martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sábado, 13 de fevereiro de 2021

Moro finalmente rebate críticas à Lava Jato: "Quais seriam os excessos? Os bilhões recuperados aos cofres públicos?"

 Sábado, 13 de Fevereiro de 2021


No artigo, Moro falou sobre o papel que a operação teve na realidade da política nacional e das reações que causou no cenário de corrupção que reinava até que o conjunto de investigações ter início:

“A Lava Jato tem sofrido reveses. A culpa não é daqueles que se dedicaram à operação ou a fortalecer o movimento anticorrupção. A culpa tampouco é dos astros, mas sim dos adversários da mudança. E a Lava Jato contrariou muitos interesses especiais, sendo de se esperar resistência e reação”, declarou ele.

Quanto às críticas que a operação sofreu, ao longo dos anos, por seus opositores, o ex-juiz fez alguns questionamentos:

“Volta e meia ouço alguns elogios à Lava Jato, com críticas a alguns supostos excessos, sem que estes sejam identificados com precisão. Pergunto-me com frequência quais seriam os excessos. Os números elevados de condenados por corrupção? O número de condenados presos ou que cumpriram penas? Os bilhões recuperados aos cofres públicos? (…)”, ponderou ele.

 

E expôs sua opinião de que a operação cumpriu o seu papel, mas que não é a solução para todos os problemas, já que a responsabilidade pelo combate à corrupção também cabe ao eleitor:
“Se a Lava Jato falhou em algo foi em não mudar a política que gerou as condições que nos levaram à prática da corrupção como rotina. Cabe ressalvar que ela nunca se propôs a isso. Melhorar a política não é resultado da ação da Justiça, embora ela possa dar uma mão, afastando pontualmente políticos criminosos. Melhorar a política depende do eleitor, da imprensa livre e da sociedade vigilante. Forçoso reconhecer que temos falhado nesses aspectos”, concluiu.


Fonte: Jornal da Cidade Online 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055