martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quarta-feira, 30 de março de 2022

Ex-senador petista, em resposta a Lula, revela duras verdades e acaba com a farsa do “Lula inocente”

Quarta, 30 de Março de 2022

Delcídio do Amaral, ex-senador petista, entrou com força na batalha judicial que trava com o ex-amigo Luiz Inácio Lula da Silva.

Com absoluta coerência e argumentos bem embasados juridicamente, o ex-senador refresca a memória do meliante.

Lula ingressou com ação indenizatória por danos morais contra Delcídio.

Fez isso contra quem sabe muito de sua vida pregressa e conhece detalhadamente inúmeros fatos obscuros de sua trajetória.

Porém, o fato mais significativo do ponto de vista jurídico é de que a delação de Delcídio de Amaral foi homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e os advogados do ex-senador demonstram que Lula não conseguiu provar qualquer ilegalidade no acordo firmado.

 “Em que pese Lula tenha sido intimado para comprovar que a nulidade da colaboração premiada de Delcídio fora reconhecida pelo Juízo competente, em sua manifestação o Autor (Lula) deixou de trazer aos autos qualquer demonstração nesse sentido. E isso por quê? A razão é simples: porque a colaboração premiada de Delcídio foi homologada perante o Supremo Tribunal Federal e permanece válida”, diz a defesa do ex-senador.

A defesa lembra que os “fatos” narrados por Delcídio, um dos amigos de Lula até o início da Lava-Jato, não evaporaram com a anulação das condenações do petista pelo STF. Se Lula escapou da Justiça, isso não dá a ele direitos de pedir indenização a quem colaborou com a Justiça.

Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055