martins em pauta

quinta-feira, 13 de julho de 2017

Com aprovação da reforma trabalhista, PSDB sairá do governo, diz site

Quinta, 13 de Julho de 2017

Foto: Divulgação

A cúpula do PSDB em São Paulo decidiu nesta segunda-feira (10), durante o jantar realizado na capital paulista, que o partido deixará formalmente do governo Michel Temer logo após a aprovação da reforma trabalhista. A informação é do portal Poder360. Os tucanos aguardaram apenas a sanção presidencial e a edição da Medida Provisória que corrige partes do texto, o que conclui o processo de alteração da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). De acordo com Poder360, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso destacou que sua paciência com o atual presidente esgotou e apontou que havia mandado uma carta a Temer no início de junho, na qual sugeria a convocação de eleições diretas. Ele não obteve resposta. No último sábado, no entanto, Temer tentou marcar um encontro com FHC respondeu que não tinha agenda. A legenda decidiu deixar a cargo dos ministros o pedido de demissão: Bruno Araújo (Cidades) já informou que sairá. Os tucanos avaliam, no entanto, que Aloysio Nunes Ferreira (Relações Internacionais) e Antonio Imbassahy (Segov) devem se manter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget