martins em pauta

Postagem em destaque

BRISANET A MELHOR INTERNET DO BRASIL

quinta-feira, 11 de março de 2021

Cidade paulista inova, aumenta restrições e obriga cidadãos com Covid-19 a usarem pulseira de identificação

 Quinta, 11 de Março de 2021




Para justificar regra tão incomum, a Gestão Municipal informou que a medida foi tomada em razão de denúncias de que pessoas diagnosticadas com a Covid-19, ou em estado de suspeita, não estavam fazendo o isolamento indicado.

“Os hospitais de referência estão saturados. São José do Rio Preto não aguenta mais receber, (assim como) Araçatuba, Santa Fé, Jales. Não temos para onde mandar os pacientes. Então, nós temos que diminuir a contaminação. E houve muita denúncia de pessoas que estão testadas positivo para Covid ou aguardando o resultado de exame, andando na rua. Houve denúncias e fotos”, alegou a prefeita da cidade, Tânia Yugar (PSD).

E acrescentou:

“Isso nos levou a uma medida mais drástica. Nós não queríamos chegar a esse tanto, mas nós temos que pensar no bem coletivo, no bem da população em geral, neste momento”, disse.

Depois de colocar as pulseiras vermelhas nos pacientes, apenas os médicos poderão retirá-las no final do tratamento. Já as amarelas deverão ficar no braço das pessoas até o diagnóstico do laboratório chegar.

Quem descumprir a determinação deverá pagar multa de R$ 300,00.

“Se, antes de atestada a ausência de SARS-CoV-2 no indivíduo, este retirar ou romper a pulseira, ou se acaso for flagrado violando o isolamento, comparecendo em lugares ou em contato próximo fora de sua residência, etc.; será, mediante prova fotográfica, autuado e sancionado por multa no valor de R$ 300,00 (trezentos reais), a ser inscrita em dívida ativa”, diz trecho do decreto.


Fonte: Jornal da Cidade Online 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055