martins em pauta

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Para estudante baleado em escola de Goiânia, 'nada justifica' atitude de colega

Segunda, 23 de Outubro de 2017 

Foto: Reprodução / Facebook Colégio Goyases

Um dos baleados durante o ataque em um colégio de Goiânia, o estudante Hyago Marques, 13, disse que não guarda mágoas do colega que efetuou os disparos. Ele recebeu alta médica do Hospital de Urgências de Goiânia, na manhã deste domingo (22). "Eu perdoo, mas acho que nada justifica a reação dele", afirmou Marques em entrevista à TV Anhanguera. Na última sexta (20), um estudante de 14 anos entrou na escola e, usando uma arma da mãe, que é policial, atirou contra os colegas. Além de Marques, outros três alunos ficaram feridos e dois, João Vitor Gomes e João Pedro Calembo, faleceram. A polícia local confirmou que o autor dos disparos era alvo de bullying na escola. O menor está apreendido na Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (Depai) e teve sua internação provisória determinada pela Justiça. Já Hyago Marques está em casa e ansioso para retomar a rotina o mais rápido possível. "Saí do hospital doido para chegar em casa para ficar perto dos meus amigos, ficar perto dos meus pais, porque lá [no hospital] subia um de cada vez e não estava muito legal. Eu gosto muito de família reunida. Agora vai ter um churrasco e é isso que eu queria, ficar perto de todo mundo, conversar com todo mundo e falar que eu estou bem", acrescentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contato : (84) 9604-4055

Contato : (84) 9604-4055
Ocorreu um erro neste gadget