martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

sexta-feira, 12 de março de 2021

Manifestantes vão às ruas em POA e Eduardo Leite põe o batalhão de choque de prontidão (veja o vídeo)

 Sexta, 12 de Março de 2021

Centenas de pessoas marcaram presença num protesto ocorrido nesta quarta-feira (10), em frente ao Palácio Piratini, centro de Porto Alegre. A manifestação era contra as medidas restritivas do governo gaúcho e a má administração das verbas enviadas pelo Governo Bolsonaro ao estado para o combate à disseminação da pandemia da Covid-19.

Profissionais de educação física, do comércio e de serviços considerados não essenciais pelo decreto do governador Eduardo Leite (PSDB) exigiam a flexibilização das determinações e o impeachment do gestor. O ato durou cerca de três horas e foi apoiado por uma carreata.

A Associação das Academias Gaúchas Unidas (AAGU), que organizou a carreata, defendeu a reabertura dos estabelecimentos.

Marcelo de Freitas, diretor-executivo da entidade, explicou que o segmento não oferece risco à população.

"Tanto a AAGU quanto o comércio inteiro nunca foram ‘negacionistas’ em relação à doença. Sabemos que a doença existe. Está matando bastante pessoas. Discordamos da maneira como estão lidando com a doença. Não somos culpados da disseminação do vírus e da aglomeração de pessoas", justificou, acrescentando que o comércio e as academias adotam todos os protocolos do sistema de bandeiras que 'o governo impôs'.
"Tivemos gastos e, agora, ele mesmo diz que não dá pra abrir. Vamos lutar para reabrir", avisou.

O Governo do Rio Grande do Sul alega que o cenário atual de pandemia não é o momento oportuno para realizar a manifestação e disse que o ato amplia a circulação do vírus e atrasa a retomada econômica.

Eduardo Leite, assim como Doria em SP, está usando a polícia para se proteger e o batalhão de choque está a postos para reprimir, caso o governador determine.

Confira o vídeo:

  • Fonte: Jornal da Cidade Online

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055