.

Basta ler o relatório para ver que aquilo NUNCA foi "vazado", mas escrito por alguém que sequer LEU um relatório oficial na vida. Uma mistura de termos técnicos e formalidades, como realmente deveria ser um documento de inteligência, com linguagem totalmente informal, como se fosse uma conversa de Whatsapp. É ridículo.

Uma "fanfic" criada com público específico e finalidade única. Só serve para inflamar a militância mais irracional; a que não tem a MÍNIMA capacidade de questionamento. Nem Marcelo Freixo usou a história. É surreal demais até pra ele.

Alguém avisa o Kim que, dessa vez, ele não tem o Eduardo Cunha para articular o impeachment, como aconteceu com a Dilma. Aproveita e avisa também que o Cunha só articulou porque era interesse DELE, não porque o MBL mandou.

Vale lembrar ao "nobre" (hahaha) deputado que caluniar o Presidente da República, ou seja: acusá-lo falsamente de um crime, é CRIME previsto no Artigo 26 da Lei de Segurança Nacional.

Se está querendo tirar o mandato de alguém, é melhor prestar atenção para não perder o próprio.

“Um traidor pode trair a si mesmo e fazer o bem que não pretende." (TOLKIEN, John R. R.)


Fonte: Jornal da Cidade Online 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055